www.uniaonet.com/espleihomosex.htm
HOMOSSEXUALISMO
- 30/12/2013

10. ) PELA NÃO APROVAÇÃO DA LEI QUE BENEFICIA A PRATICA HOMOSSEXUAL PL 122/2006 ( 09/06/08)

Mais uma vez, o Bispo Robinson Cavalcanti, um homem de Deus na luta pela defesa da fé cristã e o estrago desta lei homossexualizante....
Prof. Luís Cavalcante
Presidente Municipal do PC – Partido Cristão de Osasco
 
www.partidocristao.com  www.novosadministradores.com.br/consultores.htm  _ 30 de novembro de 2006  
Assunto: Manifesto Anglicano - "Por Uma Causa Comum"
 
Manifesto Anglicano
 
A Agenda Heterofóbica e a Ameaça à Liberdade Religiosa
Nós, representantes de diversas jurisdições integrantes do “Movimento Anglicano por uma Causa Comum”, preocupados com a preservação da Liberdade Religiosa na sociedade e no Estado Democrático de Direito no Brasil, crescentemente ameaçada por uma agressiva ideologia secularista, que distorce o conceito de Estado Laico em Estado Anti-Religioso, reafirmamos o papel histórico, cultural, social e moral das religiões – particularmente do Cristianismo – na formação e preservação da nossa Nacionalidade, e o direito ao exercício responsável da cidadania, a partir da experiência da fé e dos valores emanados da Revelação, rejeitamos a equivocada concepção de se enclausurar a fé na irrelevância da mera individualidade e subjetividade, ou nos espaços físicos dos lares e dos templos, e alertamos para a concreta ameaça à Liberdade Religiosa neste País, a partir de uma agenda heterofóbica cada vez mais adotada por setores da mídia e dos Poderes da República, financiada, inclusive, com o dinheiro do contribuinte não-consulta-o.
O projeto de Lei nº.5003/01, de autoria da Deputada Iara Bernardes (PT-SP), aprovado na Câmara dos Deputados, porém ainda sujeito a emendas e deliberações do Senado Federal e de vetos do Presidente da República, criminaliza todos os cidadãos que, respeitando os direitos civis e a dignidade da pessoa humana, ousarem discordar da agenda homossexual.
O consenso histórico das Igrejas Cristãs tem ensinado que o homossexualismo é um desvio do projeto original de Deus, e decorrência do Pecado Original, que a sua inclinação é uma tentação e a sua prática um pecado. A heterossexualidade é normativa, e as famílias devem ser defendidas. A não-ordenação sacerdotal e a não-bênção sobre uniões entre pessoas do mesmo sexo, e a não-aceitação de expressões erótico-afetivas dessa opção em espaços particulares é um direito e um dever da coerência cristã. Necessitamos, pois, de um claro pronunciamento dos Poderes Públicos (como aconteceu com a Suprema Corte de Justiça do Canadá) de que esse posicionamento histórico das Igrejas deve ser assegurado, aos níveis da instituição, da hierarquia e dos fiéis, vedada qualquer ameaça ou criminalização.
O apóstolo Pedro, no Livro dos Atos dos Apóstolos, nos chama a atenção que “devemos antes obedecer a Deus do que aos homens”, e a Igreja de Jesus Cristo tem se movido, ao longo dos séculos, tantas vezes, pelo sangue derramado por seus mártires, que foram presos, torturados, exilados ou executados por serem coerentes com a sua fé e por não negociarem os seus princípios diante da tirania do Estado. Deus não nos deu um “espírito de covardia”’.
Apelamos à Sociedade Civil e à Sociedade Política para que prevaleça o bom senso e o Direito, que a Liberdade Religiosa não seja agredida. Como cristãos, cidadãos responsáveis e contribuintes, exigimos que nossos direitos sejam  plenamente assegurados, e que o verdadeiro Laicismo Republicano – que não se confunde com a ideologia secularista, com o “politicamente correto”, ou com a agenda gay – seja mantido e afirmado.
Recife (PE), 30 de novembro de 2006.
Diocese do Recife (DR)  – Comunhão Anglicana – Sob Autoridade Primacial da Igreja Anglicana no Cone Sul da América
Revmo. Dom Edward Robinson de Barros Cavalcanti
Bispo Diocesano
 
Igreja Anglicana do Brasil (IAB) – Comunhão Anglicana Independente
Revmo. Dom Ricardo Lorite de Lima – Arcebispo Primaz
Revmo. Dom Rui Costa Barbosa – Bispo Coadjutor
Revmo. Dom Célio França Spinelli – Bispo de Diocese Anglicana Thomas Becket e Vigário Geral da Arquidiocese Thomas Cranmer
Rev. Getúlio Gutemberg
 
Igreja Episcopal Reformada (IER) – Diocese Protestante Episcopal Reformada
Arquidiocese para o Brasil e a América Latina
Revmo. Dr. Sebastião Mendes de Freitas – Bispo Primaz
Revmo. Bispo Francisco Buzzo Rodrigues – Bispo Auxiliar
 
Igreja Anglicana Ortodoxa do Brasil (IAOB) – Distrito Missionário
Comunhão Anglicana Ortodoxa
 
Rev. Hermany Soares+ (Paróquia Cristo Redentor)
Rev. Adriano Oliveira+ (Ponto Missionário Cristo Rei)
Rev. Flávio Conti+ (colaborador fraterno)
Rev. Virgílio Torres+ (colaborador fraterno)
 
Igreja Anglicana Missionária do Redentor(IAMR)
Revmo. Dom Marcos Fradique Bezerra – Bispo Primaz
Revmo. Dom Antônio Pessoa Leite – Bispo Auxiliar
 
Igreja Anglicana Brasileira (IABRA) – Diocese Agostinho de Cantuária
Revmo. Dom Alexandre Macedo Maia – Arcebispo Primaz do Brasil
 
Igreja Anglicana Latino Americana no Brasil (IALAB)
Revmo. Dom Geraldo Santos de Magela Neto
 
Igreja Episcopal do Evangelho Pleno (IEEP)
Revmo. Dom Josué Souza Torres – Primaz
Rev. Côn. Sandro Bussinger Sampaio – Arcediago
 
(+) Integra, ainda, o Movimento Anglicano “Por Uma Causa Comum”, a Iglesia Católica Anglicana del Equador (ICAE).
 
Secretaria Diocesana Escritório Maceió-AL (81) 9111.7172 (Via_D.Botelho)

18/01/06 Convido os visitantes da Uniaonet a ler o último artigo da minha página "Adolescentes gays (NG)" http://www.estudos-biblicos.com/adolescentes-gays.html Camilo - Marinha Grande, Portugal

Adolescentes gays (NG)
Este é um tema a ser enfrentado com muito amor, e amor ágape, amor que ama sem esperar nada em troca, sem o menor interesse e/ou preconceitos...
Em minha opinião, a definição do que somos se perde cada vez mais.  Os entendidos de moralidade, psicólogos, mestres motivacionais, líderes religiosos eloqüentes, intelectuais, professores, tentam nos dar definições, e todos nós buscamos isto mesmo: - O que somos?   As palavras do momento são: você é isto!! você é aquilo!! você pode!!, você consegue!! você é um vitorioso!! vencedor!!  Assim, tentam nos mostrar algum tipo de definição.
Mas, a realidade de muitas pessoas,  dos gays, e de outros tipos “diferentes” que existem em nossa sociedade, entendo eu, não se resolve assim, por vezes até aumenta a ansiedade que gera angústia, e sabemos bem as conseqüências graves que se conhece destes sentimentos: - da ansiedade e da angústia, é a doença e a morte.
Falta algo... Falta alguma coisa...  Será que estas coisas eram para ser assim mesmo? Será que lutar contra o preconceito, chamando as pessoas para se assumirem, ser o que são, ir em frente... resolve? Me parece que é como dizer que se achou a saída de um labirinto, e aí gritar para todo o mundo, para os outros, que se achou a saída, mas... também estando dentro do labirinto.   Quem está perdido pode dirigir o seu companheiro? Como pode ser isto?
Com raras exceções, o que vemos e ouvimos são meras palavras de ordem, indefinições que  parecem ser definições e não nos mostra a saída, pois os que ensinam e mostram tais definições, também não sabem de onde vêm nem para onde vão.
Vamos orar... por estes adolescentes e por nós mesmos Cristãos, que arvoramos possuir a vida eterna em Jesus, para saber qual é a verdade.
Nilson Franco_ Crente em Jesus
Janeiro de 2006
= = =

Boa tarde... li rapidamente os debates abaixo... que coisa em!!   O assunto é sério e têm pessoas sinceras, inteligentes, realmente preocupadas com isto.
 
Estas pessoas sinceras, são honestas e procuram o real "ser", não somente o "ter" ou "estar"  como ensinava brilhantemente o irmão Caio Fábio (quando dizia que somos do Senhor Jesus).
 
Meu medo, isto é, meu coração derrete de preocupações quando percebo nesta linha de raciocínio que o Caio Fábio mostra no artigo abaixo aconselhando uma jovem "gay", que: - ele mostra que tem gente que é e gente que está;  é "gay" tudo bem, desde que seja assumido e fiel a um parceiro...   Agora, nesta linha de pensamentos, percebam comigo alguns pontos de tensão, verdadeiro choque que pode levar estas pessoas sinceras ao desespero, vejamos, podemos ser:  - amantes fieis (ter vários parceiros(as) desde que todos concordem e sejam os únicos), ser homicida desde que matar seja bom (não matar por esporte ou aleatoriamente), ser viciado, desde que não prejudique ninguém e o vício seja parte de minha estrutura biológica, ser algo errado desde que não prejudique ninguém...ser alguém que fazer sexo seguro...
 
As demais  opiniões, exemplos e conclusões, de pessoas respeitáveis, mostram pontos de tensão, ora apelando para  a letra fria da da lei bíblica e ora apelando para uma determinada moral, e ou até perigosamente, saindo para o "etéreo" num salto sobre um abismo escuro apoiados nas fumaças de pensamentos desconexos... boas pessoas, gente sincera, buscando a verdade que deve realmente existir em algum lugar... 
 
'Nossa luta, não é contra a carne, mas, contra as potestades (autoridades) do maligno nos lugares celestiais (entendo eu ser os pensamentos também)... anulando sofismas (literalmente - pensamentos enganosos)..." Paulo, Novo Testamento.
 
É... vou continuar orando. _ Nilson Franco
= = =

Roseli _ January 20, 2006 12  RE: Fw: Adolescentes gays
Dear nilson;
Obrigado por dividir comigo esse artigo,estarei orando por essa necessidade e por vc ,para que Deus te use com poder e com uncao ,para ministrar a outros a verdade.
Somos amigos de Deus ,Ele nos chama de amigos,e aos seus amigos, Ele revela a verdade ,diz a Sua palavra.
Muito bom seu artigo, acredito que nao ha saida "rapida" para esses problemas de homosexualidade,mas ha saida,quando conhecemos a verdade... ela nos liberta.Verdade que pode ser um longo e detalhado processo,mas ha libertacao em Cristo.
Participei ,aqui em Dallas, de um seminario de libertacao.E um dos casos que mais vi ,foi homosexualismo e os estudos revelam que um, em cada milhao de pessoas ,tem na verdade um problema de desiquilibrio hormonal,o restante dos homosexuais sao problemas gerados por algum tipo de "Dor ",que experimentaram.
E o diabo ,que nao tem nenhum senso de justica,se aproveita dessas pessoas tao vuneraveis, muito complexo,mas vi muitas libertacoes.
A  palavra de Deus nos adverte que nos ultimos tempos os homens teriam comichoes nos ouvidos ,para buscar novas revelacoes e ventos de doutrinas que seriam confusas e mentira,e que nesse tempo tomassemos cuidado, para nao nos confundirmos.
Ha uma sede muito grande na terra,de verdade e de identificacao ,um vazio que tenta ser preenchido,especialmente nos adolescentes,tao vuneraveis e tao desejosos de "pertencer".
A busca da identidade e tao forte nesse periodo de nossas vidas e quantos, nao temos  essa afirmacao de nossos pais ,o carinho do abraco que  nos afirma que tudo estara bem,as conversas honestas e reveladoras que nos orientam e principalmente o ensinamento da palavra de Deus que e , o que no final,transforma toda a nossa vida,tranferindo o nosso julgo pezado em um julgo suave.
Mande artigos sempre que puder e se tu uma BENCAO!
Beijos a todos ai,
Ro.


www.caiofabio.com.br  _ Uma carta para ser  : SOU FILHA DE PASTOR, LÉSBICA E DE BEM COM DEUS
To: contato@caiofabio.com
Sent: Wednesday, July 06, 2005
Subject: Esclarecimento e ajuda
 
Olá, Caio!
 
Sei que muitas cartas tem sido escritas sobre homossexualismo e uma
delas me chamou muito a atenção: a de uma mulher que contava sobre a
irmã "lésbica".
 
Sou filha de pastor presbiteriano, bem parecido com o da carta do rapaz que também tinha trauma por ser filho de pastor gente boa.
 
Bem, o fato é que tive que me afastar da "igreja". Precisei formatar todo o meu HD "religioso" para conseguir instalar programas não contaminados. Acho que tenho um longo caminho até conseguir eliminar todos os vírus da minha alma e achar um software adequado.
 
Estou vivendo um relacionamento homossexual. Sempre senti muita culpa
por tudo o que dizia respeito à minha sexualidade. Mesmo quando saía com homens! Mas, hoje estou vivendo um relacionamento gostoso que poderia ser melhor se não fosse pela culpa que ainda sinto. Não estou satisfeita com minha vida. Sinto que há algo que ainda está incompleto ou errado. Confesso que, por muitas vezes, gostaria de ter nascido homem. Quem sabe, fosse mais fácil viver.
 
Como você mesmo já disse, em alguns casos não se trata de uma opção.
É algo de que fugi a minha vida inteira. Comecei a fazer terapia e vi que precisava experimentar um contato com mulheres... e gostei!
 
Honestamente, estou bem com Deus. Tem uma música que diz "eu adorarei ao Deus da minha vida que me compreendeu sem nenhuma explicação".
 
Enquanto eu tentava culpar meus pais por meu homossexualismo, não chegava a lugar nenhum... só na raiva e frustração. Traumas todos nós temos. Como disse uma amiga evangélica, "os pais são bênção... e
contradição!".
 
Minha companheira diz que precisamos freqüentar uma "Igreja gay", pois, assim como eu, ela também sente falta de se reunir com pessoas que buscam a Deus em comunidade. Esta idéia não me soa muito bem... existe uma assim onde moro. No fundo, gostaria de me sentir bem em
qualquer igreja.
 
Estou prestes a contar para minha família sobre minha situação e sei que vai ser algo muito doloroso. Assim como li na primeira carta que mencionei... sei que meus pais, irmãos, tios... todos sofreriam e
certamente, me julgariam. Eles já desconfiam e as reações não tem sido
das melhores. Só aguardam minha confirmação.
 
Não sei se vou ter uma resposta sua, pois imagino a quantidade de cartas que você tem pra ler e responder. Mas, que sirva então como um desabafo interior.
 
Abraços da homossexual que se sente acolhida por Deus!

= = = =
Resposta:
Minha amiga: Graça e Paz!
Quero saudar você com um verso que acabo de receber de minha mana, Ana Lúcia:
 

MESMO QUE A FONTE SEQUE
E A INSPIRAÇÃO SE ESCONDA
OU VÁ PASSEAR NA ESQUINA...
QUERO O SOM DA MUSICA NA ALMA
E A CANÇÃO NO CORAÇÃO.
MESMO QUE O POEMA SEJA CURTO E SECO
E O VERSO ALUDA A DOR... A ARIDEZ...
QUERO TER NO PEITO A RIMA
QUE REMETE PARA CIMA
E RETORNA EM ENERGIA DE INSPIRAÇÃO.
QUERO OLHAR O HORIZONTE
E ENXERGAR DE NOVO A FONTE
QUE ME FEZ DEITAR PRIMEIRO
EM REDE DE PAIXÃO...
DERRAMAR ALIVIO NOS ESCRITOS TANTOS
QUE FAZEM DO POETA ILUSIONISTA,
EM MÁGICAS DE UM MUNDO ENCANTADOR!
QUERO AO VER O DECLINAR DO SOL DA VIDA, O DESPEJAR DE VERSOS EM EXPRESSÕES TÃO SURREAIS...
QUE SEJA PARA MUITOS COLO CERTO, DESABAFO, SINTONIA,
EXPRESSÃO, CANÇÃO E MUTAÇÃO.
 
Ana D´Araújo 07/2005
Se nós fôssemos reunir um congresso de filhos de apóstolos, bispos, pastores, mestres, presbíteros, diáconos — sem falar em muitos dos próprios pais, muitos deles casados, porém gays também, matando um leão por dia para dar conta do recado —; nós, sem dúvida, teríamos que ir para um grande ginásio de esportes, ou até para um pequeno estádio, um “Maracanãzinho”, a fim de comportar apenas a moçada imediata.
 
Aproximadamente 15% da população se confessa gay. Ora, está provado que os índices estatísticos da “igreja” (fenômeno humano e histórico), não são em nada diferentes dos do resto da sociedade, o que numa população de uns 30 milhões de evangélicos, faria com que uns 3 milhões e meio de evangélicos sejam gays, enrustidos, trancados no armário pastoral, ou, muitas vezes, se promiscuindo mais que qualquer promiscuo, pois, não podendo se abrir, a pessoa acaba “fugindo” para encontrar gays, e, nesse caso, acham apenas os gays-pra-consumo, nas boates ou na internet; e, assim, escondem quem são na “igreja”, enquanto, em razão disso, vão se tornando os gays mais descontrolados da praça.
 
Tenho dito repetidas vezes neste site que conheço aqueles que nasceram gays (esses são gays de fato); os que foram feitos homossexuais (em geral são vítimas de sexo homossexual com gente mais velha na infância; e vicia, como qualquer outra coisas; posto que o primeiro estimulo erótico objetivo veio de uma relação homossexual, o que, muitas vezes, “fixa” o padrão das pulsões da pessoa naquela área); e os se fizeram gays (normalmente nem gays são, mas, por razões distintas, “optaram” por aquela inclinação ou desejo mesmo).
 
Nesses três casos, o primeiro é de natureza imutável, tão imutável quanto as chances que eu teria de me tornar gay: nenhuma. Já na segunda perspectiva, a situação é reversível, não sem muito trabalho e esforço psico-terapêutico; tudo dependendo, é claro, da vontade que a pessoa tenha ou não de enfrentar a si mesma, na forma do vicio que se instalou. De fato, em geral, esses são os mais culpados, pois sabem que não nasceram gays, mas ficaram viciados no sexo por essa via. E, por último, há os que “optaram”, a maioria dos quais por escolha de prazer e por privilegiarem as sensações do sexo chamado “invertido”.
 
Ora, as duas últimas categorias (desculpe chamar de “categoria”, não há nada além de terminologia aqui) são reversíveis, isso quando a pessoa deseja muito que tal aconteça, mas, como disse, nunca sem muita luta.
 
Entretanto, esses dois últimos grupos, em geral, não querem “relacionamentos”, mas apenas sexo; posto que somente os gays-gays se apaixonam mesmo.
 
Portanto, para mim, depois de anos de observação e milhares de conversas, concluí que no geral somente os que nasceram gays se apaixonam e querem ter uma relação única, estável e monogâmica com o seu parceiro (a). Os demais, também em geral, querem apenas a transa. Daí haver sempre muito mais promiscuidade relacionada a esses dois grupos. Isso porque os gays-gays, mais do que sexo, eles querem é afeto, só que o único tipo de afeto que os inspira é de natureza homossexual.
 
Portanto, acredito na condição irreversível de gays-gays; e creio na reversibilidade dos gays-feitos-gay e na daqueles que gostam de transadas gays apenas por diversão, mas que foi ficando algo fixo.
 
No primeiro caso, parar só se for por uma escolha de natureza celibatária, como muitos considerados “santos” o fizeram (embora Deus saiba suas lutas). Nesse caso, não há mais sexo, embora a sexualidade continue homossexual para sempre, mesmo que o cara se tornasse um “apóstolo Paulo”.
 
Já nos dois últimos casos, somente um forte desejo de reversão, e que não deve ser motivado por culpa moral, mas por identificação da verdade interior como sendo outra, a qual a pessoa precisa reconhecer como tendo sido desfigurada pelas más esculturas que se fez na alma, ou que se permitiu que fossem feitas na matéria da alma.
 
Você disse que eu disse que “alguns casos não se trata de uma opção”. E é verdade, conforme acabo de admitir mais uma vez acima.
 
Porém, você também disse: “É algo de que fugi a minha vida inteira. Comecei a fazer terapia e vi que precisava experimentar um contato com mulheres... e gostei!”
 
E disse mais: “Sempre senti muita culpa por tudo o que dizia respeito à minha sexualidade. Mesmo quando saía com homens!”
 
Para mim teria sido muito importante saber como foram essas suas saídas com homens, as quais lhe fizeram sentir ainda mais inadequada, embora você nada tenha dito acerca do significado sensorial e emocional desses encontros sexuais com homens, relatando apenas a sua culpa, mesmo nesses casos, mostrando que sua culpa não advém da homossexualidade, mas da violência que você cometia a si mesma (tentando), e, de sua moral evangélica, de filha de pastor protestante.
 
No entanto, devo dizer que não esqueci de sua frase essencial: "Gostaria de ter nscido homem". Ora, isto remete a pulsão para estágios muito primitivos, na infância. Mas eu pergunto: seu pai gostaria que você tivesse nascido homem? Apenas me responsa. Mas curiosidade do que qualquer outra coisa.
 
Ora, há alguns quadros que desejaria descrever apenas por um pouco agora. Eles todos têm quase que inteiramente apenas a ver com mulheres, e não com homens. A saber:
 
1) Mulheres que foram iniciadas sexualmente por homens brutos e inafetivos, começam a pensar que “homem é ruim de chinfra assim mesmo”, até que, um dia, num momento de carência e carinho, são objeto dos toques sutis, leves, meigos, próprios, exatos, cirúrgicos na anatomia do prazer feminino, e que são feitos por uma outra mulher, abrindo, assim, pela primeira vez para a mulher insatisfeita, um mundo de sensações e prazeres desconhecidos; e, assim, a mulher se torna gay em razão de que todas as referencias anteriores foram tão ruins, que, pela via pragmática e sensorial, ela passa a crer que gostou tanto do que teve apenas porque é gay e não sabia. Nesse caso, já vi homens meigos, carinhosos, machos e sutis, trazerem para tais mulheres a certeza de que não são gays de alma, mas apenas capazes de sentir o gosto do prazer pelas mãos de outra mulher.
 
2) Também já vi mulheres traumatizadas com homens fazerem a escolha gay apenas em razão do desejo de viver em paz, e com uma companhia serena e tranqüila; posto que, em geral, as relações homossexuais entre mulheres tendem a ser fiéis e para a vida toda.
 

Por isso, antes de prosseguir, gostaria muito que você me dissesse três coisas: 1) desde quando você sente que é gay? (com que idade sentiu a primeira vez). 2) Quantos homens você conheceu sexualmente, como você se sentia transando com eles? 3) Você já foi capaz de amar um homem?
 
Pergunto isto porque se você nunca conseguiu sentir nada com homens e por homens, desde sempre, então, pouco dúvida resta de que você é gay mesmo. Porém, se algum dia, você já gostou de um homem, e até já teve algum prazer com ele, então, sua situação interior ainda não está tão definida assim; e, portanto, mereceria uma olhada verdadeira para o coração.
 
Como você me acompanha aqui no site, já deve saber que minha questão é outra, visto que não fui chamado para fazer reversões sexuais impossíveis, e nem tampouco enganar as pessoas vendendo tal mentira e impossibilidade. No entanto, como meu interesse é em saúde humana e psicológica, sempre que ouço que alguém é gay, mas também gosta ou já gostou do oposto, então, minha consciência manda que tal pessoa busque mais fundo a verdade dentro de sua alma; e isso não por questões morais ou de danação eterna, mas sim em razão de que a vida abundante em Cristo só é possível quando a pessoa, em verdade, diante Dele, abraça quem ela própria é; deixando-se, daí para frente, conduzir pela Graça que põe tudo e todos em seus próprios lugares interiores.
 
Mas quando as pulsões sexuais são da mesma natureza consistente a vida toda, não há dúvida que tal pessoa é quem sente ser; e nada há a fazer a esse respeito, a não ser abraçar a alma com respeito, dignidade, reverencia, e amor próprio; levando todo o ser à presença da Luz, para, então, aprender a crescer na paz.
 
Nesse caso, para mim, mesmo reconhecendo que o padrão natural é que um homem e uma mulher se amem e vivam bem, também admito que quem é gay-gay não tem outra chance de pacificar o ser a não ser mediante a escolha simples e pura de não cair jamais na gandaia, e, ao invés disso, estabelecer uma relação única, limpa, estável e fiel.
 
Nesse caso, faça o melhor de quem você é; e não tente falsificar seu ser, posto que a falsificação do ser é a própria morada do inferno.
 
Quanto a ser gay e ser de Jesus, uma coisa nada tem a ver com a outra; e no dia da Luz, quando os segredos dos corações se abrirem, eu estarei lá, e verei o quão perversos os “irmãos” foram com quem não teve a ventura natural de nascer gostando do que todos nasceram para gostar, embora haja anomalias na constituição da alma de alguns.
 
Não uso “anomalia” de modo pejorativo, mas apenas para caracterizar o ser que existe fora do padrão original de sexualidade.
 
A Bíblia condena na Lei um homem deitar com outro homem, assim como condena deitar com a tia, a prima, a parenta chegada, o cachorro, a vaca, a cabritinha, etc... Bem como proíbe um monte de outras coisas, todas no mesmo contexto, variando apenas as “penas”, que poderiam ser de natureza apenas purificatória, passando pelo exílio, e podendo chagar ao apedrejamento. No Novo Testamento há algumas denuncias feitas aos efeminados e homossexuais, do mesmo modo que há contra os fofoqueiros, os facciosos, os inafetivos, os mentirosos, os feiticeiros, os falsos profetas, e os hipócritas. Ora, todas essas coisas, se absolutizadas como comportamentos e atitudes irredimíveis, colocam, virtualmente, todos sob condenação (até porque as listas são bem mais extensas, e vão de coisas comportamentais à realidades apenas interiores, como o espírito faccioso e inafetivo: “sem afeição natural pelos pais”, por exemplo).
 
Portanto, duas coisas devem ser ditas:
 
1. Todos pecaram, e todos, igualmente, carecem da glória de Deus. E isto é absoluto.
 
2. As referencias que Paulo faz em Romanos 1 às praticas romanas, não podem e não devem ser aplicadas ao contexto do homossexual, mas apenas do homossexualismo, o qual, mais do que uma condição constitutiva (muitas vezes nem é), é uma escolha pela putaria, pela suruba, pela orgia, pelo bacanal (Baco), pela glutonoria, pelos swings, pela troca de casais, e por um estilo de existência no qual Sodoma e Gomorra haviam se tornado um “jardim da infância”. Acho uma perversidade fazer da analise “conjuntural” que Paulo fez de uma situação que se instalara como ideologia da perversão, e aplicarem isto a um indivíduo simples, que não deseja a corrupção, nem ama a promiscuidade, desejando apenas um lugar ao sol, para, com dignidade, viver sua vida modesta, podendo conhecer a afeição e o carinho, ainda que não da forma que a própria pessoa gostaria de ter o pode de experimentar, embora só o possua na direção do “igual”.
 
Ora, tudo o que disse até aqui se baseia no espírito do Evangelho, posto que nunca vi Jesus tratar o tema-gay (se fosse fundamental Ele falaria, e não era por falta de gays em Seus dias que Ele não tocou no assunto), embora, pelo que vejo Nele, em Seu modo de ser, em Seu amor, em Sua capacidade de deixar a Lei de lado e olhar a Verdade no ser, e, sobretudo, considerando que Ele não esmaga a cana quebrada e nem apaga a torcida que fumega —, é que sei que posso defender na corte celestial o que aqui expus, sem medo e sem juízo. Sim, em Cristo, conhecendo-o como o conheço, não temo dizer o que digo.
 
Quanto a “Igreja Gay”, sinceramente, acho uma furada. Até entendo que muitos gays genuinamente cristãos, tenham se rebelado contra a discriminação de suas presenças no lugar “evangelicamente santo”,e, pelo preconceito sofrido, acabaram por se reunir em grupo. Eu, todavia, creio que a Igreja tem que ser como uma Família cheia do Amor de Deus. Nesse caso, pessoalmente, levando em consideração que o Projeto do Principio (Gênesis) tem a ver com a união de macho e fêmea, homem e mulher, julgo que a liderança da comunidade deve manter tal referencia, embora, na igreja, deva haver lugar e espaço para todos, até porque não é papel da igreja se meter na vida de ninguém que não tenha pedido opinião, desejando apenas estar no lugar e ouvir a Palavra, como qualquer outro ser humano.
 
A Igreja não é o Espírito Santo, não é o Pai, nem o Filho, e nem a representante do Juízo de Deus na Terra; sendo seu chamado apenas para ser a proclamadora da Boa Nova de que Deus já se reconciliou com o mundo, em Cristo.
 
Se você morasse em Brasília em diria a você para freqüentar o Caminho, que não é lugar de ninguém para ser de todos, e onde apenas se prega a Palavra, e deixa-se o resto com o Espírito.
 
No entanto, me diga onde você mora e terei prazer de indicar uma igreja-mãe, misericordiosa; e uma igreja-pai, protetora e responsável com os dramas de seus filhos.
 
Quanto à sua família, não os reúna em grupo, mas antes, pegue de todos o mais esclarecido, sábio, misericordioso e manso, e conte o que lhe aconteceu no curso da vida. Depois sim, conte aos demais.
 
Seja qual for o caminho de Deus para a sua vida, saiba: ele nunca acontecerá em nenhum chão que na seja verdade.
 
Receba meu carinho e minha reverencia pela sua alma.
 

Nele, em Quem todos são filhos quando o amam como Pai,
 
 
 
Caio
- - -
Aos amados irmaos em Cristo,
 
Estou retransmitindo email que recebi.... muito triste....mas e' preciso que o povo brasileiro tome conhecimento dos pensamentos deste homem que nao entendemos como mas que chegou a completa heresia.  E' muito triste.
 
Juntamente com nosso caro irmao e amigo que escreveu este email.... EU TAMBEM ESTOU CHOCADO. Mas tambem estou chorando de tristeza ao ver um homem que serviu de canal de tanta bencao deixar-se levar pelos pensamentos filosoficos mundanos que ja' invadem as igrejas evangelicas tambem e ainda dar-se ao descuido de dizer o que disse. Realmente ele colocou sua credibilidade no patamar do entendimento mundano sobre o assunto em pauta.
 
Provavelmente Sodoma e Gomorra seria absolvida por ele mas nao o foi por Deus. Da forma como foi desenvolvido o assunto penso que ele poderia ter demonstrado misericordia aconselhando corretamente a moca de quem recebeu o email que segue anexado e que demonstra claramente estar afundada no pecado. Como povo de Deus devemos orientar corretamente os que desejam e buscam a misericordia de Deus  a "pedir perdao a Deus e abandonar o seu pecado para que possa achar misericordia da parte de Deus....", como nos ensina a Palavra de Deus.
 
Sera'  mesmo verdade que uma pessoa com tanta experiencia biblica tenha escrito este artigo? Gostaria muito que nao fosse. Mas veja o site dele : www.caiofabio.com.br. E tire suas conclusoes!
 
Depois que ler o artigo anexado leia os pontos abaixo que foram levantados por um de nossos irmaos que recebeu este email primeiramente e condensou o email recebido em 10 topicos. Leia- os atentamente.
 
O que podemos fazer e' orar e quem tiver mais proximidade dele, aconselha-lo a reconsiderar seus pensamentos acerca do assunto.
 
Um forte abraco e fiquem na paz do Senhor Jesus,
 
Pr. Thieme
 
= = =
James Woods _ July 21, 2005  ESTOU CHOCADO
 

A gente precisa ler o texto com muito cuidado, para poder fazer uma analise sem "condenacao" por causa dos acontecimentos passados da vida dele. Mas nao podemos abrir mao de doutrina basica que venha a ferir o carater de Deus, quanto a Sua Santidade, nao podemos ser sentimentalistas, ou fazer uma leitura da situacao com "pena" que eh muito diferente de compaixao.
 
1. Ele sugere que 3,5 milhoes de evangelicos sejam gays...nao se ajuda ninguem abarcando ao pecado dessa pessoa uma multidao de pessoas que estao cometendo o mesmo pecado e nao tem problema isso.
 
2.Ele afirma que pessoas "nascem" gays, entao sao gays de fato. Nao ha nenhuma base biblica para se afirmar isso, alias a decadencia da humanidade por causa do pecado eh a razao dessas interpretacoes escandalosamente falsas.
 
3.Ele afirma que a pessoa que nasce gay tem nessa sua natureza a "imutabilidade", ou seja nao eh necessaria transformacao, logo essa pessoa se aceitar Jesus sera um homossexual cristao e que podera tranquilamente fazer parte ou ate mesmo ser lider de qualquer igreja crista evangelica, incluindo a sua propria (do Caio e do Romildo).
 
4.Somente os verdadeiros gays buscam uma relacao estavel, monogamica com o parceiro (a), porque querem afeto de natureza homossexual. Isso eh um posicionamento tao absurdo, tao confrontante com a Verdade biblica que nao se pode defender nem sem ela (a Biblia).
 
5.Novamente o texto segue com uma afirmacao da "condicao irreversivel" dos gays-gays.
 
6.A subjetividade demoniaca com que ele cita a questao celibataria, deixa margens para que se duvide da heterosexualidade daqueles que voluntariamente escolheram  viver o celibato, mas fazendo uma terrivel referencia aos "santos" da igreja (santos como sendo uma nomeclatura da tradicao historica da igreja), e induz o pensamento nocivamente a pessoa do apostolo Paulo. Utilizando de sua perspicacia verbal, distorce a doutrina santa crista e procura estabelecer conexoes com um personagem biblico que nunca deixou qualquer resquicio de que sequer aceitaria a possibilidade de alguem assumidamente homossexual tivesse a possibilidade de se declarar um cristao verdadeiro.
 
7.Na declaracao de que nao foi chamado para fazer "reversoes sexuais impossiveis" e que seu interesse seria somente na "saude humana e psicologica", nao fica a menor duvida de que esse senhor abriu mao do que poderiamos definir como "ministerio pastoral", no sentido de que nos eh absoluta a verdade biblica da perdicao completa do homem e a sua restauracao atraves do sangue de Jesus, ato esse produzido no espirito humano. Tanto que o conselho dele eh para que se busque a verdade mais profundamente na "sua alma" ou seja "do homem" e nao em Deus. Fazendo uma conclusao ridicula de que "a vida abundante em Cristo so eh possivel quando a pessoa diante de Deus abraca quem ela realmente eh. Humanismo de Freud, contrario aos textos biblicos, e uma clara negacao da eficiencia de Cristo para revelar a nossa condicao de "mortos em nossos delitos e pecados" e transformar-nos em nova criatura.
 
8. Outro absurdo eh que dizer que quando as "pulsoes sexuais sao da MESMA natureza a pessoa eh quem sente ser e NADA HA A FAZER A REPEITO...levando todo o ser a presenca da Luz, para entao, aprender a crescer na paz". Presenca da Luz??? porque a forma indireta para se referir a certa divindade?? Claramente fica mostrada a intencao de que nao se refere ao Deus da Biblia, mas ao deus deste mundo que se apresenta aos filhos dele como "anjo de luz", o que a Biblia afirma que sao os "falsos pastores" alem do proprio satanas.
 
9.Reconhece o padrao NATURAL (de Deus), para a heterosexualidade, mas nao pode encontrar em Jesus a solucao para os pecados quando declara "quem eh gay-gay NAO TEM outra chance de pacificar o ser a nao ser mediante a ESCOLHA SIMPLES E PURA de nao cair na GANDAIA". A cruz de Jesus perdeu o sentido, o sangue de Jesus perdeu o poder, e o sacrificio dele foi em vao, eh isso que esse senhor afirma acima.
 
10.Enfim, a interpretacao geral dos textos biblicos esta completamente contraria aos verdadeiros principios do carater de Deus. Uma apologia desprezivel e fraca de alguem que se conforma com esse mundo e com o texto de Judas 4:
 
 "Porque se introduziram certos homens, que ja desde a muito estavam destinados para este juizo, homens impios, que convertem em dissolucao a graca de nosso Deus, e negam o nosso Unico Soberano e Senhor, Jesus Cristo"
 
Fica na Paz, meu irmao.
 
Wilson Bento
- - -
Mano, Já mandei para ele (Caio) ...Sei não, penso que ele vai ignorar tudo isso...Posso estar enganado...    Valeu _ Mauro
- - -
Prezados irmãos,
Não estranho o posicionamento deste "pastor", pois há anos ele se afastou
das verdades evangélicas, podendo ser uma forma de justificar a
homossexualidade dos seus filhos: um falecido e o outro, da igreja
"cristã-gay".
Deus não criou gays, mas macho e fêmea. Se por algumas razões a pessoa
desenvolveu a homossexualidade ela poderá abandonar este comportamento,
também a orientação homossexual e desenvolver a heterossexualidade.
Continuemos firmes na fé em JESUS, o libertador de várias pessoas que
desejam deixar a homossexualidade.
Um abraço e a paz. _ Rozangela

= = =
ACORDE, MEU IRMÃO!
 
E digo isto a vós outros que conheceis o tempo: já é hora de vos despertardes do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto do que quando no princípio cremos. Romanos 13:11
 
Vendo a apostasia dos últimos dias, não somente de pessoas que corriam bem, como temos cantado num velho hino, mas que agora vão longe de Jesus e seus ensino, mas de uma seqüência de inovações doutrinárias baseada nos conhecimentos seculares e acadêmicos, transvertidos em dom de mestre, na Igreja que compreendo como é atualíssimo o apelo de Paulo para acordar do sono.
 
 Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha à apostasia e seja revelado o homem da iniqüidade, o filho da perdição,2 Ts 2:3.Estas apostasias dentro da Igreja é uma espécie de preparação do caminho para a vinda do filho da perdição.  O problema não é somente a aceitação do gay-gay,como se Deus que erro no processo criativo, mas também das maldições dos antepassados e da família os quais estamos sujeitos, como que a responsabilidade dos nossos atos perante Deus não fosse pessoal, mas de maldições que trago ou domínio de pomba-gira (demônio da sexualidade) de modo que o ímpio não é ímpio, o corrupto não é corrupto, o homem maligno não é maligno. Estes pecados estão fora de minha vontade, não sou eu quem os pratico. É..., meus irmãos, vamos ver muito mais coisas como estas, dentro da Igreja de Jesus. Tudo porque não fazemos como os bereanos, não conferimos com a Bíblia estes acontecimentos.
 
Pastor Gilberto Stevão _ Um servo em www.alfabetizacaopelabiblia.com.br

= = =
Thieme, me lembro de vc se vc é o Thieme "amigo" do Tissiane.
Encontre-me... onde vc quiser... e diga, como homem de Deus, olhando nos meus olhos, vc e toda a sua turma, e me digam que sou herege, e que tenho negado a fé!
Podem se reunir em grupo... quantos queiram... chamem o Shedd... e outros... e ponham na minha frente.
Temos mais uns 20 anos na Terra (talvez)... e depois... a eternidade. Lá veremos quem era quem; e quem pregou o Eangelho e quem falsificou a Graça de Deus!
Caio
= = =
= = =


 DESACATO A JESUS

Eles falam o quê?

Jesus já havia sido profetizado para o desprezo, o descaso, a aparência que
não era levada à sério, para a ausência de formosura em relação aos padrões
estéticos das normas vigentes, e para não ser reconhecido pelos Seus, à
ponto de ser contado com os malfeitores, e executado entre malditos.

Seu nascimento carrega o brilho da estrela e o reluzir das espadas
assassinas dos soldados de Herodes, o Grande, e que brilhavam malévolas nos
becos de Belém.

Simeão de antemão preveniu a Maria. O menino seria objeto de contradição. Ou
seja: da mesma pessoa se diria aquilo que era diametralmente oposto.

A vida terrena de Jesus demonstrou a exatidão dos vaticínios.

Ameaçado de apedrejamento Ele terminou Sua primeira pregação formal, na
sinagoga de Jerusalém.

Daí em diante o Evangelho nos deixa ver como a Palavra foi humilhada pelo
reino das aparências, dos interesses, das inseguranças, das invejas, das
cobiças, das antipatias gratuitas, e dos ciúmes.

A crucificação aconteceu no final da vida cronológica de Jesus, mas foi a
Cruz que Ele carregou o tempo todo.

As ameaças foram variadas, mas todas terminavam em previsões de morte.

O que muito me intriga, no entanto, é a freqüente tentativa dos seus
opositores de tentar colar algum "rotulo" Nele.

Começaram de leve...

"De Nazaré pode proceder alguma coisa boa?"-disseram os mais teologicamente
refinados, porém preconceituosos.

"Ele nunca estudou. Como sabe essas coisas?"-questionavam os doutos e
letrados, com a reprovação que não sabe esconder a maravilha de verem se
derramando Dele a sabedoria que eles não podiam negar, e nem aceitar por
puro orgulho.

Mas com o passar dos dias, à medida que a Graça se derramava; e multidões
afluíam; e milagres e maravilhas eram realizados; enquanto todos se
mostravam embevecidos e extasiados com a Sua Palavra, o nível das agressões
foi baixando e baixando...

Eles estavam em estado de desespero, e não sabiam como esconder a raiva e a
inveja.

A raiva e a inveja sempre se manifestam diante da Graça, assim como o ódio
de Sallieri se manifestou ante os talentos de Mozart, a quem este amava
odiosamente, admirava raivosamente, e adorava excomungantemente.


"É pelo poder de Belzebu, o maiorial dos demônios que ele expulsa
 demônios"-diziam os medíocres e enciumados, ante a iminência de haver a
quebra do poder que antes eles detinham sobre as fracas mentes que até então
os rodeavam com medo e sob tirania.

"Está louco"-Ele ouviu até de Seus próprios familiares, porque não tinha
tempo a perder.

"És samaritano e tens demônio!"-afirmaram os preconceituosos
sobrenaturalistas e místicos da religião conservadora.

"Glutão, bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores"-garantiam acerca
Dele os puritanos.

"Ele tem a intenção de se suicidar"-inferiram alguns de linha mais
subjetivista.

"Este blasfema!"-acusaram os mestres das doutrinas.

E após a Sua morte Ele ainda foi chamado da seguinte forma:

"Aquele embusteiro, enquanto vivia, disse que iria ressuscitar de entre os
mortos!"

Assim os religiosos proclamaram a sua própria fé na ressurreição!

Mas Jesus não perdeu tempo com nada disso. Ele não cria que valesse a pena
colocar um pano tirado de uma vestimenta nova, e usá-lo para remendar uma
veste velha. Ela sabia que a veste nova ficaria esburacada e que o pano
antigo não saberia suportar o novo tecido, e se arrebentaria puído.

O mesmo Ele dizia de se tentar colocar vinho novo e odres velhos, e vice versa.

Além de que o odre velho estragaria o sabor do vinho novo, a consistência deste acabaria por rebentar o couro do velho e viciado odre, acostumado que estava a ser portador de um vinho que já virara couro e de um couro que já virara vinho.

E pior: Ele sabia que ninguém haveria de dizer que o Novo era excelente se já estivesse viciado pelos antigos sabores!

Por isso Ele não perdeu tempo. Andou por toda parte e pregou o Reino de Deus.

Ora, aos Seus discípulos, Ele disse:

"Se chamam de Belzebu ao dono da casa, que dirão eles dos servos?"-e assim nos ensina que não deveríamos jamais estranhar o tratamento de rejeição quando a Palavra libertadora do Evangelho viesse a ser anunciada.

"O servo não é maior do que o seu senhor; nem o enviado maior do que aquele que o enviou"-asseverou Ele a fim de ensinar aos filhos da Graça a realidade
das respostas que teriam num mundo no qual a Cruz é loucura para os
filósofos, e escândalo para os religiosos.

Assim como foi, assim é, e assim será!

Ninguém tem que dizer "amém."

O problema é que não dá para negar que seja assim.

A lição que Ele nos dá nessa hora é não lançar pérolas aos porcos. Foi por
isto que Ele ficou em silencio na frente da autoridade política e da
autoridade religiosa em Seu julgamento.

E enquanto a hora não chegava, Ele andava na simplicidade das pombas e com a
prudência das serpentes. Não recuou de Seu caminho. Mas muitas vezes se
retirou para lugares ermos, e orava.

"Saiamos, pois, a Ele, fora dos portões, levando o Seu vitupério".

Caio
= = =
Segue a resposta do Pr.Caio a Mensagem que o Pr.Thieme nos repassou , e aproveito para colocar o q acredito Deus me revela ...
O Pr.Caio Fábio tem o direito de falar o que bem lhe aprouver , nós temos o dever de aplicar o que a Bíblia nos orienta e reter o que condiz com o que temos aprendido a Cristo .
Creio que devemos parar de agir como se tudo que ele falasse fosse lei e  assim evitarmos estes alardes .
 
Repassando a todos que constavam com cópia na mensagem original recebida . e disponibilizando na seção : http://www.uniaonet.com/esplei.htm
 
Yrorrito : Vosso irmão em Cristo Jesus ,
membro da  Ig.Cristã Evang. União
www.uniaonet.com - iceuniao@uol.com.br
Cx.Postal 67 , Cep.74001-970 Goiânia-Go
= = =
Mauro : O Caio respondeu assim: Citou os seguintes textos que disponibilizamos no : http://www.uniaonet.com/caiofabio.htm :
01 _ From: James Woods , July 21, 2005  : ESTOU CHOCADO   : ENTENDENDO A ÉTICA DA VIDA E A ÉTICA DO "TELHADÃO" .
02 _ A FESTA DO PAI NÃO É UM BAILE DE MÁSCARAS
03_ AS DROGAS DO ÊXTASE: HEDONISMO E LUXURIA
04_ O CENTURIÃO E MELQUIZEDEQUE: um encontro com Jesus
05_ A TERAPIA CONTRA A INVEJA
06_ DEUS E AQUELES A QUEM ELE ABENÇOA SEM PEDIR PERMISSÃO
07_ E DISSE DEUS: HAJA CRUZ, E HOUVE CRUZ!
PODEM ME JULGAR, IRMÃOS, E QUE DEUS GUARDE OS SEUS CORAÇÕES DE PECAR!
CAIO

Ministério Missionário Provisão Convida
“O homossexualismo nos dias atuais”
PRELETORES
 
PRA. DENISE RICCO THOMAS
 
 
 Fundadora do Ministério Missionário Provisão.
Esteve a frente do trabalho durante 7 anos, tendo adquirido um vasto conhecimento na área do Homossexualismo, devido a grande procura de um maior esclarecimento a respeito deste assunto, que está em pauta na mídia e na sociedade.
Tendo por objetivo instruir a igreja como deve reagir ou tratar o assunto.
 
 
PR. FABIANO MASCHIO
 Presidente do Ministério/ Missionário Provisão
Viveu durante 7 anos, como travesti e na prostituição. A 5 anos atrás, após conhecer o evangelho sua vida foi transformada.
Hoje casado, tem duas filhas, atual diretor da Casa de Transformação Provisão.
Tem como objetivo compartilhar de suas
experiências pessoais vividas, na prática do homossexualismo. Isto para o maior esclarecimento da igreja.
 
MISSIONÁRIO LUIZ EMILIO 
 
 Membro da Diretoria do Ministério Provisão
Viveu durante 23 anos como travesti, na prostituição.
Também após ter conhecido o evangelho a 5 anos, teve sua vida transformada. Tendo feito o curso de missões em JOCUM, em 2004.
Deseja levar ao conhecimento da igreja a possibilidade da transformação da vida de um Homossexual, onde estará compartilhando seu testemunho pessoal.
 
ASSUNTOS A SEREM ABORDADOS
 
PRA. DENISE RICCO THOMAS
 
• Homossexualismo nos dias atuais na sociedade e na mídia;
• A responsabilidade da igreja sobre o assunto;
• Como agir diante do homossexual, quando ele busca ajuda na igreja;
• Como abordar o homossexual;
• As diferenças de homossexualismo;
• Como obter êxito ao tratar do assunto, à luz da bíblia.
  
PR. FABIANO MASCHIO
Testemunho pessoal;
• Possíveis causas que levam a prática do homossexualismo;
• O conhecimento da palavra de deus, que o levou a transformação;
• Sua vida atual como pastor-presidente da entidade provisão e sua vida em família.
 
MISSIONÁRIO LUIZ EMÍLIO
• Testemunho pessoal;
• Como cheguei a igreja;
• O que eu esperava da igreja;
• Qual a reação dos cristãos diante da minha aparência;
• Casamento não é cura para o homossexualismo, mas uma consequência.
 
OBSERVAÇÃO:
Estas palestras serão realizadas durante três dias.
Cada dia com um dos preletores acima citados.
No quarto dia estaremos respondendo a perguntas formuladas anteriormente, para o esclarecimento referente a algumas questões que talvez não foram abordadas .
 
CONTATO _ fone: (0xx11)3237-4187 (Via_cgbr.com.br) 29/4/05

Informações sobre a ABRACEH _ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE APOIO AOS QUE VOLUNTARIAMENTE DESEJAM DEIXAR A HOMOSSEXUALIDADE : Ver : www.abraceh.org.br - info@abraceh.org.br .
O Instituto Evangélico de Formação Política Abraham Kuyper apóia o movimento de defesa da família e os valores cristãos que sustenta a sociedade.
 
http://www.luiscavalcante.com/Artigos/artigos.painel.asp?tp=123&sg=99
 
Curso: Teologia e Política Cristã
 
Maiores informações:
 
Instituto Evangélico de Formação Política Abraham Kuyper
Por Um Estado Reformado Democrático
 
 
 
“Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” Mt. 19:4-5
 
Estamos levantando um clamor nesta Nação, para que seja restabelecido o princípio original de que o Casamento é uma instituição criada por Deus, para unir homem e mulher em matrimônio, como citado acima.
 
O relacionamento e o convívio entre pessoas do mesmo sexo, aceito pela sociedade, discutido nos meios jurídicos e políticos etc., não pode ser considerado casamento, pois não preenche a condição mínima para a sua concretização: a participação de um homem e de uma mulher.
 
Não pretendemos afrontar a opção sexual de quem quer que seja, e jamais diremos não ou deixaremos de estender nossos braços àqueles que optam em viver segundo aquilo que crêem. Contudo, continuaremos a dizer NÃO à equivocada iniciativa de considerar passível de matrimônio pessoas de mesmo sexo. Não aceitamos essa tentativa de mudar o santo princípio do casamento, como estabelecido na Bíblia.
 
Estão querendo mudar esse princípio por meio do projeto de lei 1151/95, em trâmite no Congresso Nacional. Nós, como Igreja, por todo o Brasil, podemos nos levantar e erguer nossas mãos aos céus e a nossa voz aos nossos Governantes, para que os favoráveis ao projeto mudem sua posição e os que, como nós, são contra, não permitam essa barbaridade em um País, cuja maioria esmagadora crê nos santos ensinos bíblicos.
 
Se você crê assim, junte-se a nós, participando deste “abaixo assinado”, que enviaremos a todas as Autoridades do Governo (Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário) desta Nação, a qual tanto amamos, chamada BRASIL.
 
 
Há um link onde está sendo feito um abaixo assinado http://www.aigreja.com.
 
 
Brasília, 01 de abril de 2005.
 
Senhor Governante (Executivo, Legislativo ou Judiciário).
 
Trata-se de Clamor Nacional em forma de Abaixo-assinado, para que seja restabelecido o princípio original de que o Casamento é uma instituição criada por Deus, para unir homem e mulher em matrimônio, como estabelecido na Bíblia (Mateus, 19:4-5): “Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.”.
 
Atualmente, no Congresso Nacional há 13 projetos de lei e 4 propostas de emendas constitucionais favoráveis aos GLBT. A ABGLT elegeu como prioritários dois projetos de lei: o projeto de lei 5003/01 de autoria da deputada Iara Bernardi (PT-SP), que propõe a punição por discriminação ou preconceito de gênero e orientação sexual; e o projeto de lei 1151/95, da ex-deputada Marta Suplicy (Pré-Candidata a Governadora de São Paulo), que regulamenta a união civil entre pessoas do mesmo sexo.
 
Não pretendemos afrontar a opção sexual de quem quer que seja. Contudo, Dizemos NÃO à equivocada iniciativa de considerar passível de matrimônio pessoas de mesmo sexo, como defendido pelo Sr. Welton Trindade, Presidente do Estruturação, grupo homossexual de Brasília, em reunião mantida com o Sr. Presidente da Câmara, Deputado Severino Cavalcanti (PP-PE), no último dia 16. Não aceitamos essa tentativa de mudar o santo princípio do casamento.
 
Por isso, como a maioria esmagadora que crê nos santos ensinos bíblicos, pedimos a V.Sa. que não permita essa barbaridade contra a instituição Casamento, exclusiva de homem e mulher.
 
 “Casamento Homossexual”, a Igreja diz Não!
 
http://www.aigreja.com
 
 
 
 
O Instituto Evangélico de Formação Política Abraham Kuyper apóia o movimento de defesa da família e os valores cristãos que sustenta a sociedade.
 
http://www.luiscavalcante.com
Curso: Teologia e Política Cristã
 
Maiores informações:
 
Instituto Evangélico de Formação Política Abraham Kuyper _ Por Um Estado Reformado Democrático

A noticia abaixo é de um site gay. Quem desejar mandar uma notinha de ânimo ao Dep. Severino, basta enviar email para: dep.severinocavalcanti@camara.gov.br
 Julio Severo
= = = =
 
Grupo faz malhação do Judas contra Severino Cavalcanti
O Movimento Gay Leões do Norte, de Recife (PE), pretende promover no dia 25/3, às 20h, a tradicional malhação do Judas com a imagem do deputado Severino Cavalcanti, recém-eleito presidente da Câmera dos Deputados.
Segundo Weligton Medeiros, membro do grupo, o protesto é "frente ao seu posicionamento contrário aos direitos dos homossexuais". "Queremos denunciar o avanço que os parlamentares homofóbicos estão tendo - e avançando também, e mostrar uma reação para não parecer que estamos inertes e discutindo o posicionamento do deputado somente nas listas de discussões ou na imprensa sem fazer uma ação com a própria comunidade", explica Medeiros.
Cavalcanti (PP-PE) é considerado pelo movimento homossexual uma ameaça às suas reinvidicações. Em sua primeira entrevista coletiva, na última quarta-feira, 16/2, o deputado reiterou sua posição contra o casamento gay e o aborto.
"Minha posição contra o aborto e o casamento de homem com homem e de mulher com mulher, no momento que for votar, deixarei a presidência e vou ao plenário combater o que não posso acreditar. Não posso acreditar em relações de homem com homem e de mulher com mulher", bradou o deputado, que também é inimigo declarado do projeto de lei de parceria civil entre homossexuais, de autoria da ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, que tramita há 10 anos no Congresso.
O protesto será realizado em frente ao Bar Pithousen, no bairro da Boa Vista, onde às sextas-feiras é grande a concentração de homossexuais. O grupo espera reunir cerca de 300 pessoas no protesto.
Fonte: http://mixbrasil.uol.com.br

= = =
Abaixo, noticia de um site gay.
Casas Bahia aderem à campanha antidiscriminação
A campanha “Quem financia a Baixaria é Contra a Cidadania” recebeu a adesão da rede varejista Casas Bahia que promete retirar gradativamente seus comerciais dos intervalos de programas que, no entendimento da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, responsável pela iniciativa, violam direitos básicos do ser humano e discriminam negros e homossexuais.
De acordo com a Agência Brasil, a Fiat e a Kaiser aderiram à campanha em setembro do ano passado. Para o deputado Orlando Fantazzini, coordenador da campanha, “ter as Casas Bahia como parceira é uma grande vitória, já que ela é considerada a empresa que mais anuncia em todo o país”. A comissão de monitoramento da campanha conta inclusive com a participação [do ativista gay] Welton Trindade, presidente do Grupo Estruturação de Brasília.

Estimados irmãos
Severino Cavalcanti é católico e não compreende que sua presença como presidente da Câmara dos Deputados está incomodando não só o movimento homossexual, mas também poderosas forças espirituais. Será um verdadeiro milagre se ele conseguir ficar de pé, com tantos trabalhos de bruxaria sendo lançados sobre ele.
 
Só me pergunto se o povo de Deus poderia ajudar um homem que não é evangélico, mas que está lutando contra o movimento homossexual do jeito que todo evangélico verdadeiro deve fazer. Será que não podemos fazer nada por esse homem, enquanto ele nem percebe que corre sério risco de cair? Será que ele não precisa de nossas orações?
 
A notícia abaixo é do jornal O Tempo, de Belo Horizonte.
 
Julio Severo
= = =

Pais-de-santo evocam exu contra parlamentar
 
RECIFE – Ao som de tambores e atabaques, um grupo de 46 babalorixás (pais-de-santo) e ialorixás (mães-de-santo) reuniramse no fim de semana em Recife (PE) para pedir aos orixás (forças da natureza) que quebrem a resistência do novo presidente da Câmara, Severino Cavalcanti (PPPE), à concessão de direitos civis aos parceiros homossexuais. No culto, os líderes religiosos evocaram o “exu tranca rua das almas” e reverenciaram a “pomba-gira”, oferecendo-lhe uísque.
 
Tudo para pedir que façam Cavalcanti “parar de perseguir a comunidade gay”, disse “pai” Carlos Silva, chefe espiritual da Catedral de Iansã, local onde ocorreu a cerimônia. O culto, que começou na noite de sábado, só terminou na madrugada de domingo. “Fizemos uma corrente de energia positiva para ele (Cavalcanti) parar com essa perseguição”, afirmou.
 
“Pedimos aos orixás que dêem inteligência e responsabilidade ao deputado, que, apesar de nos orgulhar por ser nordestino, nos envergonha por ser tão ultrapassado”, declarou Silva. Segundo ele, o exu tranca rua das almas “é uma entidade neutra, que faz tudo o que for pedido, tanto para o bem, quanto para o mal, sem juízo de valor”. O líder espiritual disse que nada de ruim foi pedido a Cavalcanti, mas que, se ele insistir em “perseguir” os homossexuais, “poderá até perder o cargo”. “O amor não tem sexo”, afirmou. “Nós realizamos casamentos homossexuais e queremos que isso seja reconhecido”, declarou.
 
“Gays existem em todas as profissões e muitos deles se destacam em suas atividades.” Os pais-de-santo e mãesde- santo recifenses voltarão a se reunir esta semana para decidir se reforçarão os pedidos em um novo culto. Enquanto o encontro não acontece, eles elaboram um documento de reivindicações, em conjunto com entidades de apoio aos homossexuais, para entregar ao parlamentar em Recife.
 
Fonte: jornal O Tempo de 22 de fevereiro de 2005.
 

Sexualidad para la Vida
     Es un programa de la 
Asociación Cristiana Uruguaya de Profesionales  de la  Salud.
 
A. C. U. P. S.
 
--------------------------------------------------------------------------------
 
Boletín Electrónico _   www.chasque.net/acups
 
Febrero / 2005
 
--------------------------------------------------------------------------------
 
     Matrimonios homosexuales :  Controversia en Canadá
 
 
Editorial
 
Hace pocos días hemos recibido de Noticias Globales ( N° 571-572 , detalles más abajo ) la información sobre la controversia frente al proyecto de ley sobre la legalización de matrimonios homosexuales.Hay opiniones que manifiestan que la legalización del matrimonio entre personas del mismo sexo es un atentando contra la definición de lo que es el matrimonio interpretándose como una revolución cultural, más que una reivindicación natural cuyas consecuencias son imprevisibles.  Se vislumbra que esta controversia estará presente en nuestro medio, por lo que entendemos oportuno transcribir la versión textual de las opiniones emitidas en este caso en contra del proyecto de ley por parte de un sector de la población canadiense.  La ocasión es propicia para reflexionar y estimular a que nos escriban y manifiesten su opinión sobre este tema ya sea a favor o en contra. Seguro que será un ejercicio intelectual que nos enriquecerá. Por esto esperamos sus comentarios.
Jorge Patpatian - Editor.                                                                                            
 
En Canadá se está librando una batalla paradigmática.
 
El 2 de febrero, el gobierno del liberal Paul Martin envió al Parlamento el proyecto de ley C-38 que legalizaría las llamadas uniones del mismo sexo. Recordamos que en junio de 2004, el obispo de Calgary, acusó al Primer Ministro, que se presenta como “católico comprometido”, de dar “un contumaz escándalo por su incoherencia moral”, manifestada en sus declaraciones favorables al aborto y a las llamadas uniones del mismo sexo, (vid. NG 648).
 
El 1 de febrero, se dio a conocer el mensaje del Arzobispo de San Juan, Mons. Brendan O´Brien, que en su carácter de presidente de la Conferencia Episcopal se dirigió al Primer Ministro y a los principales líderes parlamentarios. En la carta Mons. O'Brien, reafirma la total oposición de la Iglesia Católica al proyecto de ley del gobierno.
 
“Los Obispos Católicos de Canadá -dice Mons. O'Brien- permanecen unidos en su oposición a la legislación que redefiniría el matrimonio, dejando de reconocerlo como la institución única, esencial y fundamental, basada en la unión de un hombre y una mujer”. Continúa el mensaje diciendo: “Como líderes de 13 millones de católicos, junto a millones de otros canadienses que profesan otras religiones o no tienen una filiación religiosa, llamamos al gobierno y a todos los partidos políticos a reafirmar la definición de matrimonio como la unión entre un hombre y una mujer”
 
La carta reclama además a los líderes de los partidos y al Primer Ministro, que respeten la libertad fundamental de conciencia y de religión de los legisladores, y se abstengan de “imponer la disciplina de partido” a los parlamentarios.
 
Concluye la carta repudiando las declaraciones de “Mr. Pierre Pettigrew, Ministro de Asuntos Exteriores, quien afirmó que las iglesias deberían mantenerse ajenas al debate sobre las propuestas de redefinición del matrimonio”.
 
El cardenal Marc Ouellet, Arzobispo de Quebec y Primado de Canadá, dio a conocer el 30 de enero, una carta abierta dirigida a todos los ciudadanos, llamándolos a “oponerse vigorosamente” a la redefinición de matrimonio. “Como ciudadano canadiense -dice el cardenal- y como Primado de Canadá, y cumplo con mi deber de expresar mi rechazo -así como el de un gran número de canadienses que han acudido a mí para que eleve mi voz en su nombre-, sobre el significado y las consecuencias de las propuestas de redefinición del matrimonio”.
 
Estas propuestas, dice el cardenal Ouellet, en orden a legalizar las parejas de homosexuales, “ofenden la moral y la religión de un gran número de ciudadanos, católicos y no-católicos”. La carta sigue diciendo que “la unión entre personas del mismo sexo es inaceptable”, desde el punto de vista natural, para los cristianos y para otros ciudadanos pertenecientes a otras tradiciones religiosas.
 
“Se trata, dice el cardenal, de una revolución cultural cuyas consecuencias son imposibles de predecir”.
 
El Primado expresa su esperanza, “en una fuerte reacción de todo el pueblo canadiense en contra del proyecto de ley y la recta decisión de los políticos reafirmando la definición de matrimonio como la legítima unión de un hombre con una mujer con exclusión de cualquier otra persona”.
 
“La sociedad canadiense tiene ante sí la opción entre desechar o reafirmar la definición universal de matrimonio, que refleja el orden natural, el sentido común del pueblo, la tradición judeo-cristiana y la sabiduría de las grandes religiones. La elección puede ser el origen de amargas e impredecibles consecuencias sociales, culturales, religiosas y demográficas”.
 
El 4 de febrero, en otra de sus muchas intervenciones sobre el tema en estos últimos seis meses, la Conferencia Episcopal hizo conocer su rechazo al proyecto diciendo que si bien las consecuencias de esa legislación inicua son desconocidas, “se puede anticipar un prolongado litigio, que dividiría a Canadá, porque conculcaría la libertad de enseñanza y de opinión sobre el matrimonio y la homosexualidad, según la fe y la conciencia de cada ciudadano”.
 
Los obispos advirtieron también sobre el peligro de que “la ley exija a las distintas confesiones religiosas aceptar los llamados ‘matrimonios de personas del mismo sexo’”, como ya ha pasado en la provincia de Columbia Británica con respecto a la Iglesia Católica, cuya jerarquía no ha transigido.
 
Además, advierte la Conferencia, que las asociaciones con estatus legal de ‘charitable groups’, podrían ser presionadas por el Estado para aceptar la redefinición del matrimonio, con la amenaza de revocarles su estatus legal y los beneficios económicos que éste lleva consigo.
 
Por su parte, el Arzobispo de Toronto, cardenal Aloysius Ambrozic, que también se dirigió por carta al Primer Ministro, el 17 de enero pasado, mandó a todos los sacerdotes de su diócesis, que en todas las celebraciones litúrgicas, incluidas todas las Misas, “hasta la Pascua de 2005”, se elevaran oraciones pidiendo el fracaso de los intentos del gobierno para redefinir el matrimonio.
 
Ambrozic, también mandó a todos los sacerdotes, que después de la celebración de la Misa, animaran a los fieles a tomar parte activa contra los proyectos del gobierno.
 
En otra carta, dirigida a los fieles de la arquidiócesis, el cardenal dice: “Como vuestro Arzobispo, les reclamo tomar parte activa en defensa de la institución matrimonial. Tenemos el deber de alzar la voz”, y concretando su pedido dijo que todos han de protestar y presionar a los políticos, empezando por “escribir y enviar faxes y correos electrónicos a los parlamentarios y al Primer Ministro, Paul Martin”. De hecho, miles de cartas están llegando a los legisladores.
 
El cardenal, también mandó rezar para que los parlamentarios y los políticos tomen las decisiones correctas, según el orden natural.
 
En su carta al Primer Ministro (18-01-05), Ambrozic se expresa duramente, diciendo que la nueva legislación con seguridad conculcará la libertad de conciencia y de expresión de los ciudadanos, atentando contra los derechos reconocidos en la Canadian Charter of Rights and Freedoms.
 
“La ley es docente, dice el cardenal. ¿La sociedad en general y los padres en particular deberán enseñar que la heterosexualidad y la homosexualidad son moralmente equivalentes?”. (...) “¿Obligará la ley a impartir una educación sexual inspirada en esa nueva visión?”.
 
Por último, el cardenal Ambrozic, urge a todos los parlamentarios, incluidos los miembros del gobierno, a votar en conciencia sobre todos los temas relacionados con el matrimonio, y exige que se les respete esa libertad fundamental.
 
Cabe señalar que el Primer Ministro, Martin, ha exigido a los parlamentarios miembros del gobierno, el voto a favor del proyecto de ley, dando muestras de un inaudito autoritarismo. Ante esa violación de la libertad de conciencia, es lógico que la Iglesia reclame a favor de la libertad de los parlamentarios de votar según sus convicciones.
 
Mons. Fred Henry, Obispo de Calgary, quien denunciara la incoherencia moral del Primer Ministro, dijo en enero en una pastoral: “La homosexualidad, el adulterio, la prostitución y la pornografía, destruyen los fundamentos de la familia y las bases de la sociedad, por eso el Estado, para preservar el bien común, debe usar su poder de coerción para proscribirlas o ponerles estrechos límites”. (...) “Como están en juego las raíces mismas de la sociedad, todos debemos oponernos, aunque la institución matrimonial es una, y si se crea la figura de los llamados ‘matrimonios entre homosexuales’, eso jamás alterará lo que es el verdadero matrimonio”.
 
Otros obispos que han alzado su voz en los últimos días pidiendo enérgicas reacciones a sus compatriotas son, Mons. Jean-Louis Plouffe, de Sudbury, Ontario, que llamó a los ciudadanos manifestarse de todas las formas posibles, incluso con concentraciones en la calle. En Vancouver, Columbia Británica, Mons. Raymond Roussin, pidió oraciones por el país, llamó a los sacerdotes a predicar sobre el tema y exigió a sus fieles protestar.
 
Por último, entre otras reacciones destacamos que la Arquidiócesis de Halifax, Nueva Escocia, publicó un elenco de acciones a seguir: oración, manifestar públicamente la oposición al proyecto y presionar a los parlamentarios.
 
Ante la posible aprobación del proyecto y las legislaciones locales que ya las aceptan y algunas decisiones judiciales que avalan el reconocimiento de las uniones del mismo sexo, muchos comisionados -funcionarios civiles habilitados para legalizar matrimonios- se han visto obligados a renunciar.
 
Por ahora, las renuncias obligadas y voluntarias que se registran son: ocho comisionados han hecho llegar su dimisión a la Corte Suprema de Newfoundland. Otros 8 lo han hecho en Saskatchewan. En Manitoba, 12; y muchos en Columbia Británica, dónde ya está legislada la redefinición de matrimonio y el gobierno local los conminó a celebrar esas uniones en 2003.
 
Los funcionarios, locales o federales, viven bajo la amenaza de ser calificados de “homofóbicos” -un “crimen” que el Nuevo Orden no perdona- por la asociación de activistas homosexuales EGALE, que desarrolla sobre ellos una verdadera vigilancia policial.
 
Sin embargo, a la clase política no deja de preocuparle que casi el 50% del electorado esté dispuesto a no volver a elegir a aquellos representantes que voten a favor del proyecto. FIN, 08-02-05
 
Fuente del artículo presentado:
 
NOTICIAS GLOBALES, Año VIII. Número 571, 07/05. Gacetilla nº 694; Buenos Aires, 08 febrero 2005694) CANADA: UNIONES HOMOSEXUALES. LOS OBISPOS LLAMAN A LA PROTESTA Y A LA RESISTENCIA (I). Fuentes: Propias; Lifesite, enero-febrero 2005; (vid. NG 648). Por Juan C. Sanahuja
 
www.puertovidacom/noticiasglobales _ NOTICIAS GLOBALES es un boletín de noticias sobre temas que se relacionan con la PROMOCIÓN Y DEFENSA DE LA VIDA HUMANA Y LA FAMILIA. Editor: Pbro. Dr. Juan Claudio Sanahuja.

http://headlines.agapepress.org Os “Tolerantes” Ativistas Gays Não Toleram Ex-Gays
Bill Fancher
(AgapePress) — Em nossa época de “tolerância”, um líder evangélico que luta a favor dos valores da família diz que há um grupo que jamais é tolerado por aqueles que se consideram politicamente corretos: “os ex-gays”.
Depois de dedicar a “Semana do Orgulho Gay”, um sistema escolar de Virginia, EUA, rejeitou a idéia de permitir que ex-homossexuais se dirigissem aos estudantes. Bob Knight, do Instituto de Cultura e Família, diz que os “ex-gays” parecem não ser reconhecidos.
“As pessoas que venceram o homossexualismo — que achavam que tinham nascido gays e não podiam mudar e então entenderam que podiam mudar — são considerados como se não existissem”, declara Knight. “Eles são continuamente bloqueados do acesso ao público”.
Knight afirma que se pode achar a mesma discriminação contra ex-homossexuais nas emissoras de televisão também. “As emissoras têm um problema que vem de anos, pois os ativistas homossexuais têm usado poder de veto em termos de quem deve ser indicado para os programas de TV”, explica ele. “Eu mesmo já experimentei isso. Eu havia sido marcado para participar de programas com Stephen Bennett e outros ex-homossexuais, e as emissoras me informaram de que esses ex-gays — que já estavam com tudo marcado — tiveram seu compromisso cancelado, porque os ativistas homossexuais se recusaram a participar do programa com um ex-gay”.
Bennett, um sincero ex-homossexual que hoje dirige um ministério evangélico, foi marcado recentemente para participar do programa Bom Dia América para debater um controvertido programa da TV educativa. Ele havia sido marcado para aparecer com duas lésbicas num segmento de Bom Dia América, mas elas informaram à emissora de que não apareceriam com Bennett. Bennett foi então desmarcado pela emissora e ele crê que foi tirado do programa por causa da “intolerância e preconceito” das lésbicas para com ele, só porque ele é ex-homossexual.
“Os ativistas homossexuais simplesmente não ousam permitir que os ex-gays tenham um palanque”, afirma Knight.
Knight, que não é ex-homossexual, desafia as intenções dos ativistas homossexuais e as debate muitas vezes, em todos os lugares que lhe é permitido aparecer.
--------------------------------------------------------------------------------
Bill Fancher escreve regularmente para AgapePress e trabalha como jornalista da American Family Radio News.
Traduzido e adaptado por Julio Severo: juliosevero@hotmail.com - 18/02/05

16/02/05 Estimados irmãos
  Os ativistas gays estão alarmados e revoltados com a vitória de Severino Cavalcanti para presidente da Câmara dos Deputados. Estão acusando-o de ser contra os direitos dos homossexuais e direitos das mulheres (aborto).
  Severino é católico, mas precisa de nossas orações! Deus usa quem quer quando quer. Ele usou até o rei Ciro, que não o conhecia.
  Quando tudo parecia sem esperança em todas as atitudes erradas de Lula e do PT a favor do homossexualismo e do aborto, surge Severino, que tem uma trajetória moral totalmente oposta.
  Abaixo, notícia mostrando que os ativistas gays não estão dispostos a deixar que Severino bloqueie as muitas medidas do governo Lula para promover o aborto e do homossexualismo.
  O que é fascinante é que enquanto os ativistas gays querem que Severino não deixe que suas convicções pessoais "interfiram" em seu desempenho político, eles deixam que suas radicais convicções homossexuais interfiram descaradamente na política, e impõem que todos imitem somente o exemplo deles!
  Julio Severo
 --------------------------------------------------------------------------------
  http://oglobo.globo.com Severino Cavalcanti é contrário aos direitos dos gays, diz ONG
 Globo Online
 RIO - O Grupo Arco-Íris, uma ONG de defesa dos direitos dos homossexuais, divulgou nesta terça-feira uma nota lamentando a eleição do deputado Severino Cavalcanti (PP-PE) para presidente da Câmara de Deputados. O texto, assinado pelo presidente da ONG, Cláudio Nascimento, diz que o deputado é contrário aos direitos dos homossexuais e das mulheres. Leia a íntegra da nota: "Com certa perplexidade e preocupação, recebemos a notícia da eleição do deputado Severino Cavalcanti (PP-PE) para a presidência da Câmara dos Deputados, ocorrida na madrugada desta terça-feira em Brasília.
 Sentimos o temor de que o Sr. Severino Cavalcanti - um deputado de trajetória política sabidamente contrário aos direitos de homossexuais e direitos das mulheres, no exercício do seu mandato de presidente da Câmara possa ser o gestor de sérios entraves às lutas em favor da cidadania e direitos humanos empreendidas pela comunidade GLBT- gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros e outros segmentos sociais em nosso país.
 Esse sentimento se justifica: em 2005, completam-se 10 anos que tramita na Câmara o Projeto de Lei da ex-Deputada Marta Suplicy que propõe a união civil entre pessoas do mesmo sexo. O Projeto já esteve diversas vezes na pauta, mas manobras políticas impediram sua votação, muitas delas empreendidas pelo deputado. Será que, com a atual presidência, gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros - todos nós, cidadãos brasileiros, continuaremos sendo discriminados por esse fundamentalismo congressista? A união entre pessoas do mesmo sexo é uma realidade hoje e a sociedade brasileira, inclusive o Poder Judiciário, está sensível a nossa luta.
 O Deputado Severino Cavalcanti não pode deixar que suas convicções político-pessoais interfiram maculadamente na agenda e nas respostas necessárias que o Legislativo precisa dar aos direitos da comunidade GLBT e demais políticas para o combate a violação aos direitos humanos. Agora, como representante máximo desta Casa, ele detém um poder em nossa República que deve ser pautado pelo respeito a laicidade do Estado, aos direitos humanos e ao tratamento igualitário das demandas da sociedade brasileira, sob pena de perder a legitimidade e autoridade como presidente da Câmara dos Deputados!
 Nós, ativistas e representantes da comunidade GLBT em parceria com outros setores democráticos, estaremos atentos e não vamos permitir que interesses políticos- pessoais e corporativos de setores conservadores se sobreponham à democracia e a promoção da cidadania de todos. Qualquer postura diferente dessa estará maculando a imagem da Câmara dos Deputados e comprometendo a sua legitimidade. Queremos e vamos lutar sempre por uma pátria livre de preconceitos e a favor diversidade sexual. Para isso, este ano estarão mais de três milhões de pessoas nas ruas, por meio das Paradas do Orgulho GLBT, em todos os Estados Brasileiros, cobrando da Câmara dos Deputados e do Senado Federal a imediata aprovação do Projeto de Lei que reconhece a união civil entre pessoas do mesmo sexo e do Projeto de Lei, de autoria da Deputada Iara Bernardes, que criminaliza a discriminação contra homossexuais em nosso País."


www.estadao.com.br Grupo gay fica descontente com vitória de Cavalcanti
 Recife - O presidente da organização de homossexuais Leão do Norte, Wellington Medeiros, mostrou-se desolado com a vitória do deputado federal Severino Cavalcanti (PP) à presidência da Câmara Federal. "É um retrocesso à causa dos direitos civis homossexuais", disse ele.
 "O deputado confunde o Estado com a Igreja e vê o homossexualismo como depravação, como destruição da célula da família". Medeiros qualificou Cavalcanti como "ultraconservador", um exemplo de mentalidade TFP (Tradição, Família e Propriedade) e pregou a articulação e mobilização dos movimentos de direitos humanos e minorias sexuais.
 "Sem isso serão barrados projetos que prevêem a parceria civil entre homossexuais, com possibilidade de garantia de plano de saúde e pensão ou herança no caso da morte de um dos parceiros, assim como adoção de crianças por homossexuais", afirmou.
 Medeiros lembrou que em meados do ano passado Severino Cavalcanti fez um pronunciamento dizendo ser "vergonhoso o financiamento público para paradas gays". "Para o deputado paradas gays só servem para fomentar e incentivar o orgulho gay", afirmou. (Via_J.Severo)15/2/05
Leiam e sigam as orientações do Zenóbio!  Um abraço e a paz. Rozangela
 February 25, 2007  : urgente - Artigo Homofobia e templos cristãos
Caros amigos e pastores,
estou encaminhando para vcs um artigo de minha autoria que entendo ser muito relevante  sobre a Criminalização da homofobia e os templos cristãos.
Espero que todos possam ler o arquivo em anexo (possui apenas 4 páginas), pois ele tenta trazer a reflexão de todos os cristãos os graves riscos para o exercício da liberdade de expressão e fé cristã, que poderá advir com a aprovação do Projeto de Lei nº 5003/2001, que trata da Criminalização da Homofobia no Brasil.
Este tema é a bandeira de todo o movimento pró-homossexualismo no Brasil.
Existe ampla divulgação nos sites dos ativistas de que este projeto de lei, possivelmente no mês de abril de 2007, será aprovado no Senado Federal e posteriormente sancionado pelo Presidente Lula.
Leiam, critiquem, divulguem, mas não se omitam na abordagem deste tema.
Posteriormente estaremos divulgando uma grande mobilização pela internet entre todos os cristãos para um domingo de clamor, oração e jejum, em todas igrejas evangélicas no Brasil.
Estou a sua disposição para maiores esclarecimentos
graça e paz _ Zenóbio Fonseca
- - -
A criminalização da homofobia no Brasil e as igrejas cristãs
 

 Este artigo tem como objetivo trazer a discussão através de uma visão perfunctória à nova variante penal pertinente a orientação sexual e os seus reflexos junto às entidades religiosas cristãs, a ser inserida no ordenamento jurídico pátrio, através da aprovação em 23/11/2006 do PL nº 5003/2001, pela Câmara Federal.
 
  O projeto de lei em comento altera a Lei Federal nº 7.716/89, que trata sobre crimes de preconceito de raça ou de cor, bem como, altera o Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei nº 2.848/1940) e a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT (Decreto Lei nº 5.4252/1943), inserindo novos tipos penais atinentes à discriminação ou preconceito de gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero.
 
 Verifica-se que esta proposição parlamentar, em tramitação atual no Senado Federal sob a forma de PLC nº 122/2006, é motivo de grande anseio de todo movimento pró-homossexualismo no Brasil e demais países simpatizantes do tema, conforme amplamente noticiado por toda a mídia, vez que torna crime o preconceito por gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero .
 
 Neste particular está o ponto nodal da questão trazido a baila, pois é uma lei nova que vem tratar de tema importante, qual seja: a discriminação em razão da orientação sexual.
 
 O que temos de tão importante neste tema que possa chamar a atenção dos cristãos no Brasil, já que todos são contra qualquer forma de exclusão de pessoas, e, pelo contrário, o cristianismo ensinado pelas Sagradas Escrituras nos mostra o amor e o compromisso com os valores bíblicos como meta a ser perquirida?
 
 Em tese, pode-se afirmar que o “conflito” se dará entre os preceitos inseridos na norma legal do PL 5003/2001 e os valores cristãos arvorados na Bíblia, em especial, a todas as pessoas e/ou entidades religiosas cristãs, ou seja, qualquer pessoa física ou jurídica (igreja) que de alguma forma não aceite que o comportamento homossexual ou a orientação sexual seja uma prática ou padrão social aceitável em qualquer lugar público ou privado.
 
 Para melhor compreensão do tema que estamos tratando, trazemos à colação o estampado no art. 8º-A e 8º-B do projeto de lei:
 
“Art. 8ºA - Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no art. 1º desta Lei:
 
Pena: reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.”
“Art. 8º-B - Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão  homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs:
 
Pena: reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.”
 
 O Projeto de Lei, que poderá entrar em vigor a qualquer momento em 2007, poderá trazer sérios conflitos jurídicos para as entidades religiosas cristãs, seus líderes e membros no Brasil, pois os preceitos e princípios arvorados na Bíblia são contrários aos valores, ensinamentos e doutrinação atinentes à orientação sexual e homossexualismo.
 
 Algumas vozes sustentam que este projeto de lei, em sendo aprovado, de forma alguma atingirá por via direta ou reflexiva a igreja evangélica ou na expressão jurídica, entidade religiosa, sob alegação de que a Constituição Federal garante a liberdade de crença, credo e culto . Entretanto, a Carta Magna fala em proteção na forma da lei.
 
 Eis aqui a maior dúvida na área de incidência do comando legal, pois se a Constituição fala em proteção aos templos religiosos na forma da lei, de outro lado, o Projeto de Lei nº 5003/2001 traz em seu bojo que a orientação sexual é um princípio universal e humano, amparado pela mesma Constituição, ou seja, trata-se do princípio da dignidade da pessoa humana .
 
 Tanto é assim, que alguns Tribunais brasileiros ao tratarem do thema já fundamentam as suas decisões sob esta nova ótica, isto é, tratando a questão como princípio da dignidade humana e igualdade.
 
 Não se pode esquecer que existem projetos de emenda à Constituição tramitando em diversos Estados e na própria Câmara Federal, inserindo a orientação sexual como princípio expresso no capítulo dos princípios fundamentais.
 
 A postura do Brasil pró-homossexualismo não é novidade, pois em 2003 houve uma tentativa de aprovação de Resolução idêntica na Organização das Nações Unidades - ONU, na Comissão de Direitos Humanos, onde a proposta brasileira foi derrotada pelo voto de alguns países islâmicos .
 
 E não é só isso, o Brasil é autor de uma nova proposta de Resolução  na Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos - OEA, onde insere a orientação sexual e os seus desdobramentos como princípio universal da dignidade da pessoa humana, tornando todos os países membros obrigados a aceitar tal valor, por força desta Resolução, que ao ser aprovada, terá força de lei interna nos países signatários.
 
 
 
 Neste sentido é que vemos com grande preocupação a aprovação deste projeto de lei, sem qualquer tipo de ressalva a eficácia sobre os dogmas, liturgias e valores cristãos, que são contrários à orientação sexual e homossexualismo.
 
 Para uma melhor fixação da temática e suas conseqüências legais e religiosas, pegamos como simples exemplo argumentativo: um cidadão comum que tem seu filho matriculado em uma escola ou creche pública, onde lhe é ensinado sobre a livre escolha de sua orientação sexual , casamento e adoção entre pessoas de mesmo sexo, bem como, a tendência atual de se divulgar que o comportamento homossexual é algo que nasce com o ser humano. Neste instante, o pai ou mãe cristão ao saber que tais valores são ensinados obrigatoriamente na grade escolar de seu filho, se posiciona contrário a este ensinamento, em razão dos valores da bíblia. A direção do colégio, o professor ou o Conselho tutelar poderá denunciar os pais por discriminação de orientação sexual, com pena de até 5 anos de prisão.
 
 Aqui temos o ponto principal de abrangência e reflexos da lei, pois quem é a igreja e o corpo de Cristo? São os membros, as pessoas que professam a fé em Cristo Jesus.
 
  Em verdade, se a igreja (templo físico) não for atingida de forma direta em sua liturgia de culto, os seus membros serão, ao defenderem os valores cristãos como forma e prática de vida nos conflitos diários, em contraponto ao homossexualismo, amplamente propagado.
 
 Esta é a pior das facetas deste projeto de lei, porque atingirá qualquer pessoa cristã que expressar opinião contrária a livre expressão da orientação sexual e os seus valores, que tem sido institucionalizado como programas de Governo,  o GLBT , o Brasil sem homofobia ,  através do Ministério da Cultura, Educação, Saúde e Secretária Nacional de Direitos Humanos.
 
 Tais fatos aqui mencionados, não são novidades em outros países que já possui esta lei em vigor, onde os cristãos e as igrejas começam a sofrer o grave impacto de sua liberdade de expressão e fé em confronto ao homossexualismo.
 
 Na Inglaterra, o primekjhflkwfkiro-ministro britânico Tony Blair, afirmou categoricamente que leis contra discriminação de orientação sexual terão que ser aceitas pelas igrejas, bem como casamento de pessoas de mesmo sexo e adoção de menores
 
 No Estado Americano de Nova Jérsei, os prefeitos e juízes foram alertados sobre a possibilidade de serem processados se recusarem a aplicar leis anti-discriminação pró-homossexualismo, sob pena de multa de US$ 10 mil .
 
 Na Pensilvânia, duas avós, uma de 75 anos e outra de 70 anos, juntamente com 9 evangélicos foram presos por falarem de Jesus em uma calçada pública. A lei de ódio anti-discriminação foi à base das prisões. Os pastores locais estão buscando a contratação de seguro para se protegerem dos processos da lei .
 
 Verificou-se que nos países em que já existe a lei anti-discriminação posteriormente a sua regulamentação tornou-se mais rígida e ampla.
 
 Importante apresentar este breve panorama mundial para trazer a reflexão dos cristãos o que poderá acontecer no Brasil, se houver a aprovação do projeto de Lei nº 5003/2001.
 
 Não se pode passar ao largo sem deixar aqui registrado que o sistema jurídico brasileiro possui diversos instrumentos processuais e constitucionais protetores dos direitos humanos, seja através do habeas corpus, do mandado de segurança individual ou coletivo, e da ação civil pública, bem como, as ações individuais de reparação por danos morais a pessoas que se sentirem atingidas em seus direitos individuais.
 
 Desta forma, não seria razoável à aprovação deste projeto de lei como garantia e efetividade dos direitos das minorias sexuais, em razão dos instrumentos jurídicos já existente no Brasil.
 
Rio de Janeiro, em 24/02/2007.
 
Autor_Zenóbio Fonseca, M.Sc., Consultor Jurídico e professor Universitário.
  Fonte: http://gonline.uol.com.br/site/arquivos/estatico/gnews/gnews_noticia_19122.htm 
e http://gonline.uol.com.br/site/arquivos/estatico/gnews/gnews_noticia_19094.htm. Acessado em 04/02/2007.
  Fonte: http://gonline.uol.com.br/site/arquivos/estatico/gnews/gnews_noticia_19031.htm. Acessado em 04/02/2007.
  Fonte: WND.  Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com.br.


www.midiasemmascara.com.br  Blog Julio Severo fora do ar: por pressão de quem?
- - -
http://jbonline.terra.com.brOlavo de Carvalho, filósofo Jornal do Brasil . Um grupo de militantes gayzistas conseguiu tirar do ar o site http://juliosevero.blogspot.com. O método foi despejar sobre o Google uma tempestade de denúncias contra o autor do blog, o escritor Júlio Severo, acusando-o de pregar a violência contra os homossexuais. "Ele quer que sejamos massacrados, que não tenhamos direito de defesa", esbraveja um dos incitadores do ataque na comunidade Orkut usada como QG da iniciativa: "Ele quer que possamos ser currados sem que nossos agressores paguem por isso". . .  (Via_Zenóbio)


= =
  .. . aqueles que denunciaram o blog do Júlio Severo, e a própria empresa Google, esta se mantiver a censura promovida, estão fazendo exatamente aquilo que a política de conteúdo determina como abuso. Ao indisponibilizarem o site do Júlio Severo, agem levianamente, com base em denúncias caluniosas (imputação falsa de crime) de adversários ideológicos. Dessa maneira, apóiam a incitação ao ódio, promovida por grupos específicos de homossexuais, os quais já fizeram apologia, até mesmo, à morte do senhor Júlio Severo. Sendo esta atitude verdadeiro crime (calúnia e apologia ao crime), a empresa Google está sendo conivente, e mais: co-participante do delito.
  Dessa forma, confiando no bom senso e no respeito à liberdade de expressão, solicito a imediata liberação do acesso ao site do Júlio Severo.
  Santos, 18 de julho de 2007.
  Atenciosamente.
  Fabio Blanco
_ OAB/SP 187.686

- - -

... É inadmissível que dentro de um espaço tão democrático e livre queiram calar a voz de quem fala pela grande maioria para satisfazer aos caprichos de uma minoria que se faz passar por perseguida e frágil, mas que trás em si a arrogância de exigir maiores direitos que o restante do povo brasileiro.
  Agradeço muitíssimo vossa atenção e peço que considere minha total desaprovação à censura feita e ao fato de estar fora do ar um blog de tamanha qualidade e importância aos que desejam uma vida estruturada e forte às suas famílias.
  Muito grata
_ Deise Machado.   

- - -

Ademir Kreutzfeld
_ O blog do irmão Julio Severo, escritor do livro "O Movimento Homossexual",
foi tirado do ar temporariamente por pressão do movimento gay. Nós, que somos cristãos, temos que escrever para o Google e dizer que é uma articulação. Temos que assumir a defesa de Julio Severo. Também não é
só uma questão de assumir a defesa de Julio. No Código Penal Brasileiro existe um crime definido como ultraje a culto (Artigo 208 do Código Penal).
É um crime que dá cadeia. Ultraje a culto é praticado de duas maneiras.
Primeiro, na  interrupção de um culto ou cerimônia religiosa. Segundo,
quando se escarnece de alguém em público por motivo de crença ou
função religiosa ( www.blogtalkradio.com/olavo ). Assim sendo, manifeste-se.
Dê seu apoio ao irmão Julio.
= =


http://juliosevero.blogspot.com "Deus tenha misericórdia da nossa nação"
Momento histórico para o movimento homossexual internacional. Pela primeira vez em toda a história mundial, um presidente faz a abertura oficial de um evento em defesa do homossexualismo.
Lula, que participou da 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (GLBT), disse que o Brasil precisa de ?um momento de reparação?. A conferência, iniciada em 5 de junho de 2008, foi convocada por decreto presidencial do próprio Lula.
Acompanhado de seis ministros, ele pediu para que todos os preconceituosos ?arejem a cabeça e despoluam-na?. Ele surpreendeu ao manifestar apoio total ao movimento homossexual e dizendo ?que fará o possível para que a criminalização da homofobia e a união civil sejam aprovadas?.
Ele defendeu o fim de toda a oposição ao comportamento homossexual e afirmou que a permanência da discriminação sexual ?talvez seja a doença mais perversa impregnada na cabeça do ser humano?.
Na primeira fila da conferência estavam Luiz Mott (em trajes africanos), Toni Reis, Sergio Mamberti, a Senadora Fátima Cleide, a Deputada Cida Diogo e o ativista Beto de Jesus. Representantes de 14 países estavam presentes. A inédita conferência homossexual sob patrocínio governamental é uma das muitas iniciativas nacionais e internacionais financiadas e conduzidas pelo governo Lula.
No evento, o Secretário de Direitos Humanos Paulo Vanucchi fez um longo discurso, apelando fortemente para forçar credibilidade à questão homossexual. O site homossexual MixBrasil relata que Vanucchi ?relembrou o holocausto?, tentando comparar a morte de seis milhões de judeus com 5 mil homossexuais, sem porém mencionar que Hitler era homossexual e que a vasta maioria dos 2 milhões de homossexuais da Alemanha nazista não tiveram o mesmo destino cruel da vasta maioria dos judeus alemães.
Vanucchi também tentou forçar igualdade entre a causa homossexual e a luta contra a escravidão dos negros. Ao dizer que ?A homofobia é incompatível com a democracia? foi longamente aplaudido de pé. ?Homofobia?, na gíria politicamente correta, é toda opinião ou atitude filosófica, moral, ética, médica ou religiosa contrária ao comportamento homossexual.
Segundo MixBrasil, ele ?terminou seu discurso dando três recomendações ao movimento gay presente: Não se perder em disputas internas, entender que os adversários são pessoas presas a tabus usando mais estratégias de convencimento do que de enfrentamento e entender que a luta homossexual se entende como parte de outras lutas de direitos humanos como a de crianças, deficientes, negros e idosos?.
Quando chegou a vez do Ministro da Saúde José Gomes Temporão falar, ele creditou ao ativismo homossexual a união da luta contra a AIDS à defesa dos direitos homossexuais. Ele, que há bastante tempo vem se manifestando a favor da legalização do aborto, anunciou que até o final do mês o SUS passará a fazer operações de mudança de sexo.
Em seu discurso, Toni Reis, presidente da ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros), apresentou proposta para a criação de um estatuto para os homossexuais, seguindo o modelo do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Ele também pediu a aprovação da união civil de pessoas do mesmo sexo e a criminalização da homofobia. O pedido de Toni foi aplaudido por Lula.
"Fazemos qualquer negócio pela aprovação dos direitos GLBT", disse Toni.
Finalizando sua apelação, Paulo Vanucchi trouxe uma menina de 4 anos para o colo do presidente e no microfone ele gritou: ?Brasil Sem Homofobia?.
(Via _ Wanderley)
= = =

NÃO APROVAÇÃO DA LEI dia 25!!   ESTAREMOS EM BRASILIA NO DIA 25.06.08 NA FRENTE DO CONGRESSO DIZENDO NÃO A ESSA LEI - POVO DEUS VAMOS NOS UNIR
 

PELA NÃO APROVAÇÃO DA LEI QUE BENEFICIA A PRATICA HOMOSSEXUAL PL 122/2006
 
MERCADANTE@SENADOR.GOV.BR
 
EDUARDO.SUPLICY@SENADOR.GOV.BR
 
ROMEU.TUMA@SENADOR.GOV.BR
 
OBS. MANDE PARA OS TRES SENADORES DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE PASSEI OS NOMES ACIMA
 
SE VC. TIVER PARENTE E AMIGO EM OUTROS ESTADOS
QUE ELES TAMBEM POSSAM FAZER O MESMO
MANDANDO UM NÃO PARA OS SENADORES DA PL- 122/2006
PARA SABER QUAL O SENADOR QUE DEVEM ENVIAR É POR UF DO ESTADO
E PARA SABER QUEM É
ACESSAR
WWW.SENADO.GOV.BR
E SELECIONAR POR UF
E MANDAR PARA CADA SENADOR ( via _ Paulo )

www.lastdayswatchman.blogspot.com Você está pronto para ser perseguido por ativistas gays?
Rev. D.L. Foster
 
Você está pronto? Você está em oração? Você já determinou que não importa quais leis sejam aprovadas, você permanecerá fiel à eterna Palavra de Deus? Você já decidiu que não ficará em silêncio não importa quais sejam as penalidades? Você já instruiu sua igreja acerca das ameaças sobre nós? Você está pronto?
 
O motivo é que a perseguição não está se aproximando. Já está aqui.
 
Com a aprovação de uma lei no Colorado, de uma declaração formal do governo brasileiro e de uma decisão legal punitiva do governo canadense contra um pastor, os homossexuais começaram o trabalho de silenciar a última oposição sólida ao estilo de vida deles. Eu quero dizer nós, a igreja.
 
Com a assistência do movimento cristão gay enfraquecendo as defesas internas da igreja e o atual clima espiritual de ganância (também conhecida pelo nome de "prosperidade") e excessos na igreja, o movimento político gay avançou as pressões externas para silenciar todas as vozes que proclamam o homossexualismo como algo que não seja bom, moral e superior — publicamente. Sua alternativa é ficar de boca fechada ou dizer em segredo.
 
Você está pronto para fazer o que Daniel fez quando foi ameaçado pelo sistema legal babilônico? Você está preparado para fazer o que João, Pedro e os outros discípulos fizeram quando os magistrados religiosos bateram neles e lhes ordenaram que não falassem mais em Jesus? Você está pronto?
 
De acordo com WorldNetDaily:
 
A lei [do Colorado] fornece uma isenção que permite que os grupos religiosos continuem ensinando, dentro de suas portas, a condenação bíblica do homossexualismo. Mas a própria isenção será prejudicial à igreja no final de tudo, argumenta Hausknecht.
 
"[A isenção] tende a marginalizar a igreja", disse ele. "Eles dirão: 'É só uma igreja'. "[A isenção] permitirá que os ativistas gays continuem a marginalizar os cristãos. Eles dirão: 'Mantenham seus ensinos dentro de suas quatro paredes. Só isso'."
 
A igreja está para ser isolada num gueto, tal como foram os judeus de Varsóvia durante o governo de Hitler. A intenção do inimigo é nos encurralar nas nossas igrejas, trancar as portas com cadeado e tornar crime o ato de falarmos "assim diz o Senhor". Você está preparado para perder seu emprego, ser forçado a abandonar sua casa e até perder a guarda de seus filhos por se recusar a se prostrar diante do altar da aceitação homossexual? Não há como ficar neutro. Eles não deixarão você ficar neutro. Ou escolhemos agora tomar uma posição e ser contados com os profetas que quando se defrontavam com as tramas do diabo permaneciam firmes ou então desapareceremos em humilhante esquecimento.
 
No Brasil o governo anunciou um plano para limpar o Brasil de toda "homofobia". O blogueiro Julio Severo, que publica o blog Last Days Watchman, tem testemunhado esse ataque forte liderado pelo governo em recentes anos. Esse ataque culminou na conferência onde participaram representantes de 14 nações estrangeiras.
 
Acompanhado de seis ministros, ele pediu para que todos os preconceituosos "arejem a cabeça e despoluam-na". Ele surpreendeu ao manifestar apoio total ao movimento homossexual e dizendo "que fará o possível para que a criminalização da homofobia e a união civil sejam aprovadas".
 
Ele defendeu o fim de toda a oposição ao comportamento homossexual e afirmou que a permanência da discriminação sexual "talvez seja a doença mais perversa impregnada na cabeça do ser humano".
 
Não tenha a menor dúvida de que o movimento homossexual político dos EUA está envolvido nessa situação, tendo exportado — para países em que os governos estão seduzidos pelo dinheiro deles — seu ódio aos que criticam sua abominação pecaminosa. Você está pronto para ver sua igreja monitorada por ativistas homossexuais secretos? Você está preparado para ver homossexuais fazendo seu emprego de alvo a fim de testar se você aceita ou não o pecado deles? O que você fará quando entrarem com milionárias ações legais contra você? Caso você não tenha ainda percebido, estamos em guerra.
 
Ao norte, o governo canadense declarou enfaticamente que os que criticam o homossexualismo enfrentarão a lei e serão punidos. Em 30 de maio de 2008, o Pr. Stephen Boissoin foi proibido de expressar sua perspectiva bíblica acerca do homossexualismo e recebeu ordem de pagar 5 mil dólares por "danos envolvendo dor e sofrimento" bem como pedir perdão aos ativistas que se queixaram de que se sentiram magoados. O tribunal disse:
 
"O Sr. Boissoin e a Coalizão de Cristãos Preocupados cessarão de publicar em jornais, por email, em rádio, em discursos públicos ou na internet comentários depreciativos sobre gays e homossexuais. Além do mais, daqui em diante eles estão proibidos de fazer comentários depreciativos sobre… Lund ou… as testemunhas de Lund em relação ao envolvimento deles na queixa. Além do mais, ordena-se que todos os comentários depreciativos contra os homossexuais sejam removidos dos atuais sites e publicações do Sr. Boissoin e a Coalizão de Cristãos Preocupados…"
 
Essa não é uma luta para se ganhar com armas carnais. As armas de nossa guerra não são carnais, mas poderosas em Deus para a demolição de fortalezas. Pegue as suas armas e prepare-se.
 
Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com
 
Leitura recomendada:
 
A grande desmobilização: O que está em jogo nos acordos envolvendo o PLC 122/2006 (Via_Pr.Taborda/CIBI)

. . Dia 25/06 (quarta-feira) haverá uma concentração em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília/DF, para vermos cair a lei que protege os homossexuais, pedófilos, bissexuais levando famílias, pastores, padres e todos aqueles que criticam a forma como eles agem (não estamos criticando a opção de escolhas sexuais deles) à cadeia. Precisamos continuar sendo um Estado democrático visando a liberdade de expressão!! Se eles tem regalias; o negro, índio, evangélico, espírita também tem que ter, não acham?!? Vamos continuar lutando pela liberdade!! Não temos que ter castas privilegiadas e outras não em nosso país, como tem a Índia!! Se você não puder ir, então dobre seu joelho nesse dia às 14:00 e clame ao Senhor Deus para que Ele mude a sorte do nosso país. Ore pelas nossas autoridades constituídas... clame ao Senhor porque a Bíblia diz: 'BENDITA É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR'!!" _ Sérgio

= = =

25/06_Mobilização contra PLC 122 (lei da mordaça gay) - DF 
PROJETO DE LEI 122 ( 25/06/2008 QUARTA FEIRA, VENHA E PARTICIPE)
 
(ATENÇÃO TODA SOCIEDADE BRASILEIRA)
 
 
HAVERÁ NESTA QUARTA-FEIRA DIA 25/06/2008 as 14:00hrs A GRANDE CONCLAMAÇÃO EM FRENTE AO CONGRESSO NACIONAL ONDE SERÁ ENTREGUE AOS SENADORES DA REPÚBLICA UM ABAIXO ASSINADO CONTRA ESSE PROJETO DE LEI 122, PROJETO ESSE QUE TRATA DE;
 

* TIRAR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO DO POVO
* TIRAR A LIBERDADE RELIGIOSA
* FAVORECIMENTO A PEDOFILIA (NO SENTIDO DE DAR BRECHA NA LEI BRASILEIRA E FICANDO ASSIM COMPLICADO A PUNIÇÃO P/ ESSE TIPO DE CRIME HORRÍVEL.
 
SE ESSA LEI FOR APROVADA NÃO PODEREMOS MAIS PROTESTAR E QUEM PROTESTAR SERÁ PUNIDO PODENDO ATÉ SER PRESO, ESTÃO QUERENDO CALAR A BOCA DA NOSSA SOCIEDADE E DAS IGREJAS NO GERAL, POR ISSO VENHA E PARTICIPE CONOSCO, NÃO DEIXE NINGUÉM TIRAR SUA LIBERDADE DE EXPRESSAR AQUILO QUE VOCÊ PENSA, CONVIDE MAIS PESSOAS PARA ESSE ATO IMPORTANTE, VENHA VOCÊ JOVEM, SENHOR, SENHORA, PADRE, PASTOR, IGREJA, GRUPO ESCOLARES, ENFIM TODOS VOCÊS QUE NÃO ACEITA ISSO QUE QUEREM FAZER COM A SOCIEDADE BRASILEIRA QUE É CALAR NOSSA BOCA, CONTAMOS COM SUA PRESENÇA E QUE DEUS NOS ABENÇOE.
 
 
 
Postado por Contato/convite (061) 9181-5745, NOSSO OBJETIVO É PREGAR A PALAVRA DO SENHOR JESUS
 
 
 
 
Grande mobilização em favor da liberdade religiosa e contra a pedofilia no Brasil, dia 25 de Junho (quarta-feira), em Brasília
 
 
 
 
Conclamação Nacional: ato pacífico DF 25/06/08   
Muito Importante! Esse tema para todos nós cristãos que defendemos nossos direitos!!! estão querendo colocar mordaça no povo de Deus e isso não podemos permitir! Pois o nosso Brasil é do Senhor Jesus!
 
Conclamação Nacional: Ato Pacífico - em Brasilia 25/06/2008 - 14h00 Ato pacífico e democrático em favor da liberdade de expressão, da liberdade religiosa, e contra a pedofilia e o Projeto de Lei nº 122/06
Local: Em frente à entrada principal do Congresso Nacional - Brasília - DF
 
Presença do pastor Silas Malafaia, senador Magno Malta; o procurador da república, Dr. Guilherme Schelb; e o presidente do Conselho de Pastores do Brasil, pastor Jabes de Alencar, entre outros Padres, Espiritas enfim... seres humanos que ainda estão com o juíso no lugar rsrsrsrs O tema em questão será liberdade de expressão, liberdade religiosa e pedofilia, assunto que está em pauta no Congresso Nacional com a tramitação do Projeto de Lei 122/06 e que diz respeito a toda sociedade brasileira.
 
 
 



05/07/2008_ URGENTE: GOVERNO PETISTA NEGOCIA DITADURA GAY  
 
Terça Feira, 1 de julho de 2008
 
Prezados amigos,
 
Meu nome é Julio Severo. Sou autor do livro "O Movimento
Homossexual", publicado pela Editora Betânia
http://juliosevero.blogspot.com
numerosíssimos artigos e também editor de um blog muito conhecido na
Internet que pode ser acessado nos seguintes endereços:
 
 
Venho novamente alertar o povo brasileiro e meus irmãos de fé a
respeito de um projeto de lei (o PL 122/2006) que está
tramitando no Congresso Nacional e que irá ter conseqüências
gravíssimas não somente na vida de todo o nosso povo, -- em
especial para todos os pais, quaisquer que sejam suas convicções,
que zelam pela educação de seus filhos com base em princípios sadios
--, mas também para as igrejas cristãs de qualquer denominação,
incluindo a Igreja Católica.
 
VAMOS GRITAR CONTRA ESTE ATO, ENVIAR
EMAILS PARA O SENADO, TELEFONAR E
ENVIAR FAXES PARA OS SENADORES.
 
OS TELEFONES, FAXES E EMAILS DOS
SENADORES ESTÃO NO FINAL DA MENSAGEM.
 
DIVULGUEM !!!!!!!!!!!!!
 
ACORDEM ANTES QUE SEJA TARDE
!!!!!!!!!!
 
============================
 
Para sair da lista, envie um mail com o título REMOVER, para
 
 
============================
 
1. O QUE É O PL 122/2006
 
============================
 
O PLC 122/2006, que já foi aprovado na Câmara dos
Deputados e está para ser votado no Senado, introduz a figura do
crime de preconceito de orientação sexual e identidade de gênero. A
intenção, aparentemente louvável, de eliminar preconceitos contra
cidadãos, esconde, na verdade, a real intenção do projeto que é a
promoção do homossexualismo. O projeto pretende dar aos homossexuais
direitos, não na qualidade de pessoa, mas na qualidade de quem
pratica o homossexualismo.
 
A PROPOSTA PRETENDE PUNIR COMO CRIME
QUALQUER TIPO DE REPROVAÇÃO AO
HOMOSSEXUALISMO.
 
O projeto pretende
 
- Converter em crime punível com 2 a 5 anos de reclusão a dispensa
de um empregado se o empregado for homossexual e se for dispensado em
razão de atos de homossexualismo (cf. art. 4º).
 
- Converter em crime punível com 1 a 3 anos de reclusão a
proibição de ingresso ou permanência de alguém em um estabelecimento
aberto ao público se a pessoa impedida for homossexual e se a causa do
impedimento for sua conduta homossexual (cf. art. 5º).
 
- Converter em crime punível com 1 a 3 anos de reclusão negar ou
excluir, em qualquer sistema de seleção educacional, recrutamento ou
promoção funcional ou profissional, em razão de atos de
homossexualismo. Nenhum seminário católico ou evangélico poderá
impedir a entrada de novos candidatos em virtude da prática de
homossexualismo ou mesmo em caso de prática explicita de atos
homossexuais (cf. art. 5º). O REITOR DE UM
SEMINÁRIO QUE NÃO ADMITIR O INGRESSO DE
UM ALUNO HOMOSSEXUAL PODERÁ SER PRESO
SE DENUNCIADO PELO SEMINARISTA OU POR
UMA ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL DE
DEFESA DA CIDADANIA E DIREITOS
HUMANOS.
 
- Converter em crime punível com 2 a 5 anos de reclusão impedir a
expressão e a manifestação de afetividade homossexual em locais
públicos ou privados abertos ao público (cf. art. 7º).
 
- Converter em crime punível com 2 a 5 anos de reclusão impedir a
livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão
homossexual, bissexual ou transgênero (cf. art. 7º).
 
- Converter em crime punível com 1 a 3 anos de reclusão induzir a
discriminação ou preconceito de orientação sexual e identidade de
gênero por meio de qualquer tipo de ação constrangedora de ordem
MORAL, ÉTICA, FILOSÓFICA OU
PSICOLÓGICA. Tipificado o crime propositadamente em termos
tão genéricos, isso significa que qualquer sacerdote, pastor ou
cidadão que manifeste em um sermão ou em uma sala de aula que a
prática da homossexualidade constitui um pecado, um desvio ou uma
doença poderá ser denunciado e preso (cf. art. 8). O
PASTOR OU O PADRE QUE, EM UMA PREGAÇÃO,
CONDENAR O HOMOSSEXUALISMO PODERÁ SER
PRESO SE DENUNCIADO POR UM OUVINTE OU
MESMO POR OFÍCIO DE UMA ORGANIZAÇÃO NÃO
GOVERNAMENTAL DE DEFESA DA CIDADANIA E
DIREITOS HUMANOS. De fato, como prevê o artigo 9,
as denúncias de quaisquer crimes de homofobia, poderão ser feitas
pelo próprio ofendido, pela autoridade competente ou ainda através de
um simples "COMUNICADO DE ORGANIZAÇÕES NÃO
GOVERNAMENTAIS DE DEFESA DA CIDADANIA
E DIREITOS HUMANOS".
 
Uma cópia completa do Projeto pode ser encontrada no seguinte
endereço:
 
A tramitação do projeto pode ser acompanhada em
 
============================
 
2. IMPORTANTÍSSIMO: ACOMPANHE A
TRAMITAÇÃO DO PROJETO DIRETAMENTE PELO
SENADO FEDERAL
 
============================
 
Eis uma das coisas mais decisivas para que possamos derrubar este
projeto na sua integralidade.
 
Entre no site do Senado Federal no endereço de tramitação do
projeto
 
e clique em SELECIONAR PARA ACOMPANHAMENTO.
 
---> O serviço de acompanhamento de matérias do Senado Federal
permite ao cidadão selecionar as matérias de seu interesse em
tramitação no Congresso Nacional e receber, em seu endereço
eletrônico, uma mensagem sempre que a tramitação do projeto de lei
sofrer qualquer ação legislativa.
 
---> O SERVIÇO DE ACOMPANHAMENTO DE
MATÉRIAS É ABERTO A QUALQUER CIDADÃO.
Somente se exige a apresentação do endereço de e-mail para receber
as mensagens e o cadastramento de uma senha.
 
---> É IMPORTANTÍSSIMO PARA DERRUBAR
ESTE PROJETO NOCIVO QUE MILHARES DE
CIDADÃOS ACOMPANHEM PASSO A PASSO
TODAS AS MANOBRAS NELE ENVOLVIDAS.
 
---> ENSINE A MAIS PESSOAS COMO
CADASTRAR-SE NO SENADO PARA ACOMPANHAR
A TRAMITAÇÃO DO PL122/2006
 
---> SE MILHARES DE PESSOAS JÁ
ESTIVESSEM ACOMPANHANDO O PL 122 HÁ
MAIS TEMPO, SUA APROVAÇÃO NÃO TERIA
OCORRIDO NA CÂMARA.
 
============================
 
3. COMO O PROJETO FOI APROVADO NA
CÂMARA
 
============================
 
O que é hoje conhecido como o PLC 122/2006 foi aprovado com
muita facilidade na Câmara dos Deputados em 2006, mas não
porque a maioria do povo brasileiro ou a maioria dos parlamentares o
apoiou. A aprovação foi garantida graças a manobras que colocaram o
projeto sorrateiramente em votação num dia em que os parlamentares
pró-homossexualismo se programaram para votar, sem a presença da
oposição. A bancada evangélica foi pega desprevenida.
 
Em seguida, o projeto foi para o Senado, onde os parlamentares
pró-homossexualismo achavam que, com mais manobras, mais
desatenção da bancada evangélica e mais apoio do governo Lula, a
aprovação estaria novamente garantida.
 
============================
 
4. CONSCIENTIZAÇÃO CRISTÃ FREIA
MANOBRAS ESQUERDISTAS
 
============================
 
Entretanto, os planos esquerdistas de continuar passando a perna nos
outros sofreram um imprevisto impressionante. Depois que as ameaças
do PLC 122/2006 foram reveladas ao público, católicos e
evangélicos se uniram numa grande mobilização popular, pressionando
os senadores para votar contra o projeto.
 
Os senadores, que em sua maioria estavam prontos para aprová-lo,
começaram a voltar sua atenção aos interesses dos eleitores que, por
emails e telefonemas, manifestavam a preocupação de que o PLC
122/2006 é uma medida ditatorial para reduzir, entre muitos
outros direitos, o direito de alguém ter uma posição filosófica,
moral, médica ou religiosa contra o homossexualismo.
 
============================
 
5. JURISTAS DECLARAM: PROJETOS DE LEI
ANTI-HOMOFOBIA SÃO INCONSTITUCIONAIS
 
============================
 
Com a preocupação e ação popular, manobra após manobra
esquerdista falhou. Cada vez que havia uma tentativa de votar o
projeto, o povo se manifestava de todos os lados. A atuação popular
foi decisiva e fundamental, pois o PLC 122/2006 - com a
desculpa "inocente" de apenas garantir proteção a quem pratica o
homossexualismo - representa uma das maiores violações de direitos
fundamentais que o Brasil já viu. O Dr. Zenóbio Fonseca,
professor de direito, comenta:
 
"Os projetos anti-homofobia tentam estabelecer no Brasil uma
legislação que muito se assemelha aos Estados totalitários,
criminalizando qualquer opinião contrária a determinado comportamento
social, limitando liberdades individuais e coletivas em suas
manifestações de consciência e de crença, retirando livros de
circulação, proibindo a veiculação de programas de rádio e
televisão com temas contrários ao homossexualismo e, inclusive,
suspendendo as atividades de pessoas jurídicas".
 
O Dr. Fonseca prossegue:
 
"O PLC 122/2006 poderá trazer sérios conflitos jurídicos
para as entidades religiosas cristãs, seus líderes e membros no
Brasil, pois os mandamentos e princípios que a Bíblia defende são
contrários aos valores, ensinamentos e doutrinação referentes à
orientação sexual, que é apenas um dos muitos termos para designar e
proteger o homossexualismo".
 
Além disso, leis contendo termos como orientação sexual e
identidade de gênero colocam o homossexualismo não como simplesmente
comportamento, mas como questão ligada à dignidade da pessoa humana.
Daí, torna-se legalmente impossível e até perigoso um cidadão
assumir uma posição bíblica contra algo que recebe o rótulo de
"dignidade da pessoa humana".
 
Sendo a expressão "orientação sexual" oficialmente consagrada em
lei, terá início um processo de desconstrução legal e social, onde
referências de crime, pecado e doença serão extintas, proibidas e
censuradas de suas ligações notórias e antigas com todos os tipos de
comportamentos homossexuais. Essa perversa desconstrução trará como
conseqüência a criminalização de atitudes e opiniões contrárias ao
homossexualismo, o qual será legalmente protegido como direito humano
inalienável, superior ao direito de livre expressão e superior até
mesmo ao mandamento de Deus na Bíblia condenando as práticas
homossexuais.
 
O Dr. Luiz Carlos Lodi da Cruz, que é padre, advogado e
ativista pró-vida, dá exemplos das super-desigualdades que o PLC
122/2006 imporá:
 
"A injúria - que já é crime - será um crime especial, punível
com reclusão de 1 a 3 anos e multa, se cometida contra alguém em
razão de seu comportamento homossexual (cf. art. 10). A
dispensa de um empregado sem justa causa - que não é crime -
passará a ser crime punível com 2 a 5 anos de reclusão se o
empregado for homossexual e se for dispensado em razão de atos de
homossexualismo (cf. art. 4º). A proibição de ingresso ou
permanência de alguém em um estabelecimento aberto ao público será
crime punível com 1 a 3 anos de reclusão se a pessoa impedida for
homossexual e se a causa do impedimento for sua conduta homossexual
(cf. art. 5º). Que significa isso? Que além dos direitos
fundamentais garantidos pela Constituição Federal a todas as
pessoas, os praticantes do homossexualismo terão direitos em virtude
do homossexualismo por eles praticado. O projeto pretende dar aos
homossexuais direitos, não na qualidade de pessoa, mas na qualidade
de homossexuais. Ora, o homossexualismo (entendido como prática da
conjunção carnal entre pessoas do mesmo sexo) é um vício contra a
natureza, que não pode acrescentar direito algum a alguém".
 
============================
 
6. PÚBLICO BEM INFORMADO PROVOCA
IMPACTO NO CONGRESSO NACIONAL
 
============================
 
Dr. Fonseca, Dr. Lodi e outros juristas muito ajudaram a alertar
o público sobre os perigos do traiçoeiro projeto de lei. Todos esses
esforços não foram inúteis, pois a conscientização popular
provocou uma avalanche de contatos ao Senado Federal. Desde dezembro
de 2007, o Alô Senado (0800-612211) já recebeu
mais de 36 mil chamadas de todas as partes do Brasil para comentar o
PLC 122/2006, a vasta maioria contra o projeto. Só em
abril de 2008, houve 17.530 ligações, o que representa
37% do total de pessoas que telefonaram para comentar projetos de
lei, tornando o PLC 122/06 a preocupação número 1 do
público brasileiro.
 
Enquanto cresce o desespero esquerdista para aprová-lo, cresce
também a manifestação contrária da população. O último embate
para aprová-lo em maio, com forte pressão do governo petista,
trouxe posições diferentes da bancada evangélica.
 
Marcelo Crivella, bispo licenciado da IURD, deu parecer pela
aprovação, apresentando dez emendas. Contudo, o Senador Magno
Malta votou pela rejeição total do PLC 122/2006, pois ele
viu no projeto "cerceamento da liberdade de expressão", uma
posição que está de acordo com a vontade da maioria dos eleitores
fazendo contato com o Senado.
 
Sobre esse recente embate, a Agência Senado noticiou:
 
No entender de Crivella, as penalidades incorporadas ao projeto são
"draconianas", porque, notou, um simples olhar, uma atitude ou
apenas uma frase dirigida a um homossexual, poderão ser interpretadas
como ato de constrangimento de ordem moral. O outro voto em separado
foi apresentado pelo senador Magno Malta (PR-ES). Ele
considerou o projeto inconstitucional.
 
============================
 
7. GOVERNO LULA TENTA ANULAR IMPACTO
DAS LIGAÇÕES FEITAS AO SENADO
 
============================
 
Depois de classificar de doentes perversos todos os que se opõem,
pelos mais diferentes motivos, ao homossexualismo, o presidente Luiz
Inácio Lula da Silva deixou clara não só a posição favorável do
seu governo ao PLC 122/06, mas também declarou que fará tudo
o que for possível para que a chamada "homofobia" seja
criminalizada.
 
Foi preciso atropelar dados negativos com dados favoráveis, desprezar
a opinião pública, iludi-la e transformar a máquina estatal em
instrumento de conquista de "corações e mentes".
 
Uma avalanche de ligações para o serviço de atendimento "Alô
Senado" rejeitando o PLC 122/06, durante um ano, deixou o
governo Lula e militantes homossexuais desesperados, levando a
direção do Senado a fazer um levantamento nacional pelo seu instituto
de pesquisa, o DataSenado, para tentar minimizar a mobilização
daqueles que procuram, de forma democrática, se fazer ouvir pelos
senadores da República.
 
Nos últimos 12 meses, o Alô Senado recebeu 140 mil ligações
de pessoas se manifestando sobre esse assunto, número recorde nos
últimos cinco anos. Do total de ligações e mensagens eletrônicas
enviadas, 73% se manifestaram contrários ao projeto de lei e só
13% defenderam. Essa movimentação democrática do público
aconteceu depois que o projeto, que já foi aprovado na Câmara,
chegou ao Senado.
 
Contudo, o levantamento feito pelo DataSenado entre apenas
1.122 pessoas, nos dias 6 e 16 de junho, exatamente logo
depois da abertura do presidente Lula da 1ª Conferência Nacional
de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, onde
ele pediu a criminalização da homofobia (5 de junho), mostra o
contrário: 70% dos entrevistados concordaram com a aprovação da
lei que pune atos de discriminação ou preconceito contra os
homossexuais
 
A pesquisa do DataSenado evitou, porém, mostrar aos entrevistados
os aspectos polêmicos do projeto. As duas únicas perguntas foram:
"Você tomou conhecimento do projeto? Você concorda ou discorda que
a discriminação seja crime?"
 
Com tal questionamento raso e vago sobre o PLC 122/06, não
é de surpreender o resultado: 69% dos entrevistados disseram que
tinham conhecimento do projeto e 30% desconheciam a proposta.
 
Importante lembrar que, dentro da realidade do povo, tomar
conhecimento é a mesma coisa que ouvir falar. Se a pesquisa fosse
séria e não tendenciosa, não teria receio algum de indagar os
entrevistados sobre apenas alguns pontos básicos do teor do projeto.
Tal indagação não foi feita, a fim de não anular a tentativa de o
próprio governo anular a mobilização popular contra o PLC 122.
 
A imprensa anticristã, é claro, optou por ficar com a pesquisa do
DataSenado, que é mais confortável aos seus próprios valores e aos
valores do governo Lula. Segundo reportagem do jornal "O Globo",
 
"havia um temor dos próprios senadores de que o resultado da votação
do projeto pudesse ser influenciado por uma pressão de caráter
religioso. Por isso, a decisão de fazer um levantamento com
amostragem nacional. O DataSenado já existe desde 2005 e faz
pesquisas para orientar os parlamentares sobre a opinião da população
sobre temas determinados".
 
"Estava havendo uma irracionalidade no debate. Havia uma forte
pressão religiosa sobre o tema. Por isso, é importante esse tipo de
pesquisa para ajudar a revelar como pensa a sociedade brasileira sobre o
assunto", defendeu a líder do PT no Senado, Ideli Salvati
(SC), que luta pela aprovação do PLC 122/06.
 
Salvati não deveria estar falando em "irracionalidade", que é uma
acusação falsa e expressão de ódio dela contra os cristãos. O que
ela deveria fazer é se preocupar com as denúncias de
"irregularidades" contra ela na Polícia Federal. Estranhamente,
além de não se ocupar para resolver seus próprios escândalos, ela
se esquece de mencionar que, de forma oposta, há literalmente uma
fortíssima pressão do governo Lula e dos grupos homossexuais radicais
para que o projeto seja aprovado.
 
Se o Senado tivesse recebido uma avalanche de ligações homossexuais
aprovando o projeto, Salvati e outros petistas pró-homossexualismo,
inclusive o próprio Lula, aplaudiriam e chamariam de
"racionalidade", "expressão democrática" e outros termos
elogiosos. Mas quando a manifestação popular se baseia nos
sentimentos cristãos da vasta maioria da população brasileira, aí
apela-se para uma evidente hostilidade anticristã, classificando
cruelmente de "irracionalidade" as opiniões da maioria.
 
A única posição que o governo Lula aceitará do povo com relação
aos projetos pró-homossexualismo é aceitação. Tudo o mais será
considerado "irracionalidade" e "doença perversa", termo que Lula
criou para se referir aos que não aceitam o homossexualismo. Se isso
não é preconceito praticado pelo governo contra os cristãos, então
o que é?
 
Os grupos homossexuais fizeram grandes campanhas para que as pessoas se
manifestassem pelo "Alô Senado", mas a manifestação popular os
venceu, e agora governo e aliados querem vencer a clara vitória da
vontade popular por meio de truques. Eles estão determinados a não
aceitar nenhum resultado democrático que não seja do agrado deles.
 
============================
 
8. ACORDOS NOS BASTIDORES?
 
============================
 
Na opinião de Fátima Cleide, a senadora esquerdista que ocupa hoje
a posição de relatora do PLC 122/2006, o projeto deve ser
aprovado com rapidez porque, durante os dois anos em que está sendo
discutido no Congresso Nacional, mais de cem homossexuais foram
assassinados. Ela porém não mencionou que, também nesses dois
últimos anos, mais de 100 mil cidadãos brasileiros foram
assassinados. Ela também se esqueceu de citar que o estilo de vida de
prostituição e drogas grandemente contribui para a violência que os
homossexuais sofrem, muitas vezes de seus próprios parceiros
homossexuais.
 
De acordo com a Agência Senado, Cleide afirmou "estar otimista
com um acordo com o senador Marcelo Crivella e com os movimentos
religiosos, especialmente os evangélicos, e acredita que a proposta
pode ser aprovada no Senado e sancionada pelo presidente da República
até o final deste ano".
 
Seria difícil Cleide, que é aliada de Lula, negociar com uma
bancada evangélica composta por evangélicos pró-Lula? A posição
dos evangélicos pró-Lula é não entrar em choque com o governo com
o qual estão aliados.
 
De acordo ainda com a Agência Senado, "Fátima Cleide ressaltou
que, pelo acordo já acertado com o governo e com movimentos sociais,
os pontos do texto em que houver divergência serão vetados pelo
presidente da República quando a proposta for à sanção".
 
Enquanto a população católica e evangélica se mobiliza pela
rejeição do nocivo projeto, acordos são feitos nos bastidores, com
a esperança de que Lula vetará os pontos polêmicos. Não se sabe
que tipo de acordo Cleide está fazendo, mas por duas vezes Toni
Reis, presidente da ABGLT, teve contato pessoal com
representantes da bancada evangélica, para uma negociação. Um
acordo garantirá que o projeto, mesmo amenizado, seja aprovado.
 
Mesmo que por algum motivo estratégico Lula vetasse alguns trechos do
PLC 122/2006, nada impedirá que mais tarde a lei aprovada
sofra alterações piores, pois Lula não só manifestou ser
favorável à criminalização da homofobia, mas também expressou que
a oposição ao homossexualismo é uma "doença perversa". Além
disso, seu governo é autor do programa federal Brasil Sem
Homofobia, realizou a primeira conferência gay do Brasil e do mundo
financiada pelo Estado e introduziu resoluções pioneiras na ONU e
OEA classificando o homossexualismo como direito humano
inalienável. Com toda a postura explícita do governo Lula a favor
do homossexualismo, que tipo de receio Fátima Cleide poderia ter ao
fazer acordos, mesmo com a bancada evangélica?
 
============================
 
9. COMO NÃO ENTRAR EM CHOQUE COM O
GOVERNO LULA?
 
============================
 
Na mente dos parlamentares evangélicos pró-Lula a pergunta
importante não é: "Como derrotar completamente a ameaça dos
projetos anti-homofobia?" A pergunta deles é: "Como agradar ao
povo evangélico sem entrar em choque com o governo Lula e sem deixar
de aprovar todas as leis anti-preconceito?"
 
Enquanto na população tanto católicos quanto evangélicos querem a
total destruição dos projetos anti-homofobia, os líderes cristãos
que representam a oposição a esses projetos procuram manobrar a
mobilização popular de forma que seus interesses e alianças
políticas não sejam prejudicados. Ninguém está disposto a se
sacrificar ou sacrificar suas próprias alianças por amor a Jesus e a
sua justiça.
 
Do lado dos grupos de militantes homossexuais, a preocupação é com
a mobilização do povo cristão do Brasil. Eles sabem que têm o
governo Lula de seu lado, o qual lhes garante financiamento através
de nossos impostos. Eles sabem também que a maioria dos senadores
está pronta para aprovar sua ambicionada lei anti-homofobia. Mas ao
mesmo tempo, eles questionam: de que adiantará a aprovação se o
povo do Brasil sair às ruas e iniciar uma desobediência civil em
massa? De que forma obter uma aprovação sem despertar a reação da
maioria da população do Brasil?
 
O primeiro passo é eles conseguirem uma negociação, num processo
burocrático, cansativo e desgastante, onde as leis anti-homofobia
serão suavizadas a fim de facilitar sua aprovação. Com a
aprovação, metade do problema está resolvido. A outra metade eles
resolvem pacientemente ou não depois.
 
============================
 
10. CONSEQÜÊNCIAS INEVITÁVEIS
 
============================
 
Entretanto, cedo ou tarde, as conseqüências virão. A
Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais,
Travestis e Transexuais (ABGLT) já sinalizou que se um pastor
for excluído do ministério só porque se descobriu que ele é gay, a
exclusão tem de ser considerada crime de preconceito. É nesse ponto
que a lei anti-homofobia entrará em ação.
 
Para Cleide, o PLC 122/2006 evitará que "a opinião de
uns gere prejuízos aos direitos de outros". É inegável que as
opiniões mais fortes e insistentes contra o homossexualismo têm origem
na Bíblia Sagrada. Então, são essas opiniões que estão gerando
prejuízos e até matança de homossexuais? Se acreditarmos na
ideologia anti-"homofobia", teremos de aceitar a ficção de
cristãos saindo de igrejas matando prostitutas, drogados, ladrões,
adúlteros e homossexuais depois de ouvirem um pastor ou padre pregando
contra a prostituição, drogas, roubos, adultério e
homossexualismo. E as igrejas estão sempre alertando e pregando
contra esses pecados.
 
Mesmo sendo apoiador de Lula, Magno Malta declarou sabiamente:
"Proponho aos senadores que o PLC 122/06 morra no ninho.
Não sei nem por que passou na Câmara. Da maneira como está
posto, estamos instituindo uma ditadura homossexual no Brasil".
 
============================
 
11. OS PECADOS DOS LÍDERES EVANGÉLICOS
E A OPRESSÃO DA MILITÂNCIA HOMOSSEXUAL
 
============================
 
Contudo, a pergunta que fica é: como é que a maioria cristã do
Brasil está sob a ameaça violenta de uma minoria apoiada pelo governo
mais corrupto da história do Brasil?
 
Num artigo que escrevi em 2007 intitulado "Impotência cristã
diante da militância homonazista", relatei como a Bíblia mostra bem
claramente que quando seu povo está em pecado, Deus permite que um
número pequeno de indivíduos persiga a maioria. Não é exatamente
isso o que está acontecendo no Brasil, onde o governo vem usando as
minorias para impor uma ditadura sobre a maioria?
 
"Impotência cristã diante da militância homonazista" revela como
os pecados dos líderes cristãos do Brasil estão facilitando o caos
que o Estado laico-louco está impondo no Brasil. Tal caos social,
provocado por esquerdistas utópicos, vai tornar necessário um
controle cada vez maior dos cidadãos, tornando todos escravos do
Estado.
 
Eu já escrevi muitos artigos contra o pecado homossexual, e tenho
até um livro chamado O Movimento Homossexual, publicado há dez
anos pela Editora Betânia, uma das maiores editoras evangélicas do
Brasil. Embora tenham muitas queixas contra mim há muitos anos, os
ativistas gays nunca enviaram meu livro ou esses artigos para a justiça
federal.
 
Contudo, quando escrevi "Impotência cristã diante da militância
homonazista", os militantes gays ficaram irados com o fato de que
denunciei que o movimento homossexual está crescendo por culpa dos
pecados dos líderes cristãos. Aliás, eles ficaram tão revoltados
que Toni Reis, presidente da ABGLT (Associação Brasileira
de Gays, Lésbicas e Transgêneros), enviou uma cópia desse
artigo ao Ministério Público Federal pedindo tomada de
providências contra mim.
 
Toni Reis é o mesmo ativista gay que por duas vezes se encontrou com
a bancada evangélica para tentar um acordo. Ele é o mesmo militante
que, ao pedir a aprovação da união civil de pessoas do mesmo sexo e
a criminalização da homofobia, foi aplaudido por Lula em 5 de junho
de 2008. Apesar de todo o imenso apoio do governo Lula, Toni se
queixa que, das ligações que o Senado recebeu de dezembro de
2007 até maio de 2008 sobre o PLC 122/2006, mais de
80% são para expressar opiniões contrárias ao projeto.
 
============================
 
12. PLC 122/2006: NEGOCIAR O MAL OU
ELIMINÁ-LO PELA RAIZ?
 
============================
 
O único caminho para vencer o mal é derrotá-lo, não
amenizá-lo. Por isso, o aviso que o Pe. Lodi dá é extremamente
importante se queremos evitar que o governo Lula estabeleça uma
ditadura homossexual no Brasil:
 
O núcleo do PLC 122/2006 é que ele, pela primeira vez na
história legislativa brasileira, pretende dar direitos ao vício. Os
pecadores têm um lugar especial no Cristianismo. Jesus disse
textualmente: "Não são os que têm saúde que precisam de médico,
mas sim os doentes. Com efeito, eu não vim chamar justos, mas
pecadores" (Mt 9:12-13). Ele, que acolheu a mulher
adúltera que estava para ser apedrejada (Jo 8:2-11) e o
ladrão que fora crucificado ao seu lado (Lc 23:39-43), não
rejeitaria um homossexual arrependido. Certamente, Ele o perdoaria
dizendo: "Vai, e de agora em diante, não peques mais" (Jo
8:11). O auxílio que Jesus veio trazer aos pecadores é
libertá-los do pecado. Afinal, disse Ele, "quem comete pecado é
escravo" (Jo 8:34). O PLC 122/2006 pretende não
libertar os homossexuais, mas consolidar sua escravidão. Longe de
estimular uma verdadeira mudança de conduta, o projeto pretende
glorificar o vício contra a natureza. Numa total inversão de
valores, ele pretende que sejam punidos como criminosos aqueles que
censuram o comportamento antinatural. O PLC 122/2006 não
é uma árvore em si boa, mas com alguns ramos muito altos, que
precisam ser podados. É uma erva daninha, que precisa ser extirpada
pela raiz. O erro do PLC 122/2006 não está nos meios que
pretende usar para defender uma boa causa. O erro do projeto está em
seu próprio fim: dar direitos ao vício. Por isso, é inútil fazer
emendas para tentar aproveitar alguma coisa. É preciso rejeitá-lo
totalmente.
 
O grande problema é: as alianças com Lula permitirão que a
liderança evangélica assuma essa postura?
 
============================
 
13. DESFAZENDO ALIANÇAS PROFANAS E
ESTABELECENDO A ALIANÇA CERTA
 
============================
 
O PLC 122/2006 e outros projetos anti-homofobia - sem
mencionar projetos de aborto - são de autoria de deputados do PT, o
partido esquerdista de Lula. A própria relatora do PLC
122/2006, Senadora Fátima Cleide, é do PT e preside
hoje a Frente Parlamentar em Defesa da Cidadania GLBT. O
próprio Lula já declarou "que fará o possível para que a
criminalização da homofobia".
 
O governo federal, juntamente com minorias sedentas de sangue e
poder, está se levantando como um imenso Golias para desafiar e mudar
as leis, transformando o bem em mal, a luz em trevas e vice-versa.
A chave da vitória para libertar o Brasil da tirania dos militantes
esquerdistas e gays está na liderança cristã. A chave está em
fazer uma Aliança séria com Jesus Cristo como Supremo Governante
e em desfazer as alianças com Lula.
 
Os políticos evangélicos que lideram no Congresso Nacional a luta
contra o PLC 122/2006 são o Senador Marcelo Crivella,
Senador Magno Malta, Dep. Manoel Ferreira e Dep. Robson
Rodovalho. Todos eles, e muitos outros, apoiaram Lula - o rei
Acabe do Brasil - na eleição e reeleição presidencial. Com tal
aliança profana, como esperar que a ameaça do PLC 122/2006
e de outros projetos anti-homofobia seja efetivamente eliminada?
 
Com tal aliança profana, como esperar que não haja acordos? Uma
negociação não eliminará completamente os perigos do projeto, mas
ajudará a desmotivar católicos e evangélicos de grandes
manifestações que entrem em choque com o governo Lula. Por isso, o
grande risco é a liderança evangélica pró-Lula, a qual segue a
linhagem política dos crentes pró-Acabe e pró-Jezabel do
passado.
 
Semanas atrás estive com um dos maiores líderes evangélicos do
Brasil. Nesse importante encontro, eu sugeri o que é necessário
fazer para vencermos essas ameaças. Em essência, o que eu disse é
que os líderes evangélicos precisam pedir perdão público e claro
pelo grave pecado de apoiar para presidente um dos homens mais ímpios
do mundo hoje.
 
Depois do arrependimento, será possível convocar o povo de Deus em
Brasília para um encontro nacional e esperar a visitação do Senhor
Jesus.
 
É fundamental desfazer as alianças com o rei Acabe, se arrepender
diante de Deus e fazer uma Aliança com o Senhor Jesus Cristo.
 
Depois, o avivamento virá. Depois que o avivamento chegar, não
só outros líderes católicos e evangélicos poderão cair em profundo
arrependimento, mas também - quem sabe? - o próprio governo Lula
e os ativistas homossexuais.
 
Escravos de um Estado totalitário e pervertido ou instrumentos de
reavivamento? Uma das grandes tragédias de hoje é que os políticos
podem usar causas sociais supérfluas unicamente para fazer propaganda
de seus nomes ou para promover suas ideologias. Assim é que o Estado
brasileiro, já inchado com uma imensa massa gordurosa de leis
desnecessárias, encontra-se, por causa de políticos oportunistas e
exibicionistas, sempre em perigo de engordar mais com leis que, além
não terem benefício real para toda a população, ainda provocam mais
despesas aos trabalhadores do Brasil, que são obrigados a sustentar
sacrificialmente todos os mandos e desmandos do Estado e seus
políticos.
 
No caso das leis anti-homofobia, a maioria cristã do Brasil terá
de arcar com despesas abusivas para a manutenção e implementação de
medidas estatais que castigarão como criminoso todo cidadão inocente
que paga imposto e cujas convicções filosóficas, morais, éticas,
médicas ou religiosas o impede de se prostrar diante do altar da
normalidade homossexual imposta pelo Estado. Por isso, se não
lutarmos hoje contra os males do governo Lula, seremos escravos
sustentadores de suas tolices.
 
A população cristã do Brasil está com toda a justiça revoltada e
pronta para sair às ruas para se manifestar contra os projetos
anti-homofobia. Mas as alianças, acordos e pecados dos líderes
evangélicos poderão neutralizar uma mobilização eficaz em massa
contra o pecado consagrado em lei.
 
Com o avivamento verdadeiro vem a percepção de que o pecado é vil e
deve ser evitado e combatido e que Jesus ama os pecadores e quer
libertá-los.
 
Que tal avivamento atinja em cheio os cristãos e seus líderes, o
governo Lula e os militantes homossexuais.
 
 
============================
 
14. LEITURA RECOMENDADA:
 
============================
 
TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O
PLC 122/2006:
 
 
MENSAGEM AO PRESIDENTE LULA SOBRE O
HOMOSSEXUALISMO:
 
LULA: OPOSIÇÃO AO HOMOSSEXUALISMO É
"DOENÇA PERVERSA":
 
LISTA DE LÍDERES EVANGÉLICOS QUE
FIZERAM ALIANÇA COM LULA:
 
PLC 122/06: GOVERNO LULA TENTA ANULAR
IMPACTO DAS LIGAÇÕES FEITAS AO SENADO:
 
SITE EM PORTUGUÊS:
 
 
ENGLISH BLOG:
 
 
 - - -
 
15. EMAILS E TELEFONES PARA CONTATO COM
OS SENADORES BRASILEIROS.
 
 
= =
www.abril.com.br  _ André Petry
 
A fé dos homofóbicos
"Dizem eles que a criminalização da homofobia levará à prisão em massa de pastores e padres, e viveremos todos sob o domínio gay. A história ensina que essa lei será aprovada, e a vida seguirá seu curso regular, sem nada de extraordinário"
Em 1946, quando os negros reivindicaram a inclusão de alguns direitos na Constituição, foi um salseiro. Foram acusados de antidemocráticos e racistas por congressistas e estudantes da UNE. Em 1988, a Constituição promoveu o racismo de contravenção a crime. Ninguém chiou. Na década de 50, quando se discutia o divórcio, teve cardeal dizendo que se devia pegar em armas para combater a proposta. Em 1977, o Congresso aprovou o divórcio. Não houve tiroteio, e a igreja do cardeal nunca mais tocou no assunto. Recordar é viver.
Agora, os evangélicos estão anunciando o apocalipse caso o Senado faça o que a Câmara já fez: aprovar lei punindo a homofobia com prisão. A lei em vigor pune a discriminação por raça, cor, etnia, religião e procedência nacional. A nova acrescenta a punição por discriminação contra homossexuais. Cerca de 1 000 evangélicos tentaram invadir o Senado em protesto. Dizem que a criminalização da homofobia levará à prisão em massa de pastores e padres, e viveremos todos sob o domínio gay. A história ensina que, cedo ou tarde, a lei, ou outra qualquer com objetivo similar, será aprovada, e a vida seguirá seu curso regular sem nada de extraordinário.
Os evangélicos e aliados dizem que proibir a discriminação contra gays fere a liberdade de expressão e religião. Dizem que padres e pastores, na prática de sua crença, não poderão mais criticar a homossexualidade como pecado infecto e, se o fizerem, vão parar no xadrez. É uma interpretação tão grosseira da lei que é difícil crer que seja de boa-fé.
Tal como está, a lei não proíbe a crítica. Proíbe a discriminação. Não pune a opinião. Pune a manifestação do preconceito. Uma coisa é ser contra o casamento gay, por razões de qualquer natureza. Outra coisa é humilhar os gays, apontá-los como filhos do demônio, doentes ou tarados. É tão reacionário quanto uma Ku Klux Klan alegar que a proibição da segregação racial fere sua liberdade de expressão. Querem a liberdade de usar a tecnologia Holerite de cartões perfurados pela IBM?
Alegam que a liberdade religiosa fica limitada porque combater o pecado vira crime. É um duplo equívoco. O primeiro é achar que uma doutrina de crença em forças sobrenaturais autoriza o fiel a discriminar o herege. O segundo é atribuir à lei valor moral. O direito penal não é instrumento para infundir virtudes. É um meio para garantir o convívio minimamente pacífico em sociedade. Matar é crime não porque seja imoral, mas porque a sociedade entendeu que a vida deve ser preservada. Dúvidas? Recorram ao Supremo Tribunal Federal. Na democracia, é assim. Lei não é bíblia de moralidade.
O que essa proposta pretende dar aos gays, e sabe-se lá se terá alguma eficácia, é aquilo a que todo ser humano tem direito: respeito à sua integridade física e moral. Os evangélicos, pelo menos os que foram a Brasília, dão prova de desconhecer que seres humanos não diferem de coisas só porque são um fim em si mesmos. Os seres humanos diferem das coisas porque, além de tudo, têm dignidade. As coisas têm preço.
Escreva para o autor no endereço colunadopetry@abril.com.br
- -
Fico admirado e decepcionado ao ver, numa revista de considerável repercussão, pronunciamentos tão rasos e completamente tendenciosos sobre um assunto tão sério.
 As declarações do sr. André Petry, com certeza,  não foram  revezadas pelo seu chefe, elas são levianas demais.
Primeiro, o autor e os homossexuais não devem conhecer a etimologia da palavra "homofóbico", se conhecessem certamente não a usariam para definir o que os evangélicos sentem quanto aos homossexuais.
Segundo, os evangélicos não querem a não aprovação da lei "para poder criticar os homossexuais", o que nós ganharíamos com isso? Não temos prazer em contendas que a nada levam. "Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs."  Tito 3.9(Bíblia).
Editora Abril, Revista Veja, vocês estão perdendo a simpatia de um número considerável de brasileiros, ou seja: Pesquisas mostram que o número de evangélicos cresceu vertiginosamente nos últimos anos, hoje eles ja somam 35 milhões no país.
 Meus pêsames pela reportagem_José Augusto Puente

= = =
www.uniaonet.com/esplei.htm _ Li a obra em seu site sobre o homossexulismo e gostaria de saber se em São Paulo, Capital há algum grupo de apoio em igrejas, além de terapia com esse fim. Muito obrigado e que a paz de Cristo esteja convosco. 28/01/2009
- - -
Repassamos seu pedido á : www.abraceh.org.br
- -
O grupo mais forte e eficiente em São Paulo é o Ministério Ágape Reconciliação, que conheço pessoalmente. Inúmeros homossexuais vão lá para receber libertação. Aqui está o endereço da página: www.agapereconciliacao.com.br _ Julio Severo
= = =

27 de maio de 2009  veja a carta que encaminhei a AMary-Bento-Dallas GBLT que redistribuiu para mais de 40 associados e a toda a diretoria dos estados do Brasil
 Caros irmãos,
Depois de receber alguns emails há meses atras sobre as atividades da AGBLT(Associacao de gays e lesbicas) e da tentative de implantação de uma ditadura gay no Brasil, resolve escrever. E escrever mesmo o que a Biblia diz sobre o homossexualismo. Voces já sabem a reação. Dos 40 emails que recebi porque enviei para o presidente e ele sem minha autgorização redistribuiu para o Brasil inteiro. Entao preciso de duas coisas dos amados:
 
1, Que orem pela Vitoria que queremos alcancar para através do Senado e da Camara Federal ser envolvida a Policia Federal para averiguar as atividades destas associacoes de gays que ao lerem o Segundo anexo, verao o que eles estao querendo aprovar para ser incluido no Estatuto da Crianca e do Adolescente. É realmente uma obra portentissima de Satanás. E O Lula está apoiando o movimento. A secretaria do Lula é ativista deste grupo. Entao imagina o que está pra acontecer. Existe uma lei PLC/122 que está no Senado para aprovar e pela interferencia do Senador Trivela (evangelico), alteraçoes foram feitas para permitir que as igrejas possam continuar a pregar normalmente contra o homossexualismo, porem, já tem pastor preso no Brasil. A coisa tá preta. O Capeta tá solto por lá mesmo. Voces não imaginam a baixaria dos emails que recebi. Mas Deus tem me dado grace e tenho respondido gradativamente a todos com toda educação e aproveitando para pregar o evangelho. ENTAO ORE POR MIM MESMO. Falaram em me processor, mas estou confidante no poder de Deus e nao estou temeroso.
 
 
2. Escrevam para a lista de homossexuais que me escreveram e deem testemunho a meu respeito, os que me conhecem e expoe seus pensamentos porque vamos fazer chover emails nos computadores deles e mostrar que a Igreja Evangelica está atenta aos desvios que eles estao praticando. ESCREVA SEM MEDO. Mas não coloque sempre que Deus e voce amam o homossexual mas Deus condena o pecado de todos nos, inclusive o homossexualismo. Os textos estao no primeiro anexo acima.A Lista encontra-se no final deste email.
 
 
3. Seja atuante. Chegou a hora de mostrarmos a nossa fé e a força do poder do Deus que servimos. DIGA NÃO AO HOMOSSSEXUALISMO.
Agradeço a acolhida,
 
 
4. REDISTRIBUA ESTE EMAIL PARA CONHECIDOS SEUS QUE REALMENTE SEJAM CRENTES E QUE NAO SEJAM A FAVOR DO HOMOSSEXALISMO para que muitos venham a escrever. Mande com copia para mim, pois estou montando uma pasta que sera entregue ao Senado e aos Deputados Federais.
 
 
Pr. Alberto Thieme………tire tempo para ler todo o material antes de escrever, ok? Mas nao demore porque precisamos agir urgentemente.
Um fraternal abraco,
Em Cristo
Pr. Alberto Thieme
 
 
Caro(a) Presidente da  ABGLT
 
Tenho acompanhado todo o movimento gay no Brasil e como tive o privilégio com minha esposa de fundar dois orfanatos, enfrentamos o problema de crianças e mais crianças que foram violentadas sexualmente por um adulto e a maioria deles que eram homosssexuais se tornaram exatamente por causa do abuso de um adulto. Então, espero que os responsaveis pelo movimento gay no Brasil tenha uma visão da realidade maior do que demonstra porque ao inves de tentar resolver um problema (discriminação dos gays : coisa que pra mim hoje já nem existe).
 
O que existe sim é um direito dos pais de protegerem seus filhos da influencia gay, ao tentarem, passer a ideia que homossexualismo é uma coisa normal coisa que nunca foi e nem será. O Homosssexualismo é um desvio comportamental social influenciado por um adulto (geralmente um pederasta ou pedofilo). Isto foi constatado in loco quando dirigimos os dois orfanatos por 8 anos (um deles dá apoio a mais de 1.000 criancas hoje) e as igrejas cristãs onde fomos pastor.
 
 Dos ex-homossexuais que ajudamos a deixarem o homossexualismo apenas 1 retornou, tendo tido apenas uma relação sexual,quando contraiu AIDS, morendo em menos de 1 anos, com cerca de 30 kg. É mais do que sabido de que o grupo dos homossexuais é um dos grupos de maior risco de contração de doencas venereas e AIDS. Outro problema é que ultimamente o que é “certo”(normal) está se tornando “errado”(anormal) na mente de alguns com tendencias maldosas. Dá-se a impressão que os gays receberam uma lavagem cerebral que não conseguem enxergar o mal que existe no homossexualismo.  Vejam as declarações que rodaram a internet acerca de Luiz Mott. No anexo eu aponto os textos biblicos, as caracteristicas que ela descreve como é o comportamento dos homossexuais e por experiencia propria, coincide exatamente com os relatos biblicos.
 
Penso que bom seria, depois destas palavras pasar-lhes um verso da Biblia que tem ajudado a milhoes ao redor do mundo e minha familia particularmente (alias bem grande) não possuir nem um só caso de homossexualismo ou lesbianismo devido as orientações biblicas que recebemos desde a infancia. Quando digo isto, é porque sou avo de gemeos pelos quais oramos para que minha ora pudesse engravidar por 9 anos e Deus nos deu duas preciosas e lindas criancas. Veja que este é um dos maiores motivos porque o homossexualismo não é bom para a sociedade. Encerra-se a geração do homosexual ou lesbiana neles. E Deus afirma que “Herança do Senhor são os filhos, o fruto do ventre, seu galardão”.  Salmos 127 verso 3.
 
O Homossexualismo é considerado äbominação”para Deus. Penso que por isto que mutos homossexuais tem ódio dos cristãos e católicos. Textos como este fere, obviamente a pratica homosexual e outras que promovem resultados terrriveis na vida de quem pratica:”Serão envergonhados, porque cometem abominação  sem sentir por isso vergonha; nem sabem que coisa é envergonhar-se. Portanto cairão com os que caem ; quando eu os castigar, tropeçarão , diz o Senhor..”.
 
Pelo menos leia e medite nestas palavras. Penso que quando recebi emails de homossexuais pedindo minha opinião nunca desprezei nenhum deles. Entao peço que leiam estas considerações pois toda verdade tem dois lados: Os gays e lesbicas se levantam como se fossem “coitadinhos”, discriminados pela socidade toda e isto nunca foi verdade. Com certeza anos atrás havia mesmo uma repugnancia demonstrada claramente pela sociedade, traduzida em desrespeito para  com os homossexuais. E este despeito não foi apenas com os gays nao. Foi com os Portugueses: quanta piada maldosa existe contra eles….isto é discriminação. Contra os negros, nem se fala. E hoje, tudo mudou. Então penso sim que deve haver leis de respeito mas não apenas a favor dos homossexuais. A lei deverá ser geral. E onde ficam as prostitutas?  Valer para todas as classes de pessoas.
 
Os gays tambem fazem discriminação dos cristãos. Voce talvez nao saba do indicidente porque a midia só publica o que dá IBOPE, mas tomei conhecimento de que um grupo de homossexuais na Rua Aurora há cerca de dois anos atras bocejaram palavras indecentes quando um grupo de cristãos passavam com as suas biblias nas mãos para irem a  uma igreja proximo do local. Voce sabia disso? Já vi, pessoalmente gays agirem de forma indecente dentro de onibus, na rua etc. Oras se os gays querem respeito, e não querem ser discriminados penso que a GBLT deve editar um livro de  CONDUTA SOCIAL DOS GAYS, pois da mesma forma que não apoiamos a discriminação dos gays, exigimos respeito para com nossos padrões. E não estou falando aqui em relação aos cristãos nao. Estou falando em relação a sociedade cuja maioria (acima de 98%) NAO SAO GAYs E NEM LESBICAS.
 
Os gays quererem instalar a homophobia é querer amordaçar a democracia. As igrejas tem a liberdade e continuarão tendo de pregar o que diz a Biblia (nossa regra de fé). Para Deus, Segundo a Biblia, no Novo e Velho testament, homossexualismo e lesbianism é pecado como outros pecados. Na Biblia, pecado não tem tamanho, mas as consequencias dos pecados promovem resultados piores ou menos ruins. Entendeu?  Nossa carta magna nos dá o dierieto de pregar em qualquer lugar (nem permissao se precisa pedir. Apenas comunicar). Uma lei como o PLC/122 vai ser inconstitucional e poderá ser cancelada,mesmo crendo que o bom senso dos Senadores prevalecerá e nenhum pastor, padre ou pregador sera amordaçado por pregar sobre qualquer assunto, inclusive homossexualismo. Oras ninguem é obrigado a ouvir. Então se não gostar, retire-se. É assim que se tem feito hoje.
 
Penso que é hora da AGBLT e outras instituicoes de apoio ao movimento gayista parar de promover eventos a favor do homossexualismo. Qual a intenção de voces? É obter aprovação do PLC/122? Com certeza ele nao sera aprovado com o conteudo que venha ferir a maior parte da socidade.É ter uma lei que proiba os pastores, padres, pregadores, missionarios de pregarem a sã Palavra de Deus.  A liberdade de imprensa e de expressao terá que continuar, porque senão teremos uma ditadura civil e nao democracia. Já estão falando em deixar até as criancas terem relações sexuais. Até onde vai a maldade de algumas pessoas de influencia? Uma sociedade e sua cultura para subsistir terá de ter um indice de 2.11 %. Se o numero de gays e lesbicas aumentarem com a divulgação da AGBLT e outras, como viverão meus netos?  Muitos de voces não os terão porque tudo se acabará com a vida de voces. Tenho pena desta realidade, mas é verdadeira. Veja o link a seguir: http://www.youtube.com/watch?v=oRVAqb1Ga64
 
Isto posto peço-lhes que evitem artigos que firam os que não são a favor do homossexualismo. Da mesma forma como houve homossexuais que se dizem ter sido discriminados, existem cidadãos normais que se sentem incomodados com a attitude de alguns homossexuais.
 
Peço a publicação de minhas considerações,
 
Obrigado,
 
Pr. Alberto Thieme
Ex-diretor  de orfanatos e Pastor evangelic
 
 
Lista de emails de homossexuais ligados a AGBLT. Mande aos poucos(20 a 30 emails). Não queira enviar numa pancada que o servidor nao vai enviar.
 
                                                presidencia@abglt.org.br
Toni Reis                                     tonidavid@avalon.sul.com.br
Leo Mendes                                liorcino@yahoo.com.br
                                                     abgltafiliadas@yahoogrupos.com.br
Arco-íris LGBT Diversidade     arcoirisglbt@hotmail.com
Gustavo Vargas                        gustavovarga@gmail.com
Claudiawonder                         claudiawonder@uol.com.br
FÁBIO Vargas                           fabiosvargas@hotmail.com
Vagno Fernandes                    vagnofernandes@hotmail.com
Oswaldo Duarte                      oswaldoleoclube@hotmail.com
Grupo Academico                  gadih.unicentro@gmail.com
                                                 brasilsemhomofobia@sedh.gov.br
Osmar Rezende                    osmarbht@yahoo.com.br
Bruno Ernesto                      bruno.ernesto@gmail.com
Delaine                                  c.delaine@hotmail.com
Cristiane S. V. Venceslau   stefanny_vidal@hotmail.com
Igo Martini                          igomartini@gmail.com
Leo Mendes                        liorcino@yahoo.com.br
Grupo Academico            gadih.unicentro@gmail.com

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO OU SUSPENSÃO DO PROJETO PLC/122
UMA SUMÁRIO DA ANALISE  DO COMPORTAMENTO DOS DIRETORES E ASSOCIADOS DAS ABGLT e GBLT
 Exmos Senadores DA Republica do Brasil:
Penso ser extremamente necessario os senhores lerem este relato de um  pastor de 62 anos de idade, pai de 4 filhos + 2 adotivos e dois netos que vivenciou  as reações dos diretores das associacoes de homossexuais há menos de um mes, dando-nos a clara impressão que estamos diante de uma imposição de uma ditadura gay atraves deste Projeto PLC/122..
Venho por meio desta informar a ação mal intencionada dos diretores das ABGLTs e LGBTs do Brasil.
Venho acompanhando o desenrolar da atuação dessas instituições e resolvi escrever para o Presidente da ABGLT para tentar conhecer melhor o que está por trás desses grandes movimentos de homosssexuais e tambem pela percepção evidente do rapido crescimento da comunidade homossexual no Brasil.
Descobri, pelas informaçõe reais, atraves de emails recebidos que eles não estão procurando defender os  direitos dos homossexuais como meta principal, mas sim PROPAGANDO A PRATICA DO HOMOSSEXUALISMO a adolescentes, criancas e jovens,  promovendo assim a a desconstrução familiar e a redução consequente da população pois a GERAÇÃO DE UM HOMOSSEXUAL ENCERRA-SE NELE APENAS.  Seria bom os senhores acompanharem o que está acontecendo com a EUROPA onde o indice demografico caiu para 1.38 e um dos fortes contribuintes tem sido a liberalidade e em alguns paises a libertinagem quanto a area sexual da população. Ao mesmo tempo a imigração Islamica está tomando a EUROPA sem armas, espada ou canhoes, com um indice de natalidade de 8.1 filhos por familia. E Kadafi fez uma declaração bem clara a repeito disto há cerca de 1 mes e ele inclui as Americas tambem.
Vejam o quadro: Indice demografico do Brasil caindo por conscientização dos casais, homossexualismo avançando e nao tendo mais geraçoes pois NELES SE ENCERRAM SUAS GENEALOGIAS. O que sera do Brasil se estes movimentos de PROPAGANDA através de passeatas, shows, apresentações, aulas para criancas, etc continuarem. Veja o anexo da CARTA DE BRASILIA. Um absurdo a proposta do governo junto com a ABGLT e BLGTs. Faz-se urgent uma ação para impedir um mal maior num future breve. Para se manter um povo e uma cultura é necessário manter-se um indice demografico de 2.1 criancas por casal. Vejam abaixo  mais detalhes, por favor.
Ao escrever uma carta enderecei-a ao “Presidente das ABGLT” . O cidadão que se intitulouTONY (veja abaixo) e que deve ser o Presidente da ABGLT, sem meu consentimento, iniciou a distribuição de meu email pessoal a todas as diretorias das AGLBTs e LBGTS do Brasil, e outros simpatizantes, sendo que o email foi pessoal, a ele enviado somente para iniciarmos um dialogo pois desejava conhecer melhor o perfil dessas instituicoes. Isto trouxe-me um grande constrangimento pelo tratamento que a maioria(acima de 90% de gays e lesbicas) dispensaram a mim , um senhor de 62 anos, 35 anos de ministerio pastoral, fundador com minha esposa de 2 orfanatos, hoje um deles com mais de 1000 criancas sob os cuidados desta ultima instituição, distribuidas em casas lares> Por  18 anos  desejando contribuir com nossa geração, eu e minha esposa tambem, trabalhamos com uma Missao evangelica, levando milhares de brasileiros ao conhecimento de Deus e em consequencia melhorando o relacionamento deles em seus lares e até financeiramente,  pois a Palavra de Deus produz maior união entre todos seus praticantes, ajuda mutual, referencias para desempregados etc,  e, o melhor de tudo : passando a ter uma vida transformada pela ação de Deus atraves de sua Palavra.  E o Tony foi informado nisto na carta.
Nestes anos mais de 100 homossexuais se converteram a Cristo e deixaram voluntariamente a homossexualidade através de nossos ministérios. Hoje são abençoados pais de familia e alguns até pastores. Sem contar o trabalho de 5 anos de distribuição de 150 marmitas diariamente as criancas da favela que havia debaixo do viaduto Pompeia(São Paulo) e distribuição de alimentos, frutas , legumes e verduras as familias com maior necessidade na mesma favela.
Em 1993, fomos convidados pelos pelos Exmos Derputados Estaduais Daniel Marins, Joel Freire e um terceiro que nao me recordo o nome a explicar a CPI do Estado como conseguiamos desenvolver um trabalho com a qualidade que o fizemos e  os otimos resultados alcancados. Fomos parabenizados pelo trabalho e eles tiveram uma clara ideia dos elementos que se devem ser considerados num trabalho que envolvem criancas carentes, criancas abandonadas e familias pobres pelos tres deputados que nos visitaram que chegavam com suas vidas estranguladas pela ação de influencias de outros homossexuais, de pedofilos e pederastas  É mais do que claro de que um trabalho de recuperação de uma crianca, adolescente ou jovem do homossexualismo para uma vida normal, heterosexual, precisa envolver pessoas com experiencias com Deus, de vida digna e respeitada e cheio de compaixão por estas vidas que chegam tão machucadas interiormente. Aliado ao trabalho pastoral, o trabalho do pscologo cristão foi tem sido outro fator preponderante para um sucesso completo no tratamento da alma da pessoa afetada e muitas vezes depois de usada, ser tratada como um lixo. Com certeza o Projeto PLC/122 não contempla uma solução adequada a estes problemas, por isto estarmos escrevendo para que o mesmo seja rejeitado, cancelado e outro Projeto com a participação da experiencia de pessoas que tem trabalhado nesta area possam ser envolvidos. O problema é que o Projeto PLC/122 foi elaborado as surdinas, deixando-nos claro de que ele possui muito das mãos de Luiz Mott que por suas proprias declarações encontradas na Internet e escritos por pessoas sérias jamais poderia ter participado de uma comissao para elaboração de um Projeto onde a finalidade é travar os pastores, padres, pscicologos-cristãos, diretores de orfanatos e obreiros evangelicos que trabalham especificamente no ministerio de recuperação de homossexuais que voluntariamente querem e anseiam por uma libertacao.
Porque escrevi um email pedindo explicações sobre o objetivo dessas passeatas, shows especiais,  e expondo meu ponto de vista sobre o mal que o homossexualismo representa  aos seus  praticantes pela experiencia com inumeros  deles que diziam não conseguir deixar aquela “miséria”, com muitas orações, ensinos biblicos, conselhos, e com a ajuda de alguns psicologos cristãos, todos esses meninos, adolescentes e jovens abandonaram a pratica homossexual. Tendo apenas um retornado apos 8 anos de estar liberto, por não vigiar, como o disciplinamos, acabou por cometer mais uma relacao sexual vindo a falcecer de AIDS em menos de um ano. 
Pois bem, tendo percebido que ano apos o ano o movimento homossexual aumenta no Brasil  cheguei a conclusão que esses movimentos dos homossexuais não são para conseguir aprovar o Projeto de Lei PLC/122 que pedimos veementemente sua nao aprovação e resubte-lo a uma apreciação por uma nova comissao do Congresso, pois o mesmo foi aprovado as pressas, sem a participacão devida da comunidade pertinente, tais como psicologos, pastores, diretores de orfanatos, padres, e outros lideres que trabalhamm com a recuperacao de homossexuais e lesbicas e a partir dai fazer-se um Projeto de Lei que realmente venha trazer a devida proteção contra a discriminação porem sem ferir a liberdade das classes acima citada e de qulquer cidadão que lhe for solicitada ajuda por um homossexual, podendo os pastores e padres em suas predicas em qualquer lugar abordar a questão do pecado do homossexualismo como se tem abordado outros pecados tambem. Este Projeto como está fere a liberdade de nossa classes (pastores, padres, obreiros e diretores de orfanato, casas-lares e muitos outros).
Oras que sentido existe dar-se tanta autonomia a uma pratica que Segundo nossos costumes violam nossos preceitos e eu não desejo que meus netos venham a ser vitima de influencia de um deles, pois para eles tudo se pode fazer. Onde ficará o direitos da familia de não aceitar o homossexualismo e ter o dirieto de dialogar sobre o nosso direitos de não sermos abordados por homossexual algun.  Fiquei perplex em ouvir o Presidente Lula dizendo se orgulhoso do Brasil estar realizando o primeiro Congresso de Homossexuais e Lesbicas promovido pelo Governo Federal. Onde fica o nosso direitos de protegermos nossas famlias?  E ainda usar o dinheiro de nossos impostos para promover um Congresso homossexual? Pelos 50 emails recebidos, cerca de 47 deles me discriminaram, jogaram uma enxurrada de palavras de baixo calão, me desmolarizaram e zombaram de minha pessoa um para com outro homossexual e enviando-me a copia, me caluniaram etc. Estas attitudes, Exmos Senadores está descrito na Biblia em Romanos 1:18 até o capitulo 2 como sendo a dos homossexuais(logico que não todos mas acima de 90% foi). Eo meu assunto foi HOMOSSEXUALIDADE (veja abaixo). Será coincidencia?  Ou existe alguma segunda intenção por trás desta faixada de defesa dos homossexuais? Fui até ameaçado de processo judicial. Realmente eu concordo com Dra Rozangela de que se trata de uma “ditadura gay” que se está instalando no pais. Caberia uma boa averiguação pelos orgãos competentes do governo.
Este Projeto precisa ser melhor discutido pela Camara, não pode ser aprovado, privilegiando menos de 2% da população em detrimento de 100.000 pastores, não sei quantos mil padres, e cerca de 40.000 de evangelicos que consideram a Biblia como a unica regra de fé  que considera o homossexualismo um pecado grave porque quem comete o pecado, leva o outro a pecar tambem e ambos pecam contra suas familias que qualquer pai e mae com principios éticos desejam ter netos como eu estou felicissimo pelos gemeos que minha nora teve há 10 meses passados. Foram 9 anos de orações e Deus ouviu.
Por que ao inves de investir tanto dinheiro de nossos impostos para fomentar ainda mais o crescimento do homossexualismo não se aplica este dinheiro nessas instituições especializadas, realmente cristãs, porque o homossexualismo não é um problema apenas psicologico como afirmam os psicologos não cristãos. E’ um problema espiritual tambem. E como tal, psicologo não cristão não consegue mesmo sucesso na reversão sexual como muitos afirmaram nos sites existentes na Internet. Por isso eles afirmam ser um problema genetico. Balela pura. As pessoas nascem homem ou mulher . Não estou considerando raras anomalias de dois sexos, logico, que sao rarissimos. 
 Mas quando   na mesma proporção que os lideres cristãos (psicologos, pastores, padres) conseguem através de uma ministração espiritual,  com os ensinos que traz grande animo a eles pois Deus realmente faz o que promete. “Quem busca acha, quem pede recebe….”disse o Mestre dos Mestres.  
Pois bem, isto posto, teria muito mais coisas a dizer, testemunhos a contar porem, não quero me delongar, desejo apenas pedir que os Exmos Senadores não aprovem este Projeto de Lei e peçam um reestudo do assunto pela Camara pois tambem sou favorável de que é necessario fazer um Projeto não apenas para proteger uma classe e desproteger outra.   Infelizmente este Projeto fica a desejar em muitos pontos .
Abaixo os senhores tem uma copia do email do Presidente das ABGLTs que somente recebi a noite quando voltei do trabalho e ele já havia enviado os emails para todas as pessoas (cerca de 300) pela contagem que efetuei sem meu consentimento. Se os senhores desejarem um copia dos artigos que enviei ao Presidente da ABGLT e as respostas dos associados de todo o Brasil, eu estou a disposicao para  envia-los.
Um forte abraco, com os desejos de ser atendido neste pedido. Nossa comunidade Brasileira é muito grande e com certeza nossos votos farão boa diferença porque somos cerca de 2.5 milhoes nos EUA.
Encontro-me a service nos EUA, porem, amo meu pais e espero em Deus possa estar movendo os vossos corações para legislarem com equidade sem interromper a liberdade de expressao e de imprensa e tão duramente alcançamos.
Atenciosamente,
Pr. Alberto Thieme
Ex-Diretor Fundador de dois orfanatos (casas-lares no Brasil)
Assistant Pastor from Grace Presbyterian Church from Plano - USA
Presidente do Conselho de Pastores Brasileiros de Texas (Dallas)
Membro da Diretoria da Associação de Evangelização pela Biblia
Email: thiemeus@yahoo.com
De: Toni Reis <tonidavid@avalon.sul.com.br>
Assunto: [abgltafiliadas] DIGA NÃO A PRATICA DO HOMOSSEXUALISMO
Para: thiemeus@yahoo.com
Cc: abgltafiliadas@yahoogrupos.com.br
Data: Segunda-feira, 25 de Maio de 2009, 9:36
 
Pastor Thieme   tudo  bem? 
 
Recebi  sua  carta  na qual  fala   sobre  homossexualidade.
 
Estou  compartilhando  com  as  afiliadas  da  ABGLT e  também  algumas  pessoas   aliadas  dos  direitos  humanos  e  cidadania das pessoas  LGBT para   que  opinem.  E  possam   estar  respondendo  as   suas   colocações.
 
Um  abraço.
 
Toni
----- Original Message -----
From: ALBERTO THIEME
To: presidencia@ abglt.org. br
Cc: 'Projeto Aliadas'
Sent: Sunday, May 24, 2009 9:10 PM
Subject: Passeata gay
Esta attitude me leva aconcluir que esta é a estratégia das ABGLT e LGBTs: Pedir para todos escreverem e nós já conhecemos bem esta estratégia de tentar amedrontar quem está contra o  movimento deles. E as palavras proferidas na maioria dos emails deles casa exatamente com as descrições bíblicas de Romanos 1:18 até capitulo 2.
 Eu só tomei conhecimento do email acima quando abrir meus emaisl depois que cheguei do meu trabalho e já havia mais de 30 emails juntos com o acima.
Cerca de 90% deles, taxando-me de “homófobos”, atacando minha integridade sem me conhecer, bem como a de todos que não aceitam o homossexualismo, como as igrejas evangelicas, catolicas, instituicoes de ajuda a homossexuais e outras, ameaçando-me com processos juridicos, chingando, discriminando-me  para desencorar  a prosseguir contra as ações destas associações QUE DEMONSTRA CLARAMENTE QUE SUA INTENÇÃO PRIMEIRA NÃO É A DE DEFENDER E AJUDAR O HOMOSSEXUAL, MAS SIM DE GANHAR MAIS “ADEPTOS  COMO PRINICIPAL OBJETIVO. Pois estas entidades sobrevivem de doações como  está escrito:
1.  no site das ABGLT: http://www.abglt.org.br/port/estatuto.php,  Artigo 10, Paragrafo #1 diz: Votar e ser votado para os cargos eletivos, desde que seja associado e esteja em dia com as contribuições, com exceção aos associados colaboradores e parceiros; Com isto, é logico, eles forçam os associados a contribuirem com as associacoes de homossexuais.
 2. e tambem no email da LGBT nr.16, no final com os dizeres: Osmar Rezende
 Contribua com a luta do movimento LGBT
Deposite qualquer quantia na conta da Libertos Comunicaçao
BB: 001
Agencia: 0643-2
Conta Corrente: 55.947-4
Aqui o Presidente da LGBT fornece até a conta bancária.

Não sei o quanto a comundiade evangelica está informada sobre o problema do crescimento do homossexualismo no Brasil. Mas penso que muitos não tem a suficiente informação do que está ocorrendo em nosso pais.
 
Há 5 anos atras houve uma das mais expressivas PARADAS GAYS no Brasil, na Avenida Paulista, com cerca de 100.000 homossexuais e simpatizantes indo áquela avenida e fazendo um pomposo desfile mas sem muito requinte. Eles já vem se organizando há mais de 10 anos quando surgiu um lider homossexual  ex-professor da Universidade Federal da Bahia. Daí pra frente a sequencia de líderes homossexuais começou a aflorar no Brasil pois é um negocio muito rendoso. Se os irmãos procurarem pela palavra “homossexualismo” ou “gays” vão encontrar inumeros sites e a grande maioria realizando Negocios para a comundiade gay, ou seja, produtos que normalmente nós não usamos, ou até usamos, mas eles tem preferencia pela comundiade gay e seus simpatizantes. Depois daquela PARADA GAY, veio a proxima com 500 mil pessoas, depois 1 milhao em 2007, 2 milhoes em 2008 e finalmente 3.5 milhoes em 2009. É assustador o crescimento homossexual no Brasil.
 
 Não gosto de usar a palavra “gay” porque ela vem do Ingles e significa “alegria”. Prefiro usar o termo que os identifica mesmo, porque de alegria só a passageira, por alguns anos e quando chegar a velhice veremos como o Brasil vai se virar para manter tantas pessoas sem filhos que os cuide porque na maioria dos casos dos homossexuais e tambem das lesbicas. E isto é lastimavel pois uma pessoa dessas viveu uma vida de um SONHO SÓ, parafraseando, um cantor popular que dizia:  “SONHO QUE SE SONHA SÓ, É SÓ UM SONHO QUE SE SONHA SÓ, MAS SONHO QUE SE SONHA JUNTOS É REALIDADE”.  É uma pena pois no homossexual ENCERRA-SE A SUA GENEALOGIA E NÃO HAVERÁ DESCENDENTES PARA CONTAR OS SONHOS DO PAI OU DA MÃE, na maioria dos casos, NÃO HAVERÁ NINGUÉM DE SUA DESCENDENCIA CONTINUAR A SONHAR SONHOS JUNTOS. É uma grande perda para a humanidade.
 
Infelizmente nosso país escancarou as portas para o proselitismo gay e o prefeito Kassab, de São Paulo, contou com entusiasmo que a Prefeitura investiu R$350 milhoes em 2008 e R$ 550 milhoes em 2009 com as PARADAS GAYS, pois trouxe 400 mil turistas. Sendo o Brasil campeão do mundo em quantidade de gays e simpatizantes que foram a Avenida Paulista com suas criancas e adolescentes aplaudir os homossexuais pelas roupas pomposas e carros requintados, preparados com o dinheiro do nosso imposto. Veja no jornal o Estado de São Paulo de 7/6/2009, a audiencia do Ministro do Planejamento com o Presidente da ABGLT, a maior associação gay do Brasil, onde ele pede a liberação da verba votada para as associacoes gays. Não foi a toa que eu enviei dezenas de emails avisando o povo evangelico para que não votasse no Lula. O PT já mostrou o que é há muitos anos. Eles sempre foram autoritarios e vejam agora o que está acontecendo:
1.       O Presidente Lula viaja para o exterior com o Vice Presidente. Neste casos, assume a presidencia a Presidenta do Tribunal Federal que em 15 dias cancelou uma enorme quantidade de leis relativas a definição de casamento entre um homem e uma mulher, leis referentes a concepção do conceito de familia como sendo: um pai, uma mãe e os filhos eoutras relativas a familia. Nisto já se vê a coincidencia, sera mesmo coincidencia ou algo planejado antecipadamente para poupar o Presidente. Tanto que não vi reclamações quanto a esta postura da Doutora responsavel por estas ações em apenas 15 dias como Presidenta do Brasil.
2.        O apoio financeiro que as associaçoes homossexuais e lesbicas tem recebido dos governos Municipal, Estadual e Federal em quase todo o Brasil, vindo de nossos impostos, ou seja, eu e você estamos financiando as PASSEATAS GAYS. Voce imaginou isso como cristão?
3.       Há menos de 20 anos atras a ONU pediu a todos os paises que usassem meios de reduzir a população e o nosso Presidente já declarou que antes de deixar seu mandato ainda aprovará a lei do aborto livre, ou seja, a mulher poderá fazer o aborto livremente, nao sera criminalizada pela morte de um inocente que não tem nada a ver com os erros de sua mãe e pai. Esta mãe diante de Deus prestará contas por homicidio de seu filho.
4.       A promoção e direitos que estão dando aos homossexuais e o aborto são ambos fatores de redução da população, usando meios que a Palavra de Deus condena e nós precisamos tocar a trombeta enquanto existe ainda um pouco de tempo.
5.       Com a censura imposta ao Jornal O Estado de S.Paulo é o primeiro caso depois de 40 anos sem censura.
6.       O Presidente Lula é como um mandante no nosso Legislativo Federal. Só libera verbas para os Estados se fizerem o que ele quer….agora basta.
Penso que não temos mais o que pensar. Mas são fortes indicios de que estamos entrando em mais uma ditadura e desta vez civil. A Venezuela já tem um Presidente vitalicio e socialista/comunista, a Bolivia está no mesmo caminho  e o Brasil perdeu a Petrobras porque a Bolivia tomou e ficou como está. O que está se formando é uma America do Sul, governada por ditadores, como foi o do Paraguai e na Argentina e Brasil por quase 20 anos.
 
O estrangulamento das instituições num país é um dos primeiros indicios de que existe segundos interesses por tras dessas absurdas decisoes. Enquanto o povo vai lutar para defender suas familais, os grandes vão tomando o poder gradualmente e extendendo o seu dominio sobre todos.
 
Infelizmente, irmãos, grande parte dos cristãos brasileiros hoje pensam como o pastor luterano Martin Niemöller, quando a Alemanha estava sob o domínio nazista. Na prisão proferiu a conhecida frase, em 1933,:
“Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar…”
 Espero que os líderes brasileiros possam se unir para estudarem estas questões cruciais em breve antes que seja tarde demais e não se intimidem com as ameaças dos homossexuais. Maior é o que está em nós do que o que opera no mundo.
 
Não pensem que o Movimento Homossexual vai parar somente porque o Presidente Lula assinou hoje uma lei beneficiando a Igreja Catolica e por tabela entram os evangelicos tambem. Ele quer ganhar a simpatia de todos os lados e isto é muito perigoso nao enxergar.
 
Fazer alianças com os inimigos da Cruz de Cristo é como cavar um poço para cair nele próprio.
 
Chegou o tempo de tocar a buzina, do povo de Deus se levantar contra toda esta ação maligna que está caindo sobre os brasileiros e parar de dormer “o sonho explendido”.
 
Que este alerta possa encontrar pelo menos algumas pessoas que procurarão saber mais. Para isso, veja o site de um escritor evangelico chamado Julio Severo, em seu BLOG : www.juliosevero.com e outros mais. Basta procurar no www.google.com .br pelas palavras “homossexualismo” ou  ABGLT, GBLT e vais ficar surpreso de ver os ideais destes líderes homossexuais. Leia por exemplo o artigo O que era ruim, vai ficar pior: grupos homossexuais exigem “melhorias” no ECA(Estatuto da Crianca e do Adolescente) do BLOG do Julio Severo. Este material chegou as minhas mãos por um erro de uma lésbica que acabei conseguindo os dados direto de um depto do Governo Lula chamado CEDECA-DF/ANCED que cuidam da politica de protecão as criancas e adolescentes. Leia este artigo e outros, com dados recentes que colhemos de associações homossexuais.
 
Que Deus te leve a pensar no futuro dos teus filhos. Eu já nem teria motivo de pensar em mim mesmo pois ja’ tenho 62 anos, mas penso num futuro melhor para meus filhos e netos em que poderão servir ao Senhor sem ter que viver atribulados pela perseguição. Somente para sua informação o escritor Julio Severo teve que se exilar em algum pais para evitar de ser morto pelos mandantes das associações gays. Há menos de um mes, uma senhora que trabalha na obra do Senhor há quase 25 anos ou mais foi julgada e condenada pelo Conselho Federal de Psicologia porque tratava homossexuais que aos prantos, muitos deles chegaram pedindo Socorro. A VINACC teve que retirar as places apenas com um verso biblico: “E Deus fez homem e mulher”(algo assim). A Lei PLC/122 proibirá se ajudar um homossexual a deixar o homossexualismo, chamada lei anti-homofobica está aprovada ja em varios municipios, Estados, pelo Congresso Federal e só não o foi pelo Senado porque Deus tem dois homens dignos que tem sido usado por ele para impedir a aprovação. Ore pore les: Senadores Crivella e Magno Malta. E se for aprovada? Nenhum pastor, padre ou pessoa qualquer poderá pregar contra o homossexualismo porque pegará de 3 a 5 anos de cadeia. E ai? Amados.
Tenho muitas outras coisas a dizer, mas noutro artigo direi.
Obrigado,
Pr. Alberto Thieme _ Presidente do Conselho de Pastores Brasileiros de Dallas, Texas, EUA 28/08/2009


www.profeciaonline.zip.net
_ Isto precisa ser divulgado para as igrejas se _ 4 de setembro de 2009   Profecia - O supremo absurdo: Sintomas do pseudocristianismo.
 
O supremo absurdo: Sintomas do pseudocristianismo.
 
 
“Homossexualidade: A Bíblia não condena!”. Muito mais absurda do que a afirmação em si é sua procedência: Uma suposta organização evangélica.
Nome mais do que pertinente. Esta instituição pseudocristã é completamente contemporânea á filosofia moral e comportamental atualmente em voga que mistura, não por ignorância, mas por lúgubre conveniência, o amor incondicional de Jesus manifesto na Cruz com seu repúdio pelo pecado.
Se a Bíblia realmente fornece veracidade a esta sutil e enganosa linha de raciocínio, abre-se um exorbitante precedente para as declarações abaixo:
 
-          Deus ama o ladrão e, por isso, aceita seu comportamento. No entanto, devemos deixar que ele exerça, com total liberdade, sua opção. Pois, criar alternativas com a finalidade de coibir tal prática ou para que ele a abandone, é preconceito.
-          Deus ama o assassino e o aceita com todo o prazer que ele nutre por tirar a vida de outra pessoa. Tentar fazê-lo mudar de conduta, é preconceito. Artifício que não conta com a participação de um Deus que ama a todos igualmente.
-          Um usuário de drogas é amado por Deus. Por isso, Ele não oferece nenhum empecilho para que este desfrute de sua “curtição”. No entanto, deixemos que ela viva na “liberdade” de seu vício e arque com as conseqüências de suas escolhas. Querer ajudá-lo com o louvável intento de preservar sua vida, é preconceito...
 
Quanta incongruência! Inúmeras outras poderiam ser citadas aqui, se o argumento disseminado por declarações como a do outdoor acima fosse sancionado como verdade absoluta e irrefutável. Algo em franca iminência... (Leia mais)
 
ACESSE:
 
 
 
Matheus Viana – profeciaonline@gmail.com
 
Siga-nos pelo Twitter: http://twitter.com/profeciaonline 
Leia também: O amor incondicional e o fruto do penoso trabalho, Combate ao preconceito e Perseguição ao preconceituosos.
 


ALBERTO THIEME 10 set 
Irmão Yrorrito,
 
Muitissimo obrigado por divulgar nossa luta espiritual contra as trevas ás igrejas, evangelicos e outros  que sei que seus emails e seu site os alcançam.
 
Gostaria que os amigos pudessem ler o artigo do nosso amado irmão, escritor Julio Severo(veja www.juliosevero.com)  em seus ultimos artigos onde traz, com clareza a Situação de trevas e pecado que o governo Brasileiro tem aberto brechas profundas para que o inimigo entrar e destruir familias, criancas, adolescentes e jovens que ficam empolgados com a pompa das PARADAS GAYS que tem provocado um aumento veritiginoso da população homossexual no Brasil. Apenas para que os irmãos e amigos tenham uma idéia em 2005 a PARADA GAY de S.Paulo, capital, teve 100 mil pessoas, 500 mil no ano seguinte, 1 milhao em 2007, 2 milhoes em 2.008 e 3.5 milhoes em 2.009. Superou a marcha para Jesus.
 
Pedimos a todos que queiram inteirar-se ao vivo entre no site WWW.ADORAINET.COM no proximo domingo, as 19 horas para ouvir ao vivo uma entrevista com o Escritor Julio Severo acompanhado por mim tambem, sobre o tem CARTA DE BRASILIA : O QUE RUIM VAI FICAR PIOR.
 
Os irmãos ficarão estupefatos e estarrecidos com os dados reais que possuimos sobre a Situação Brasileira e o aumento do numero de Associacoes homossexuais, o cancelamento de 189 leis sobre o casamento, sobre o apoio dado pelos governos das tres esfers (Federal, estaduais e municipais) as associacoes gays que hoje já está em torno de 200 no Brasil, todas mantidas com o dinheiro dos nossos impostos.
 
O prefeito Kassab gastou R$350 milhoes em 2008 e R$550 milhoes em 2009. ! bilhão de reais de nossos impostos jogados fora em PARADAS GAYS que é um dos movimentos que mais atraem futuros homossexuais pois eles apresentam uma alegria que não é real, a pompa que não tem, com roupas riquissimas e carrões que impressionam criancas, adolescentes e jovens e passam  a ideia que ser “gay” é legal enormal, quando nós sabemos que no outro dia, quando a mascara cai, a depressão vem e junto os problemas psicologicos de identidade e muitos se drogam por causa disso.
 
 Amanha as 15 horas de Brasilia, voce poderá ouvir a Entrevista que demos domingo passado. Chame os amigos, convide seu pastor, bote a boca no trombone e seja um arauto de Deus. O povo precisa ser avisado doque está acontecendo. Lula já prometeu que antes de terminar seu mandato aprovará a lei do aborto livre, geral, e irrestrito. Não fique calado, haja contra estes enviados do inferno para destruir os Brasileiros.
 
Grande parte dos cristãos brasileiros hoje pensam como o pastor luterano Martin Niemöller, quando a Alemanha estava sob o domínio nazista. Na prisão proferiu a conhecida frase, em 1933,:
“Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar…”
TOQUE A BUZINA ENQUANTO É TEMPO. Levante a bandeira de Jesus Cristo e do Evangelho que nos ensinam que HOMOSSEXUALISMO é pecado e abortar é crime e consequentemente grave pecado também.
Querendo me escrever, estou a disposição para passar mais detalhes. Porém, nao deixe de visitar o site www.juliosevero.com.
Fique na paz e Deus te abençõe _ Pr. Alberto Thieme


29 de outubro de 2009 _ isto é o que o Brasil deveria fazer.....nada de privilegios para minorias....igualdade para todos.
 
Amado Pr. Julio,
 
Somente um cego espiritualmente nao consegue enchergar que Deus te chamou como um de seus profetas contemporaneos. Esta é ao mesmo tempo uma grande responsabilidade, mas tambem uma grandiosa benção que não podes menosprezar.
 
Deus tem muita coisa para fazer, muitas pessoas a serem influencias pelos artigos que Deus move teu coração para escrever. Reenviei este artigo para todas as associacoes homossexuais. Os resultados ja começaram a chegar. Assim que tiver um tempo vou enviar a cada Senador tambem, bem como a cada Deputado Federal, Estadual e vereadores das grandes capitais.
 
Penso que chegou a hora de fazermos mais pelo Reino de Deus. Isto poderá nos trazer tempos dificeis, pode. Mas devemos estar preparados porque nossa patria não é aqui. Somos cidadãos da Pátria Celestial de nosso Pai Amado e não deste mundo. Aqui estamos apenas de passagem.
 
O que importa é que muitos saibam que um pais como a Italia teve a coragem de enfrentar a ONU, a OMS, os direitos que não são humanos, mas chamam de humanos e colocar esses representantes de Satanas no lugar deles.
 
Otimo artigo e devemos difundi-lo para que o mundo veja, principalmente, os parlmamentares brasileiros que os colegas deles, italianos, tiveram a coragem de peitar esta casta dictatorial no mundo.
 
Vamos estar orando pela Italia, para que ninguem consiga reverter esta posição. E continuemos a lutar para que o Brasil caminhe por caminhos diferentes dos que nosso governo tem traçado. Algo precisa acontecer em nosso pais. Não consigo acreditar na passividade dos pastores e lideres de nossa patria.
 
Já passou da hora de levantarmos todas as igrejas e colocar um basta nestes politicos corruptos que agora usam os homossexuais para esconder o que fazem nos bastidores para tirar vantagem sobre o povo de nosso pais.
 
Vá em frente com o que Deus tem colocado em seu coração e grite o quanto mais forte possivel para que quem ouça entenda que se Deus não agir contra esta bandalheira que estão fazendo no governo dando regalias a uma minoria de homossexuais e destruindo nossos valores de familia que tanto defendemos.
Estou contigo nesta batalha até o fim. Até que alguem ouça que o Brasil precisa mudar com a ação de apenas 300 gideões. Deus nunca contou com muitos para fazer a diferença.
 
Porem, ele fará a obra completa contra esta pouca vergonha que está imperando no Brasil atraves da ação de associaçoes homossexuais e dos proprios. Deus é justo e sua mão ponderosa sera posta sobre este povo que tem se desviado completamente dos caminhos do Senhor e tem zombado de sua Soberania e Gloria. Ele não deixará impune estes que como em Sodoma e Gomorra achavam que não havia Deus que poderiam fazer o que quizessem e arderam em fogo e enxofre lançado pela ira do Todo-Poderoso.
 
Sinceramente, tenho orado para que Deus aja em proteção de nossos infantes antes que chegue o tempo em que eles não saberão distinguir entre a mão direita e a esquerda. O Brasil está caminhando por estes maus caminhos que levarão muitos a destruição e trará desgraça a muitas familias se nós os cristãos nao agirmos urgentemente.
 
Infelizmente percebo que os lideres evangelicos brasileiros e os pastores e igrejas em geral não estão percebendo o rolo compressor que está se aproximando de todo povo cristão e catolico Brasileiro. Estão deitados em berço explendido, ou Segundo, o Chico Buarque, estão olhando para ver “a banda passar”.
 
A maior banda do mundo está acontecendo na frente dos nossos narizes enão estamos nos apercebendo que é Satanás, ele mesmo, que é o anfitrião maior das PARADAS GAYS brasileiras e mundiais. Precisamos de mais pessoas de coragem, que estejam dispostas a dar a vida para que o Brasil nao seja o maior CAMPEÃO DO MUNDO, não no futebol, mas na destruição da moral familiar, na destruição de milhões que não terão o privilegio de ver o sol nascer, porque NÃO FIZEMOS NADA.
 
Deus nao deixará impune em nossa miseravel imparcialidade, comodidade e falta de coragem de confrontar este governo fraudulento que está fazendo jogo com as associaçoes homossexuais que trará PREJUIZOS QUE NUNCA MAIS SE PODERÁ RECUPERAR. São milhoes de vidas que estão sendo influenciados pelas associacoes gays de nosso pais e do mundo atraves da ONU, OMS e outros organismos que dizem defender os direitos humanos.
 
 Estão valorizando os direitos dos errados em suas ações prevalecendo contra a maioria. Eles querem dominar nosso pais e nosso presidente tem aconchavo com todo este pessoal da esquerda, do liberalismo e libertinismo porque é assim que Hitler fez. Ele é analfabeto mas quem domina ele não.
 
Onde estão os corajosos gidões para levantar e fazer provas com Deus para ver se o que estou dizendo está certo ou errado?
 
Quando Hitler dominou o mundo, a maioria não sabia o que estava por tras do Nazismo: O HOMOSSEXUALISMO como bem escrevestes, meu amado irmão Julio sobre HITLER, no seu artigo: Julio Severo recomenda: O Segredo de Hitler
Falei com um pastor lider de uma denominação no Brasil  e ele me disse: “Não se preocupe, Thieme, a Igreja Catolica está trabalhando fortemente, porem, uma semana depois o STF vetou a impugnação da Lei Anti-homofobia aprovada pelo Congresso Estadual de São Paulo, que o Conselho de Pastores do Estado de São Paulo entrou com uma liminar contra a aprovação da Lei. O STF rejeitou a laminar e a lei está aprovada. Agora só falta a federal. Vamos continuar a esperar pelos outros fazerem, ou vamos ter a coragem de deixar nosso “tempo de lazer” para pegarmos nossas armas espirituais e lutarmos com uma fé atuante e não apenas ficar orando, como muitos pensam que Deus vai resolver. Estes problemas, Deus deixa para nós enfrentarmos sem medo e fazer prevalecer o certo, a justiça, a liberdade e não a libertinagem como já está acontecendo. Não, não podemos esperar mais! O tempo está se esgotando rapidamente. Este é um alerta de quem vê o problema estando fora e os que estão dentro não enxergam. FOI SEMPRE ASSIM, JÁ PERCEBEU?
 
Infelizmente grande parte dos cristãos brasileiros hoje pensam como o pastor luterano Martin Niemöller, quando a Alemanha estava sob o domínio nazista. Na prisão proferiu a conhecida frase, em 1933,:
“Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar…”
 
Fique com Deus e que Ele continue te protegendo e ungindo para ser o profeta de nosso de tempo juntamente com outros que pouco a pouco Deus tem levantado. Porem, é necessário que voce continue tocando a trombeta porque nossos lideres estão preocupados com a Jerusalem deles e se esqueceram da Judeia e Samaria que é o nosso povo que aos poucos estão sendo encurralados e amordaçados  para não abrirem a boca contra o pecado abominavel da homossexualidade e lesbianismo.
 
Porem, graças a Deus por ter estes poucos que não deixaram contaminar com as promessas de Baal.
Basta!
 
No Senhor _ Pr. Alberto Thieme

.LEIAM O ARTIGO ABAIXO SOBRE A CORAGEM DO PARLAMENTO ITALIANO.
 
October 28, 2009 _ Itália rejeita “orientação sexual” em projeto de lei anti-preconceito
 
Itália rejeita “orientação sexual” em projeto de lei anti-preconceito
Hilary White
ROMA, Itália, 15 de outubro de 2009 (Notícias Pró-Família) — O Parlamento italiano rejeitou uma tentativa de grupos homossexuais estabelecerem a “orientação sexual” como uma categoria privilegiada nas leis anti-preconceito. A medida foi derrotada por um voto de 285 contra 222.
Os oponentes haviam argumentado que a mudança no código penal teria produzido desigualdades, aliás, discriminações reversas. O político Rocco Buttiglione disse que os homossexuais estão protegidos sob a lei do mesmo jeito que todos os outros cidadãos e disse que a derrota do projeto de lei é uma vitória para “o princípio da igualdade de todos os cidadãos — um princípio consagrado em nossa constituição”.
Isabella Bertolini, legisladora e membro do partido do governo de Silvio Berlusconi que havia se oposto á morte de Eluana Englaro por ordem de um tribunal no ano passado, disse que a tentativa de se instituir uma “inerente orientação sexual” no código penal é “claramente inconstitucional” e “provavelmente provocará graves problemas e graves discriminações”.
O conceito, disse ela, é “fruto das idéias relativistas” que estão crescendo na Itália e “produziria uma diferença substancial no tratamento de homossexuais e transexuais diante da lei”. O projeto de lei teria criado uma situação legal em que um ato de violência seria considerado mais grave se a vítima fosse homossexual. “Isso é incompreensível”, disse Bertolini.
Bertolini avisou, com base na experiência de outros países com semelhantes leis de “orientação sexual”, que se aprovada na Itália, tal lei traria como resultado restrições à liberdade de expressão.
Logo que a expressão orientação sexual for introduzida nos artigos anti-preconceito da lei, ela disse, “Não seria possível as pessoas exercerem o direito de expressar suas opiniões ou críticas” acerca da atividade homossexual, um assunto sério num país predominantemente católico. Além disso, ela alertou que o projeto de lei teria sido “usado como porta de entrada para revolucionar o conceito de casamento, família, adoção e enlouquecer os valores fundamentais que sustentam nossa sociedade”.
A derrota do projeto foi criticada na Organização das Nações Unidas, onde a alta comissária da ONU para os direitos humanos chamou a derrota de “um retrocesso para os direitos humanos”.
“Os gays e as lésbicas merecem plena proteção sob a lei”, disse Navi Pillay, que acrescentou que os governos deveriam fazer leis adicionais especificamente protegendo os homossexuais.
A ministra italiana do bem-estar social, Mariastella Carfagna, disse que farão uma nova lei anti-preconceito que exigirá penas mais pesadas para todos os crimes motivados por “discriminação”, incluindo a categoria de “orientação sexual”. Atualmente, há na Itália leis anti-preconceito que incluem as categorias de raça, etnia, nacionalidade e religião. A inclusão de “orientação sexual” no código existente tem sido uma meta importante dos grupos homossexuais de pressão política por alguns anos.
Esses grupos anunciaram que em 17 de outubro farão uma marcha em Roma para protestar contra a votação.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/oct/09101504.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

“PELOS FRUTOS OS CONHECEREIS…”  ISTO É O PT (PARTIDO DOS TRABALHADORES), partido de nosso Presidente da Repoublica do Brasil.
Bem que a Palavra de Deus diz: “Nada ficará encoberto…”. Este é o perfil de nosso governo, além do apoio ao Homossexualismo.
E ainda os Bispos da IURD e da Renascer foram lá em Brasilia se aliançar com eles.
O Pe. Lodi tem razão de lutar, mesmo tendo sido condenado duas vezes por defender a vida e ser contra o aborto.
Onde está a voz do pastores evangelicos brasileiros e das principais Igrejas Historicas? Até quando vamos esperar pela iniciativa da CNBB para que venha a public as falcatruas do Governo Lula.
Vamos arregaçar as mangas e lutar. Não fique só recebendo bençãos na Igreja e sem fazer nada a favor dos inocentes que estão morrendo aos milhões ao redor do mundo e no Brasil tambem.
Faça o que voce pode fazer, mas faça.
Um forte abraco,
Pr. Thieme
 
On Behalf Of Julio Severo _ November 04, 2009 7:09 PM
Subject: Bispos pedem instalação da CPI do aborto
 
Bispos pedem instalação da CPI do aborto
Punição imposta pelo PT aos antiabortistas gera indignação
Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz.
Ao punir, no dia 11 de novembro de 2008, os deputados Luiz Bassuma (BA) e Henrique Afonso (AC) por “militarem” (sic) contra a descriminação do aborto[1], o Partido dos Trabalhadores deu uma enorme contribuição à causa pró-vida.
Com essa atitude, o PT deixou claro que a bandeira abortista, já explicitamente defendida em uma resolução do seu 3º Congresso Nacional (ago./set. 2007), é algo de intocável. Em outras palavras: não é possível pertencer ao PT e “militar” em defesa da vida.
Indignados, os Bispos do Regional Sul 1 (Estado de São Paulo) da CNBB, no dia 18 de outubro de 2009, redigiram um documento em que condenam duramente o abortismo petista. Eis o seu inteiro teor:
Na 31ª. Assembléia das Igrejas Particulares do Regional Sul 1 da CNBB, nós, povo de Deus reunido de 16 a 18 de outubro de 2009, em Itaici, Indaiatuba-SP, vimos a público manifestar nossa indignação diante do sucedido com os deputados federais, Luís Bassuma (PT/BA) e Henrique Afonso (PT/AC), que foram processados, julgados e condenados pela Comissão de Ética de seu partido, à pena de suspensão de suas atividades parlamentares; retirados da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados e ainda instados a retirarem todas as suas iniciativas legislativas que defendam e promovam a vida humana.
Os deputados foram punidos por assumirem a defesa do direito humano primário: o direito à vida do inocente indefeso, desde a concepção. O proceder do Partido dos Trabalhadores (PT), assim como de qualquer outro partido que se comporte da mesma forma, demonstra intolerância e desrespeito à liberdade de consciência garantida pela Constituição Federal, provocando um retrocesso na construção do estado democrático, além de violar o direito fundamental à vida, desde a concepção, garantido pela Convenção Americana dos Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica) homologada pelo nosso Congresso Nacional, em 1992, e contrariando frontalmente a mensagem central do Evangelho: “Eu vim para que todos tenham vida e vida em abundância” (Jo 10,10), pois “Tu me teceste no seio materno” (Sl 139,13).
Manifestamos nossa solidariedade e apoio aos deputados pelo testemunho exemplar de cidadania e de profunda consciência humana e cristã, bem como apoiamos a instalação na Câmara dos Deputados, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Aborto, para investigar a prática do aborto clandestino, sustentada pelo financiamento e interesses estrangeiros, que querem impor ao Brasil e à América Latina a política perversa do controle populacional.
“Se quisermos sustentar um fundamento sólido e inviolável para os direitos humanos, é indispensável reconhecer que a vida humana deve ser defendida sempre, desde o momento da fecundação” (DA 467)[2]
Uma questão de coerência
Pode-se e deve-se lamentar que o PT defenda o aborto. Mas deve-se admitir que o Partido, ao punir aqueles deputados, foi coerente consigo mesmo.
Se, por exemplo, existisse no Brasil um partido que tivesse por princípio irrenunciável a defesa da vida humana, seria lógico que ele não admitisse o ingresso de abortistas. E se algum parlamentar, após ter ingressado nesse partido, passasse a defender o aborto, poderia e deveria ser excluído. Seria uma questão de coerência.
Analogamente, agiria com coerência um bando ou quadrilha que resolvesse expulsar de seu meio alguém que não compactuasse com o crime.
Cabe ao cristão ter a coerência de não ingressar em partidos como o PT. Se por engano já houver ingressado, deve ter a coerência de desfiliar-se.
Quanto aos deputados punidos, é louvável sua posição em defesa da vida. Mas não foi coerente a insistência deles em permanecer em um partido abortista, como o PT. Muito antes de serem processados, eles próprios deveriam ter pedido sua desfiliação.
Somente após a punição, os dois resolveram desfiliar-se do PT para se filiaram ao Partido Verde (PV), que também é abortista.
O Estatuto do PV diz em seu artigo 12: “São deveres dos filiados ao PV: a) obedecer ao Programa e ao Estatuto”[3]. E que defende o Programa do PV, ao qual todo filiado deve obedecer?
“g) legalização da interrupção voluntária da gravidez com um esforço permanente para redução cada vez maior da sua prática através de uma campanha educativa de mulheres e homens para evitar a gravidez indesejada”[4].
O esforço para redução da prática do aborto é louvável, mas, para o PV, isso se reduz a “evitar a gravidez indesejada”. E o ser humano que não foi desejado? Este deveria poder ser abortado legalmente, segundo o programa do PV. Infelizmente, os dois parlamentares foram incoerentes ao se filiarem, mais uma vez, a um partido abortista.
A CPI do aborto
Um dos motivos que levou à punição do deputado Luiz Bassuma foi ter apresentado em 10/4/2008 um requerimento de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) “para investigar denúncia feita pelo Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, em entrevista no Programa Roda Viva da TV Cultura, no dia 16 abril de 2007, sobre a existência do comércio clandestino de substâncias abortivas e da prática do aborto no Brasil”. Na ocasião da entrevista, o jornalista perguntou ao Ministro Temporão como o Sistema Único de Saúde (SUS), onde falta até gaze e esparadrapo, obteria dinheiro para custear a prática do aborto no caso de sua legalização. Segundo Bassuma, a resposta do Ministro ao jornalista foi: “se o Brasil legalizar [o aborto], não faltarão recursos internacionais”[5].
De fato, não faltam recursos externos para financiar no Brasil a prática do aborto, sua propaganda e sua legalização. Eis, por exemplo, a lista de “fundações no exterior” que apóiam o grupo CFEMEA (um “lobby” pró-aborto com sede em Brasília): “Fundação Ford, Fundação MacArthur, Fundação Friedrich Ebert/Instituto Latino-americano de Desenvolvimento Econômico e Social (FES/ILDES), NOVIB, Global Fund, ActionAid, Coalizão Internacional em Prol da Saúde da Mulher (IWHC), Heinrich Boell Stiftung (HBS), Organização Britânica OXFAM, AVINA, Ashoka”[6].
Os Bispos têm razão em insistir na instalação da CPI do aborto, que foi criada em 9/12/2008, mas até agora não foi instalada. E o governo tem razão em temer que tal CPI venha a tornar pública a conivência do PT com os interesses internacionais de controle demográfico.
O que falta para a instalação da CPI? Que os líderes das bancadas na Câmara indiquem os nomes dos deputados que devem compor a Comissão. Comunique-se com os líderes.
Use o Disque-Câmara – 0800 619 619 ou http://www2.camara.gov.br/canalinteracao/faledeputado
“Peço aos líderes das bancadas que nomeiem deputados para comporem a CPI do aborto. O financiamento internacional da causa abortista não pode ficar sem investigação”.
Divulgação: www.juliosevero.com
Notas
[1] DN suspende direitos partidários de Luiz Bassuma e Henrique Afonso. Notícias. 17 set. 2009 – 20h08min. Disponível em:
[2] Moção de Apoio. CNBB – Regional 1. Publicado em 21 out. 2009. Disponível em: <http://www.cnbbsul1.org.br/index.php?link=news/read.php&id=5379>.
[3] http://www.pv.org.br/download/estatuto_web.pdf
[4] Programa: 7 - Reprodução Humana e Cidadania Feminina. Disponível em: ..
[5] Cf. Discurso feito durante audiência pública realizada na Câmara dos Deputados, em 10 out. 2007. Ouça-se em: .
[6] Disponível em .


 Julio Severo _ 2009/11/5 : Urgente! Vote contra a ditadura gay do PLC 122
 
O Senado está querendo saber a opinião dos brasileiros sobre o PLC 122 (que castiga toda opinião contrária ao homossexualismo), perguntando se você é a favor ou contra esse projeto. Para votar, vá à enquete deste link:
http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0
Os ativistas homossexuais estão votando em massa no “sim”. Ajude a reverter o placar, votando “não” à ditadura gay.
Mobilize-se já! Avise seus amigos e igreja.
Se você quer entender o que é o PLC 122, siga este link: http://juliosevero.blogspot.com/search?q=PLC+122
Além disso, no site www.juliosevero.com há um vídeo chamado “Ditadura gay às portas do Brasil”, que mostra a grave ameaça do PLC 122 para toda a população do Brasil.
- -
Jaqueline Marwick _ 5 de novembro de 2009  : Urgente! Vote contra a ditadura gay do PLC 122
 
GENTE, SE vc acredita  na liberdade de expressão, Vote "NÃO" na coluna à direita no site do Senado
Jaqueline
 
Soli Deo Gloria
- -
    Jorge Dias Ferreira _   Olá queridos.. é só copiar e colar na barra de endereços.. e votar  do lado direito, parte de baixo.. no "NÂO".
 
Temos que vencer esta batalha...  Abraços...  PS: encaminhe para seus contatods por favor...

Surpresa! PLC 122 é aprovado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado
Enquanto a população está distraída com a novela da enquete do Senado, PLC 122/06 é levado à votação apressada, sem passar por pauta
Julio Severo
Hoje, dia 10 de novembro, foi dia de susto no Congresso Nacional. Foi repentinamente aprovado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado o PLC 122/06, que estava programado para passar por mais duas audiências nessa comissão. Essas duas audiências agora são desnecessárias, pois a senadora petista Fátima Cleide conseguiu colocar o projeto para votação sem comunicar na pauta normal de votação de hoje.
Enquanto a bancada evangélica estava elaborando seus argumentos para os debates das audiências e enquanto o Brasil estava distraído com a enquete do Senado e suas desculpas, Fátima Cleide e seus aliados passaram a perna em todos.
O sistema automático do Senado, que avisa os assinantes das votações a se realizar, nada comunicou ao Brasil.
O esquema de Cleide foi tão ardiloso que até mesmo no Senado os opositores do PLC 122/06 não tinham a mínima consciência de que sua votação ocorreria hoje, descansando tranquilamente na idéia de que havendo mais duas audiências programadas, seria impossível uma votação repentina.
O PLC 122/06 que foi maliciosamente aprovado hoje contém modificações elaboradas juntamente com o Senado Marcelo Crivella, pois em sua forma anterior o projeto estava enfrentando mais dificuldades para avançar. A fim de facilitar seu avanço, a negociação com Crivella adicionou idosos, deficientes e até evangélicos ao projeto, que mesmo assim continua com sua carga explosiva de favorecimento ao homossexualismo e ameaça de perseguição ao direito de livre expressão contra a conduta homossexual.
Se o PLC 122/06 for totalmente aprovado no Congresso, pregações contra o homossexualismo cairão na categoria de “incitação à homofobia”, e mesmo sem nenhuma lei semelhante ao PLC 122/06, pastores e padres já estão sendo ameaçados no Brasil. O Pr. Ademir Kreutzfeld, da Igreja Luterana de Santa Catarina, recebeu uma intimação em 2007 apenas por se opor ao homossexualismo.
O PLC 122/06 seguirá agora para a Comissão de Direitos Humanos e, se a senadora petista prosseguir nas suas ações “honestas”, terça-feira próxima (17 de novembro) haverá mais uma votação surpresa. Mesmo com a população brasileira sendo 99% contra o homossexualismo e mesmo sendo normal que haja debates, é impossível predizer quantos truques na manga Fátima Cleide irá usar para vencer esses “obstáculos”.
Com a ajuda dela, os ativistas homossexuais estão dispostos a usar qualquer manobra para aprovar o PLC 122/06, inclusive adicionando idosos, deficientes e evangélicos e inclusive colocando-o para votação sem pauta e sem a participação democrática de parlamentares que poderiam votar contrariamente aos interesses dos que têm um único objetivo: impor goela abaixo da população a ideologia homossexual.
Fonte: www.juliosevero.com
Leia mais:
PLC 122: O que Crivella está negociando com Fátima Cleide?
Ameaça sobre o Brasil: nova manobra para aprovar o PLC 122
Pr. Ademir Kreutzfeld é perseguido por alertar acerca da agenda homossexual
PLC 122: propaganda, fantasia e farsa na promoção do homossexualismo
PLC 122: Ditadura gay às portas do Brasil


OS SÉRIOS PRBLEMAS QUE AS ASSOCIAÇÕES HOMOSSEXUAIS ESTÃO CAUSANDO AO BRASIL
 
Exmos. Deputados Federais e Senadores da Republica Federativa do Brasil
 
Tenho acompanhado todo o movimento gay no Brasil e como tive o privilégio com minha esposa de fundar dois orfanatos, enfrentamos o problema de crianças e mais crianças que foram violentadas sexualmente por um adulto e a maioria deles que eram homosssexuais se tornaram exatamente por causa do abuso de um adulto. Então, espero que os responsaveis pelo movimento gay no Brasil tenha uma visão da realidade maior do que demonstra porque ao inves de tentar resolver um problema (discriminação dos gays : coisa que pra mim hoje já nem existe considerando-se que morrem mais de 50.000 pessoas assassinadas por ano. Com certeza existem outros segmentos que requerem a urgent atenção do governo que tem se importado apenas com a agenda gay e o aborto livre).
 
O que existe sim é um direito dos pais de protegerem seus filhos da influencia gay, ao tentarem, passar a ideia que homossexualismo é uma coisa normal coisa que nunca foi e nem será. O Homosssexualismo é um desvio comportamental social influenciado por um adulto (geralmente um pederasta ou pedofilo  em outros casos pelos proprios pais e amigos homossexuais e outros ).  Isto foi constatado in loco quando dirigimos os dois orfanatos por 8 anos (um deles dá apoio a mais de 1.000 criancas hoje) e as igrejas cristãs onde fui pastor e director fundador de dois orfanatos. Um deles hoje acolhendo mais de 1.000 criancas e adolescentes. Alem deste ministerio por todos os meus 35 anos de ministério fui palestrante em ONGs de recuperação de viciados em drogas, prostitutas, alcoolatras e homossexuais. Sendo que entre os drogados e alcoolatras, sempre houve um consideravel numero de homossexuais que com muitos aconselhamentos e ministraçoes dos ensinos praticos biblicos uma quantidade enorme deles acabaram por abandoner a pratica homossexual, tendo se convertido ao Cristianismo e aprendido os principios divinos de como ter uma vida saudavel social e espiritualmente tão abordada na Biblia, tanto no Novo como no Velho Testamento.
 
O que está acontecendo é que com o apoio de gordas verbas do governo federal, estadual e municipal o movimento gay se encaminhou com uma nova estratégia. Incialmente o levanter foi para que se punissem os casos de homofobismo declarado, depois eles já pssaram a considerer homófobo todos que são  contra a pratica gay e hoje eles se levantam buscando privilégios e não direitos a uma classe minoritária que já possui a devida proteção prevista em Lei. A Italia agiu muito bem em negar aprovar a lei anti-homofobia, porque como no Brasil, os homossexais já contemplam com demais cidadãos as mesmas garantias previstas em lei vigentes. Emtão lei nenhuma mais é necessária e muito menos o PLC/122 que contempla “PRIVILÉGIOS” e nao ‘DIREITOS” a comunidade homossexual. 
 
 Dos ex-homossexuais que ajudamos a deixarem o homossexualismo apenas 1 retornou, tendo tido apenas uma relação sexual,quando contraiu AIDS, morendo em menos de 1 anos, com cerca de 30 kg. É mais do que sabido de que o grupo dos homossexuais é um dos grupos de  risco de contração de doencas venereas e AIDS tambem, sendo que um deles,  aidético,  quando o interrogamos porque sendo aidético ainda continuava praticando sexo, ele disse que não queria morrer só, que levaria muitos com ele. Isto acontece com a prostituição também.
 
Outro problema é que ultimamente o que é “certo”(normal) está se tornando “errado”(anormal) na mente de alguns com tendencias maldosas. Dá-se a impressão que os gays receberam uma lavagem cerebral que não conseguem enxergar o mal que existe no homossexualismo.  Vejam as declarações que rodaram a internet acerca de Luiz Mott. No anexo eu aponto os textos biblicos, as caracteristicas que ela descreve como é o comportamento dos homossexuais e por experiencia propria, coincide exatamente com os relatos biblicos.
 
Penso que bom seria, depois destas palavras passar-lhes um verso da Biblia que tem ajudado a milhoes ao redor do mundo e minha familia particularmente (alias bem grande) não possuir nem um só caso de homossexualismo ou lesbianismo devido as orientações biblicas que recebemos desde a infancia:  “Herança do Senhor são os filhos, o fruto do ventre, seu galardão”.  Salmos 127 verso 3.
 
 Quando digo isto, é porque sou avo de gemeos pelos quais oramos para que minha ora pudesse engravidar por 9 anos e Deus nos deu duas preciosas e lindas criancas. Veja que este é um dos maiores motivos porque o homossexualismo não é bom para a sociedade. Encerra-se a geração do homosexual ou lesbicas neles próprios. Pouquissimos terão descendentes e quando ficarem velhos quem cuidará deles, uma vez que o governo nunca cede recursos necessaries para casas de idosos que são mantidas as mínguas por ONGs dirigidas por pessoas que realmente amam seu proximo.
 
Não haverá suficientes vagas para tantos homossexuais se as PARADAS GAYS, as sociedades homossexuais não pararem de difundir seu idealismo falho e o governo não deixar de dar grossas verbas como foi mostrado no Jornal o Estado de 17/06/2009 quando Toni Reis, Presidente da ABGLT tem uma audiencia com o Minsitro do Planejamento e cobra dele as verbas para compra de produtos par aos homossexuais terem relaçoes, gastarem em PARADAS GAYS dispendiosissimas e sustentar os diretores e ativistas gays com nossos importos. Penso que os Exmos Senadores deveriam dar um basta nisso e fazer como a Italia fez, direitos iguais a todos. Nada de privilegios para minorias.
O Homossexualismo é considerado äbominação”para Deus e para a maioria da população Brasileira. Esta pesquisa do Senado pode ser facilmente manipulada por qualquer racker. O certo seria se pedir o nome complete e o CPF e checa-lo contra o Banco de Dados do governo para validar o voto.
Da maneira como foi desenvolvido esta ENQUETE para nada servirá seus resultados mesmo que o Não ganhe com larga margem. O que dificilmente ocorrerá pois já percebemos que em minutos os numeros estão aumentando demasiadamente e isto não se consegue usando este método com o ferramental usado.
Penso que por causa da ideologia marxista que impera no governo que os apoia mutos homossexuais tem ódio dos cristãos e católicos, como Hitler e os Nazistas tiveram dos judeus, bem como dos cristãos e católicos na epoca. Lembrem-se que cerca de 30.000 padres foram executados. E pelos emails que tenho recebido percebo o mesmo palavreado de Ameaça como foi no tempo do Nazismo contra os que se opunham. Se não houver uma ação energica do Congresso e do Senado, o Brasil corre sério risco, demonstrado pelas alianças feitas por Lula e o PT e seus aliados com Fidel Castro, Hugo Chaves, Morales, todos de esquerda. A União Soviética faliu literalmente. Cuba está na miséria. Será que nosso Presidente não enxergou isto ainda e para continuar a influenciar no Poder, usa todos os meios licitos e ilicitos, faz aliança com Deus e o Diabo, para se ganhar votos e continuar influenciando o poder no Brasil.
Textos como os que seguem ferem, obviamente a pratica homosexual e outras que promovem resultados terrriveis na vida de quem pratica:”Serão envergonhados, porque cometem abominação  sem sentir por isso vergonha; nem sabem que coisa é envergonhar-se. Portanto cairão com os que caem ; quando eu os castigar, tropeçarão , diz o Senhor..”.  e variados outros. Deixo aqui apenas mais dois como sendo suficientes pois são do Novo Testamento: "Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro" (Romanos 1:26-27).
"Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas . . . herdarão o reino de Deus" (1 Coríntios 6:9-10).
 
A historia de Sodoma e Gomorra passou através dos séculos e nota-se que variados profetas de varios séculos mais tarde faz citações do juizo de Deus contra aquelas cidades, que de uma delas surgiu a palavra SODOMITA, que significa homossexual. De Genesis a Apocalipse essas cidades são citadas como uma lembrança para que o povo não volte a praticar o que elas fizeram e vejo que hoje em todas as tres esferas do governo Brasileiro, a pratica do homossexualismo é defendida a ponto de criarem associaçoes de homossexuais sustentadas por verbas federais. Consulte o Ministro do Planejamento e veja o artigo do jornal O Estado de S.Paulo de 17/6/2009 citado acima.
 
Tomei a iniciativa de escrever ao Presidente da ABGLT, um email pessoal como este, e ele alem de não responder-me, repassou o mesmo a mais de 300 endereços de lideres das associacoes homossexuais e ativistas que despejaram um monte de emails em meu computador me CALUNIANDO, DISCRIMINANDO, XINGANDO, PROMETENDO ME MATAR, ME PROCESSAR, E USANDO PALAVRAS DE BAIXO CALÃO para me intimidar.  Quando recebi emails desses líderes e ativistas  homossexuais, mesmo com o tratamento recebido,  nunca desprezei nenhum deles, e mantive um padrão elevado de . Entao peço que leiam estas considerações pois toda verdade tem dois lados: Os gays e lesbicas se levantam como se fossem “coitadinhos”, discriminados pela socidade toda e isto nunca foi verdade. Com certeza anos atrás havia mesmo uma repugnancia demonstrada claramente pela sociedade, traduzida em desrespeito para  com os homossexuais. E este despeito não foi apenas com os gays nao. Foi com os Portugueses: quanta piada maldosa existe contra eles….isto é discriminação. Contra os negros, nem se fala. E hoje, tudo mudou.’
 
Porém penso que quanto aos homossexuais a atual legislaç!ao já oferece as garantias e proteção, sendo desnecessaria nova lei para um grupo que se diz estar sendo discriminado e muitos mortos. Porem as estatisticas mostram ao contrario. Estou certo de que a aprovação precipitada e indevida da comissao escolhida para analizar o assunto em pauta nao poderia ter acontecido e peço-lhes urgentes providencias pois eles passaram os “carros na frente dos bois” como diz o ditado popular.
 
O Dr. Luiz Mott, quem iniciou o movimento gay na Bahia, disse que a cada 3 dias morre-se um gay assassinado. Se comparado com os 441 que foi anunciado nas ultimas pesquias do DATAFOLHA, o governo precisa olhar para outros segmentos com muito maior prioridade do que formular leis para um indice abaixo de 0.005% de gays mortos em relação a outras classes. E algumas relembram a morte de um homossexual, cujo iniciador do problema, ninguem tem ainda uma conclusão. De uma coisa estou certo: a descrição bíblica do carater da maioria dos ativistas gays casa com  ela. Vejam Romanos 1:18 em diante. Outra é que quando Satanás foi expulso da presença de Deus foi por causa de sua desobediencia e reebeldia ao Todo Poderoso, bem peculiar aos emails que recebi por escrever um artigo ao Presidente da ABGLT que irresponsavelmente repassou-o a mais de 300 emails de ativistas gays e associacoes homossexuais de todo o Brasil. Até hoje ainda tenho o desconforto de estar sendo xingado com  todo tipo de palavrões, maltratado, caluniado, discriminado,ameaçado de morte por 3 vezes e ameaçado de processo judicial por 3 vezes tambem. Isto tudo casa bem com as descrições de Pedro sobre os moradores de Sodoma e Gomorra, de onde veio a palavra sodomita que tem o mesmo significado da palavra homossexual. Veja II Pedro cap. 2.
 
Então o que está por trás deste movimento não é uma busca por proteção mas sim uma busca por lucros maiores porque o segmento gay está crescendo numa progressão geometrica tendo como principal propulsor para a busca de novos adeptos as PARADAS GAYS e passetas que apoiada pelos tres governos (nas esferas Federal, Estadual e Municipal), tem feito grandes e riquissimos desfiles, gastando o dinheiro de nossos impostos numa proporção exorbitante como declarações do próprio Prefeito Kassab de S.Paulo que disse em entrevista ao Estado de S.Paulo na noite da PARADA GAY DE 2009 disse que investiu $900 milhoes de reais somente nas duas ultimas PARADAS GAYS (2008/2009).
 
E Hassab ainda se apresentava muito alegre com os resultados financeiros as custas da destruição de milhares de familias que não aceitam seus filhos serem homossexuais. Este problema tem sido grave e sugiro V.Excia contatar os governo Federal para que nenhuma verba mais seja dada a tais eventos para poupar nossos infantes de adentrarem a um beco sem saida, poise les são instados a todo custo pelos militantes homossexuais a continuarem, sendo até perseguidos quando realmente deixam a pratica do homossexualismo.
 
Os gays tem feito abertamente uma discriminação contra os cristãos e catolicos particularmente, porem contra todos que se opõem a seus ideias. Isto tornou-se uma “ditadura gay”onde eles forçam por todas as maracutais para aprovar leis como aconteceu a aprovação do PLC/122 pelo Congresso Nacional.  Voce talvez nao saba do indicidente porque a midia só publica o que dá IBOPE, mas tomei conhecimento de que um grupo de homossexuais na Rua Aurora há cerca de dois anos atras bocejaram palavras indecentes quando um grupo de cristãos passavam com as suas biblias nas mãos para irem a  uma igreja proximo do local. Voce sabia disso? Já vi, pessoalmente gays agirem de forma indecente dentro de onibus, na rua etc. Oras se os gays querem respeito, e não querem ser discriminados penso que a GBLT deve editar um livro de  CONDUTA SOCIAL DOS GAYS, pois da mesma forma que não apoiamos a discriminação dos gays, exigimos respeito para com nossos padrões. E não estou falando aqui em relação aos cristãos nao. Estou falando em relação a sociedade cuja maioria (acima de 98%) NAO SAO GAYs E NEM LESBICAS.
 
As associaçoes gays quererem instalar a homophobia como meio de amordaçar a democracia. As pessoas  tem a liberdade de livre expressão e os cristãos continuarão a pregar o que diz a Biblia (nossa regra de fé). Para Deus, Segundo a Biblia, no Novo e Velho testamento, homossexualismo e lesbianism é pecado e considerado anti-natural. Pecado não tem tamanho, mas as consequencias dos pecados promovem resultados piores ou menos ruins. Entendeu?  Nossa carta magna nos dá o dierieto de pregar em qualquer lugar (nem permissao se precisa pedir. Apenas comunicar). Uma lei como o PLC/122 vai ser inconstitucional e poderá ser cancelada,mesmo crendo que o bom senso dos Senadores prevalecerá e nenhum pastor, padre ou pregador sera amordaçado por pregar sobre qualquer assunto, inclusive homossexualismo. Oras ninguem é obrigado a ouvir. Então se não gostar, retire-se. É assim que se tem feito hoje.
 
Penso que é hora da GBLTs e outras instituicoes de apoio ao movimento gayista parar de promover eventos a favor do homossexualismo. Já vimos que a intenção desses movimentos promovidos com dinheiro publico é fazer proselitismo alcançando em cheio a cabeça de nossas inocentes infantes com a beleza e ornamentação feita com o prposito de dizer que ser gay é legal, é joia. Aprovar o PLC/122 será privilegiar uma diminuta classe e colocar uma mordaça na boca de 199 milhoes de brasileiros que são contra o homossexulaismo e muitas familias tem sofrido com filhos que foram enganados e envolvidos de uma forma ou de outra com esta pratica anti-natural. É ter uma lei que proiba os pastores, padres, pregadores, missionarios de pregarem a sã Palavra de Deus.
 
 A liberdade de imprensa e de expressao terá que continuar, porque senão teremos uma ditadura civil e nao democracia. Já estão falando em deixar até as criancas terem relações sexuais após os 10 anos de idade, veja a CARTA DE BRASILIA abaixo que recebi do CEDECA-DF diretamente. Até onde vai a maldade de algumas pessoas de influencia? Uma sociedade e sua cultura para subsistir terá de ter um indice de 2.11 %. Se o numero de gays e lesbicas aumentarem com a divulgação da GBLT e outras, como viverão meus netos?  Muitos de voces não os terão porque tudo se acabará com a vida de voces. Tenho pena desta realidade, mas é verdadeira. Veja o BLOG do escritor Julio Severo: www.juliosevero.com.
 
 NA MAIORIA DOS HOMOSSEXUAIS ENCERRSM-SE AS SUAS GENEALOGIAS E RARAMENTE ELES TERAO DESCENDENTES. Isto promoverá entre outras coisas, a redução da população tão solicitada pelos programas da ONU. Porem, nisto quem deve legistar é o Estado Brasileiro sem interferencia de organism internacionais que tem interesses diferentes dos nossos. Com o aborto está ocorrendo a mesma coisa. Isto também ocasionará sérios problemas daqui 20 ou 30 anos quando estes jovens de hoje, ativistas homossexais e lesbicas, serão idosos e precisarão contar com uma aposentadoria para sobreviver porque não terão filhos que os sustente e provavelmente dificil sera um parente de Segundo ou terceiro grau acolhe-los. A população já está reduzindo naturalmente pois os casais já nao tem mais filhos como antigamente, mas teriam de ter pelo menos 2,11 filhos por casal para haver crescimento demográfico, cuja força de trabalho futura, sustentará os idosos pelo INSS, pois o governo contará com contribuição suficiente para oferecer um minimo de apoio financeiro para se viver a velhice com um pouco de dignidade.
 
Este quadro não está sendo visto por esta minoria casta que querem impor a força uma “ditadura gay”e estão usando os mesmos meios que o Nazismo e Hitler usaram para abafar os que se levantam contra esta pratica hodionda e anti-natural. Eles colherão os próprios espinhos que estão plantando, porem, os inocentes também serão e já estão sendo afetados pela mordaça de leis como o PLC/122 e ameaças de morte, processos, calunias, discriminação, xingos, palavras de baixo calão que a maioria deles estão fazendo uso em suas respostas a todos que se posicionam contra a filosofia “queer” de desconstrução familiar que eles fazem uso, como os gays da Europa e EUA fizeram uso e já hoje colhem os frutos da libertinagem e não liberdade que buscavam e obtiveram aprovações.
 
 Alguns paises como Holanda, Polonia e outros já não estão sabendo o que fazer com a Situação de uso de drogas e a destruição dos valores sociais e espirituais que os governos se deixaram envolver pelas influencias de ativistas gays que se dizem trabalhar em favor da proteção contra a suposta discriminação que sofrem e quando realmente sofrem são eles os próprios culpados por praticarem sexo cujo lema maior é o prazer, não importando como pratica-lo e sendo eles próprios vítimas de próprios homossexuais ativos cuja maldade impera em seus corações como descrevem inumeros textos da Biblia Sagrada, com toda clareza. Ou seja, eles culpam os heterossexuais mas a o verdadeiro heterosexual não mantem relaçoes com homossexuais mas sim com mulheres. O homem que pratica sexo com homem também é homossexual, pois sua atração também é anti-natural, assim como as lesbicas entre si.
 
 Da mesma forma como houve homossexuais que se dizem ter sido discriminados, existem cidadãos normais que se sentem incomodados com a attitude de alguns homossexuais. Eu mesmo recebi mais de 80 emails de militantes e diretores de associaçoes homossexuais nos quais eles cometem crimes contra nossa lei vigente, discriminando, caluniando, mentindo, xingando com palavras de baixo calão, fazendo ameácas de morte e agressao fisica, bem como de abrir processos judiciais por causa de uma carta que enviei diretamente ao Presidente da ABGLT, Sr. Antonio Reis, o qual não tinha minha autorização de redistribuição a todas as associacoes homossexuais ligadas a ABGLT. Uma enxurrada de emails com conteudos ameaçadores como acima descritos vierem imediatamente para minha caixa de emails recebidos.
 
Pelas attitudes de todos os que me escreveram, deixaram muito evidente que copiaram o método Nazista para aplica-lo aos contrarios ao homossexualismo, tentando através de ameaças semelhantres, calar a boca de qum se opor aos intentos deles.
 
Já pedimos a pronta ação para o governo federal cancelar imediatamente as verbas orçadas para tantas associacoes homossexuais que pipocaram no Brasil inteiro tornando-se um rendoso negocio para poucos lideres homossexuais, os quais é claro, nao querem a saida dos que estão homossexuais porque lhes renderão muito lucro. O reflex desta interferencia vemos claramente na confecão da Resolução CRP 01/99 em que o Presidente do CFP, acatando um procedo contra uma das maiores expresses em ajuda a homossexuais e outros dependents conseguiu ajudar mais de 200 homossexuais a deixarem o homossexualsimo. Eu como pastor, em 35 anos de ministério, conseguimos ajudar as ONGS e orfanatos e igrejas evangelicas que eu proprio pastorei a ajudar mais de 100 homossexuias que hoje são felizes pais de familia e até avós.
 
Penso que a melhor proposta do governo Lula não é gastar milhões para tentar conscientizar 199 milhões a considerer o homossexualismo como algo normal, quando não é, sendo o mesmo um desvio de comportamento que em nossas experiencias e da Psicologa que foi tenazmente perseguida e processada pela ABGLT demonstrou. O HOMOSSEXULAISMO TEM CURA, se a pessoa que optou por ele desejar deixa-lo voluntariamente. E estou absolutamente certo que se colocarmos uma campanha na TV vão chegar inumeros homossexuais desejando deixar esta pratica anti-natural.
O Segredo de Hitler. O livro não é católico nem evangélico. E o autor, Lothar Machtan, deixa bem claro que seu objetivo não é atacar o movimento homossexual e a agenda gay. Mesmo sendo um livro totalmente secular, a profunda pesquisa de Machtan leva o leitor às pegadas de Hitler e outros importantes líderes nazistas que guardavam no armário um dos segredos mais bem trancados do nazismo: o controle homossexual sobre o fascismo na Alemanha. Vale a pena ler O Segredo de Hitler,  divulgação da Editora Objetiva, que o publica no Brasil. 
 
Obrigado,
 
Pr. Alberto Thieme
Ex-diretor  de orfanatos e Pastor evangelico, fundador de 2 orfanatos, sendo que o primeiro deles acolhe mais mde 1.000 criancas hoje em S.Paulo
Palestrante sobre como Educar filhos pelo Instituto Haggai de Liderança Avançada
Palestrante sobre o Papel Social da Igreja pelo M.E.N. – Mov. Evang.Nacional para Redenção de Crianças e Adolescentes
Palestrante para ONGs que trabalham com drogados, prostitutas, homossexualismo, alcoolatras etc sobre como sair vitorioso de pratica indesejáveis.

|ALBERTO THIEME 08/12/2009

Caros irmãos Yrorrito e outros acima
 
Peço a gentileza do irmãos nos ajudarem numa tarefa muito importante: Divulgar bem claramente este email para que os leitores do UNIÃONET e os sites e BLOGS dos demais irmãos possam colaborar com nossa luta pelo cancelamento da LEI PLC/122.
 
Estamos colhendo testemunhos de ex-homossexuais  e ex-lesbicas que foram libertos por Cristo para apresentar ao Congresso que homossexuais e lesbicas podem ser libertos sim, em  qualquer cirsuntancias. “NÃO HÁ NADA IMPOSSIVEL PARA DEUS”.
 
Pediria a gentileza do irmão divulgar meu pedido a todos que lerem este apelo para que envie para o Pr. Alberto Thieme,  pastor há mais de 35 anos, fundador de dois orfanatos, sendo que o primeiro deles atende hoje a mais de 1.000 criancas em diferentes casas lares em São Paulo e interior e preletor em varias ONGs por mais de 18 anos, porem sempre envolvido com a obra social, palestrante pelo Instituto Haggai e M.E.N. (Mov.Ev.Nacional para Redenção da Criança e do adolescente) sobre “A AÇÃO SOCIAL DA IGREJA”.
 
Podem enviar com  todos os dados completes. Não tenha qualquer receio pois não divulgarei o sobrenome, porem, quando da reunião dos com os senadores e deputados federais teremos que ter a copia legitima do email provando que em nome do Senhor Jesus Cristo, ainda hoje muitos são curados, os cativos de qualquer vicio: drogas, homossexualismo, prostituta, ladrão ou qualquer outro que teve um testemunho forte de libertação pode me escrever.
 
Vamos irmãos mostrar aos parlamentares quem é Jesus para eles acreditarem que não se precisa de lei nenhuma para PRIVILEGIAR A CLASSE HOMOSSEXUAL E CRIAR SÉRIOS PROBLEMAS PARA OS EVANGELICOS, PASTORES, MISSIONARIOS,  OBREIROS EVANGELICOS QUE MILITAM a boa milia da fé.
 
Isto sera de grande importancia. Peço que enviem seus emails para thiemeus@yahoo.com, com copia thiemeus@hotmail.com.
Assim se eu nao receber por um receberei pelo Segundo.  Aproveite para inteirar-se dos problemas que os cristãos estão sendo ameaçados, entrando nos BLOGS: www.juliosevero.com e www.abraceh.com.  Ambos são de verdadeiros irmãos que tem vivido pela fé e são grande porta-vozes proféticas contra os pecados do homossexualismo, aborto e dos escandalos acontecidos neste governo que tem sido o mais corrupto de todos que conheci. Tenho 62 anos e posso dizer isto com toda autoridade.
 
Agradeço a todos que escreverem  e com certeza Deus lhes recompensarão pelo empenho em nos ajudar nesta luta espiritual para esta lei PLC/122 caia por terra e o nome de Deus seja grandemente glorificado. Por favor, oremos por nossos parlamentares que ao receberem todos estes documentos que parte já temos em nosso poder sejam  sensiveis ás verdades biblicas e não deem ouvidos a espiritos enganadores.
 
No email nao esqueçam de colocar como voce se sentia quando estava homossexual ou lesbica, o que o levou a ser homossexual e lesbica(influencias de amigos, pais separados, abuso de um adulto etc) e como voce se sente agora, liberto de toda esta miséria deste pecado abominável Segundo a Palavra de Deus. Isto é muito importante voce incluir.
 
Fico no aguardo de seu email. E, por favor, repasse este email par aos cristãos de sua lista que eles poderão repassaar a outros e assim termos um grande numero de testemunhos para calar a boca do Diabo. Aceite este desafio e lute conosco contra  esta casta de demonios que estão enganando milhares de brasileiros de que o homossexualismo é algo bom, algo joia. O Diabo é o Pai da mentira e através das PARADAS GAYS as associacoes homossexuais está ganhando cada vez mais adeptos para comprar produtos que somente a classe gay compra. Vamos lutar juntos.
 
 
Obrigado
- - -
Ao longo dos ultimos 10 anos o q recebemos sobre a homofobia , incluimos no : www.uniaonet.com/esplei.htm .
 
São registros de como a igreja tem se portado diante desta realidade , tendo como seus maiores expoentes o Severo e a Rosangela , segue um pouco deste conteudo , o testemunho do Saulo que está  no : http://www.uniaonet.com/testemsauloexhomosexual.htm

- - -

 ALBERTO THIEME  É MUITO BOM SABER O QUE OS PROPRIOS EX-HOMOSSEXUAIS PENSAM SOBRE O HOMOSSEXUALISMO.....VEJA SEUS TESTEMUNHOS.
 


 
ELES PROPRIOS FALAM…
AGORA, EXEMPLOS VIVOS DE LIBERTAÇÃO
 
1.    Leandro diz no BLOG : http://catatau.blogsome.com
Tenho 22 anos e estou trabalhando contra minha conduta sexual porque não estou feliz. Não encontro apoio em lugar nenhum. Sofro preconceito de meus antigo amigos gays que não entendem e aceitam minha vontade.
Não quero discutir religião ou psicologia. Quero simplesmente que respeitem minha opinião. Já deixei a prática da homossexualidade e me sinto bem mais aliviado. Sei que vou conseguir. O que quero dizer é que seria bem melhor se deixassem de discutir que todo gay tem que ser gay, porque isso não é verdade. Cada uma escolhe o que quer. Isso esta acontecendo comigo. Então parem de ser ridículos!
um abraço a todos e cuidem de suas vidas. Parem de querer provar que o mundo gay é a melhor coisa do mundo porque voces sabem que não é. tanto é verdade que vivem querendo provar aos outros que é. Se fosse tão bom, não precisava de parada gay e propagando enganosa.
 
2, VEJA um Segundo caso no mesmo BLOG:
Luciano Says —
Caros Senhores….
Uma pergunta… E se um homossexual quiser não ser mais homossexual, e pedir ajuda de algum psicólogo para atingir sua meta, independente de sua religião, não pode??? Sua opção de não optar mais em ser homossexual não será respeitada… Porque não entrarei em discussões de cunho religioso, pois acredito que pessoas de visões tão extremas, deveriam conviver, para o bem comum, sem expor suas opiniões, principalmente de forma tão agressiva como temos visto… Aguardo,
Made on August 4, 2009 @ 4:06 pm
Luciano Says —
….. mas gostaria de deixar claro que realmente fiz uma pergunta com uma dúvida real, e sem intensão de acusação alguma. Como você citou, realmente não tenho conhecimento profundo dos métodos de trabalho de um psicólogo. Só queria saber, se um homossexual optar, independente de alguém cobrar essa posição dele, em não ser mais homossexual, como fará, mas pelo que entendi, ele terá que ser assim e pronto? Não é questão de opção?? O Fato dele querer deixar de ser homossexual, ou de simplesmente apaixonar-se por uma mulher, é devido ao preconceito e só??? E uma última pergunta, sem querer ofender, só pra saber mesmo, e se preferir pode responder diretamente em meu e-mail… Você conhece, já leu a Bíblia, já estudou sem pretensões de procurar erros, mas com o objetivo de tentar entender suas proposta??? Aguardo e agradeço de antemão por ouvir minhas perguntas, talvez um tanto quanto “burras” perto de seu conhecimento, mas que partem de alguém que quer entender certas coisas que são apenas motivos de discussões acalorosas, mas que não tem chego á lugar nenhum. Grato.
RE: Sua conclusão é a resposta irresponsavel do CFP e das CRP (Conselhos Regionais e o Federal de Psicologia que está de rabo amarrado com a descontrução social “queer” . Veja entrevista do Presidente do CFP logo apos a condenação da psicologa do Rio de Janeiro. Foi exatamente esta pergunta que ela fez:
 
3.TESTEMUNHO DE UMA MOÇA QUE PENSOU EM SER LESBICA
 
Pastor Thieme, desculpe a demora em respondê-lo, mas eu li os e-mails que o senhor me mandou e fiquei chocada com a ''negação'' e a forma como eles lhe respondem. Acredito que são cegos, e pessoas que não acreditam em Deus. Eu já fui alguém que não acreditava na Bíblia, em Deus, e eu entendo eles. Nunca entrará na cabeça deles um Deus que cura todas as coisas, quando eles não tem esse sentimento da verdade dentro deles. Mas eu gostaria de saber como posso ajudá-lo. Eu estou pensando ainda em um jeito de levar até meu pastor os e-mails, mas eu quase não falo com ele, e não sei como falar. Mas vou tentar...
 
Pior do que um macumbeiro, satanista, são pessoas que não acreditam em Deus de forma nenhuma. É o caso de muitos, eu que o diga. Um dia eu já pensei que seria lésbica, já pensei que eu fosse, quando eu era do mundo. Já julguei muitos pastores, e tinha raiva de igreja. Sombava muito de evangélicos e sempre critiquei demais tudo que vinha da igreja, e hoje estou aonde estou servindo a Deus. Então, o maior problema é a cegueira espíritual que existe entre eles. Tudo que se diga, tudo o que se faça, acredito eu que pra eles vão continuar sendo ofensa, porque não conhecem a verdade, no coração deles não existe um Deus.
 
Deus te abençoe.
Juliana Juh
 
3.   TESTEMUNHO DE UM EX-HOMOSSEXUAL
http://www.pulpitocristao.com

Anônimo disse...
Ate que em fim existe pessoas como a Dra. Rosangela, porque para mim com experiencia propria , a homossexualidade me trouxe muito sofrimento, perdi minha familia por calsa de compulsoes sexuais geradas pela homossexualidade ,passei por usos de drogas , fui abusado sexualmente quando criança,nao tenho vergonha de dizer isto, para mim terapias para o resgate da identidade salvou minha vida pois ja estive a beira de suicidio por traumas sofridos na infancia ,com 7 anos de idade fui abusado gerando atraçoes por pessoas do mesmo sexo e q foi destrutivo para mim se tornou um vicio, pedofilia esta tambem encaixada em varias situaçoes homossexuais pois aquele que e abusado tambem sente vontades de abusar,ja vimos noticias diversas sobre homens maiores que abusam de meninos e meninas e tenho a absoluta certaza que se for averiguada a vida dests pessoa elea com certeza tem um historico de abuso sexual sofrido e tambem homossexualidade destrutiva,nao quero dizer que todo homossexual tem q deixar a homossexualidade,mas quero dizer a respeito daqueles que foram abusados pelos seus pais, padrastos, vizinhos,pessoas proximas.Ninguem e obrigado a deixar a homossexualidade mas quem tem vontade de deixar por vontade propria como eu , seria bom deixarem estas pessoas caminharem normalmente enao impor uma coisa que nao queremos. Pensem nisso abraço a todos os ativistas mas que reflitam a respeito disso fiquem com DEUS
2    de Agosto de 2009 14:33
      OBS: Muitos de voces me criticaram quando escrevi a primeira carta dizendo como os meninos e adolescentes acabam por se convencer que são homossexuais Aqui está a prova do que ouvi da
boca de variados homossexuais e lesbicas. Aqui estão 7 homossexuais e uma moça que quse chegou a ser lésbica dando os seus proprios testemunhos.

 
terça-feira, 26 de maio de 2009
Disse com muita propriedade a Dra Rozangela Justino que foi vítima da perseguição da ABGLT e da CRP-RJ (5a.vara) e do CFP. Eu escrevi para eles até hoje não recebi respostas. Responsabilidade é um resultado do caráter de cada um. Se não respondeu, é porque agiu indevidamente mesmo. Ou se escondem atras das paredes por vergonha da injustiça que praticaram. Veja a entrevista do Presidente da CFP apos o julgamento de Dra. Rozangela e concluca voce mesmo se estou certo ou nao.
Pr. Alberto Thieme.
 Não há nada pior para um “gay” que um… “ex-gay”. “Traidor do movimento!”, bradam aos  quatro    Ventos. A modernidade é isso: perda completa do direito de escolher o próprio caminho. A identidade de um grupo, ainda que seja uma mera construção social, se sobrepõe à liberdade do indivíduo e de sua própria consciência. Agora, o que você faz na cama, algo que pertence à sua vida privada e à sua intimidade, dá a você “direitos”; o vício torna-se virtude, pela simples vontade da CFP e capricho de alguns. E ai de quem for contra… É silenciado pela força, sem chance de expor sua discordância através de um debate. Isso é ou não uma ditadura?
Postado às 20:18 | Tags: "ex-gay", direitos, homossexualismo, identidade, psicologia, Rozangela Justino, sexualidade
 
6.claudemiro soares disse:
28/5/2009 às 21:25
É uma pena que tudo isso ocorra desse modo. Entretanto, tenho certeza de que a verdade prevelecerá. Eu já estive gay e sei que é uma desgraça. Felizmente, estou livre dessa disposição mental torturante e constrangedora. Sugiro a leitura do meu livro: “Homossexualidade Masculina: Escolha ou Destino?”
Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós.
Claudemiro Soares
7.Augusto César disse:
29/5/2009 às 10:26
Concordo plenamente com o colega Claudemiro Soares, pois também estive homossexual por um período de 4 anos, tinha passado a curtir momentos de sexo homo, fiquei tão viciado que só procurava homens para transas, gostava de penetrá-los ativamente. Certo dia pude perceber que quanto mais praticava mais ficava insaciável, então, parei e pensei em resolver essa questão tão esquisita. O estilo de vida gay é pura ilusão, um mundo de fantasia passageiro, angustiante, insaciável, um mundo “cão”, onde ninguém confia em ninguém, tudo é muito perigoso em todos os sentidos e aspectos. O melhor que fiz deixar esse vício pecaminoso e resgatar minha verdadeira sexualidade sadia: Heterossexualidade Masculina. Tenho um exemplar do livro “Homossexualidade Masculina: Escolha ou Destino?”…
            Fonte: http://www.jornadacrista.org/?p=1671
           Jornada Cristã - http://www.jornadacrista.org
 

 Contribuição: Pr. Alberto Thieme – email: thiemeus@yahoo.com.
= = =


CANCELAMENTO DA PEC 28/2009
EXMO. SENADOR

 

Deus fez a familia e a IBDFAM a está destruindo com o apoio de V.Excia. Os senhores já perceberam como todas as instituições Brasileiras estão sendo destruidas. E agora vem o pior com a ação dos senhores de inventar uma familia que não existe na realidade. Ela existe apenas na cabeça dos ativistas homossexuais que a IBDFAM deve ser a favor, pois jamais existirá "familia afetiva". Que isso? Os senhores enlouqueceram, ou realmente estão seguindo a balada deste governo corrupto, V.Excias estão com influencias das associacoes homossexuais, cujas mentes são rapidas em pensar coisas más de desconstrução familiar para levar a população a descaracterizar a família brasileira, e o pior que vem com a ajuda do governo, investindo milhões de reais, tendo ajuda internacional empregando grossas verbas em PARADAS GAYS para HOMOSSEXUALIZAR o pais e poder implantar leis como estas. Eles ficarão super-felizes enquanto 190 milhoes de brasileiros se preocupam como sera o future de seus filhos e descendentes.

 

Será que os brasileiros são tão idiotas que não estão percebendo o que a ONU quer fazer com os paises é reduzir a população,  e tudo o que tem sido possivel implantar de leis e cancelar outras está sendo feito no Congresso e no Senado. É inacreditável a IBDFAM se posicionar a favor de toda estas práticas cuja unica intenção é acabar com o conceito de familia que existe desde que Deus fez o homem. Pra fazer Eva, Deus mostrou o que é familia: Eva teve que ser do mesmo sangue de Adão. Não existe familia de outro tipo. Nem nos animais se ve isto. Tudo o que se precisa fazer é tentar salvar a familia, e não descaracteriza-la como V.Excias estão fazendo ao aprovar leis como esta PEC 28/2009. Eu as vezes penso que as cabeças dos que estão gerando essas novas ideias so pode ter interferencia homossexual, porque no HOMOSSEXUAL ENCERRA-SE A SUA DESCENDENCIA E ELES NÃO TERÃO CONTINUIDADE FAMILIAR.

Provavelmente por verem que como eles não terão descendentes estão influenciando o mundo em tudo que podem para acabar com a familia. Acabando com a familia, acaba com o Estado, e a ANARQUIA virá. V.Excia sabiam que Hitler e a cupla do Nazismo era homossexual. Leia o artigo d escritor Julio Severo citando o Livro “O SEGREDO DE HITLER”.Julio diz em www.jliosevero.com :  “Gente, não costumo fazer divulgação de livros, mas recomendo fortemente o livro O Segredo de Hitler. O livro não é católico nem evangélico. E o autor, Lothar Machtan, deixa bem claro que seu objetivo não é atacar o movimento homossexual e a agenda gay. Mesmo sendo um livro totalmente secular, a profunda pesquisa de Machtan leva o leitor às pegadas de Hitler e outros importantes líderes nazistas que guardavam no armário um dos segredos mais bem trancados do nazismo: o controle homossexual sobre o fascismo na Alemanha. Vale a pena ler O Segredo de Hitler. Abaixo, divulgação da Editora Objetiva, que o publica no Brasil,.

Tenho contatado varias associacoes homossexuais e este tem sido o discurso deles. O Lula, o PT e seus aliados estão trazendo a maior desgraça que um pais pode ter: as familias se desfazerem. Já ñão chega a miseria de tantas criancas que perambulam pelas ruas das grandes cidades por causa de leis que facilitaram o divolrcio, pela má distribuição de rendas e principalmente pela falta de estrutura familiar, que a midia e os deptos do governo e associacoes como esta estão desgraçando ainda mais a vida dessas criaturas desamparadas.

Eu e  minha esposa fundamos dois orfanatos, o primeiro deles assiste em variadas casas-lares em S.Paulo e interior, mais de 1.000 criancas. Sabem de onde elas proveem? Das familias que devido o afrouxamento das leis brasileiras sobre a responsabilidade dos pais sobre seus filhos acabam por divorciar-se e pelo jeito que as coisas estão indo o divorcio agora é um ato que pode acontecer a qualquer instante, mesmo sem motivo algum, porque as leis estão afrouxando cada vez mais  levando os conjuges a terem menor responsabilidade sobre os filhos.

 

Será que V.Excias e a a IBDFAM nao percebem isto ou estão influenciados pelos frequentes apelos das associacoes de homossexulais que querem a descontrução familiar como está acontecendo na Europa há anos e somente agora estão começando a perceber a burrada que foram os movimentos "queer" para as familias. Veja a Holanda como está? Liberdade com responsabilidade é o que os brasileiros precisam. Espero que V.Excias e a esta entidade possa considerar meus comentarios e repensar melhor a destruição do conceito de familia.

 

Solicitamos que os que VOTARAM “SIM” para a PEC 28/2009  reestudem suas posições e façam algo para cancelar esta PEC, pois do contrário, seus nomes serão  guardados muito bem em nosso Banco de dados para serem lembrados para as proximas eleiições.

Ao chegar ao Senado, a proposta, agora chamada PEC 28/2009, foi encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), a qual aprovou o parecer favorável do relator senador Demóstenes Torres (DEM/GO) em 24/06/2009. Submetida ao plenário, a PEC do divórcio instantâneo foi aprovada em primeiro turno em 02/12/2009 por 54 votos SIM, 3 votos NÃO e 2 abstenções, totalizando 59 votos. Os outros 22 senadores estiveram ausentes.

 

Nome

Partido

UF

Voto

Acir Gurgacz

PDT

RO

SIM

Adelmir Santana

DEM

DF

SIM

Almeida Lima

PMDB

SE

SIM

Aloizio Mercadante

PT

SP

SIM

Alvaro Dias

PSDB

PR

AUSENTE

Antonio Carlos Júnior

DEM

BA

SIM

Antonio Carlos Valadares

PSB

SE

SIM

Arthur Virgílio

PSDB

AM

SIM

Augusto Botelho

PT

RR

ABSTENÇÃO

César Borges

PR

BA

SIM

Cícero Lucena

PSDB

PB

AUSENTE

Cristovam Buarque

PDT

DF

SIM

Delcídio Amaral

PT

MS

SIM

Demóstenes Torres

DEM

GO

SIM

Eduardo Azeredo

PSDB

MG

SIM

Eduardo Suplicy

PT

SP

SIM

Efraim Morais

DEM

PB

SIM

Eliseu Resende

DEM

MG

SIM

Epitácio Cafeteira

PTB

MA

AUSENTE

Fátima Cleide

PT

RO

SIM

Fernando Collor

PTB

AL

AUSENTE

Flávio Arns

PSDB

PR

AUSENTE

Flexa Ribeiro

PSDB

PA

SIM

Francisco Dornelles

PP

RJ

SIM

Garibaldi Alves Filho

PMDB

RN

SIM

Geraldo Mesquita Júnior

PMDB

AC

AUSENTE

Gerson Camata

PMDB

ES

NÃO

Gilberto Goellner

DEM

MT

SIM

Gilvam Borges

PMDB

AP

SIM

Gim Argello

PTB

DF

ABSTENÇÃO

Heráclito Fortes

DEM

PI

SIM

Ideli Salvatti

PT

SC

SIM

Inácio Arruda

PC DO B

CE

AUSENTE

Jarbas Vasconcelos

PMDB

PE

SIM

Jefferson Praia

PDT

AM

SIM

João Durval

PDT

BA

SIM

João Pedro

PT

AM

SIM

João Ribeiro

PR

TO

AUSENTE

João Tenório

PSDB

AL

SIM

João Vicente Claudino

PTB

PI

SIM

José Agripino

DEM

RN

SIM

José Nery

PSOL

PA

SIM

José Sarney

PMDB

AP

AUSENTE

Kátia Abreu

DEM

TO

SIM

Lobão Filho

PMDB

MA

AUSENTE

Lúcia Vânia

PSDB

GO

SIM

Magno Malta

PR

ES

NÃO

Mão Santa

PSC

PI

SIM

Marcelo Crivella

PRB

RJ

NÃO

Marco Maciel

DEM

PE

AUSENTE

Marconi Perillo

PSDB

GO

AUSENTE

Maria do Carmo Alves

DEM

SE

SIM

Marina Silva

PV

AC

SIM

Mário Couto

PSDB

PA

SIM

Marisa Serrano

PSDB

MS

AUSENTE

Mauro Fecury

PMDB

MA

AUSENTE

Mozarildo Cavalcanti

PTB

RR

SIM

Neuto De Conto

PMDB

SC

SIM

Osmar Dias

PDT

PR

SIM

Osvaldo Sobrinho

PTB

MT

SIM

Papaléo Paes

PSDB

AP

AUSENTE

Patrícia Saboya

PDT

CE

AUSENTE

Paulo Duque

PMDB

RJ

SIM

Paulo Paim

PT

RS

AUSENTE

Pedro Simon

PMDB

RS

AUSENTE

Raimundo Colombo

DEM

SC

SIM

Renan Calheiros

PMDB

AL

SIM

Renato Casagrande

PSB

ES

SIM

Roberto Cavalcanti

PRB

PB

AUSENTE

Romero Jucá

PMDB

RR

SIM

Romeu Tuma

PTB

SP

AUSENTE

Rosalba Ciarlini

DEM

RN

SIM

Sadi Cassol

PT

TO

AUSENTE

Sérgio Guerra

PSDB

PE

AUSENTE

Sérgio Zambiasi

PTB

RS

SIM

Serys Slhessarenko

PT

MT

SIM

Tasso Jereissati

PSDB

CE

SIM

Tião Viana

PT

AC

SIM

Valdir Raupp

PMDB

RO

SIM

Valter Pereira

PMDB

MS

SIM

Wellington Salgado de Oliveira

PMDB

MG

SIM

 

Vale lembrar que essa PEC foi proposta por sugestão do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM), considerando-a “uma revolução paradigmática no Direito de Família”[1]. O IBDFAM também defende o “casamento” de pessoas do mesmo sexo.

Esperamos que os EXMOS Senadores encontrem meios para cancelar esta PEC 28/2009.

 

Um forte abraco,

 Dr. Pr. Alberto Thieme.

 Email: thiemeus@yahoo.com


 ALBERTO THIEME
 
Caros irmãos e amigos,
 
Gostaria de contar com sua ajuda. Escrevi um artigo muito necessario nestes dias em que muitos ativistas homossexuais e lesbianas tem feito dizendo que o homossexualismo nao era condenado em Levitico e no VT e que Paulo escreve o que escreveu devido a Situação temporal (da época) e que já não vale mais para os dias de hoje. Resolvi então ir ao Pentateuco e em todos os textos biblicos que dizem claramente através dos séculos que as cidades de SODOMA E GOMORRA foram destruidas com fogo e enxofre diretamente por Deus exatamente por causa do pecado do HOMOSSEXUALISMO daquele povo totalmente pervertido (coincidencia, ou nao, estamos vivendo hoje no mundo o mesmo problema daqueles tempos.
No link abaixo voce pode ler o artigo que escrevi e solicitei ao PORTAL LIBERAL que editasse aquele artigo que a meu ver vem dar uma boa idéia de que os argumentos usados pelos ativistas homossexuais está furada.
 
Para qie o artigo seja publicado definitivamente, preciso de pelo menos 20 pessoas se asosociarem ao SITE cristão e votarem a favor da publicação definitive do artigo.
 
Pediria sia gemtileza de nos ajudar nestes tempos dificeis que estamos vivedo. Creio que quem puder ser uma voz a mais e termos mais textos na Internet reprovando esta pratica mais dificil ficará para se aprovar a LEI PLC/122 de 2006 que deve voltar ao Congresso para aprovação definitiva.
 
Sinceramente, conto com sua cooperação e podem reenviar o artigo via email para todos que puderem. Será bom muitos tomarem conhecimento que o que o governo Brasileiro, e os parlamentares, estão fazendo, aprovando leis a favor da legalização do homossexualismo e inclusive com uma forte intenção de calar a todos os pastores e cristãos para que não mais preguem sobre assunto, e inclusive aumentar a quantidade de homossexuais e lesbicas atraves de altos investimentos dos governos das tres esferas(federal, estaduais e municipais)  trará maldição sobre o nosso povo e nosso pais pois seus proprios dirigentes estão apoiando esta vergonhosa depravação já punida severamente uma vez por Deus. Reenviei este email pra quem desejar. Até em suas proprias igrejas, deem estudos sobre isto, usando o material e até acrscendo mais. Tendo algum comentario a fazer ou algo a adicionar, envie-me por email.
 
Que Deus o abençoe
 
Obrigado,
 
Pr. Thieme
 
From: Portal Literal [mailto:noreply@literal.com.br]
Sent: Wednesday, January 13, 2010 12:03 AM
To: thiemeus@yahoo.com
Subject: Portal Literal :. 'Cidades de Sodoma e Gomorra.....Triste fim !' na fila de votação
 
Olá Alberto Thieme,
 

Sua colaboração para o Portal Literal "Cidades de Sodoma e Gomorra.....Triste fim !" acaba de passar para a sala
de votação no site e já pode ser votada no link:
 

Com 20 votos nas próximas 48 horas a colaboração
será publicada definitivamente no Portal Literal. Caso
não os obtenha, continuará de todo modo disponível no seu perfil no site.
 

Abraços e boa sorte!
 
Portal Literal
= =

 8 jan 2010
Parlamento aprova casamento homossexual
 
 
 
Portugal tornou-se o oitavo país do mundo a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A proposta do Governo foi aprovada esta manhã, no Parlamento, com os votos de a favor de toda a esquerda parlamentar e contra de toda direita, bem como de duas deputadas socialistas.
Em discussão, esteve outra proposta apresentada pelo Bloco de Esquerda, advogando a legalização do casamento homossexual, a par da adopção por casais de gays e lésbicas. A proposta foi contudo chumbada com os votos, contando apenas com os votos a favor do Bloco de Esquerda de oito deputados do PS e um do PSD.
 
Rumo semelhante teve a proposta do Partido 'Os Verdes', de conteúdo semelhante à do Bloco de Esquerda, rejeitada com os votos contra da maioria do grupo parlamentar socialista, da maioria da bancada do PSD e do CDS-PP.
Quanto à alternativa apresentada pelo PSD - a figura jurídica de uma união civil registada -, teve também o voto contra dos partidos de esquerda, que votaram em bloco para travar o projecto social-democrata.
Referendo… não.
Chumbado foi também o referendo à legalização do casamento homossexual proposto mediante uma petição assinada por mais de 90 mil pessoas e organizada pela Plataforma Cidadania e Casamento.
O assunto foi, de resto, tema para numerosas críticas da direita ao Partido Socialista. Nas palavras de Paulo Mota Pinto, deputado do PSD, a posição do Primeiro-Ministro contrária ao referendo veio pôr a descoberto ‘o medo de ouvir a voz do povo, expressa através do referendo’.
Presidente decide
Embora tenha sido aprovada pelo Parlamento, a proposta do Governo para legalizar os casamentos homossexuais pode ainda ser inviabilizada pelo Presidente da República. Cavaco Silva poderá enviar o diploma agora aprovado para o Tribunal Constitucional para verificação da constitucionalidade, ou simplesmente veta-lo, enviando-o de novo para o Parlamento para nova apreciação.
@Marco Leitão Silva
http://noticias.sapo.pt/ (Orlando)

ALBERTO THIEME 22/02/2010
 
Olá Tatiana,
 
Acredito firmemente que voce não conseguiu entender o “porque” de nossa luta (eu não sou o unico ,tem varios escritoires, filosofos, pastores, padres, bispos, rabinos) contra a pratica do homossexualismo. O proprio Papa já se pronunciou contra o mesmo.
Lógico que concordo com voce e se voce quiser eu lhe envio varios artigos contra o aborto, contra esses pastores e politicos interesseiros em apenas levar vantagens. Posso te afirmar com 100% de certeza que tais pastores nunca o foram e nunca serão, eles tem apenas o titulo de pastores. Para os cristãos, ficamos indignados com pessoas e pastores que se dizem cristão e aprontar o que aprontam. Bão é somente isto não, tem  muitos outros pecados mais graves ainda que tirar vantagens financeiras praticados por estes “lobos” com cara de “ovelhas”e nós só conseguimos descobrir, seguindo os ensinamentos de Jesus. Ele disse, que haveriam lobos com cara de ovelhas no nosso meio e falsos profetas com palavras bajuladores, mas cujo interesse deles e’ o proprio ventre, ou seja, ficarem ricos. Se voce for  BLOG: www.juliosevero.com e mesmo no google e colocar meu nome vais ver que eu escrevi varios artigos tambem cotra Edir Macedo, Estevam Hernandes e já houve outros no passado que se enriqueceram usando um linguajar atraente e enganando a muitos.
 
Os pecados deles são talvez mais graves ainda que os pecados contra Deus e nosso corpo que são: prostituição, fornicação, adulterio, homossexualismo ativo(sodomismo), o passive(efeminismo), lesbianismo etc. Mais graves porque a propria Palavra de Deus diz que a quem muito foi dado (o cohecer dos principios de como viver na sociedade para agradar a Deus) tendo responsabilidades sobre mlhares de pessoas. Sobre eles pesam uma grande sentença, podes acreditar. Porém, se voce comparer 100.000 pastores versus meia-duzia que tem praticado o mal, voce vai ver que a maioria das igrejas evangelicas tem feito um excelete trabalho de  ajuda espiritual e social ao  Brasil. A maioria delas tem algum trabalho social e eu participei do Movimento Ev. Nacional que despertou os pastores a usarem melhor os templos para promover o bema o povo, indiferentemente de religião.
 
Quando iniciei eu disse que voce não conseguiu entender  o “porque”de nossa luta contra as associacoes e ativistas homossexuais(nossa luta nao é contra qualquer homossexual que não seja um propagador do homossexualismo). Voce tem ouvido muito a frase :  A NOSSA LUTA É CONTRA A HOMOFOBIA. E qualquer pessoa que disser que não concorda com a pratica homossexual já é tratado de HOMOFOBO, ok? Porem, voce viu escrito em algum artigo que os heterossexuais ofendidos na maioria das vezes não chama o homossexula de HETEROFOBO? Voce não acha que a sociedade toda (homens e mulheres) devem ter os mesmos direitos? Então por que diferenciar se o homossexual que nasce homem é homem. E a lesbica que nasce mulher, é  mulher. E pronto. Não existe toda esta diferenciação que as proprias associacoes homossexuais acabou inculcando na sociedade. Se voce quiser os emails originais onde Luiz Mott que tem uma mente suja e pervertida e não sou eu que digo isto, está na Internet e centenas de comentarios sobre a vida deste homem desajustado eu posso lhe mostrar. E ele ainda fala que achava que não deveria usar o termo “Identidade sexual” proque poderia denotar PEDOFILIA. E acabou por ceder aos argumentos do Leorcino da ABGLT e outros que participaram do debate.
 
A Lei PLC/122 foi fundamentada nos pensamentos de Luiz Mott, voce sabia? Por isto esta Lei não oferece os mesmos direitos aos heterossexuais mas sim uma tremenda de uma REGALIA par aos homossexuais. Ou seja, eu posso ser preso por discriminar um homossexual. Ela não fala que tipo de discriminaçãp pois existem dois tipos: a discriminação má e a boa. Voce ja discriminou muitas vezes, sabia? Eu tambem. E agora, vamos nos dois pra cadeia? Não. A discriminação má é quando voce maltrata, calunia, difama uma pessoa por qulaquer causa que seja: por ele ser aleijado, negro, gordo, homossexual. Porem, na mesma lei não diz que trata-se da discriminação má.  Vamos a boa discriminação: Não sei seu estado conjugal, mas se voce for casado e seu filho começar a fazer amizades e a  andar com traficantes de drogas, voce vai deixar? Se não, voce está discriminando….só que para o bem(de seu filho). Tem um ditado que diz: Diga-me com quem andas e te direi quem és. Por que? A Biblia responde: “As más companhias corrompem o bom costume”. Então voce terá de ir presa se o traficante de drogas te denunciar que voce está discriminando ele? Percebeu?
 
Eu oriento nossos jovens que quando estiverem em contato com um  homossexual o trate bem e procure ajuda-lo a deixar esta pratica porque se fosse boa, não haveria 23 textos biblicos condenando a pratica dos sodomitas de Sodoma e Gomorra e o proprio Senhor Jesus Cristo, fala contra a sodomia e efeminismo. Por que este pecado é mais grave? Porque ele é contra Deus que abomina um homem deixar a pratica sexual normal que na antguidade havia alguns praticantes entre os pagãos. Por isto, Moisés vendo o povo de Israel e mandado por Deus em Levítico a escrever sobre este pecado abominavel. Esta pratica é muito antiga, mas não é por isto que seja boa. Os indios da Bolivia e Colombia usam a maconha e a cocaina. Então vamos usa-la tambem porque os antepassados usaram? Isto é um argument furado. Existem dois sexos somente. Exceto casos que pessoas que nascem com os dois porem um predomina e dai a cirurgia para resolver o problema. Este é um fato que deve ser tratado como qualquer outro desvio da genetica humana, porem, os medicos sabidamente, optam pelo sexo predomintante.
 
Agora voce viu se na Lei PLC/122 tem algum parágrafo para quando um heterosexual for discriminado, o homossexual ser preso? Oras então a lei protégé o homossexual e desprotege o hetero.
 
Porém, tem muito mai coisas por tras Tatiana. Existe o interesse da destruiçao da democracia Brasileira e a implantação do Marxismo/comunisco no Brasil e a forma que ele esta usando foi a mesma que Hitler usou o Nazismo. Voce sabia que Hitler e a cupula Nazista eram homossexuais? Alguns dizem, não pastor, o senhor está enganado. Hitler matou homossexuais. Matou sim, mas os que se opuseram ao seu regime. Porem comparado com o numero de padres catolicos, pastores, cristaos e catolicos e particularmente judeus foi grande. O pessoal fala sempre que morreram 6 milhoes de judeus, mas nao dizem que morreram 70 milhoes de pessoas na 2a.guerra mundial provocada por um homossexual e sua cupula homossexual. Eu não dizendo isto para ferir ninguem.  ,
Não costumo fazer divulgação de livros, mas recomendo fortemente o livro O Segredo de Hitler. O livro não é católico nem evangélico. E o autor, Lothar Machtan, deixa bem claro que seu objetivo não é atacar o movimento homossexual e a agenda gay. Mesmo sendo um livro totalmente secular, a profunda pesquisa de Machtan leva o leitor às pegadas de Hitler e outros importantes líderes nazistas que guardavam no armário um dos segredos mais bem trancados do nazismo: o controle homossexual sobre o fascismo na Alemanha.Veja o artigo: JULIO SEVERO RECOMNDA:  O segredo de Hitler, anexo acima.
Há 8 anos atras eu avisei os evangelicos que tenho contato que nao votasse em Lula porque tenho 62 anos e sei da procedencia dele, Dilma, Genoino e outros. Essas pessoas eram guerrilheiras e queriam implantar o comunismo no Brasil. Eu sabia que mais cedo ou mais tarde ele iria querer dar o golpe.Agora veja que ele adicionou a condenação dos militares pelo golpe de 1964, para não deixarem eles tomarem o poder mas LULA NAO INCLUIU NENHUM GUERRILHEIRO PARA SER JULGADO POR TER MATADO MILITARES NA EPOCA.
O que Lula está fazendo, está óbvio. Agindo como Hitler agiu. O Brasil tinha 5 associacoes homossexuais ha 10 anos atras, hoje sabe quantas existem implantadas no Brasil com apoio do nosso imposto? Quase ou mais de 400. A maioria delas ja conseguiu o status de ONGS e por isto estão aptas a receberem verbas do governo Federal, estadual e municipal. Porque Lula fez isto? Logico, destruindo as bases da familia, do casamento tradicional e outras relativas as familias e crianças como estão querendo o CEDECA/ANCED sob o mandado de Lula, implementado uma Lei que cala  a boca de toda sociedade e outras instituicoes do país, ele facilmente ganhara o status de DITADOR DO BRASIL. Deus pra voce entender? Tem muitos outros detalhes que vou passar notro email. Para isso, ele já instituiu o cargo de MINISTRO DA DEFESA (um civil) e os ministros do execito, força aerea e Marinha, ficam subordinados a um “cumpanheiro”do PT para que a ditadura seja implantada. Entendeu o quadro que está se desenrolando? Depois que tudo for feito….escreva: O PT vai dar um chega pra lá em todos os homossexuais sofrerão maior discriminação, por toda sociedade. Por isto que esta Lei nao pode ser aprovada como está.
Um forte abraco e espero que voce entenda pra bem e nao deixe nenhum “boi” entrar na linha de comunicacao com voce.
Que Deus te proteja,
 
Pr. Dr. Alberto Thieme
 
Vale a pena ler O Segredo de Hitler. Abaixo, divulgação da Editora Objetiva, que o publica no Brasil.
From: Tatiana Vidotti _ January 23, 2010
To: ALBERTO THIEME
Subject: Re: DENUNCIA CONTRA OS PROBLEMAS QUE AS ASSOCIACOES HOMOSSEXUAIS ESTAO CAUSANDO AO BRASIL
 
Olá, Dr. Alberto,
 
Recebi seu retorno e acredito que de fato pensamos muito diferente. Para mim, homossexualidade não é uma coisa anti-natural, uma doença ou coisa do demônio. Para mim é uma simples escolha que cabe a cada um. E que cabe ao resto de nós respeitar. Acho que a luta deles contra o preconceito é muito válida e inédita na história da humanidade (eu, pelo menos, não me lembro de qualquer outro grupo insistir em alguma luta pela liberdade tal como eles fazem. Claro, que pode ser uma ignorância minha.). E eu acho que cabe a cada um de nós fazer o que acha melhor: se o senhor prefere "dizer as verdades", tudo bem, mas acho que não cabe esperar que grande parte da população aceite os dados que o senhor coletou como se fossem expressão da pura verdade. Pra mim não é. Não é, porque eu enxergo esse fenômeno de outra forma, não como algo que acabará com a espécie humana ou a tornará repleta de mal. Eu acho que isso é a expressão máxima do que teoricamente chamamos de "liberdade de ir e vir". Só são tomados atitudes drásticas por parte das associações em defesa do interesse deles, em reação a atitudes preconceituosas.
 
O caso da tal "psicóloga" (mais uma vez, é triste se intitular uma sabendo da existência desse tipo) me chocou bastante. Durante a graduação, temos uma disciplina chamada "Ética" que ensina que o psicólogo não deve julgar ou condenar seus pacientes com base nos seus princípios morais. O que ela fez, para mim e para muitos dos meus colegas, foi totalmente uma falta de ética. Ela "curou" homossexuais, mas será que era desejo deles?! Ou era um falso desejo, devido a todos os preconceitos que eles sofrem todos os dias?!
 
Ficarmos aqui discutindo obviamente não nos levará a lugar nenhum. Eu não vou mudar a sua opinião e você não vai mudar a minha. O que eu tentei argumentar é que eu acho que devemos começar a aceitar as escolhas que as pessoas fazem e conviver com isso da maneira mais saudável que conseguirmos. É claro que a novidade sempre trará desprezo ou repugnância, mas acho que cabe então perguntar "o que eu tenho a ver com isso".
 
Acho que tem tanta gente fazendo maldade nesse país, roubando de gente pobre que morre de fome, e sobre isso ninguém discute. Ninguém discute um político que tem um castelo em Minas Gerais. Ninguém discute um pastor de igreja que tem diversas contas no exterior. Eu, sinceramente, acho que esses são problemas que devem sim ser abordados. E a escolha sexual de cada um deixar a cargo de cada um. Assim, com certeza as tais associações que o senhor tanto critica com certeza apareceriam menos.
Grata,
Tatiana.
- -
BRASÍLIA, 17/06  (fonte:UOL – Folha de S.Paulo)
 
ABGLT tem audiência com o Ministro do Planejamento
 
Nesta manhã o Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, recebeu em audiência Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), integrantes da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT e representantes da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH), para discutir a alocação de recursos orçamentários para viabilizar a implementação do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, lançado no último dia 14 de maio.
 
Também participaram da audiência Claudiano de Albuquerque, Secretário-Adjunto da Secretaria de Orçamento Federal e Claudinei Ferrari, gerente do Departamento de Programas Sociais da Secretaria de Orçamento Federal; os deputados federais e integrantes da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT - Dr. Rosinha (PT/PR) e José Genoino (PT/SP); Caio Varela, assessor da Senadora Fátima Cleide; José Guerra, assessor especial do Ministro Paulo Vannuchi, da SEDH; Eduardo Santarelo e George Lima do Programa Brasil Sem Homofobia (SEDH); e Sérgio Nascimento, assessor do Projeto Aliadas no Distrito Federal.
 
Na ocasião da audiência com o Ministro, Toni Reis apresentou a ABGLT e falou do Programa Brasil Sem Homofobia. Entregou para o Ministro o DVD da abertura da I Conferência Nacional LGBT com o discurso do Presidente Lula, bem como os anais da I Conferência contendo 561 propostas. Por último, entregou o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, o qual contém 180 ações a serem implementadas por 18 ministérios.
 
Reis destacou que é preciso garantir recursos para que as ações previstas no Plano Nacional LGBT possam ser colocadas em prática, e que o Executivo crie rubricas específicas para as mesmas. Solicitou ajuda neste sentido com o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias e a Lei Orçamentária Anual.
 
O Ministro afirmou que o governo federal tem o compromisso e o empenho para colocar recursos e consolidar a execução do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT no ano que vem. Contudo, tendo em vista previsão da diminuição da receita, é fundamental que sejam definidas ações prioritárias entre as 180 ações do Plano. 
 
Neste sentido, a Secretaria Especial dos Direitos Humanos afirmou que vai solicitar a todos os 18 ministérios contemplados pelo Plano Nacional LGBT que elaborem seus orçamentos para a implementação do mesmo, para que em breve seja realizada uma reunião operativa para definir as ações prioritárias que terão orçamento inicialmente.   
 
O Ministro também disse que é fundamental a atuação dos ativistas LGBT no Congresso Nacional para garantir que também haja emendas orçamentárias para complementar a alocação de recursos. 
 
Informações adicionais     
 
Toni Reis, presidente da ABGLT: 61 8181 2196 
Leo Mendes, secretário de comunicação da ABGLT:  62 8405 2405
 
= =


26 de março de 2010 _ ASSOCIAÇÃO DE DEFESA CONTRA A DISCRIMINAÇAO DOS HETEROSSEXUAIS (ADHT)
 
 
Caros amigos e irmãos,
 
·         Já passou da hora de nos unirmos numa Associação Nacional contra a HETEROFOBIA. Eia atentamente este documento.
 
Convidamos os caros amigos e irmãos a se inscreverem como membros da ADHT. Com isto voce ficará protegido de maus tratos de emails de homossexuais e simpatizantes. Esta associação foi fundada recentemente e veja abaixo nossos alvos. Contamos com variados cristãos que se uniram para formar a ADHT. Voce pode ser o representante de sua cidade. Alias, para se inscrever, preencha o formulario anexo e envie-nos o mais breve possivel, pois temos urgencia para tingir o maior numero de igrejas evangelicas e outras no Brasil inteiro, pois nesta causa temos que lutar em conjunto. Já possuimos mais de 10.000 endereços de igrejas, porem seria bom sabermos de qual igreja voce faz parte. Se puder informar o Pastor e pedir-lhe para se inscrever tambem, formaremos uma lista especial somente para pastores para traçarmos em conjunto estrategias para a não aprovação de Leis que ferem a nossa fé, como agora temos pela frente a PLC 122/06 que colocará uma mordaça na população brasileira, especialmente nos cristaos (pastores, evangelistas e outros lideres cristãos).  Agradecemos o seu cadastramento, pois se tivermos que fazer abaixo assinados, poderemos enviar material a todos e informar tambem sobre eventos especiais que estaremos realizando por Estado. Desta forma todos serão informados rapidamente. Informe seus amigos e irmãos que não aceitam a pratica homossexual, porém, se encontrar alguma pessoa que queira deixar o homossexualismo ou lesbianismo, passe-nos suas informações para que possamos dar uma ajuda imediata através de material especialmente preparado e também introduzi-la  a uma igreja evangelica mais proxima de sua casa.. Ela estará operando nos EUA e Brasil inicialmente. Depois estenderemos para outros paises. Divulgue o nosso email a todos quantos puder. Nosso site em breve estará no ar e voce poderá se conectar diretamente, fazendo suas queixas online.
Fique na Paz do Senhor.
Pr. Dr. Alberto Thieme
 
       ASSOCIAÇÃO DE DEFESA CONTRA A DISCRIMINÇAO DOS HETEROSSEXUAIS  (ADHT)
                                               defesa_hetero@yahoo.com
 
DEFINIÇAOl:  Heterofobia é um termo utilizado para definir a aversão a pessoas ou atos heterossexuais. O termo hetero aqui é usado como forma abreviada de "heterossexual", e fobia significa medo ou aversão.
Se voce é homossexual ou lésbica e deseja deixar a praática, conte conosco. Podemos lhe conseguir uma ONG que vai lhe tratar muito bem e garantimos que ao final do tratamento voce estará livre deste mal que está assolando milhares de brasileiros. Escreva-nos e indique a cidade onde mora e lhe indicaremos uma ONG que poderá lhe assistir e lhe ajudar a deixar esta pratica anti-natural.
Os heteros agora voce já pode começar a contar com o apoio da ADHT. Conheça nossa associação e o que ela pode fazer por voce. Precisamos de sua ajuda, tornando-se membro e um lutador incansavel em prol da familia tradicional, do casamento apenas entre um homeme e uma mulher, do combate a qualquer tipo de aborto, da defesa da heterossexualidade, do combate a pratica homossexual e lésbica e da luta para mantermos o Brasil um pais democrático, usando estratéias para combater o marxismo e o socialismo de esquerda.  Queremos com isso, salvar nossos filhos, netos e bisnetos que poderão serem influenciados por esta lama que está sendo lançada com o apoio deste governo e do PT e seus associados que tem usado todos os meios ilegais, falcatruas politicas, escandalos financeiros para se conservarem no governo, vindo a ser um governo ditatorial, como já demonstrou estar começando a ser.
 
Veja abaixo nossos principais objetivos na defesa de nossa sociedade, familia, casamento, criancas e idoso:
 Um estudo, efetuado por Stephen M. White e Louis R. Franzini, indica que há  mais sentimentos negativos e heterofobia por parte das pessoas homossexuais, quando comparados com os sentimentos negativos e homofobia por parte das pessoas heterossexuais. Os resultados demonstrados por emails, e dialogos, sites e BLOGS homossexuais, bem como a quantidade de artigos e materias incluidas na midia demonstram claramente a mudança de comportamento dos homossexuais cometendo o crime de heterofobia  que o nível de sentimentos negativos por parte das pessoas homossexuais não é influenciado pelo fato de assumirem ou não a sua orientação sexual.
A percentagem de homossexuais , bissexuais, travesties e lésbicas  de praticarem a heterofobia atualmente  é muito maior que os heteros praticarem a homofobia uma vez que os heteros nao tinham se organizaram em grupos para defesa dos heteros, sendo que os homossexuais alem de formarem mais de 400 associações homossexuais e realizarem PARADAS GAYS com o dinheiro de nossos impostos é uma  afronta aos heteros, pois usam nossos impostos.
 Somente nos ultimos meses a comunidade heterossexual tem começado a se organizar para combater a heterofobia. No caso do general General Raymundo Nonato que foi taxado de “homofóbo”, vimos a publico defende-lo e bem como defender as forças armadas para que continuem em sua tradição de não aceitação de homossexuais devido a possibilidade de ocorrer atos indisciplinares relativos a possíveis relações sexuais entre militares homossexuais quando alojados juntos. Aplicar-se-a o crime de  discriminação heterofóbica a todos que tentarem denegrir a imagem de um heterosexual ou mulher normal (não lésbica) caluniando, difamando ou discriminando ao chama-lo de homófobo, pois no caso do General, o mesmo nao teve por objetivo atingir os homossexuais com suas declaracoes mas sim declarar a incompatiblidade da função para os homossexuais uma vez que o exercito brasileiro nunca admitiu homossexuais em suas fileiras e lutaremos para que esta  decisão seja mantida, por causa dos fatores acima descritos.
A ADHT (Associação de Defesa  contra a discriminaço de Heterossexuais) tem por finalidade combater casos como os comentarios postados contra heteros caluniando, discriminado,  difamando, zombando, xingando,usando palavras de baixo-calão para atingir a dignidade dos hetero,  tentar desonra-los com palavras condenatoprias, denomina-los de  "homofobos" ou outros termos pejorativos que deponham contra a dignidade de algum hetero para que seja mantida a ordem no pais, o direito de expressão com responsabilidade, sendo os culpados devidamente responsabilizados por seus atos. A ADHT também combaterá todos que tentarem impor a filosofia Marxista  ou ditatorial no Brasil para que seja mantida a democracia conquistada a duras custas. Nosso alvo tambem será o de proteger nossas criancas de influencias homossexuais e das politicas marxistas. Isto posto qualquer evidencia de pregação marxista ou ditatorial será imediatamente combatida pela ADHT e seus responsaveis responsabilizados de acordo com a lei vigente. 
Qualquer cidadão brasileiro ou residente no Brasil poderá contar com os serviços e apoio da ADHT para defesa de acusaç!oes de homofobia ou para se defender da heterofobia. Os casos de sites, emails ou BLOGS ter!ao seus proprietarios a responsabilidade sobre todo material exceto nos casos em que os participantes sejam devidamente identificados e o proprietario da midia inserir esclarecimento sobre a responsabilidade de seus usarios.  São Paulo, 15/2/2010.
Toda sociedade Brasileira heterosexual poderá contar com os services da ADHT gratuitamente, inclusive homossexuais, travestis, lesbicas e outros do genero que desejam deixar a pratica homossexual porém não tem conseguido por influencias de outros homossexuais ativos e associacoes homossexuais. Em nossos serviços gratuitos estão  incluidos serviços de Advogados, de orientação no combate a pratica homossexual e lésbica, ajuda de psicologos cristãos, pastores e obreiros credenciados para ajudarem os praticantes do homossexualismo a deixarem esta pratica comportamental e pecaminosa segundo a Biblia, Esta associação tem por principio defender  ajudar a todas as familias a manterem a tradição milenar do namoro, noivado e  casamento segundo os principios cristãos e trazer oreintação em como cuidar de suas criancas, adolescentes e jovens de não serem influenciados nesta pratica abominavel, ou seja manter os moldes da familia que por milenios vem sendo pratica pela humanidade. Para contar com nossos servicos, todos os heterossexuais e pessoas do sexo feminino  que for discriminada por algum homossexual, lesbica ou do gênero, poderá imediatamente contatar a ADHT pelo email abaixo que localizaremos nossos  Advogados parceiros,  proximos a sua cidade para tomar as devidas ações legais contra a heterofobia.
Para tornar-se socio da ADHT, favor enviar email por hora, enquanto nosso site está em desenvolvimento informando seu nome complete, RG e CFP e endereço complete e seu telefone de contato .
Associação de Defesa Contra a discriminação dos Heterossexuais (ADHT).
Pr. Dr. Alberto Thieme
Presidente – email : Defesa_hetero@yahoo.com


Pregador americano é preso na Inglaterra por declarar que a conduta homossexual é pecado
 
Um americano que prega nas ruas foi preso e multado em 1.000 libras em Glasgow por dizer a uma pessoa que estava passando na calçada, em resposta direta a uma pergunta, que a atividade homossexual é pecado. Shawn Holes passou a noite de 18 de março na cadeia, e de manhã confessou culpa diante das acusações de que ele havia feito “comentários homofóbicos… com o agravante de preconceito religioso”.
 
Holes, de 47 anos, é um fotógrafo de casamentos da cidade de Lake Placid, Nova Iorque, e estava em Glasgow como parte de uma turnê de pregações na Inglaterra com um grupo de colegas ingleses e americanos. Ele disse: “Eu estava conversando de modo geral sobre Cristianismo e pecado”.
 
“Só falei sobre essas outras questões porque as outras pessoas fizeram perguntas específicas. Havia homossexuais escutando — por volta de seis ou oito — que estavam se beijando e se amassando, e perguntando: ‘O que você pensa disto?’” Um grupo de homossexuais foi até a polícia com uma queixa. Holes mais tarde disse que a situação parecia como uma “armação de ativistas gays”.
 
“Quando me fizeram perguntas diretas sobre a homossexualidade, eu lhes disse que os homossexuais estavam se arriscando a sofrer a ira de Deus, a menos que aceitassem Jesus”.
 
A acusação, sob a Lei de Justiça Criminal da Escócia estabelecida em 2003, enfureceu os que defendem a liberdade de expressão na Inglaterra e foi até criticada pelo ativista homossexual Peter Tatchell, que chamou a multa de 1.000 libras “totalmente desproporcional”. Cristãos locais que apóiam o ministério de pregação fizeram uma coleta e pagaram a multa.
 
Tatchell disse para o jornal Daily Mail: “O preço da liberdade de expressão é que às vezes temos de aguentar opiniões que são desagradáveis e ofensivas. Exatamente como as pessoas têm de ter o direito de criticar a religião, as pessoas religiosas têm de ter o direito de criticar a homossexualidade. Só incitações à violência deveriam ser ilegais”.
 
Holes relata que na mesma ocasião lhe perguntaram sobre suas opiniões acerca do islamismo e ele disse que cria que há só um Deus cristão verdadeiro e que o Profeta Maomé é um “pecador como o resto de nós”.
 
Ele disse que dois homens que estavam escutando falaram com agentes policiais, que se aproximaram dele e disseram: “Essas pessoas dizem que você declarou que os homos estão indo para o inferno”.
 
“Eu disse que nunca diria isso, pois não uso o termo homo. Mas fui preso”.
Peter Kearney, porta-voz da Igreja Católica de Glasgow, disse ao jornal Scotsman. “Demos apoio ao estabelecimento de leis [contra crime de ódio], mas é bem difícil ver como esse homem pode ser acusado por expressar uma convicção religiosa.
 
“Os fatos desse caso mostram que a declaração dele era patentemente sua convicção religiosa. Sim, ele usou linguagem forte, mas é obviamente uma convicção religiosa e não uma forma de discriminação”.
 
Gordon Macdonald, da entidade Christian Action Research and Education for Scotland, disse: “Esse é um caso preocupante. Estarei escrevendo ao comandante da polícia Stephen House da polícia de Strathclyde pedindo esclarecimentos acerca da orientação dada aos policiais nessas situações”.
 
Em notícia relacionada, um juiz regional rejeitou o caso contra outro pregador, Paul Shaw, que foi preso em 19 de fevereiro por causa de comentários que fez sobre a atividade homossexual. Shaw, que não confessou culpa, disse: “Tenho pregado regularmente por três ou quatro anos sem nenhum incidente.
 
“Em quatro anos, tenho lidado com o assunto da homossexualidade duas vezes. Shaw disse ao juiz que ele era obrigado a agir de acordo com sua consciência e que a homossexualidade é uma questão importante na Inglaterra hoje. O caso foi descartado por falta de evidência e testemunho escrito dos queixantes.
 
Shaw disse: “Minhas razões foram duplas. Primeira, há uma consequência para o país e para a sociedade se a sociedade não avaliar a diferença entre certo e errado, principalmente óbvia pela homossexualidade.
 
“Como nação, seremos julgados por Deus num futuro não muito distante e haverá conseqüências terríveis para isso se a homossexualidade não for criminalizada de novo. Segunda, a nível pessoal, como com todos os outros pecados, é necessário se arrepender da homossexualidade a fim de se entrar no Reino de Deus”.
 
O juiz regional David Cooper disse para Shaw: “Há outros tipos de ‘pecados’. Você acha que conseguiria se concentrar nesses outros um pouco?”
 
Enquanto isso, um recente estudo conduzido em favor do instituto religioso Theos mostrou que aproximadamente 1/3 dos britânicos pensam que os cristãos estão sendo marginalizados e que a liberdade religiosa está sofrendo restrições. O autor do estudo, o Professor Roger Trigg, escreveu: “Uma sociedade livre jamais deveria entrar no negócio de amordaçar vozes religiosas, sem mencionar no nome da democracia ou fingida neutralidade”.
 
“Além disso, traímos nossa herança e tornamos nossa posição atual precária se valorizamos a liberdade, mas pensamos que os princípios cristãos que inspiraram o compromisso de muitos aos ideais democráticos são de certo modo dispensáveis”, disse o Professor Trigg.
 
Hilary White
 
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Repasso porque existe comprovação da veracidade, com o link da própria presidência do país. Usiel
 

CARTA PRESBITERIANA
 
REFLEXÃO: Na onda de protesto e alerta ao pleito eleitoral, segue a carta do ilustre pastor Rev. Ageu Cirilo, diretor do Seminário Presbiteriano de Sao Paulo. Não me parece inoportuno ler e refletir sobre ela. Afinal, nossa pátria clama por oração...
 

Caros amigos,
 
As linhas que escrevo agora são fruto de muita reflexão e oração. Há semanas venho ensaiando escrever isto e o mero desejo de meu coração tornou-se uma necessidade de minha consciência. Muitos de nós têm acompanhado de perto o desenvolvimento de questões ligadas à vida e à família em nossa nação. Sem dúvida alguma, nestas questões a sociedade brasileira tem trilhado no caminho da impiedade por conta de um governo que, além de permitir a iniqüidade, em muitos casos a apóia.
 
Antes de continuar, deixe-me dizer que, como a Bíblia instrui, oro pelo presidente da República e por seu governo. Mais do que orar, nutro admiração pelo nosso presidente. Sua história de pobreza no sertão nordestino e sua ascensão ao cargo mais alto da nação é algo que me fascina. Sempre votei no Lula. Sendo eu filho de um bravo nordestino, metalúrgico e ligado ao sindicato, então, logo simpatizei com a figura do nosso presidente. Todavia, como pastor presbiteriano, não posso me calar diante das iniquidades que seu governo tem cometido e que ainda pretende cometer em nossa nação. Exponho a partir de agora quais são estas iniquidades:
 
1. Erotização de nossas crianças
 
O Governo Federal, através dos Ministérios da Saúde e da Educação, tem produzido material com imoralidade para ser distribuído aos nossos filhos sob o pretexto de educação sexual.
Veja por si mesmo nos links abaixo:
http://veja.abril.com.br/blog
http://www.diversidade.papocabeca.me.ufrj.br
http://www.papocabeca.me.ufrj.br/diversidade/DiversidadeWeb.pdf
http://noticias.r7.com
O Governo Federal, que deveria ser o guardião da educação de nossos filhos é hoje quem mais os encaminha para a imoralidade sexual.
A Bíblia diz: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele" (Provérbios 22.6). Deus vai cobrar do atual governo o que ele tem feito na educação de nossas crianças.
 
2. Incentivo ao homossexualismo
 
No dia 14/05/2009 o Governo Federal lançou o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). O plano é formado por 51 diretrizes que têm o objetivo de influenciar todos os segmentos da sociedade com a filosofia homossexual. O Governo Federal é o maior patrocinador do movimento homossexual no Brasil.
Veja os links abaixo:
http://www.presidencia.gov.br
http://www.abril.com.br
http://portal.mj.gov.br/sedh/homofobia/planolgbt.pdf
 
Em paralelo a estas ações de expansão de incentivo ao homossexualismo, o Governo também trabalha na aprovação do Projeto de Lei 122/2006, apelidado de "lei da mordaça", que pretende criminalizar a discordância ao homossexualismo. Se aprovado, o projeto atentará contra a liberdade de expressão prevista em nossa Constituição e permitirá ao Estado punir qualquer indivíduo que demonstrar discordância quanto à prática homossexual.
 
A Bíblia diz: "Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável" (Levítico 20.13). "Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro" (Romanos 2.24-27).
 
3. Defesa do aborto
 
Em Setembro de 2007 o PT aprovou seu apoio à legalização do aborto:
http://noticias.terra.com.br
Em 2008 a Fiocruz, instituição vinculada ao Ministério da Saúde, liberou R$ 80 mil para a filmagem do vídeo "O fim do silêncio", que mostra depoimentos de mulheres que abortaram seus filhos e defendem a descriminalização da prática. A diretora Thereza Jessouroun diz, na reportagem, ter idealizado o roteiro ao ouvir declarações do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, a favor da descriminalização do aborto. De acordo com ela, o projeto se materializou após a abertura do edital da Fiocruz, cuja direção é nomeada pelo ministro.
Veja notícia do Jornal O Globo abaixo:
http://oglobo.globo.com
Por ser o PT oficialmente favorável ao aborto, em Setembro de 2009 ele puniu dois deputados federais por serem contrários à posição abortista.
Veja a matéria abaixo:
http://www1.folha.uol.com.br
 
Além disso, o novo Programa Nacional de Direitos Humanos, assinado pelo presidente em Dezembro/2009, defende a legalização do aborto, o que gerou manifestações de grupos contrários ao aborto em todo o país.
Veja o link:
http://www.midiasemmascara.org
Diante destes fatos que atentam contra a família, a vida e contra nossas crianças, torno pública minha intenção de voto: Votarei pela não continuidade deste governo.
 
Quem me conhece sabe que nunca misturei política com ministério, todavia, creio que o momento é grave e necessita de um posicionamento dos líderes religiosos. Todo cristão deve atentar para o que está acontecendo e manifestar o repúdio às iniquidades deste governo por meio do seu voto. Não podemos deixar que haja a continuidade deste governo.
 
Conclamo você, meu amigo, a continuar orando pelas nossas autoridades, a orar pelas eleições que se aproximam e a votar conscientemente, não escolhendo aqueles que praticam a impiedade.
 
Termino com alguns versículos:
 
“Ai daqueles que, no seu leito, imaginam a iniquidade e maquinam o mal! À luz da alva, o praticam, porque o poder está em suas mãos” Miquéias 2.1.
 
“Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!” Isaías 5.20.
 
“Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” 2 Crônicas 7.14.
 
REV. AGEU CIRILO DE MAGALHÃES JR
Pastor Presbiteriano
Texto original em www.resistenciaprotestante.com.br

11/05/2011 Parabéns ao Supremo Tribunal Federal,
O qual tem 11 juizes que a definição do que é “certo”e “errado” e inverteram os seus significados  e o BOM SENSO, da vida, e sendo favoráveis a tornar o Brasil numa futura SODOMA E GOMORRA, pois foram indicados pelos Presidentes do PT que juraram por escrito não avançar com a Agenda Gay e os senhores tiveram a coragem de “rasgar a Constituição, passando por cima do Legislativo e da vontade do Povo Brasileiro.
A maioria dos senhores deu ouvido ao que desejava a Presidente DIMA e o Lula e agiu com parcialidade. Bom seria se todo juiz petitsta entregasse seu cargo e os que sejam favoráveis a esta decisão experimentasse, como pai, o que é ter um filho gay. Agora imagina reconhecendo a união de dois machos como sendo casal e ainda autoriza-los a adotar filhos que não terão a chance de ter uma mãe mesmo que fosse adotiva. Ter um pai e uma mãe depravados, praticantes do sexo anti-natural, como toda a sociedade mundial considera e principalmente os cristão. Feriram o canon Bíblico e a mão de Deus será contra nossa nação por causa dos vossos pecados em aprovar tal pratica. Veja Romanos 1:18 em vários textos de Genesis a Apocalipse no artigo SODOMA E GOMORRA...A REALIDADE QUE POUCOS SABEM.  "O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote(juizes) diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos." (Oséias 4:6)"Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede." (Isaias,5:13)
Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do SENHOR: Provérbios (1:29)
"Podia acaso associar-se contigo o trono de iniquidade,
que forja o mal, tendo por pretexto uma lei?
Acorrem em tropel contra a vida do justo,
e condenam o sangue inocente.
Mas o Senhor foi o meu Alto Retiro e o meu
Deus, a Rocha em que me refugiei.
E fará recair sobre eles a sua própria iniquidade,
e os destruirá na sua própria malícia;
o Senhor nosso Deus os destruirá".
Salmos 94,versos 20 a 23.
 
“Portanto, deixem todo costume imoral e toda má conduta. Aceitem com humildade a mensagem que Deus planta no coração de vocês, a qual pode salvá-los.” – Tiago 1.21 (BLH)
(adicionado pela APFL).
Esse é o governo do PT, para o PT e sob o PTJulio SeveroEm decisão totalmente arbitrária ontem, o Supremo Tribunal Federal decretou sua legitimidade para a união civil gay e adoção de crianças por duplas gays. Arbitrária porque, embora essa seja a vontade patente do governo, da mídia esquerdista, da militância gay e do STF, não é a vontade do povo.
Não dava para decidir conforme o povo quer? Pesquisas no Brasil indicam que o povo fortemente rejeita essas imposições, inclusive adoção de crianças por duplas homossexuais.
Alguém certa vez disse que a melhor forma de governo é o “governo do povo, para o povo e sob Deus”.
Do povo? Se dependesse dos sentimentos, tradições e valores do povo, os ministros do STF teriam julgado com justiça, não com ideologia.
Para o povo? Se os ministros do STF se preocupassem com os sentimentos, tradições e valores do povo, teriam votado a favor do povo, não contra ele.
Sob Deus? Com Deus, é possível defender a justiça e resistir às tentações ideológicas e politicamente corretas. Sem Deus, tudo é possível.
O que o governo, mídia liberal e militância gay não conseguiram através do Congresso Nacional, devido à resistência do povo, conseguiram mediante suas majestades do STF, escolhidas em grande parte por suas majestades do PT, impor uma decisão que vai contra os sentimentos, tradições e valores do povo, sejam de proteção ao casamento natural ou às crianças.
Esqueça os sentimentos, tradições e valores do povo. Esse é o governo do PT, para o PT e sob o PT.
Essa imposição segue a tradição socialista soviética e nazista. Só para lembrar: o Partido Nazista era oficialmente o Partido dos Trabalhadores Nacional Socialista.
O povo que escolhe socialismo, come socialismo a força, seja por meio dos tribunais ou decretos imperiais.
Fonte: www.juliosevero.com
STF: o atalho fácil
Brasileiros rejeitam em maioria esmagadora agenda abortista e homossexualista do partido do governo
Maioria dos legisladores brasileiros rejeita agenda pró-aborto do partido do governo
Por que não sou socialista
 
APOIO E ENVIO: APFL – Associação Pró Ficha Limpa (dos juízes do SPF que estão de umbigos amarrados com o PT – Partido dos Terroristas). Quando o executivo toma decisões que deveriam ser tomadas pelo Legislativo, estamos em pleno Regime Autoritário, infelizmente agora Marxista, ou Comunista, como queriam de 1961 a 1984. Onde está o BOM SENSO DOS JUIZES DO STJ.
Pr. Dr. Alberto Thieme
Presidente
= = =

@telefeonline ... Assine a Carta de Protesto ao Senado Federal contra a “Lei da Homofobia” http://ipco.org.br ( @mayramaceedo )
- - -
@minasparajesus _ ASSEMBLEIA DE DEUS | BARBACENA-MG ... RT @F_Giacomelli: PROTESTE CONTRA A TV SENADO E SUA TENDÊNCIA A CAUSA HOMOSSEXUAL MANDE E-MAIL PRO SARNEY PRESID DO SENADO sarney@senador.gov.br
- - -
@BlogNovoTempo _ Manifesto Contra o PL-122 - Aos Senadores ...
- - -
http://CREIO.COM.BR  ... DECISÃO DE STF SURTE EFEITO
Pastor troca esposa pelo cunhado e pede guarda dos filhos. ...
 CNBB diz em nota que despreza decisão do STF sobre união homoafetiva ... 
- - -
http://vigiai.net ... . Pastor Silas Malafaia, Senador Magno Malta e outros evangélicos estão na lista 2011 dos “10 inimigos públicos dos gays” ... Bancada evangélica cria projeto de lei que proibe casamentos gay em igreja evangélicos ... Pastor Silas Malafaia organiza grande protesto contra PL 122...

= = =
Manifesto da Igreja Batista Boas Novas de Osasco SP sobre Projeto de
 

 
 
===
 
A Igreja Batista Boas Novas de Osasco, SP, reunida na noite de quarta-feira, dia 11 de maio de 2011, em seu culto a Deus dedicado à oração, orou intensa e emocionadamente para que Deus intervenha contra o Projeto de Lei 122 denonimado "Lei da Homofobia". Um projeto como esse é uma afronta à liberdade religiosa, à instituição familiar e à moral cristã das famílias. Esperamos que os senadores da República antevejam a desgraça que tal lei trará ao país e votem contrariamente à sua aprovação.
 
Sabemos que, conquanto toda a criação seja de propriedade divina, o "reino do mundo" ainda
não passou para "o Senhor e o Seu Cristo" (Apocalipse 11.15).
 
Então "Brasil NÃO É do Senhor Jesus Cristo", como querem fazer crer os demagogos da chamada "Teologia do Domínio". Cristo disse: a)"o meu Reino NÃO É deste mundo" (João 18.36); b) "o príncipe deste mundo já está julgado"(idem, 16.11); c) agora "é a hora e o poder das trevas" (Lucas 22.53); d) os cristãos estão no mundo, mas não são do mundo (João 17.14); e e) aqui é nosso campo missionário (Mateus 13.38).
 
Também sabemos que Deus é Soberano sobre toda a história e que permite tais dissabores em consequência dos pecados do chamado Povo de Deus. A única alternativa para isto é ARREPENDIMENTO GENUÍNO DOS ARREPENDIDOS, um quebrantamento honesto e sincero dos corações cristãos endurecidos pelo pecado. Ainda há esperança. "Se o Meu povo, que se chama pelo Meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a Minha face e se arrepender de seus maus caminhos, então EU OS OUVIREI DOS CÉUS, PERDOAREI OS SEUS PECADOS E SARAREI A SUA TERRA"(cf. II Crônicas 7.14).
 
Livra-nos, ó Deus, da impiedade da Lei da Mordaça e destruição do modelo bíblico familiar (pai-homem/mãe-mulher). Socorra as futuras gerações!
 
São Paulo, 11 de maio de 2011
 
Wagner Antonio de Araújo
pastor da
Igreja Batista Boas Novas de Osasco, SP
bnovas@uol.com.br
www.uniaonet.com/bnovas.htm
http://www.hospedy.com/radios/Radio-Naftalina/
 
===
 
situação do nefasto projeto:
10/05/2011 CDH - Comissão de Direitos Humanos e Legislação ParticipativaSituação: PRONTA PARA A PAUTA NA COMISSÃO - Ação: Devolvido pela Senadora Marta Suplicy, com Relatório concluindo pela Aprovação da matéria, na forma da Emenda nº 01-CAS (Substitutivo) e a Subemenda que apresenta.
Juntei a cópia do Relatório fls. 25-30.
- - -
Recebi, li, assinei e enviei.
 
http://www.ipco.org.br
Eu participo deste protesto.
 
Participe também. Assine. Envie para outros cristãos.
 
Clicando no link irá para a CARTA DE PROTESTO que seguirá para o e-mail dos senadores.
 
 

Quanto maior o número de cartas com RG maior a probabilidade dos senadores sentirem a opinião pública contrária à Lei.
 

Wagner Antonio de Araújo
 
23/05/2011 Luis Valter Costa Freitas _ Faço minha as palavras do meu pastore e assino em baixo deste vídeo. Abraços a todos e vamos nos enganjar!
 
Bom tarde!
 
Todos vocês estão na minha lista de e-mail e são líderes, pensadores, profissionais do Direito e formadores de opinião.
Precisamos reagir de alguma forma como sociedade evangélica quanto a essa questão da caminhada da legislação  homossexual nesse país.
 
Talvez você tenha visto o vídeo abaixo...(caso não, o faça). Creio que alguns de nós recebemos de Deus uma capacidade brilhante de falar, argumentar, escrever e agora, mais do que nunca chegou a hora de usar essa capacidade em favor da moralidade e não deixar se instituicionar um estado "gomórrico"  e "sodômico" nesse país.
 
 0,6% de homossexuais (cerca de 140.000) não podem ditar as rédeas sobre a moral do Brasil. Se nunca levantamos por uma causa nobre...eis a oportunidade. Essa talvez seja a oportunidade de mudar a vida de nossa nação. Deixemos nossas diferenças teológicas e abracemos uma causa santa e justa.
 
Deus nos abençoe!
 
Roberto
 
 
Larissa Costa
Secretária da ICESO
(62) 3285-5480


Amados irmãos, saudações de Graça e Paz,
 

Encaminho em anexo um artigo do Pr. João Silva (Pastor na CEM e Presidente Regional III) onde expressa a nossa opinião sobre o PL 122/2006. Informo que o artigo foi publicado neste domingo (29/05/2011) no Jornal Diário da Manhã, na página 11, na coluna Política e Justiça.
 

O jornal supracitado é um jornal diário aqui de Goiás.
 
Caso você queira ver a publicação no jornal, abaixo o link do DM digital, acessar o link e ir para página 11.
 

http://dmdigital.com.br
 
Em Cristo Jesus e por amor a Sua obra.
Apenas um servo,
-------------------------------------
Pr. Thiago Ferreira
Presidente da Junta Menonita de Missões Internacionais
Pastor Auxiliar na Comunidade Evangélica Menonita - VALE DOS SONHOS/GOIÂNIA/GO
Coordenador Distrital de Missões - AEM/JMMI-Goiânia e Região
(62)3264-4490 (62)9222-9236
www.cemvs.org - http://twitter.com/thiago_ferreir  - http://jmmigoiania.blogspot.com
www.aliancamenonita.org - http://missoesmenonitas.blogspot.com



  sábado, 28 de maio de 2011   Entrevista com Jair Bolsonaro
 
Entrevista
"A minoria tem que se curvar"
Militar da reserva e deputado em seu sexto mandato, ele fala de suas posições sobre homossexualidade para O TEMPO e alimenta ainda mais as polêmicas que ocupam o Congresso. Na sua avaliação, os gays estão lutando por privilégios, e os heterossexuais sofrem discriminação. A entrevista ocupa o mesmo espaço cedido, na última segunda-feira, para a senadora Marinor Brito (PSOL-PA)
Publicado no Jornal OTEMPO em 23/05/2011Entrevista com Jair Bolsonaro - Deputado Federal pelo PP
FOTO: VALTER CAMPANATO/ABR
 
VALTER CAMPANATO/ABRDeputado Jair Bolsonaro, o sr. tem se destacado nacionalmente por combater o movimento gay. Por que o envolvimento com essa causa?
Eu entrei nessa briga no dia 23 de novembro do ano passado. Sem querer, passando no corredor das comissões aqui da Câmara, eu vi uma reunião de pessoas esquisitas - que não usavam o traje normal aqui dentro: paletó e gravata, mas umas fantasias coloridas, bandeiras LGBT - aí eu perguntei para um assessor da Câmara "vai ter uma passeata do orgulho gay?". E ele me respondeu que eles estavam lançando o que eu passei a chamar de Kit Gay, um material, que eles chamam de didático, para combater a homofobia, mas que, na verdade, atingindo um público de primeiro grau, estimula o homossexualismo. Então, eu comecei por aí. E, no bojo desse Kit Gay, veio o Plano Nacional de Promoção da Cidadania LGBT, que traz propostas absurdas, inclusive, uma delas mostra que eu tenho razão: que esse material, o livro didático com a temática da diversidade sexual, é para um público infanto-juvenil, sendo infanto até 10 anos de idade.
 
Mas o MEC argumenta que o material não seria destinado a crianças.
Não adianta me chamar de mentiroso. Esses esquerdiopatas, esses fundamentalistas homossexuais que não têm argumento, falam que eu sou um pit bull, mas que, na verdade, tem uma Lassie dentro de mim, que eu tenho que sair do armário, consultar um analista. Se você reage, eles dizem que isso é normal, se você fica quieto, está do lado deles. Então, não tem conversa entre nós. Eu não tenho uma linguagem bonita, por ser parlamentar a minha formação é essa. Mas tenho uma linguagem pesada que o povo entende. E a gente está tendo uma aceitação muito grande no tocante a isso aí. Ontem começou a bancada evangélica a se movimentar, trouxeram o ministro da Educação, Fernando Haddad, para explicar o Kit Gay. E ele falou que não sabia de nada, deu uma de Lula, disse que não sabia de nada. Olha só, que irresponsabilidade: não sabia de um material que foi licitado em novembro do ano passado, conforme as notas taquigráficas que eu tenho aqui da Câmara.
 
Deputado, o sr. acha que há alguma espécie de plano oculto para tornar as pessoas homossexuais?
Eu vejo como um projeto de governo, pelo poder, e há também um interesse externo nisso. Por que projeto de governo? Quanto mais gente ignorante no nosso país, melhor para quem está no governo. A molecada, ao invés de se preocupar com matemática, português, física, etc., vai perder tempo discutindo homossexualismo, estudando livros que mostram que dois homens namorando é normal, duas mulheres dormindo juntas é normal. Isso aí ajuda a deseducar, a deixar o cara mais burro. Então, o que acontece: quanto mais ignorante estiver o nosso país, vivendo de projetos assistencialistas como o bolsa-família, mais fácil desse pessoal se perpetuar no poder. Quanto ao interesse externo, você hoje em dia não fabrica aqui no Brasil uma calculadora, você não fabrica nada aqui. Não temos tecnologia. Então, quanto mais imbecis houver aqui, mais nós continuaremos exportando um navio de minério de ferro para comprar uma canoa com chapa de aço dos estrangeiros.
Nesse sentido, então, o Supremo errou ao reconhecer aos casais homossexuais os mesmos direitos que se aplicam à união estável entre pessoas de sexo diferente?
Primeiro que o STF tem que decidir em cima de leis. Já entrei no passado com um mandato de injunção na Corte e foi batido o martelo dizendo que o Executivo tinha que regulamentar, o Supremo não mandou pagar pensão integral para viúvas de militares ou servidores civis, ele deu um prazo para o Executivo regulamentar. Podia aqui o Supremo - seria menos grave - dizer que nós do Congresso teríamos que votar para decidir a questão do casamento gay. Estamos organizando aqui um plebiscito, mas o grupo LGBT não quer uma consulta popular, porque, por exemplo, no Peru, o casamento entre homossexuais teve um rejeição de 80%. Eu tenho certeza que, no Brasil, ficaria próximo disso. Se fosse a voto a adoção de filhos por homossexuais, tenho certeza que 90% do país seria contrário. E nós temos de legislar para a maioria, e não para a minoria. A minoria tem de se curvar, obedecer, e ponto final.
 
Outro projeto que pode ser votado pelo Congresso é aquele que criminaliza a homofobia. O sr. vai trabalhar contra?
Esse projeto é um crime, nem vou entrar para o lado do que os pastores falam, no tocante à pregação. Vou pintar um quadro hipotético aqui: está um de nós com a sua esposa e um casal de filhos de seis, sete anos no restaurante. Daí dois homens, você olha e vê que são homens, de repente começam a trocar carícias. Então, você levanta e troca de mesa para que seus filhos não vejam aquilo. Aí eles levantam e dão um grito: homofobia! Você e a sua esposa começam com três anos de cadeia. Quer ver outro exemplo? Uma dona de casa tem uma empregada doméstica, tenho que tomar cuidado com o termo para as pessoas não dizerem que eu estou discriminando: "ela é a secretária do lar". É tipo a questão do homossexualismo: o cara é bicha, é veado, qual o problema? No meu tempo era bicha, não tem diferença, não estou ofendendo o cara. Ele não participa de passeata do orgulho gay? Você chama de veado e o cara quer te processar... Mas voltando à empregada domé stica. De repente a patroa fala para o marido: temos que mandar a dona Maria embora porque ela está quebrando muito prato, ou então não vamos conseguir pagar mais. Imagina que, porventura, essa empregada seja homossexual, ela vai na delegacia e diz que foi mandada embora porque a patroa percebeu que ela era lésbica e resolveu mandar embora por causa disso. Essa dona de casa também começa com três anos de cadeia. E é a patroa que terá de provar que não mandou embora a empregada por causa do homossexualismo. Isso é o fim do mundo. Não tem a mínima chance de ser aprovado no Senado.
 
Mas não foi aprovado na Câmara também contra as previsões?
A passagem do projeto aqui na Câmara foi uma fraude. Publicada a ordem do dia em uma quinta-feira de 2006, não havia aquela matéria. Então, uma deputada entrou com requerimento de urgência - já à noite, acabando tudo, meia-dúzia no plenário. Quem presidia a mesa já estava acertado com ela, aceitou o requerimento, fez uma votação simbólica, e, ato contínuo, foi colocado em votação. Em dez segundos, o projeto foi aprovado e você não pode fazer mais nada. Foi um crime o que foi feito aqui. Não houve discussão. Ele não passaria na Câmara e agora está no Senado. Foi uma maneira suja de fazer aprovar um projeto aqui por parte de sujos que são esses grupos de homossexuais que estão aqui dentro da Câmara.    
Alguns deputados alegam que o projeto que criminaliza a homofobia também se choca com a liberdade de expressão.
Uma das propostas dos homossexuais fala sobre controle social junto às redes de TV, com proibição de piadas LGBT. Se você quiser contar a piada do veadinho, não pode mais. Se o Costinha estivesse vivo, estaria desempregado. O que os gays estão querendo não é ter os mesmos direitos, eles querem privilégios. Quer dizer que pode contar piada de gordo, de careca, mas não pode de veado?
 
Deputado, o sr. acha que está se formando no país algum tipo de preconceito contra heterossexuais?
Eu já falei aqui que o heterossexual está sendo discriminado. Esse pessoal gay prega que o verdadeiro orgasmo só é atingido por quem faz sexo anal. É essa a mensagem que eles estão pregando aqui dentro da Câmara. Você vai falar que não, aí eles perguntam: você já experimentou? É brincadeira. É como se nós, que não fazemos isso, estivéssemos perdendo alguma coisa. Agora, o grande crime, repito, o grande crime, o grande mal é atocaiar, emboscar a criançada na escola, a molecada que ainda está desmamando... Isso é um crime, e nós temos de impedir.
 
O sr. não acha que essa postura combativa acaba ajudando o movimento gay? Porque, pelo menos aqui dentro do Congresso, o debate ganhou mais força depois que o sr. começou a aparecer na mídia...
De jeito nenhum. O ministro da Educação, por exemplo, falou que não vai distribuir o Kit Gay por enquanto, e fechou um compromisso com a bancada evangélica para que todos nós recebamos o Kit Gay antes de ele mandar licitar o que não foi licitado ainda, ou mandar distribuir. Palavra dele, que eu não acredito, até porque ele só faz trapalhada. Conseguimos segurar isso daí. Mas não adianta, porque os homossexuais não vão ganhar força com passeata, com audiência pública, não vão ganhar nada com isso aí. O Jean Willys (deputado federal pelo PSOL-RJ) não conseguiu nem as 171 assinaturas para apresentar a Proposta de Emenda à Constituição para instituir o casamento homossexual. Não conseguiu nem vai conseguir.    
Há mais parlamentares aqui no Congresso que aparecem publicamente para defender os direitos dos homossexuais do que para falar contra. O sr. acha que a sua atitude vocaliza o sentimento de uma maioria que, em geral, fica calada?
O que eu tenho falado, e eu sempre esculacho, nenhum deputado ocupa a tribuna para me recriminar. Você não pega um deputado dizendo: quero criticar o Bolsonaro. A maioria dos parlamentares está com a gente, e, dos que assinaram a frente parlamentar em defesa dos homossexuais, acredito que a maioria assinou sem ler. Todos concordam com as coisas que eu digo, mas poucos têm coragem de assumir.
 
Recentemente, o governo do Rio de Janeiro autorizou militares a participarem de passeatas gay utilizando a farda...
O Sérgio Cabral (governador do Rio) é um fanfarrão. Ele brinca com uma corporação em que, em média, doze homens morrem por mês, ou em serviço, ou fazendo um bico, porque ganham pouco. É um crime o que ele faz... Até corre na internet aqui um brasão do 24 B gay, embaixo escrito: o batalhão do Sérgio Cabral. Ele autorizou os gays a comparecerem fardados e com viaturas. E eu nem entro na questão de gastar dinheiro público, gasolina, com esses movimentos promíscuos, porque ninguém tem orgulho de ter um filho gay, um irmão gay, um pai gay. Então, é um deboche que ele faz com esses bravos homens, que morrem doze por mês, ao enfrentarem bandidos com fuzis.
 
Para finalizar esse assunto, deputado, como devem então ser tratados os homossexuais? Imagina que você tem um garoto muito jovem, de cinco ou seis anos, e ele começa a quebrar vidraça do vizinho, a xingar você, a cuspir no prato, não comer. Se não tem jeito de, na conversa, mudar, você tem de dar um coro nele. E muitos concordam com isso. Se eu posso mudar um comportamento agressivo num filho meu, por que eu não posso mudar um comportamento extremamente delicado, fora do padrão para um garoto? Lógico que eu posso. Eu tenho o direito, mais que o direito, eu tenho o dever de tentar. Se eu percebesse isso aí em qualquer filho meu, tinha apanhado pode ter certeza disso aí. "Isso é coisa de menina, vai ser homem, moleque!" Muita gente fala que levou porrada do pai e, graças a isso, é homem hoje em dia.
 
O sr. Também foi acusado de racismo recentemente por causa de uma resposta que deu em um programa de televisão.
Isso praticamente já não existe mais dentro da Câmara. Naquela entrevista, quando eu vi a imagem da Preta Gil, eu já engatilhei uma resposta para ela, tendo em vista a vida promíscua que ela leva. E não tenho de provar nada, porque está na internet que ela participa de suruba. Eu entendi a palavra gay, não negra. Tanto é que eu desafio qualquer um a entrar com uma ação no Ministério Público para me prender, porque o crime de racismo é inafiançável e eu, deputado, não tenho imunidade para isso.    
A Preta Gil disse aqui na Câmara que vai lutar para o sr. não se reeleger.
Eu ficaria preocupado é se a Preta Gil fosse no Rio e falasse: vote no Bolsonaro, que ele é um cara legal. Daí eu teria que trabalhar igual a um desgraçado para ser reeleito. Obrigado à Preta Gil. Podemos até discutir, se ela estiver desempregada, trabalhar para a minha campanha no Rio de Janeiro me criticando, eu até arranjaria uma graninha para ela, uns R$ 600 por mês, que é o que ela merece.
 
Eu tenho ouvido recorrentemente a frase "Bolsonaro presidente". O sr. não planeja voos mais altos?
É muito difícil você ser presidente, governador e prefeito no nosso país. O contato com o Legislativo é complicado. Além disso, no Rio de Janeiro, por exemplo, você tem uma dezena de hospitais públicos. Quando um cara morre no hospital, o pessoal arrebenta contigo. Ninguém vê que, na mesma noite, centenas de pessoas foram bem tratadas. O pessoal bate exatamente em cima daquilo. Eu não entendo como o cara, quando ganha uma prefeitura, uma governadoria, ele comemora. Ele tinha é que chorar. É tanto problema, nós não temos como dar vazão, por mais honesto que seja um prefeito, não atende, não consegue dar vazão à demanda. Eu tenho pena de prefeito honesto, porque não tem como resolver os problemas todos.    
Deputado, ideologicamente o sr. se posiciona como de direita... O que significa isso?
Direita não, extrema direita, que é rotulada aqui no Brasil como a pessoa que defende a pena de morte, que defende o planejamento familiar, que é contra a indústria da demarcação de terras indígenas, que defende o endurecimento das penas. Muitas vezes, o Brasil quer imitar os países do primeiro mundo apenas no que interessa para nós. Temos de imitar em muitas coisas, na redução da maioridade penal. Presídio para valer não tem que ter visita íntima, onde a mulher passa tudo para o preso, escondido nos mais variados locais. Eu acho que os presídios no Brasil são excepcionais, são muito bons. Você faz muita força para entrar lá, é um lugar democrático, ninguém está lá de graça. Situação pior do que a dos que estão lá dentro é a da viúva que teve o marido morto aqui fora. Muitos dos que estão lá dentro, a família recebe no mínimo R$ 800 por mês a titulo de auxílio reclusão. E a viúva com três, quatro filhos não tem nada. E os Direitos Humanos vão atender exatamente o criminoso. Tanto que eles conseguiram. O presidiário, cuja pena não transitou em julgado, pode até votar. Então você imagina para quem essas pessoas votam. Para nós, os políticos, vale a lei da Ficha-Limpa, mas para o eleitor não vale.    
O Congresso está discutindo atualmente a Reforma Política. Para o sr., quais mudanças são necessárias?
A minha proposta eu não apresento porque a minha Reforma Política não é o candidato, é o eleitor. Se você tem a massa estragada, por melhor padeiro que você seja, não vai sair um bom pão. E a massa estragada é o eleitor. Aí vão dizer: esse cara não quer voto. Eu não quero voto de imbecil mesmo. O que acontece com o eleitor? A partir do momento em que grande parte da sociedade, quando vê um jornal pela frente acha que serve para substituir papel higiênico, você quer que ela tenha poder para decidir o quê? Então, a minha reforma seria do eleitor: só vota quem tiver o segundo grau completo e algum ganho, qualquer, como autônomo, funcionário público, aposentado, seja o que for. Daí, para você votar em mim, eu vou fazer com que, perto de onde você mora, tenha uma escola, para você concluir o segundo grau. E levarei um emprego para lá, para você ter renda, e poder votar em mim. E não o contrário, onde eu fico prometendo para um monte de imbecil que o problema do Brasil é educação, é saúde, é falta de trabalho, e vote em mim porque eu vou lutar por isso. Você não vai lutar nada. A reforma é o eleitor: quem não presta no Brasil é 70% do eleitorado. Se nós aprovássemos, por exemplo, o voto facultativo, a parcela esclarecida não iria votar. Quem iria às urnas é o pessoal do bolsa-família, os cotistas enganados, o MST. Aí seria fácil para o PT aprovar uma previdência única, o desarmamento - porque não existe ditadura sem ser precedida por desarmamento da população - aprovar imposto de renda progressivo e a taxação de grandes fortunas. Eles aprovariam também uma reforma agrária ampla, geral e irrestrita, e a cúpula do PT viveria como vive o Fidel Castro, usando agasalho da nike e criticando os americanos.
(Via _ J.Ferreira , Rene e Edson)


CBB - ALERTA À NAÇÃO BRASILEIRA
E
PASTOR PASCHOAL PIRAGINE JÚNIOR
 Alerta à Nação Brasileira - Sobre os perigos que a sociedade brasileira corre diante das novas conjunturas sociais aprovadas pelo STF Um dos papeis da Igreja na sociedade é ser uma consciência profética capaz de ajudar a cada ser humano (entendido como um indivíduo livre e competente diante de Deus e dos homens, vivendo em uma sociedade pluralista) a discernir valores essenciais que norteiam os relacionamentos em todas as suas dimensões.
 
É nesse contexto que os batistas – integrantes de uma denominação cristã que, ao longo de toda a sua história, defende a liberdade religiosa, de consciência e de expressão – se manifestam para alertar sobre os perigos que a sociedade brasileira corre diante das novas conjunturas sociais aprovadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e que estão sendo propaladas por leis que tramitam no Congresso Nacional e por ações promovidas pelo Executivo.
 
Assim, alertamos para o perigo:
 
• De construir uma sociedade em que a legalidade pode ser estabelecida pelos interesses políticos e inclinações pessoais, como ocorreu no caso da releitura contraditória feita pelo STF do artigo 226 da Constituição Federal. O artigo diz:
 
“Art 226 - A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.
(...)
§3o – Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.
§4o – Entende-se, também, como entidade familiar a comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes.
§5o – Os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e pela mulher.
 
Quando uma casa que tem como principal missão defender a Constituição a rasga, corremos o perigo de viver um Estado jurídico de exceção, ao qual a nação brasileira não deseja retroceder.
 
• De destruir o conceito de família (que não é só cristão, mas universal e multicultural) para reconstruí-lo sob a égide somente da afetividade e não em toda a dimensão de suas funcionalidades como base da sociedade.
• De criar uma sociedade em que os valores essenciais são relativizados, pois onde tudo é relativo nada sobra para apoiar os alicerces do nosso futuro.
• De viver em uma sociedade que abandona os valores divinos revelados nas Escrituras Sagradas, pois a História, desde os tempos bíblicos, têm demonstrado que sociedades que abandonaram os valores mais elementares implodiram por perderem os seus pilares sustentadores – ainda que tenham sido, em algum momento, grandes potências no contexto universal.
 
Tais atitudes nada mais são do que a iniqüidade institucionalizada. Assim, conclamamos a sociedade brasileira a continuar mostrando que existem opiniões divergentes. Sem discriminação e com respeito a cada indivíduo, tais manifestações visam a defesa de valores pessoais e sociais, com integridade. Somente quando todos os segmentos da sociedade se expressam é que as forças políticas de nossa nação se sensibilizam para obviedade dos valores essenciais, como no caso recente da decisão de nossa presidente, Dilma Rousseff, ao impedir a distribuição do chamado “kit contra a homofobia ” nas escolas públicas.
 
Curitiba, 27 de maio de 2011
 
Pr. Paschoal Piragine Jr.
Presidente da Convenção Batista Brasileira.
 
 
 
Observação:
 
A CBB - CONVENÇÃO BATISTA BRASILEIRA, representa a maior denominação batista do Brasil, com 7 MIL IGREJAS, 4 MIL MISSÕES e 1 MILHÃO, 350 MIL FIÉIS.
 
Vamos ver se a mídia GOSPEL e a mídia SECULAR darão o valor devido à manifestação, como deram ao manifesto de um outro grupo de 300 batistas, grupo liberal-ecumênico-antibíblico.
Formatação: Wagner Antonio de Araújo


= =
Sr. Coordenador:
Uma vez que pessoas e grupos têm pressionado o Congresso Nacional para a criação de leis casuísticas em favor próprio, com negação de vigência da Constituição Federal, penso que é oportunidade para a Igreja tomar posição firme e pressionar nossos legisladores e governantes a aprovar Projeto de Emenda Constitucional - PEC - nos termos seguintes:
Art. 1º - A Constituição Federal deverá ser respeitada em todos os seus artigos. Os infratores serão punidos na forma da lei;
Art. 2º - A leitura diária da Bíblia Sagrada é obrigação de todos os cidadãos e cidadãs; todos os brasileiros e brasileiras deverão educar seus filhos conforme os ensinamentos das Escrituras Sagradas, adotadas pela Igreja como única regra de fé e prática.
Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário _PCL
= =



31 de maio de 2011 1
O que está acontecendo com o Brasil?
Todos nós, nos últimos dias, estamos perplexos com muitos acontecimentos que afrontam de forma direta a família brasileira.
Você deve ter acompanhado recentemente o Congresso Nacional aprovando o casamento entre homossexuais, e o que é pior, o Supremo Tribunal Federal referendando a decisão. Na minha visão isto não é o pior, mas sim o que está por vir.
O que está acontecendo com o Ministério da Educação? O que está acontecendo com o Congresso Nacional? O que está acontecendo com o Senado? O que está acontecendo com as redes de TV?
Existe um movimento encabeçado pela Senadora Marta Suplicy para que seja aprovada uma lei que criminaliza o preconceito e valoriza a prática do homossexualismo no nosso país. Como cristãos, jamais devemos ser preconceituosos com as pessoas que fazem esta opção sexual, pois sabemos que Deus ama a todos os seres humanos, independente do tipo de pecado que eles praticam, como nos mostra na Bíblia em Romanos 3:23 “todos nós somos pecadores e destituídos estamos da graça de Deus”.
O que temos visto no Brasil hoje é que os heterossexuais é que têm sido alvo de preconceitos.
O Senado Federal estará votando o PL 122 (o PL-122 é contra o artigo 5º da Constituição, porque o projeto de lei quer criminalizar a opinião, bem como a liberdade religiosa), isso certamente vai mudar de forma drástica a vida de milhões de famílias e principalmente a pregação do evangelho no Brasil.
Por isso, parlamentares católicos e evangélicos se mobilizam para que esta lei não seja aprovada. Não podemos nos furtar de participar ativamente deste momento tão importante da nossa história -  "Eu te digo, se eles se calarem as pedras clamarão!” (evangelho de Lucas 19:39-40)O MEC preparou uma cartilha direcionada aos alunos do ensino fundamental que será enviada às escolas públicas do Brasil com o objetivo de conscientizá-las que o homossexualismo não deve ser combatido. Nesta mesma publicação há imagens de homens beijando homens e mulheres beijando mulheres, com a proposta de que isso é apenas mais uma opção sexual.
Eu creio que a escola não deve se preocupar com estas questões, pois cabe à família orientar às crianças nesta área, pois as mesmas não têm condições de decidir por si só. Um material como esse poderá influenciá-las em uma decisão no futuro. Como pai não posso permitir que isso aconteça.
As redes de TV, principalmente as Organizações Globo, estão empenhadas para que este projeto seja aprovado e alcance o sucesso esperado. Todos sabemos qual é a razão de tanto empenho, uma vez que a grande maioria dos seus diretores de núcleos e produtores desta emissora são homossexuais.
Como você pode participar ativamente?
1-      Dando a sua opinião: escreva algumas linhas registrando sua indignação.
2-      Enviando este e-mail para todos os seus contatos, mas principalmente para os 3 senadores do seu estado. Registre a sua opinião e peça a eles que não aprovem esta lei (PL 122).
Envio em anexo a lista de todos os senadores de acordo com os seus respectivos estados para que você possa enviar seu e-mail de protesto a eles.
Àqueles que estão recebendo esta mensagem e pensam diferente de mim, meu sincero respeito, mas assim como fazem os defensores dos movimentos homossexuais, nós queremos registrar nossa preocupação e opinião.
Que Deus nos ajude e tenha misericórdia do Brasil!
Wildo Gomes dos Anjos
Administrador e Servidor Público
 
Exemplo de mensagens curtas para enviar aos senadores:1 – A família brasileira tem sido afrontada com as decisões do Congresso Nacional, Senado e MEC, aonde iremos parar?
2 – Pedimos respeito àqueles que não discriminam os homossexuais, mas que clamam pela liberdade de poder se expressar contrariamente a tal opção.
3 – Não concordo com a mordaça gay que o Congresso Nacional, Senado e MEC estão querendo impor à sociedade brasileira. Discriminação não, mas liberdade de expressão sempre!


Rev. Wildo Gomes dos Anjos
Presidente da Missão Vida
www.mvida.org.br

Pr Cristiano Scuciatto  27 de maio de 2011
Por Quê Igrejas Presbiterianas pelo Mundo estão Aceitando Pastores Homossexuais?
 
 
Duas denominações presbiterianas acabam de decidir no plenário de suas Assembléias Gerais que homossexuais praticantes podem ser pastores nas igrejas delas.
 
A primeira foi a Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos da América (PCUSA). Veja a notícia aqui:
 
Igreja Presbiteriana dos EUA  permite ministros homossexuais
E ontem, foi a vez da Igreja Presbiteriana da Escócia. Veja a notícia aqui:
Church of Scotland votes on gay ministers
Estas resoluções foram tomadas depois de muitos anos de conflitos internos e discussões teológicas. E em ambas as igrejas, o voto passou com uma maioria apertada. Os pastores, presbíteros, diáconos e membros destas denominações que discordam da decisão, e que por muito tempo lutaram para que ela não fosse aprovada, enfrentam agora o dilema de saber qual é a coisa correta a fazer. Com certeza, muitos sairão para outras denominações ou para formar novas igrejas; outros, ainda, permanecerão na esperança de que um dia as coisas mudem.
 
A pergunta que não quer calar é como igrejas de origem reformada, que um dia aceitaram as confissões de fé históricas e adotaram os lemas da Reforma, especialmente o Sola Scriptura, chegaram a este ponto? Em minha opinião, o que está acontecendo hoje é o resultado lógico e final da conjunção de três fatores: a teologia liberal que foi aceita por estas igrejas, a conseqüente rejeição da autoridade infalível da Bíblia e a adoção dos rumos da sociedade moderna como norma.
O processo pelo qual estas denominações passaram, uma na Europa e outra nos Estados Unidos, é similar. As etapas vencidas são as mesmas. Primeiro, em algum momento de sua história, em meados dos séculos XIX, o método crítico de interpretação da Bíblia passou a ser o método dominante nos seminários e universidades teológicas destas denominações. Boa parte dos pastores formados nestas instituições saíram delas convencidos que a Bíblia contém erros de toda sorte e que reflete, em tudo, o vezo cultural de sua época. Para eles, os relatos bíblicos dos milagres são um reflexo da fé dos judeus e dos primeiros cristãos expresso em linguagem mitológica e lendária (veja aqui um post sobre liberalismo teológico).
 
Segundo, uma vez que a Bíblia não poderia ser mais considerada como o referencial absoluto em matérias de fé e prática, devido ao seu condicionamento às culturas orientais antigas e patriarcais, estas denominações aos poucos foram adotando as mudanças culturais e a direção da sociedade moderna como referência para suas práticas.
Terceiro, com a erosão da autoridade bíblica e o estabelecimento da cultura moderna como referencial, não tardou para que estas igrejas rejeitassem o ensinamento bíblico de que somente homens cristãos qualificados deveriam exercer a liderança nas igrejas e passaram a ordenar mulheres como pastoras e presbíteras. As passagens bíblicas que impõem restrições ao exercício da autoridade por parte da mulher nas igrejas foram consideradas como sendo a visão patriarcal dos autores bíblicos, e que não cabia mais na sociedade moderna (veja aqui uma matéria deste blog sobre ordenação feminina).
 
O passo seguinte foi usar o mesmo argumento quanto ao homossexualismo: as passagens bíblicas que tratam as relações homossexuais como desvio do padrão de Deus e, portanto, pecado, foram igualmente rejeitadas como sendo fruto do pensamento retrógrado, machista e preconceituoso dos autores da Bíblia, seguindo a tendência das culturas em que viviam. A igreja cristã moderna, de acordo com este pensamento, vive num novo tempo, onde o homossexualismo é comum e aceito pelas sociedades, inclusive com a aprovação do Estado para a união homossexual e benefícios decorrentes dela.
 
E o resultado não poderia ser outro. O único obstáculo para que uma igreja que se diz cristã aceite o homossexualismo como uma prática normal é o conceito de que a Bíblia é a Palavra de Deus, inerrante e infalível única regra de fé e prática para o povo de Deus. Uma vez que esta barreira foi derrubada - e a marreta usada para isto sempre é o método crítico e o liberalismo teológico - não há realmente mais limites que sejam defensáveis. Pois mesmo os argumentos não teológicos, como a não procriação em uniões homossexuais e a anormalidade anatômica e fisiológica da sodomia, acabam se mostrando ineficazes diante do relativismo da cultura moderna. E as igrejas que abandonaram a autoridade infalível da Palavra de Deus acabam capitulando aos argumentos culturais.
 
Nem todos os que adotam o método crítico são favoráveis ao homossexualismo. E nem todos liberais são a favor da homossexualidade. Mas espero que as decisões destas duas igrejas, que têm em comum a adoção deste método e a aceitação do liberalismo teológico, sirvam como reflexão para os que se sentem encantados com o apelo ao academicismo e intelectualismo da hermenêutica e da teologia liberais.
Veja o artigo relacionado:
Gays e Lésbicas praticantes agora podem ser ministros do Evangelho na Igrejas Luterana Americana
 
Postado por Augustus Nicodemus Lopes
http://tempora-mores.blogspot.com/
 
Bibliografia sobre o movimento Feminista evangélico
Clique Aqui
Verdade ou Unidade: qual é o mais importante?
Clique Aqui
Convenção Batista do Sul se desliga da Aliança Batista Mundial por homossexualismo
Clique aqui
Áudio da Preleção do Pr Mark Ellis - Confrontando o Movimento Feminista Evangélico
Clique Aqui
Postado por Pr Cristiano Scuciatto
- - -
ESSE É O RESULTADO DA FALTA DO ENTENDIMENTO. NÃO É QUESTÃO DA BÍBLIA SER  ERRANTE OU INERRANTE;
 
  A ESCRITURA CONTINUA SENDO A PALAVRA DO ETERNO CREADOR,   QUE NÃO ESCONDE OS DESVIOS DE CONDUTA
  DOS PERSONAGENS DA BÍBLIA,  MAS NÃO É CONIVENTE COM A DESOBEDIÊNCIA, NEM DEIXARÁ IMPUNE.
 
  NÃO É QUESTÃO DA BÍBLIA SER ERRANTE OU INERRANTE; O PROBLEMA É A FALTA
  DO SIMPLES ENTENDIMENTO É QUE A ESCRITURA É A REVELAÇÃO DA PALAVRA DO CREADOR.
 
  ENTENDER QUE A BÍBLIA É A REVELAÇÃO DA PALAVRA DO CREADOR, SIGNIFICA QUE  A   PARÁBOLA DO JOIO E DO TRIGO
  TAMÉM SE APLICA  AOS ESCRITOS VINDOS DOS HOMENS COMO JOIO  E
  A BENDITA E PURA PALAVRA DO CREADOR COMO O TRIGO.
 
  O HOMEM ESPIRITUAL SABE SEPARÁ O JOIO DO TRIGO, PORQUE ELE É ORIENTADO PELO ESPÍRITO SAGRADO, PELO
  SOPRO DO ALTÍSSIMO REVELANDO A VERDADE Á SUA CRIATURA QUE BUSCA HONESTAMENTE O CONSELHO DO
´ ALTÍSSIMO; O HOMEM ESPIRITUAL NÃO BUSCA A SUA INTERPRETAÇÃO PARA FAZER VALER A SUA PRÓPRIA VONTADE;
  O HOMEM ESPIRITUAL , HUMILDEMENTE, PEDE A EXPLICAÇÃO AO ETERNO PARA ENTENDER A SUA VONTADE  SOBERANA,
  CRENDO QUE ELA É BOA, PERFEITA E AGRADÁVEL E SUFICIENTE PARA A SUA VIDA .
 
  O HOMEM ESPIRITUAL VIVE NA SIMPLECIDADE DE JEREMIAS(YARMYAOHU)33:3, QUANDO O ETERNO A ESSE HOMEM
  ESPIRITUAL, REVELARÁ TUDO QUE ELE PRECISA PARA DESFRUTAR DA INTIMIDADE DO ALTÍSSIMO.
 
  OS QUE UTILIZAM A ESCRITURA PARA FAZER VALER O ESTILO DE VIDA QUE QUEREM ADOTAR, CONTRÁRIO AO ESTILO DE
  VIDA DETERMINADO PELO CREADOR COMO PASSAPORTE PARA A RECONCILIAÇÃO, USAM SIMPLESMENTE O
  ARGUMENTO DA INTERPRETAÇÃO , BASEADA NO JOIO QUE ESTÁ SEMEADO NAS CÓPIAS DAS CÓPIAS DAS VERSÕES
  BÍBLICAS, TODAS VINDAS DO GREGO, QUE DETURPARAM O PENSAMENTO DO ALTÍSSIMO, PARA FAZER VALER O SEU
  PENSAMENTO PAGÃO, PARA FAZER VALER A SUA CULTURA FILOSÓFICA E PARA FAZER VALER A SUA DOUTRINA DO PANTEÃO.
 
 SE O SISTEMA RELIGIOSO  PRIORIZA  O NOVO TESTAMENTO, POR QUE NÃO USA COMO FUNDAMENTO PRIORITÁRIO AS
 PALAVRAS DO UNGIDO MESSIAS YAOHUSHUA( TRADUZIDO COMO Jesus, Jesu, Gesú, Iesu...)?
 ELE DEIXOU ESCRITO: EM YAOHUKHANAN(JOÃO) CAP.4 :  A SALVAÇÃO VEM DOS JUDEUS(YAOHUDIM).
 
 O FUNDAMENTO, ENTÃO, NÃO É O GREGO;  MAS O ORIGINAL HEBRAICO;   E ESSE É O ERRO DAS VERSÕES BÍBLICAS
 QUE TANTO PREJUÍZO TRAZ PARA OS QUE BUSCAM A VERDADEIRA ADORAÇÃO, QUE NÃO ACONTECE PELA INTERPRETAÇÃO,
 MAS PELA BUSCA EM  ESPÍRITO E EM VERDADE.
 O TRIGO ESTÁ NO HEBRÁICO;  ABRAMOS OS NOSSOS OLHOS, "INTÉRPRETES E ENTENDIDOS"  NECESSITAMOS DESCOBRIR,
 PENEIRAR E GARIMPAR O TRIGO QUE ESTÁ EM NOSSAS BÍBLIAS PARA NOSSA PRÓPRA RECONCILIAÇÃO COM O ETERNO.
 
 É ESSA  INTERPRETAÇÃO BASEADA EM FUNDAMENTO FALSO( O GREGO), QUE ESTÁ LEVANDO O HOMEM A ESSE TIPO DE
 COMPORTAMENTO CEGO, QUE O LEVA A AGRADAR A SI MESMO, E QUE NÃO O FAZ ENXERGAR O SEU "PROXIMO MAIS ILUSTRE`"
 NOSSO SUPREMO E ETERNO CREADOR  YAOHU.
 
  O ENTENDIMENTO DO QUE AGRADA AO CREADOR COMEÇA PELO INTERESSE EM CONHECER O NOME DO ALTÍSSIMO,
  O TETRAGRAMA SAGRADO, E DO SEU SIGNIFICADO;  FORA DISSO, POSSAM CRER,  NÃO POSSIBILIDADE DE REVELAÇÃO,
  NEM DO PAI, NEM DO FILHO, NEM DO ESPÍRITO SAGRADO,  NEM DA VIDA AQUI NA TERRA E NO REINO.
 
 
 Jennecy


Homofobia, um esclarecimento necessário
A palavra homofobia está na moda. No mundo inteiro discute-se a questão do homossexualismo. Em alguns países já se aprovou a lei do casamento gay. Aqui no Brasil, tramita no congresso um projeto de lei (PL 122/2006), que visa a criminalização daqueles que se posicionarem contra a prática homossexual. O assunto que estava adormecido, em virtude de firme posição evangélica contra o referido projeto de lei, mormente na efervescência da campanha política de 2010, ganhou novo fôlego com a nova proposta da senadora Marta Suplicy (PT-SP), que pleiteia a reclusão de cinco anos, em regime fechado, para quem se posicionar publicamente contra o homossexualismo. Diante desse fato, quero propor algumas reflexões:
 
Em primeiro lugar, esse projeto de lei fere o mais sagrado dos direitos, que é a liberdade de consciência. Que os homossexuais têm direito garantido por lei de adotarem para si o estilo de vida que quiserem e fazer suas escolhas sexuais, ninguém questiona. O que não é cabível é nos obrigar, por força de lei, concordar com essa prática. Se os homossexuais têm liberdade de fazer suas escolhas, os heterossexuais têm o sagrado direito de pensar diferente, de serem diferentes e de expressarem livremente o seu posicionamento.
 
Em segundo lugar, esse projeto de lei cria uma classe privilegiada distinta das demais. O respeito ao foro íntimo e à liberdade de consciência é a base de uma sociedade justa enquanto a liberdade de expressão é a base da democracia. Não podemos amordaçar um povo sem produzir um regime totalitário, truculento e opressor. Não podemos impor um comportamento goela abaixo de uma nação nem ameaçar com os rigores da lei aqueles que pensam diferente. Nesse país se fala mal dos políticos, dos empresários, dos trabalhadores, dos religiosos, dos homens e das mulheres e só se criminaliza aqueles que discordam da prática homossexual? Onde está a igualdade de direitos? Onde está o sagrado direito da liberdade de consciência? Onde o preceito da justiça?
 
Em terceiro lugar, esse projeto de lei degrada os valores morais que devem reger a sociedade. O que estamos assistindo é uma inversão de valores. A questão vigente não é a tolerância ao homossexualismo, mas uma promoção dessa prática. Querem nos convencer de que a prática homossexual deve ser ensinada e adotada como uma opção sexual legítima e moralmente aceitável. Os meios de comunicação, influenciados pelos formadores de opinião dessa vertente, induzem as crianças e adolescentes a se renderem a esse estilo de vida, que diga de passagem, está na contramão dos castiços valores morais, que sempre regeram a família e a sociedade. O homossexualismo não é apenas uma prática condenada pelos preceitos de Deus, mas, também, é o fundo do poço da degradação moral de um povo (Rm 1.18-32)
 
 
Rev. Hernandes Dias Lopes
.
Em quarto lugar, esse projeto de lei avilta os valores morais que devem reger a família. Deus criou o homem e a mulher (Gn 1.27). Ninguém nasce homossexual. Essa é uma prática aprendida que decorre de uma educação distorcida, de um abuso sofrido ou de uma escolha errada. Assim como ninguém nasce adúltero, de igual forma, ninguém nasce homossexual. Essa é uma escolha deliberada, que se transforma num hábito arraigado e num vício avassalador. Deus instituiu o casamento como uma união legal, legítima e santa entre um homem e uma mulher (Gn 2.24). A relação homossexual é vista na Palavra de Deus como abominação para o Senhor (Lv 18.22). A união homossexual é vista como um erro, uma torpeza, uma paixão infame, algo contrário à natureza (Rm 1.24-28). A Palavra de Deus diz que os homossexuais não herdarão o reino de Deus, a não ser que se arrependam dessa prática (1Co 6.9,10). Porém, aqueles que se convertem a Cristo e são santificados pelo Espírito Santo recebem uma nova mente, uma nova vida e o completo perdão divino (1Co 6.11).

http://noticias.terra.com.br Juiz de GO anula união estável gay (Via_thadeu)
 OAB condena 'retrocesso'
19 de junho de 2011
O casal celebrou o contrato de união estável logo após decisão do STF
Foto: Mirelle Irene/Especial para Terra
O juiz Jeronymo Pedro Villas Boas, da 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal e Registros Públicos de Goiânia (GO), anulou na última sexta-feira o contrato de união estável entre o jornalista Liorcino Mendes Pereira Filho, 46 anos, e o estudante Odílio Cordeiro Torres, 23 anos, celebrado em 9 de maio. Em um e-mail encaminhado à imprensa neste domingo, o casal afirmou que vai recorrer para que o juiz seja afastado do cargo. Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) considerou a decisão um "um retrocesso moralista".
 
Para Villas Boas, o Supremo Tribunal Federal, que autorizou em 5 de maio a união gay, não seria competente para alterar normas contidas na Constituição Federal, que determina como formadores da família apenas o homem e mulher. Somente o Congresso Nacional poderia ampliar os direitos aos casais homossexuais, segundo o juiz. De acordo com o casal, que registrou a primeira união homoafetiva em Goiás - eles alegam ter sido a primeira no País -, o contrato foi anulado de ofício, ou seja, sem o juiz ser provocado ou instado a decidir.
 
Além da anulação da união de Leorcino e Odílio, a decisão de Villas Boas determina que todos os Cartórios de Registro de Títulos e Documentos e do Registro Civil da Comarca de Goiânia não oficializem mais nenhuma união do tipo, salvo expressa determinação em sentença judicial. O jornalista e o estudante devem encaminhar, na segunda-feira, uma série de reclamações contra a medida junto a órgãos de Justiça. Eles consideram que a decisão do magistrado foi discriminatória.
 
O presidente em exercício da OAB, Miguel Cançado, também condenou a decisão, que chamou de "retrocesso moralista". Segundo ele, ao decidir pela união estável entre pessoas do mesmo sexo, o Supremo "exerceu o papel de guardião e interprete da Constituição". "As relações homoafetivas compõem uma realidade social que merecem a proteção legal", afirmou.
 
STF decide a favor de união gay
Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu no dia 5 de maio de 2011 pelo reconhecimento de união estável entre pessoas do mesmo sexo. Todos os dez ministros aptos a votar foram favoráveis a estender a parceiros homossexuais direitos hoje previstos a casais heterossexuais - o ministro Dias Toffoli se declarou impedido de participar porque atuou como advogado-geral da União no caso e deu, no passado, parecer sobre o processo.
 
Com o julgamento, os magistrados abriram espaço para o direito a gays em união estável de terem acesso a herança e pensões alimentícia ou por morte, além do aval de tornarem-se dependentes em planos de saúde e de previdência. Após a decisão, os cartórios não deverão se recusar, por exemplo, a registrar um contrato de união estável homoafetiva, sob pena de serem acionados judicialmente. Itens como casamentos civis entre gays ou o direito de registro de ambos os parceiros no documento de adoção de uma criança, porém, não foram atestados pelo plenário.
 

 Especial para Terra

http://uniaonet.com/sibgyn.htm @MovimentBatista _ RT @PrEzequiel: Veja entrevista que concedi ao Diário da Manha sobre Casamento Gay, no Caderno Gospel, pag 03 http://dmdigital.com.br 23/06/2011




o que é o homossexualismo? , 26 de agosto · 04:00  WWW.SEMINARIO1COM  Raymund Pessoa Pessoa  CLASSE INFANTIL
GERAÇÃO JESUS CRISTO
WWW.TUPIRANI.com
WWW.SEMINARIO1COM
HOMOSSEXUALISMO: A ABOMINAÇÃO QUE ANUNCIA O REINADO DO ANTICRISTO
...(Sobre as asas das abominações virá o assolador – Dn. 9:27)
(Daniel 11:37) - E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá desejo ao amor das mulheres, nem a deus algum, porque sobre tudo se engrandecerá.
NOTA: O que queremos enfatizar no presente episódio, diz respeito ao enfoque da Bíblia com relação ao ato homossexual, o qual é radicalmente tratado como abominação. Cientes estamos de que a humanidade encontra-se vivendo os últimos dia que antecedem o retorno de Jesus Cristo, e sabemos que a seqüência é: -Arrebatamento da Igreja, Reinado do Anticristo, e finalmente, Retorno de Jesus Cristo sobre o monte das oliveiras para dar livramento a Nação de Israel, a qual estará cercada na terceira guerra mundial, ou seja: A Guerra do Armagedom.
Repousamos nossa objetiva no grande close que tem sido dado ao clamor mundial de tentar fazer descer garganta abaixo, a horripilante prática sodomita que nenhum ser em sã consciência poderá tolerar; e ainda a grande tentativa dos adeptos desta prática anti-biológica que, desrespeitando opiniões contrárias, tentam, através de supostas leis, atemorizarem a população, para que aceitem as suas mordaças.
EXATO: Justamente por ser tal horrendo ato tratado pela Bíblia de abominação, e por declarar as Escrituras que neste “clima” (asas), virá o assolador (anticristo ou diabo encarnado); sendo por todos notado o grande clamor a aberração do homossexualismo, deixamos então, o nosso definitivo alerta: - Chegamos a mais um fim parcial semelhante ao dilúvio, onde a exaltação ao erro, somente pré anuncia a fixação do trono das trevas. (Apocalipse 12:12) - Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.
(Mateus 19:4) - JESUS, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez.
(Romanos 1:22) - Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. (Romanos 1:23) - E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. (Romanos 1:24) - Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; (Romanos 1:25) - Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. (Romanos 1:26) - Por isso Deus os abandonou às paixões infames (desprezível, torpe, indigno...). Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. (Romanos 1:27) - E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro (Sodoma e Gomorra/ Cidades Impenitentes). (Romanos 1:28) - E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; (Romanos 1:29) - Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; (Romanos 1:30) - Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; (Romanos 1:31) - Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; (Romanos 1:32) - Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.
(Levítico 18:22) - Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;
(Levítico 20:13) - Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles.
DETALHES: Biologicamente falando, vemos os órgãos genitais muito bem definidos e classificados da seguinte maneira:
(a) órgão genital feminino, cientificamente chamado de vagina.
(b) Órgão genital masculino, cientificamente chamado de pênis.
 
Pelo contato íntimo introdutório do pênis na vagina, temos o chamado ato sexual.
Por centenas de anos está cientificamente provado que, conforme as células cromossômicas os seres são classificados como MACHO ou FÊMEA, não existindo, portanto, nenhuma outra classificação sexual.
Nunca existiu ao longo dos estudos científicos, nenhuma descoberta cromossômica que pudesse trazer a luz um terceiro comportamento sexual, e justificar a conduta errônea e aberrativa de certos homens, que passam a manter certos tipos de “relacionamento”, fazendo uso do seu órgão excretor (ânus).
 
FATO: Conforme o que temos visto em geral, quando uma pessoa sofre violências e agressões na sua infância, esta pode então, vir a manifestar distúrbios de caráter e revelar comportamentos fora dos padrões normais; todavia, isto não quer dizer que os espíritos malignos não se tenham aproveitado da situação.
Outro fator muito observado dentro das Igrejas Evangélicas é quando em meio às orações de exorcismo e repreensão do mal, indivíduos homossexuais ou efeminados, têm seus sentidos dominados por entidades demoníacas oriundas de cultos africanos, e uma vez expulsas tais entidades, os indivíduos passam a ter comportamento normal e heterossexual. Daí então, concluímos dentre outras coisas que: Homossexualismo é principalmente POSSESSÃO DEMONÍACA.
 
DESMENTINDO FALSOS ARGUMENTOS
 
Algumas pessoas equivocadas, tentando satisfazer suas aberrações de relacionamentos através do órgão excretor masculino, declaram que o comportamento homossexual é também encontrado entre bandos de animais na própria natureza.
Primeiro ponto: A Escritura diz que Deus criou todos os animais, e depois declarou: façamos o homem a nossa imagem conforme a nossa semelhança; ou seja: fica distinta a criação do homem, não podendo ser comparado a um animal, daí, comparar o comportamento humano com um comportamento animal, constituiu-se em erro primário, visto que o homem não é classificado com os animais.
 
Segundo ponto: É bem verdade que em bandos de animais que guardam domínio territorial, muitas vezes flagramos o macho dominante usando outro macho mais fraco como se fosse uma das fêmeas do bando, mas vamos frisar que este comportamento dá-se somente entre animais que guardam domínio territorial, (o que pela lógica social não condiz com o homem), e que precisam demonstrar sua autoridade única no bando, a fim de preservar sua posição de líder. Ainda quero ser explícito e enfático em declarar que, depois que estes machos que ora são submetidos ao ato homossexual, após atingirem força e idade de líder, uma vez que saem para formar seu próprio bando, estes, jamais se submetem novamente a um ato homossexual; ou então, mesmo quando permanecem no bando original, passam a travar uma luta incessante com o leão mais velho, e que normalmente acabam expulsando-o e assumindo a liderança do bando.
DETALHE: Mesmo na natureza, nunca foi visto um relacionamento homossexual entre duas fêmeas.
OBS: Nunca confundir a definição hermafrodita com a confusão homossexual.
Pastor Tupirani.
O Primeiro Pastor Preso em Regime Político Democrático.Ver mais
 
= =
20/08/2011 _ Mensagem do boletim 012/2011 : Casameto Gay?
Olá amigo estou de volta, com um assunto muito polêmico, justamente por isso me sinto na obrigação de emitir a opinião da Igreja Dunamis a respeito.
O assunto homossexualismo ultimamente tem ocupado um lugar de destaque nos veículos de comunicação, isso devido à discursão recente de um projeto de lei que fora criado e barrado no senado, Graças a Deus, a PL 122 mais conhecida como a lei da homofobia, e também a recente liberação da união estável entre pessoas do mesmo sexo, esta que já esta em vigor no Brasil.
Considero sinceramente um retrocesso para uma nação como o Brasil, tais tipos de leis que são criadas visando beneficiar uma minoria e principalmente em um país que se diz cristão, apoiar a relação homossexual quando a Palavra de Deus é categoricamente contraria a esse tipo esse comportamento, vejamos:
Deus criou o homem e a mulher, “macho e fêmea os criou” Gênesis 1.27, entendemos através da Palavra de Deus que não existe um terceiro sexo.
Quando Deus criou o homem e mulher, ele os criou com a finalidade de um completar o outro, fez a mulher para ser completada por um homem, e o homem para ser completo por uma mulher. A opção homossexual é pecaminosa porque primeiro ela vai contra a natureza, em segundo lugar ela vai contra as leis de Deus, um relacionamento para ser perfeito ele deve servir ao propósito para o qual ele foi criado.
Embora seja opção do casal ter ou não filhos, essa possibilidade deve existir, e só existe quando se trata de um casal.
Dois homens ou duas mulheres, nunca formarão um casal, porque por definição, o casal só pode ser formado por duas pessoas de sexos opostos, ou seja, dois homens ou duas mulheres formam duplas, não casais.
É pecado porque a Bíblia diz: “com homem não te deitaras como se fosse mulher, abominação é” Levítico 18. 22
 “Quando também um homem se deitar com outro homem como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue é sobre eles” Levítico 20. 13
 “Sabendo isto: que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, para os fornicadores, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros e para o que for contrário à sã doutrina” 1ª Timóteo 1. 10
 Pelo que também Deus os entregou às concupiscências do seu coração, à imundícia, para desonrarem o seu corpo entre si; pois mudaram a verdade de Deus em mentira e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém!
”Pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles se não importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém; estando cheios de toda iniquidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pai e à mãe; néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.” Romanos 1. 24- 32
“Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus.” 1ª Coríntios 6. 10
Como pudemos ler a recomendo que o amigo, ou amiga, confira cada texto em sua Bíblia, Deus é categoricamente contra as práticas homossexuais.
A pessoa que resolve assumir essa opção comportamental, precisa estar consciente de vai contra sua natureza e também, contra a vontade do seu criador, transgredindo assim a sua palavra que é lei tanto para os que o servem como e principalmente para os que não o servem.
Os movimentos que pregam e lutam por casamento gay e leis que beneficiem esse comportamento, tentam o tempo todo até com algum sucesso, deturpar os valores em questão, comparando a rejeição da sociedade ao homossexualismo, com racismo quando uma coisa não tem nada a ver com a outra. O negro nasce negro e tem mesmo que lutar por seus direitos como cidadão comum que é independente da cor de sua pele.
A deturpação chega ao absurdo de alguém dizer que nasceu gay, quando uma criança nasce é logo identificado seu sexo, menino ou menina, não existe um terceiro sexo. Nós somos fruto do meio em que vivemos logo fazemos a opção de caráter e de comportamento com base na educação que recebemos e influenciados pelas culturas locais e convivência com outras pessoas da sociedade, fazemos nossas opções, escolhas de gostos diversos, comportamento, moralidade, religião, etc.
Logo o gay, seja homem ou mulher, é alguém que foi criado em um ambiente que favoreceu sua opção homossexual, devido aos fatores acima mencionados, mas que pode se assim desejar ser transformado pela renovação do entendimento, através do conhecimento da verdade que é a Palavra de Deus e passar a viver a vontade do Senhor para sua vida.
A Igreja Dunamis é contra todo tipo de violência e discriminação, mas deixa claro que entre a opinião popular e Bíblia, ficamos com a Bíblia que manifesta a vontade do nosso Deus para com a humanidade.
Deus abomina o homossexualismo, mas ama os homossexuais.
Concluímos então que: é pecado ser gay, se é pecado então, é errado, se pregamos contra aquilo que é errado devemos por amor aos gays, pregar contra o ser gay e contra o “casamento gay”.
Deus te abençoe.
Pr Israel de Paula

http://internautascristaos.com.br _ Projeto estabelece que não é crime templo religioso impedir presença de homossexual _ A Câmara analisa o Projeto de Lei 1411/11, do deputado Washington Reis (PMDB-RJ .... deixa claro que não cometem crime organizações religiosas que não aceitarem, em cultos, a permanência de cidadãos que violem seus valores, doutrinas, crenças ...
http://capelania.com  _ 08/03/2012 _ Ataque ao Evangelho nas Capelanias Evangélicas do CRT-AIDS e
do Instituto de Infectologia Emílio Ribas
 
A ACEH – Associação de Capelania Evangélica Hospitalar, na pessoa da Capelã
Evangélica Eleny Vassão de Paula Aitken, através das Capelanias Evangélicas do Centro
de Referência (CRT-AIDS) e Treinamento em DST-AIDS e do Instituto de Infectologia Emílio
Ribas, em São Paulo, estão sendo atacadas com acusações difamatórias por militantes do
movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis).
 
O ataque é feito através dos artigos e comentários na Internet: “A HOMOFOBIA
(INSTITUCIONAL) NOSSA DE CADA DIA”, de autoria do Sr. Claudio Celso Monteiro Jr. e de
outro, de autoria do Sr. Ricardo Aguieiras, intitulado “FUNDAMENTALISMO RELIGIOSO
INVADE HOSPITAIS BRASILEIROS”. O último atinge também a Igreja Presbiteriana do Brasil e
é feito a partir de um trecho do livro “A Missão da Igreja Frente a AIDS”, de autoria de Eleny,
publicado há quase 20 anos pela Editora Cultura Cristã. As denúncias contemplam também
acusações de “homofobia”, atendimento espiritual de maneira invasiva e sérias falhas em
questões de biossegurança.
 
O texto é ratificado através de acusações verbais levadas às Diretorias destes
Hospitais pela Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria de Justiça e
Defesa da Cidadania da cidade de São Paulo.
 
Cabe à Igreja Evangélica e à Sociedade Brasileira se manifestar, tanto em defesa
deste ministério nos hospitais com uma história de 30 anos de atuação em mais de 200
hospitais brasileiros e em 13 outros países, como também em defesa da liberdade de
pensamento e expressão, da verdade e da apresentação do Evangelho em nosso país.
Dentro de poucos dias toda a Igreja Brasileira experimentará esta perseguição e violação
aos Direitos de liberdade de pensamento, crença e expressão, se não reagir com agilidade
e firmeza à agressão e ousadia destes grupos. “Para o triunfo do mal só é preciso que os
homens de bem não façam nada”
 
O Artigo 5º da Constituição, em seu caput, afirma que todos são iguais perante a
lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros
residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança
e a propriedade. A mesma Constituição afirma que é livre a manifestação do pensamento,
sendo vedado o anonimato. A Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948,
expressa em seu Artigo 18 que todo homem tem direito à liberdade de pensamento,
consciência e religião. O Artigo 19 diz que toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e
expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar
receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de
fronteiras.
Veja, no link abaixo, com que ousadia eles se organizam e lutam por aquilo que
chamam de “seus direitos”, enquanto limitam o direito dos outros.
 
 
(Edmund Burke).
 
“...agora, Senhor, olha para as suas ameaças e concede aos teus servos que
anunciem com toda a intrepidez a tua palavra...” Atos 4:29
 
Capelania Hospitalar
 
denominações e consiste na assistência espiritual diária e voluntária aos enfermos,
hospitalizados ou não, seus cuidadores e também aos profissionais da saúde e funcionários
dos hospitais. É desenvolvido por visitadores e capelães capacitados através do Curso
e treinamento em Capelania Hospitalar da ACEH – Associação de Capelania Evangélica
Hospitalar ( www.capelania.com ).
Por 20 anos a Capelania Evangélica do Instituto de
Infectologia Emílio Ribas tem cuidado das pessoas enfermas, principalmente aquelas atingidas
pela AIDS, contemplado o aspecto social, emocional e espiritual. Na Casa do Aconchego,
extensão do ministério de capelania, essas famílias encaminhadas pelo Serviço Social
dos hospitais Emílio Ribas e CRT-AIDS participam de programa semanal onde recebem
aconselhamento bíblico, participam de cursos, palestras, artesanato, atividades recreativas,
recebem refeições e também cesta básica, roupas, sapatos e leite. Tudo isso tem sido
propiciado através do Programa Mãos e Coração, tendo como principal parceiro o Instituto
Presbiteriano Mackenzie, com a participação da Sociedade Bíblica do Brasil, empresas
parceiras e diversas igrejas evangélicas.
 
é um ministério desenvolvido por evangélicos das mais diversas
 
Eleny Vassão de Paula Aitken
 
Capelã Hospitalar
Presidente da ACEH
= =
Paulo Américo Lopes
- -
Paulo Américo ... Esses pervertidos sob a tutela do poder institucional estão brincando com fogo... Sou pela família nuclear - homem x mulher x filhos. Se isto é ser homofóbico sou-o com todo o orgulho ... Parabéns Bolsonaro por sua luta em prol da família brasileira... Breve Jesus voltará - Maranata!!!
- -
Vanusa Nepomuceno Duarte curtiu isto.

 


Caros apoiadores da ABRACEH, é hora de orar e agir!
 
Os Senadores aprovaram na Comissão de Direitos Humanos e agora entrará na pauta de votação,  na Comissão de Constituição e Justiça, o PLS 612/2011 que institui o casamento gay.
 
Escreva para os Senadores da República e Deputados Federais estarem atentos à votação e se posicionarem contra o PLS 612/2011. Por outro lado, haverá na Câmara dos Deputados, uma audiência pública no dia 28 de junho,  amanhã,  para tratar do PDC 234/2011, e devemos pedir para os Deputados darem o seu voto positivo a este PDC, para que os psicólogos trabalhem e se pronunciem livremente nos meios de comunicação, acerca do apoio aos que voluntariamente desejam deixar as relações contrárias à natureza.
 
Sugerimos a seguinte mensagem para todos os Senadores e Deputados(relação abaixo):
 
Assunto da mensagem: Não ao PLS 612/2011; SIM ao PDC 234/2011
 
Exmo. Senhor Senador da República e
Exmo. Senhor Deputado Federal
 
Solicitamos que V. Excia. vote CONTRA o PLS Nº 612/2011, que institui o casamento gay (votação no Senado Federal, Comissão de Constituição e Justiça),
 
e diga SIM ao PDC 234/2011 (audiência pública no dia 28 de junho de 2012) que susta itens da Resolução 01/99 do CFP, que proíbe psicólogos de ajudarem pessoas a deixarem o estilo de vida gay e de se pronunciarem sobre o assunto nos meios de comunicação.
 
Argumentação: a Constituição da República Federativa do Brasil declara que a união civil é permitida somente entre homem e mulher e assim deve permanecer, pois a união civil entre pessoas do mesmo sexo é um atentado contra a natureza humana. A OMS, em sua classificação dos transtornos mentais e comportamentais considera várias expressões da homossexualidade como DESORDEM. São elas:
F-64 – DESORDENS DE IDENTIDADE DE GÊNERO (transexualismo, travestismo de duplo papel, desordem da identidade de gênero em crianças, outras desordens de identidade de gênero e as desordens da identidade não especificadas).
F-65 – DESORDENS DE PREFERÊNCIA SEXUAL (fetichismo, travestismo fetichista, exibicionismo, voyerismo, pedofilia, sadomasoquismo, desordens múltiplas de preferência sexual e outras desordens de preferência sexual).
F-66 – DESORDENS COMPORTAMENTAIS E PSICOLÓGICAS ASSOCIADAS AO DESENVOLVIMENTO E ORIENTAÇÃO SEXUAL (desordem na maturidade sexual, orientação sexual egodistônica, desordens no relacionamento sexual, outras desordens no desenvolvimento psicossexual e desordens no desenvolvimento psicossexual não especificadas).
Confira no site da OMS: http://apps.who.int/classifications/icd10/browse/2010/en#/F60-F69
As pessoas devem procurar tratamento para alterar estas desordens de identidade, de preferência sexual, comportamentais e psicológicas e não permanecerem nelas, tão pouco receberem direitos por conta das DESORDENS apresentadas.
Atenciosamente,
OBS: Se você for um profissional da área da saúde coloque o número do seu registro profissional
Envie mensagens de 50 emails para evitar cair na caixa do spam do Senador ou Deputado.
 

SENADORES DA REPÚBLICA:
 

acir@senador.gov.br;
aecio.neves@senador.gov.br
alfredo.nascimento@senador.gov.br
aloysionunes.ferreira@senador.gov.br
alvarodias@senador.gov.br
ana.amelia@senadora.gov.br
ana.rita@senadora.gov.br
angela.portela@senadora.gov.br
anibal.diniz@senador.gov.br
antoniocarlosvaladares@senador.gov.b
antonio.russo@senador.gov.br
armando.monteiro@senador.gov.br
benedito.lira@senador.gov.br
blairomaggi@senador.gov.br
casildomaldaner@senador.gov.br
cassio@senador.gov.br
cicero.lucena@senador.gov.br
ciro.nogueira@senador.gov.br
clesio.andrade@senador.gov.br
clovis.fecury@senador.gov.br
cristovam@senador.gov.br
cyro.miranda@senador.gov.br
delcidio.amaral@senador.gov.br
 
eduardo.amorim@senador.gov.br
eduardo.braga@senador.gov.br
eduardo.lopes@senador.gov.br
 
ecafeteira@senador.gov.br
eunicio.oliveira@senador.gov.br
fernando.collor@senador.gov.br
flexaribeiro@senador.gov.br
francisco.dornelles@senador.gov.br
garibaldi@senador.gov.br
gim.argello@senador.gov.br
humberto.costa@senador.gov.br
inacioarruda@senador.gov.br
ivo.cassol@senador.gov.br

 
jader.barbalho@senador.gov.br
jarbas.vasconcelos@senador.gov.br
jayme.campos@senador.gov.br
capi@senador.gov.br
joaodurval@senador.gov.br
joaoribeiro@senador.gov.br
j.v.claudino@senador.gov.br
jorgeviana.acre@senador.gov.br
jose.agripino@senador.gov.br
gab.josepimentel@senado.gov.br
sarney@senador.gov.br
katia.abreu@senadora.gov.br
lidice.mata@senadora.gov.br
lindbergh.farias@senador.gov.br
lobaofilho@senador.gov.br
lucia.vania@senadora.gov.br
luizhenrique@senador.gov.br
magnomalta@senador.gov.br
maria.carmo@senadora.gov.br
mario.couto@senador.gov.br
 
mozarildo@senador.gov.br
paulobauer@senador.gov.br
paulodavim@senador.gov.br
paulopaim@senador.gov.br
simon@senador.gov.br
pedrotaques@senador.gov.br
randolfe.rodrigues@senador.gov.br
renan.calheiros@senador.gov.br
ricardoferraco@senador.gov.br
roberto.requiao@senador.gov.br
rollemberg@senador.gov.br
romero.juca@senador.gov.br
sergiopetecao@senador.gov.br
sergiosouza@senado.gov.br
valdir.raupp@senador.gov.br
vanessa.grazziotin@senadora.gov.br
vicentinho.alves@senador.gov.br
vital.rego@senador.gov.br
waldemir.moka@senador.gov.br
pinheiro@senador.gov.br
wellington.dias@senador.gov.br
zeze.perrella@senador.gov.br


 
DEPUTADOS FEDERAIS:
 

dep.abelardocamarinha@camara.gov.br
dep.abelardolupion@camara.gov.br
dep.acelinopopo@camara.gov.br
dep.ademircamilo@camara.gov.br
dep.adrian@camara.gov.br
dep.aeltonfreitas@camara.gov.br
dep.afonsoflorence@camara.gov.br
dep.afonsohamm@camara.gov.br
dep.albertofilho@camara.gov.br
dep.albertomourao@camara.gov.br
dep.alceumoreira@camara.gov.br
dep.alessandromolon@camara.gov.br
dep.alexcanziani@camara.gov.br
dep.alexandreleite@camara.gov.br
dep.alexandreroso@camara.gov.br
dep.alexandresantos@camara.gov.br
dep.alfredokaefer@camara.gov.br
dep.alfredosirkis@camara.gov.br
dep.aliceportugal@camara.gov.br
dep.alinecorrea@camara.gov.br
dep.almeidalima@camara.gov.br
dep.amauriteixeira@camara.gov.br
dep.andersonferreira@camara.gov.br
dep.andrefigueiredo@camara.gov.br
dep.andremoura@camara.gov.br
dep.andrevargas@camara.gov.br
dep.andrezacharow@camara.gov.br
dep.andreiazito@camara.gov.br
dep.angeloagnolin@camara.gov.br
dep.angelovanhoni@camara.gov.br
dep.anibalgomes@camara.gov.br
dep.anthonygarotinho@camara.gov.br
dep.antonialucia@camara.gov.br
dep.antonioandrade@camara.gov.br
dep.antoniobalhmann@camara.gov.br
dep.antoniobrito@camara.gov.br
dep.antoniobulhoes@camara.gov.br
dep.antoniocarlosmagalhaesneto@camara.gov.br
dep.antoniocarlosmendesthame@camara.gov.br
dep.antonioimbassahy@camara.gov.br
dep.antonioroberto@camara.gov.br
dep.aracelydepaula@camara.gov.br
dep.ariostoholanda@camara.gov.br
dep.arlindochinaglia@camara.gov.br
dep.armandovergilio@camara.gov.br
dep.arnaldofariadesa@camara.gov.br
dep.arnaldojardim@camara.gov.br
dep.arnaldojordy@camara.gov.br
dep.arnonbezerra@camara.gov.br
dep.aroldedeoliveira@camara.gov.br
dep.arthurlira@camara.gov.br
dep.arthuroliveiramaia@camara.gov.br
dep.arturbruno@camara.gov.br
dep.asdrubalbentes@camara.gov.br
dep.assiscarvalho@camara.gov.br
dep.assisdocouto@camara.gov.br
dep.assismelo@camara.gov.br
dep.atilalins@camara.gov.br
dep.audifax@camara.gov.br
dep.augustocarvalho@camara.gov.br
dep.augustocoutinho@camara.gov.br
dep.aureo@camara.gov.br
 
dep.benjaminmaranhao@camara.gov.br
dep.berinhobantim@camara.gov.br
dep.bernardosantanadevasconcellos@camara.gov.br
dep.betofaro@camara.gov.br
dep.betomansur@camara.gov.br
dep.biffi@camara.gov.br
dep.bohngass@camara.gov.br
dep.bonifaciodeandrada@camara.gov.br
dep.brunafurlan@camara.gov.br
dep.brunoaraujo@camara.gov.br
 
dep.carlailepedrosa@camara.gov.br
dep.carlinhosalmeida@camara.gov.br
dep.carlosalbertolereia@camara.gov.br
dep.carlosbezerra@camara.gov.br
dep.carlosbrandao@camara.gov.br
dep.carloseduardocadoca@camara.gov.br
dep.carlosmagno@camara.gov.br
dep.carlossampaio@camara.gov.br
dep.carlossouza@camara.gov.br
dep.carloszarattini@camara.gov.br
dep.carmenzanotto@camara.gov.br
dep.celiarocha@camara.gov.br
dep.celsomaldaner@camara.gov.br
dep.cesarcolnago@camara.gov.br
dep.cesarhalum@camara.gov.br
 
dep.chicodangelo@camara.gov.br
dep.chicolopes@camara.gov.br
dep.cidaborghetti@camara.gov.br
dep.claudiocajado@camara.gov.br
dep.claudioputy@camara.gov.br
dep.cleberverde@camara.gov.br
dep.costaferreira@camara.gov.br
dep.dalvafigueiredo@camara.gov.br
dep.damiaofeliciano@camara.gov.br
dep.danielalmeida@camara.gov.br
dep.daniloforte@camara.gov.br
 
 
dep.davialcolumbre@camara.gov.br
dep.davialvessilvajunior@camara.gov.br
dep.deciolima@camara.gov.br
dep.delegadoprotogenes@camara.gov.br
dep.deley@camara.gov.br
dep.devanirribeiro@camara.gov.br
dep.diegoandrade@camara.gov.br
dep.dilceusperafico@camara.gov.br
dep.dimasfabiano@camara.gov.br
dep.dimasramalho@camara.gov.br
dep.domingosdutra@camara.gov.br
dep.domingosneto@camara.gov.br
dep.domingossavio@camara.gov.br
dep.dr.adilsonsoares@camara.gov.br
dep.dr.aluizio@camara.gov.br
dep.dr.carlosalberto@camara.gov.br
dep.dr.grilo@camara.gov.br
dep.dr.jorgesilva@camara.gov.br
dep.dr.paulocesar@camara.gov.br
dep.dr.rosinha@camara.gov.br
dep.dr.ubiali@camara.gov.br
dep.duartenogueira@camara.gov.br
dep.dudimarpaxiuba@camara.gov.br
dep.edinhoaraujo@camara.gov.br
dep.edinhobez@camara.gov.br
dep.ediolopes@camara.gov.br
dep.edmararruda@camara.gov.br
dep.edsonezequiel@camara.gov.br
dep.edsonpimenta@camara.gov.br
dep.edsonsantos@camara.gov.br
dep.eduardoazeredo@camara.gov.br
dep.eduardobarbosa@camara.gov.br
dep.eduardocunha@camara.gov.br
dep.eduardodafonte@camara.gov.br
dep.eduardogomes@camara.gov.br
dep.eduardosciarra@camara.gov.br
dep.efraimfilho@camara.gov.br
dep.elcionebarbalho@camara.gov.br
dep.eleusespaiva@camara.gov.br
dep.elicorreafilho@camara.gov.br
dep.elienelima@camara.gov.br
dep.eliseupadilha@camara.gov.br
dep.emanuelfernandes@camara.gov.br
dep.eniobacci@camara.gov.br
 
dep.eriveltonsantana@camara.gov.br
dep.erosbiondini@camara.gov.br
dep.esperidiaoamin@camara.gov.br
dep.eudesxavier@camara.gov.br
dep.evandromilhomen@camara.gov.br
dep.fabiofaria@camara.gov.br
dep.fabioramalho@camara.gov.br
dep.fabiosouto@camara.gov.br
dep.fabiotrad@camara.gov.br
 
dep.fatimapelaes@camara.gov.br
dep.felipebornier@camara.gov.br
dep.felipemaia@camara.gov.br
dep.felixmendoncajunior@camara.gov.br
dep.fernandocoelhofilho@camara.gov.br
dep.fernandoferro@camara.gov.br
dep.fernandofrancischini@camara.gov.br
 
dep.fernandomarroni@camara.gov.br
dep.fernandotorres@camara.gov.br
dep.filipepereira@camara.gov.br
dep.flaviamorais@camara.gov.br
dep.flavianomelo@camara.gov.br
dep.franciscoaraujo@camara.gov.br
dep.franciscoescorcio@camara.gov.br
dep.franciscofloriano@camara.gov.br
dep.franciscopraciano@camara.gov.br

dep.gabrielchalita@camara.gov.br
dep.gabrielguimaraes@camara.gov.br
dep.geneciasnoronha@camara.gov.br
dep.georgehilton@camara.gov.br
dep.geraarruda@camara.gov.br
dep.geraldoresende@camara.gov.br
dep.geraldosimoes@camara.gov.br
dep.geraldothadeu@camara.gov.br
dep.giacobo@camara.gov.br
dep.gilmarmachado@camara.gov.br
dep.giovanicherini@camara.gov.br
dep.giovanniqueiroz@camara.gov.br
dep.giroto@camara.gov.br
dep.givaldocarimbao@camara.gov.br
dep.gladsoncameli@camara.gov.br
dep.glauberbraga@camara.gov.br
dep.gonzagapatriota@camara.gov.br
dep.goretepereira@camara.gov.br
dep.guilhermecampos@camara.gov.br
dep.guilhermemussi@camara.gov.br
dep.helenosilva@camara.gov.br
dep.heliosantos@camara.gov.br
dep.henriqueafonso@camara.gov.br
dep.henriqueeduardoalves@camara.gov.br
dep.henriquefontana@camara.gov.br
dep.henriqueoliveira@camara.gov.br
dep.hermesparcianello@camara.gov.br
dep.heulercruvinel@camara.gov.br
dep.homeropereira@camara.gov.br
dep.hugoleal@camara.gov.br
dep.hugomotta@camara.gov.br
dep.hugonapoleao@camara.gov.br
dep.inocenciooliveira@camara.gov.br
dep.iracemaportella@camara.gov.br
dep.irajaabreu@camara.gov.br
dep.irinylopes@camara.gov.br
dep.irisdearaujo@camara.gov.br
dep.ivanvalente@camara.gov.br
dep.izalci@camara.gov.br
 
dep.jairbolsonaro@camara.gov.br
dep.jairoataide@camara.gov.br
 
dep.janetecapiberibe@camara.gov.br
 
dep.janionatal@camara.gov.br
dep.jaquelineroriz@camara.gov.br
 
dep.jeffersoncampos@camara.gov.br
dep.jeronimogoergen@camara.gov.br
dep.jesusrodrigues@camara.gov.br
dep.jhonatandejesus@camara.gov.br
dep.jilmartatto@camara.gov.br
dep.jomoraes@camara.gov.br
dep.joaoananias@camara.gov.br
dep.joaoarruda@camara.gov.br
dep.joaobittar@camara.gov.br
dep.joaocampos@camara.gov.br
dep.joaocarlosbacelar@camara.gov.br
dep.joaodado@camara.gov.br
dep.joaoleao@camara.gov.br
dep.joaolyra@camara.gov.br
dep.joaomagalhaes@camara.gov.br
dep.joaomaia@camara.gov.br
dep.joaopaulocunha@camara.gov.br
dep.joaopaulolima@camara.gov.br
dep.joaopizzolatti@camara.gov.br
dep.joaquimbeltrao@camara.gov.br
dep.jonasdonizette@camara.gov.br
dep.jorgeboeira@camara.gov.br
dep.jorgecortereal@camara.gov.br
dep.jorgetadeumudalen@camara.gov.br
dep.jorginhomello@camara.gov.br
dep.joseairton@camara.gov.br
dep.joseaugustomaia@camara.gov.br
dep.josecarlosaraujo@camara.gov.br
dep.josechaves@camara.gov.br
dep.josedefilippi@camara.gov.br
dep.joseguimaraes@camara.gov.br
dep.josehumberto@camara.gov.br
dep.joselinhares@camara.gov.br
dep.josementor@camara.gov.br
dep.josenunes@camara.gov.br
dep.joseotaviogermano@camara.gov.br
dep.josepriante@camara.gov.br
dep.joserocha@camara.gov.br
dep.josestedile@camara.gov.br
dep.josiasgomes@camara.gov.br
dep.josuebengtson@camara.gov.br
dep.jovairarantes@camara.gov.br

dep.juliocampos@camara.gov.br
dep.juliocesar@camara.gov.br
dep.juliodelgado@camara.gov.br
dep.juniorcoimbra@camara.gov.br
dep.junjiabe@camara.gov.br
dep.jutahyjunior@camara.gov.br
dep.keikoota@camara.gov.br
dep.laelvarella@camara.gov.br
dep.laerciooliveira@camara.gov.br
dep.laurezmoreira@camara.gov.br
dep.lauriete@camara.gov.br
dep.lazarobotelho@camara.gov.br
dep.leandrovilela@camara.gov.br
dep.lelocoimbra@camara.gov.br
dep.leonardogadelha@camara.gov.br
dep.leonardomonteiro@camara.gov.br
dep.leonardopicciani@camara.gov.br
dep.leonardoquintao@camara.gov.br
dep.leonardovilela@camara.gov.br
dep.leopoldomeyer@camara.gov.br
dep.liliamsa@camara.gov.br
dep.lincolnportela@camara.gov.br
dep.liramaia@camara.gov.br
dep.lourivalmendes@camara.gov.br
dep.lucichoinacki@camara.gov.br
dep.lucianasantos@camara.gov.br
dep.lucianocastro@camara.gov.br
dep.luciovale@camara.gov.br
dep.luciovieiralima@camara.gov.br
dep.luiscarlosheinze@camara.gov.br
dep.luistibe@camara.gov.br
dep.luizalberto@camara.gov.br
dep.luizargolo@camara.gov.br
dep.luizcarlos@camara.gov.br
dep.luizcarlossetim@camara.gov.br
dep.luizfernandofaria@camara.gov.br
dep.luizfernandomachado@camara.gov.br
dep.luiznishimori@camara.gov.br
dep.luiznoe@camara.gov.br
dep.luizpitiman@camara.gov.br
dep.luizsergio@camara.gov.br
dep.luizaerundina@camara.gov.br

dep.magdamofatto@camara.gov.br

dep.manato@camara.gov.br
dep.mandetta@camara.gov.br
dep.manoeljunior@camara.gov.br
dep.manoelsalviano@camara.gov.br
dep.manueladavila@camara.gov.br
dep.maragabrilli@camara.gov.br
dep.marcalfilho@camara.gov.br
dep.marceloaguiar@camara.gov.br
dep.marcelocastro@camara.gov.br
dep.marcelomatos@camara.gov.br
dep.marciobittar@camara.gov.br
dep.marciomacedo@camara.gov.br
dep.marciomarinho@camara.gov.br
dep.marcioreinaldomoreira@camara.gov.br
dep.marcomaia@camara.gov.br
dep.marcotebaldi@camara.gov.br


dep.marcosmedrado@camara.gov.br
dep.marcosmontes@camara.gov.br
dep.marcosrogerio@camara.gov.br
dep.marcuspestana@camara.gov.br
dep.marinasantanna@camara.gov.br
dep.marinharaupp@camara.gov.br
dep.mariofeitoza@camara.gov.br
dep.marionegromonte@camara.gov.br
dep.marllossampaio@camara.gov.br
dep.mauricioquintellalessa@camara.gov.br
dep.mauriciotrindade@camara.gov.br
dep.maurobenevides@camara.gov.br
dep.maurolopes@camara.gov.br
dep.mauromariani@camara.gov.br
dep.mauronazif@camara.gov.br
dep.mendoncafilho@camara.gov.br
dep.mendoncaprado@camara.gov.br
dep.miguelcorrea@camara.gov.br
dep.miltonmonti@camara.gov.br
dep.miriquinhobatista@camara.gov.br
dep.miroteixeira@camara.gov.br
dep.missionariojoseolimpio@camara.gov.br
dep.moreiramendes@camara.gov.br
dep.natandonadon@camara.gov.br
dep.nazarenofonteles@camara.gov.br
dep.neiltonmulim@camara.gov.br
dep.nelsonbornier@camara.gov.br
dep.nelsonmarchezanjunior@camara.gov.br
dep.nelsonmarquezelli@camara.gov.br
dep.nelsonmeurer@camara.gov.br
dep.nelsonpadovani@camara.gov.br
dep.nelsonpellegrino@camara.gov.br
dep.newtoncardoso@camara.gov.br
dep.newtonlima@camara.gov.br
dep.nicelobao@camara.gov.br
dep.nildagondim@camara.gov.br
dep.nilsonleitao@camara.gov.br
dep.niltoncapixaba@camara.gov.br
dep.odaircunha@camara.gov.br
dep.odiliobalbinotti@camara.gov.br
dep.onofresantoagostini@camara.gov.br
dep.onyxlorenzoni@camara.gov.br
dep.osmarjunior@camara.gov.br
dep.osmarserraglio@camara.gov.br
dep.osmarterra@camara.gov.br
dep.otavioleite@camara.gov.br
dep.otoniellima@camara.gov.br
dep.ozieloliveira@camara.gov.br
dep.padrejoao@camara.gov.br
 
dep.paeslandim@camara.gov.br
dep.pastoreurico@camara.gov.br
dep.pastormarcofeliciano@camara.gov.br
dep.pauderneyavelino@camara.gov.br
dep.pauloabiackel@camara.gov.br
dep.paulocesarquartiero@camara.gov.br
dep.paulofeijo@camara.gov.br
 
dep.paulofoletto@camara.gov.br
dep.paulofreire@camara.gov.br
dep.paulomagalhaes@camara.gov.br
dep.paulomaluf@camara.gov.br
dep.paulopereiradasilva@camara.gov.br
dep.paulopiau@camara.gov.br
dep.paulopimenta@camara.gov.br
dep.paulorubemsantiago@camara.gov.br
dep.pauloteixeira@camara.gov.br
dep.paulowagner@camara.gov.br
dep.pedrochaves@camara.gov.br
dep.pedroeugenio@camara.gov.br
dep.pedrohenry@camara.gov.br
dep.pedronovais@camara.gov.br
dep.pedrouczai@camara.gov.br
dep.penna@camara.gov.br
dep.perpetuaalmeida@camara.gov.br
dep.pintoitamaraty@camara.gov.br
dep.policarpo@camara.gov.br
dep.professorsetimo@camara.gov.br
dep.professoradorinhaseabrarezende@camara.gov.br
dep.raimundogomesdematos@camara.gov.br
dep.ratinhojunior@camara.gov.br
dep.raulhenry@camara.gov.br
dep.raullima@camara.gov.br
dep.rebeccagarcia@camara.gov.br
dep.reginaldolopes@camara.gov.br
dep.reguffe@camara.gov.br
dep.reinaldoazambuja@camara.gov.br
dep.reinholdstephanes@camara.gov.br
dep.renanfilho@camara.gov.br
dep.renatomolling@camara.gov.br
dep.renzobraz@camara.gov.br
dep.ribamaralves@camara.gov.br
dep.ricardoberzoini@camara.gov.br
dep.ricardoizar@camara.gov.br
dep.ricardotripoli@camara.gov.br
dep.robertobalestra@camara.gov.br
dep.robertobritto@camara.gov.br
dep.robertodelucena@camara.gov.br
dep.robertofreire@camara.gov.br
dep.robertosantiago@camara.gov.br
dep.robertoteixeira@camara.gov.br
dep.rodrigodecastro@camara.gov.br
dep.rodrigomaia@camara.gov.br
dep.rogeriocarvalho@camara.gov.br
dep.rogeriomarinho@camara.gov.br
dep.rogeriopeninhamendonca@camara.gov.br
dep.romario@camara.gov.br
dep.romerorodrigues@camara.gov.br
dep.ronaldobenedet@camara.gov.br
dep.ronaldocaiado@camara.gov.br
dep.ronaldofonseca@camara.gov.br
dep.ronaldonogueira@camara.gov.br
dep.ronaldozulke@camara.gov.br
dep.rosaneferreira@camara.gov.br
dep.rosedefreitas@camara.gov.br
dep.rosinhadaadefal@camara.gov.br
dep.rubensbueno@camara.gov.br
dep.rubensotoni@camara.gov.br
dep.ruipalmeira@camara.gov.br
dep.ruycarneiro@camara.gov.br
dep.sabinocastelobranco@camara.gov.br
dep.salvadorzimbaldi@camara.gov.br
dep.sandesjunior@camara.gov.br
dep.sandrarosado@camara.gov.br
dep.sandroalex@camara.gov.br
dep.sandromabel@camara.gov.br
dep.saraivafelipe@camara.gov.br
dep.sarneyfilho@camara.gov.br
dep.sebastiaobalarocha@camara.gov.br
dep.sergiobrito@camara.gov.br
dep.sergioguerra@camara.gov.br
dep.sergiomoraes@camara.gov.br
dep.severinoninho@camara.gov.br
dep.sibamachado@camara.gov.br
dep.silascamara@camara.gov.br
dep.silviocosta@camara.gov.br
dep.simaosessim@camara.gov.br
dep.stefanoaguiar@camara.gov.br
dep.stepannercessian@camara.gov.br
dep.suelividigal@camara.gov.br
dep.takayama@camara.gov.br
dep.taumaturgolima@camara.gov.br
dep.teresasurita@camara.gov.br
dep.tiririca@camara.gov.br
dep.toninhopinheiro@camara.gov.br
dep.valadaresfilho@camara.gov.br
dep.valdemarcostaneto@camara.gov.br
dep.valdircolatto@camara.gov.br
dep.valmirassuncao@camara.gov.br
dep.valtenirpereira@camara.gov.br
dep.vanderloubet@camara.gov.br
dep.vanderleimacris@camara.gov.br
dep.vanderleisiraque@camara.gov.br
dep.vazdelima@camara.gov.br
dep.vicentearruda@camara.gov.br
dep.vicentecandido@camara.gov.br
dep.vicentinho@camara.gov.br
dep.vieiradacunha@camara.gov.br
dep.vilalba@camara.gov.br
dep.vilsoncovatti@camara.gov.br
dep.viniciusgurgel@camara.gov.br
dep.vitorpaulo@camara.gov.br
dep.vitorpenido@camara.gov.br
dep.waldenorpereira@camara.gov.br
dep.waldirmaranhao@camara.gov.br
dep.walneyrocha@camara.gov.br
dep.walterfeldman@camara.gov.br
dep.waltertosta@camara.gov.br
dep.wandenkolkgoncalves@camara.gov.br
dep.washingtonreis@camara.gov.br
dep.welitonprado@camara.gov.br
dep.wellingtonfagundes@camara.gov.br
dep.wellingtonroberto@camara.gov.br
dep.wevertonrocha@camara.gov.br
dep.williamdib@camara.gov.br
dep.wilsonfilho@camara.gov.br
dep.wladimircosta@camara.gov.br
dep.wolneyqueiroz@camara.gov.br
dep.zegeraldo@camara.gov.br
dep.zesilva@camara.gov.br
dep.zevieira@camara.gov.br
dep.zecadirceu@camara.gov.br
dep.zenaldocoutinho@camara.gov.br
dep.zequinhamarinho@camara.gov.br
dep.zezeuribeiro@camara.gov.br
dep.zoinho@camara.gov.br



ESTRÉIA DO DOCUMENTÁRIO - BÍBLIA X HOMOSSEXUALIDADE (TCC DOS ALUNOS DE RTM DA FACULDADE IPEP)
quinta, 22 de Novembro às 18:00 em Teatro Bento Quirino, Rua Luzitana, 1555 - Centro Campinas, SP - Telefone: (19) 3232-1835

 
4 anos se passaram e estamos nos formando, e queremos muito você no dia da apresentação de nosso Trabalho de Conclusão de Curso que será um documentário que falará sobre textos bíblicos.
 
 
O Documentário Bíblia & Homossexualidade - Exegese e Hermenêutica foi criado por alunos de Comunicação Social com enfase em Rádio e Tv da Faculdade IPEP (Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa).
 
Durante 2 anos se aprofundaram no tema para o seu trabalho de conclusão de curso, o qual neste ano defendem em forma de Documentário.
 
Sinopse
A bíblia interpretada através da Exegese (interpretação histórico crítica) e Hermenêutica (textos relativos ao mesmo assunto ou mesma palavra original usada), não menciona exclusão dos homossexuais ou abominação por parte de Deus, por contrário há relatos e inclusão de homossexuais ou homoafetivos (melhor termo) na bíblia.
 
Motivação
Através de estudos foi notado que grande parte dos suícidios parte de homossexuais e analisando mais a fundo, grande parte destes homossexuais chegam ao suicídio por encontrar uma exclusão na Igreja, local o qual não deveria haver acepção de pessoas (Atos 10.34).
Por isso e por vermos um Jovem de 22 anos que suicidou recentemente por ser excluso de sua igreja pela sua orientação, resolvemos lutar por este direito que é propagar a mensagem da bíblica de forma que não seja a literal e sim baseada em Exegese e Hermenêutica, que trará a realidade apresentada nos textos.
 
Por isso convidamos você a conhecer a Bíblia & Homossexualidade, vista do modo correto usado pelos maiores Teólogos.
 
.

 
 
 
"[...] Decisão salomônica
É de se destacar a equilibrada decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o iluminado voto do DesembargadorCláudio de Mello Tavares, num processo onde se questionou a utilização de verbas públicas em eventos divulgadores da cultura gay, em que os autores foram condenados em primeira Instância a pagar custas ao décuplo pelo fato de terem exercido o direito constitucional de impetrar uma Ação Judicial, tendo que apelar para a segunda Instância, para que fosse restabelecida a liberdade dos cidadãos em provocar o Judiciário, à qual de forma didática assevera: "[...] É certo que os homossexuais devem ter respeitada a sua opção sexual, suas convicções sobre o homossexualismo e os seus demais direitos de cidadão igual ao heterossexual, podendo utilizar de eventos populares, como por exemplo, a parada do orgulho gay, que caracteriza uma ação afirmativa visando afastar as discriminações que ainda sofrem no Brasil e em grande parte do mundo. Entretanto, também, não se pode negar aos cidadãos heterossexuais o direito de, com base em sua fé religiosa ou em outros princípios éticos e morais, entenderem que a homossexualidade é um desvio de comportamento, uma doença, ou seja, algo que cause mal à pessoa humana e à sociedade, devendo ser reprimida e tratada e não divulgada e apoiada pela sociedade. Assim, não se pode negar ao autor/apelante o direito de lutar, de forma pacífica, para conter os atos sociais que representem incentivo à pratica da homossexualidade e, principalmente, com apoio de entes públicos e, muito menos, com recursos financeiros. Trata-se de direito à liberdade de pensamento, de religião e de expressão [...]", (grifo nosso). [...]
 
Repudio contra qualquer tipo de violência ou discriminação de pessoas
Por outro lado, é preocupante o aumento do preconceito, discriminação, perseguição e violência contra as minorias, sejam gays, pessoas com necessidades especiais, idosos, hippes etc, como divulgado pela mídia nacional, o que deve ser condenado por todos os cidadãos de bem, e tais infrações precisam pelas autoridades constituídas ser exemplarmente punidas, sendo repudiado qualquer tipo de preconceito, discriminação, perseguição ou violência contra pessoas, mas que é garantida no ordenamento jurídico brasileiro a liberdade de expressão de opinião, inclusive com relação a criticar o comportamento destas mesmas pessoas, daí a importância da divulgação do conteúdo deste PL 122/2006, que foi aprovado pela Câmara de Deputados Federais, e se encontra no Senado da República, para que os evangélicos tenham conhecimento das concretas implicações legais de sua aprovação, ou através de projetos de leis, eis que, já existem leis que protege os cidadãos brasileiros no exercício de sua liberdade de opção sexual, que deve por todos ser respeitada, pois se aprovado pelo Congresso Nacional, e sancionado pela Presidenta da República, nos termos propostos, em última instância, ter-se-á que apelar ao Supremo Tribunal Federal para que faça respeitar a Constituição Federal do Brasil, que garante, como direito fundamental, a liberdade de expressão de pensamento e crença, assegurando o direito dos cristãos continuarem pregando sua fé com base na Bíblia Sagrada. [...]"
 
Fonte: Revista Administração Eclesiástica - JUERP/CBB
Edição: 1º Tr/2012. (Vigiai)

 


Exmos Presidente da FENASP Dep.Wilton Costa, Dep. Pr. Henrique Afonso e Caros Edicarlos e Dra. Damares

 
Sou o Rev. Alberto Thieme, Presidente da ADHT, abaixo identificada, e estamos precisando fazer um contato via skype ou MSN, ou telefone com os amados irmãos. Temos abaixo, várias sugestões e temos tido uma excelente acolhida da população Evangélica e Católica Brasileiras, principalmente de nossos mais de 700 pastores e vários padres que nos seguem no TWITER e dos milhares em nossos quase 90.000 que nos seguem via emails.
 
Sábado e domingo passado fizemos dois TWITAÇOS, atingindo milhares de Católicos e evangelicos Brasileiros e ganhamos muitos adeptos ao nosso movimento pró-familia, contra o aborto,  que gostariamos de contar com vosso integral apoio também, bem como de todos participantes da FPE (dos que são pró-familia e casamento tradicionais, contra o aborto e contra a Agenda e o Movimento Gays), pois esta luta espiritual é de grandes proporções. Temos que nos mobilizar URGENTE.
 
HOJE TEREMOS NOVO TWITAÇO, COMEÇANDO ÁS 19 HORAS de Brasilia, PARTICIPE. Estamos contando com o apoio de diversos pastores e líderes Brasileiros e do exterior. Além de muitos, mais uma tem nos ajudado muito ultimamente: é Ivana Botas, veja seu email abaixo. Se não solicitou o "aceite" do @defesahetero, faça-o o mais breve possivel. Obrigado.
 
Nossa intenção está claramente descrita abaixo, suscintamente. Isto são apenas sugestões que devem ter outras incorporadas.
Favor nos informar quando podemos ter um "conference call" via twiter ou mesmo por telefone.
Agradecemos vosso precioso apoio e ficamos no aguardo de vossa resposta.
Fraternalmente em Cristo,
ADHT – Associação para Defesa da Familia e Casamento tradicionais, contra o Aborto; contra o Movimento/Agenda Gay e Feminista Rev. Dr. Alberto Thieme
Presidente
 

-----Original Message-----
From: damaresalves , January 21, 2013

Re: NOVO CONTATO... POR NÃO TER TIDO UMA RESPOSTA SOBRE OS ANTERIORES

 
prezado irmao,
 
Desculpa a demora na resposta.
Informo que o deputado henrique afonso voltara a coordenar a realizaçao de jornadas nacionais em defesa da vida e da familia. A primeira já esta agendada para 14 de fevereiro no acre e depois seguimos para outros estados abordando exatamente a pauta que o senhor sugere. Sera uma açao da frente da famulia com apoio e participacao de deoutadis evangelicos.
O objetivo é realizar antes em todas as caputais e só depois fazer ym evento naciobal.
Seria interessante o senhor falar com o deputado henrique afonso. O telefobe do gabinete dele é 3215 5440. Ele esta de recesso da camara, mas trabalhando muito no acre na organizaçao dos eventos. Ligue no gabinete dele peça para fazerem uma conferencia entre o senhor e o assessor edicarlos se apresente explique tudo que o edicarlos lhe coloca em contato direto com o deputado.
Outra coisa : os eventos terao apoio do FENASP entao sugiro que escreva ym email ao presidente. :  wiltonacosta@bol.com.br Assim, fique tranquilo estamos trabalhando duro e faremos algo muito grande.
Como não estou bem de saude, não estou diretamente na coordenaçao, mas serei preletora em todos os eventos.
Damares
===============
___
Em 20/01/2013 23:34,  ADHT - Associação para Defesa da Família e Casamento Tradicionais, Contra o Aborto < defesa_hetero@yahoo.com >  escreveu:
 
 
 

Exmos Deputados e Senadores da FPE e demais,
 
 
 
Temos tido o privilégio de contar com mais de 100 pessoas que tem nos ajudado diretamente no Ministério da ADHT, e com cerca de quase 90.000 pessoas que recebem nossos artigos e noticias, lutando pela Defesa da familia e casamento tradicionais, contra o aborto e contra o Movimento e a Agenda Gay e Feminista que se espalha rapidamente em  nosso país devido ao apoio dos governos das tres esferas a estes ativistas.
 
Precisamos contar com vosso apoio na realização dos seguintes:
 
1.       PRIMEIRO CONGRESSO NACIONAL PELA FAMILIA E CASAMENTO TRADICIONAIS, CONTRA O ABORTO E CONTRA A AGENDA DAY E FEMINISTA que a Dra. Damares sinalizou como possivel para Maio/2013.
 
2.       Até lá precisamos realizar vários encontros desta natureza em diferentes cidades Brasileiras com o apoio das Igrejas Evangelicas, Catolicas e toda população a favor de nossa visão.
 
3.       Precisamos um maior envolvimento dos líderes evangelicos de maior expressão falando em programas TELEVISIVOS, escrevendo na mídia e mostrando o descontentamento e o repúdio da Sociedade Brasileira contra leis pró-homossexualização de nossas crianças, adolescentes e jovens.
 
4.       Formar um grupo de lideres capazes de fazer frente ao Movimento e Ativismo Gay para impedir o avanço deles, bem como a aprovação de leis que favoreçam a pratica homossexual, abusos sexuais, sexualização e homossexualização de nossas crianças, processar o Estado, o MEC e as Secretarias Estaduais de Ensino quando estas permitirem a distribuição de materiais, livros, cartilhas, DVDs, etc que venham promover a sexualização precoce de nossas crianças e principalmente impedir os que desejam pregar a pratica homossexual como sendo normal.
 
5.       Existem muitos outros detalhes que precisamos discutir. Hoje somos cerca de 30 associações e blogueiros que tem lutado, juntamente com a FPE e outros deputados como Jair Bolsonaro contra todo este esquema politico, fazendo uso do dinheiro public para promover a homossexualidade na Sociedade Brasileira, isto é, não deixar mais serem aprovadas verbas como o foi para 2012, pelo Senado, encabeçado pelo Dep.Chico Alencar do PSOL/RJ que acabou por ajudar as associações homossexuais a receberem a bagatela de R$11 milhões de reais.
 
6.       Ajudar os líderes cristãos que tem sofrido com as ameaças e processos para os impedir de exercerem o Direito da livre expressão para se postarem contra a prática homossexual.
 
7.       Pedirem uma CPI contra as Associações Homossexuais pois já existe uma denuncia feita no MPF-PR contra a ABGLT, Sr. Toni Reis e outras do Paraná por desvio de verbas vindas do governo federal para compras de remédio contra a AIDS que segundo a denuncia feita foram usados “laranjas” para usarem o dinheiro para compra de imóveis dessas associações. Veja a DENUNCIA e seu numero no link:   http://defesa-hetero.blogspot.com , além de variadas outras reclamações por PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA postada no nosso blog www.defesahetero.org .
 
8.       Criarem uma comissão para analizar a situação da lei PDC 234/2011 do Dep. Pr. Joao Campos, bem como da denuncia feita por tres procuradores federais do MPF-RJ contra o CFP que já foi julgada em 1a.instancia, considerada pelo juiz como não tendo jurisdição para julgá-la, tendo seguido para um juiz de 2a. instancia.Se este juiz votasse a favor desta DENUNCIA poderia ajudar em muito a aprovação da lei acima e talvez nem seria necessária mais.
 
 
 
POR FIM: Temos muito mais sugestões a fazer e nos colocamos a disposição para uma reunião com a FPE e demais deputados pró-familia para avançarmos com nossos projetos antes que a AGENDA GAY avance.
 
 
 
Favor nos informar sobre os assuntos abordados, e quando poderiamos conversar sobre estas estratégias de ações efetivas.
 
 
 
Fraternalmente, em Cristo,
 
ADHT – Associação para Defesa da Familia e Casamento tradicionais, contra o Aborto; contra o Movimento/Agenda Gay e Feminista
Rev. Dr. Alberto Thieme
 
Presidente
 
 
 
PRIMEIRO EMAIL DE IVANA BOTAS:
 
From:    Ivana Botas [mailto:ivanabotas@hotmail.com]
Sent:  Sunday, January 20, 2013 7:18 PM
To:  defesa_hetero@yahoo.com
Subject:  Continua...
 
 
 

Reverendo Pr. Alberto Thieme,
 
Quero novamente agradecer pela atenção e por ter divulgado o e-mail e as idéias.
 
Eu havia enviado também um e-mail para o Deputado Marco Feliciano. Não tenho contatos com ele. Caso o senhor tenha, seria bom que falasse sobre o assunto que eu expus. Talvez ele possa ajudar também.
 
É muito importante que tudo seja feito de modo bem organizado. Isso transmite segurança para as pessoas. De preferência, que os líderes planejem a manifestação muito antecipadamente. Exemplo: no dia tal do mês tal. E ao invés de vários manifestos isolados e fracos, um manifesto geral, forte. Por isso é importante marcar o dia. Caso contrário, as coisas podem ficar um pouco "no ar" e o projeto pode não sair "da gaveta".
 
De preferência, que haja um responsável por atuar em certa região do Brasil. Este, por sua vez, pode escolher/contactar outros líderes ajudantes, que tratem de assuntos necessários (Por exemplo: falar com um representante da Igreja Católica para apoio na causa pró-família, etc). Cada líder de líderes em sua região...
As pessoas em geral (que não são líderes), ficam responsáveis por divulgar para outras pessoas informações passadas pelos líderes. Por meio falado, internet, facebook. Ex: dia da manifestação,hora, local, etc.
 
Será o "GRANDE DIA DA MANIFESTAÇÃO PELA FAMÍLIA, CONTRA O ATIVISMO GAY".
 
Deixem bem claro que a luta não é para acabar com a homossexualidade, ou contra o homossexual, mas é contra a IDEOLOGIA dos ATIVISTAS gays, que por sua vez é nociva às famílias e à sociedade.
 
(Temos o direito de protestar contra uma IDEOLOGIA nociva).
 

Na Época do Império Romano, o governo tratava o povo a "pão e jogos"! O povo, entretido, não se entrometia nos assuntos do governo.
Mais ou menos o mesmo ocorre em nosso país. Os brasileiros, ficam tão entretidos com as novelas, riem do "Caceta e Planeta", que já satisfeitos com tudo, nem se importam com o que se passa no país!
 
A meu ver, esta é UMA das razões da passividade. Portanto, esteja preparado para a inatividade e resistência.
 
Conforme correrem as coisas, esteja também preparado para a resposta do grupo GLBT e simpatizantes. Ação gera reação.
 
Essa idéia precisa ainda amadurecer para ser posta em prática. Eu fiz um "esboço". Conforme as coisas forem se desenrolando, pode ser dado seguimento, mas ainda assim, tudo deve ser bem coordenado.
 

Com os melhores cumprimentos,
 
Ivana Botas.
PLC 122: A AMEAÇA DO "GÊNERO"
 
Primeiramente, quero agradecer a todas as pessoas que antederam ao
recente alerta de mobilização contra o PLC 122. Graças a cada
telefonema e email enviado aos senadores, o senador petista Paulo
Paim não teve saída, a não ser adiar. Eis que agora, ele tenta
mais uma vez cumprir sua promessa de colocar o PLC 122 para
votação nesta